Games
Games
Digital Drops Blog de Brinquedo

Coleção do Silent Hill entra para o Guiness

Por em 22 de setembro de 2014

silent-hill

Acho que posso dizer com segurança que uma das minhas franquias favoritas é a Silent Hill. Gosto tanto dos jogos ambientados na amaldiçoada cidade que mesmo os capítulos mais criticados acabaram me agradando, mas a minha admiração pela Konami não chega nem perto daquela demonstrada por Whitney Chavis.

Ao longo dos últimos 14 anos a garota vem adquirindo qualquer tipo de item relacionado à série e com 342 deles, a sua coleção conseguiu uma façanha e tanto, ser reconhecida pelo Guinness Book como a maior do mundo.

continue lendo

emCultura Gamer Games

Quem aí nunca achou uma coleção de arcades?

Por em 2 de julho de 2014

japan-arcade

Sabe quando você decide comprar um prédio e descobre que no subsolo havia diversas máquinas clássicas de arcade abandonadas? Pois é, foi exatamente isso o que aconteceu com uma senhora japonesa e quem resolveu revelar o caso foi o namorado de sua neta.

Localizado na região de Chiba, durante a década de 90 os dois primeiros andares do edifício serviram como um fliperama , mas com o fechamento do estabelecimento, o ex-proprietário preferiu deixar mais de 50 gabinetes no local.

continue lendo

emGames Museu

A maior coleção de videogames do mundo pode ser sua

Por em 6 de junho de 2014

michael-thomasson-game-collection

No ano passado Michael Thomasson, um aficionado por games da cidade de Buffalo, no estado de Nova York foi reconhecido pelo Guinness Book como o dono da maior coleção de games e consoles do planeta. Na época em que o número foi registrado seu acervo contava com 10.607 itens, mas quando o recorde foi divulgado ele já havia expandido sua coleção para mais de 11 mil, entre consoles e games pra lá de raros. Mais surpreendente do que isso, esta é a terceira coleção de Thomasson: ele vendeu a primeira em 1989 para comprar um Mega Drive, e a segunda em 1998 quando se casou.

Pois bem, acreditem ou não ele vai repetir a dose pela terceira vez: Thomasson está leiloando sua incrível coleção.

continue lendo

emCultura Gamer Games Miscelâneas Museu

Por que nós não jogamos os games adquiridos no Steam?

Por em 16 de abril de 2014

steam

Mês passado surgiu na internet um infográfico que trazia algumas informações sobre o Steam e no meio de uma infinidade de números, uma informação chamou a atenção do autor deste interessante artigo publicado no GamesBeat.

Levando em consideração as conquistas que podem ser obtidas nos jogos, o responsável pelo gráfico descobriu que dos jogos adquiridos através do serviço de distribuição da Valve, 29,6% nunca foram terminados, o que já seria bastante impressionante, mas o que realmente chama a atenção é revelação de que 22,2% das aquisições não terem sido jogadas (o Ars Technica afirma que o número seria 36,9%).

Diante de tal número, o autor do post elabora algumas teorias sobre o porque disso acontecer, como por exemplo as promoções realizadas pelo Steam se tornaram uma espécie de viral ou nos pacotes com vários títulos, fazendo com que muito invistam em jogos que em condições normais nunca teriam interesse.

continue lendo

emComputadores Games

Os jogos que faltam em nossas coleções

Por em 10 de abril de 2014

game-collection

Qualquer pessoa que colecione alguma coisa possui alguns itens que são considerados os seus queridinhos, aqueles que podem até não possuir um grande valor comercial, mas que não venderiam por valor algum.

Por outro lado, os colecionadores também costumam ter uma lista de coisas que eles adorariam ter, mas que por um motivo ou por outro nunca conseguiram e hoje eu estive pensando justamente nisso, nos jogos que sempre quis adicionar à minha coleção, mas que continuam sendo apenas sonhos de consumo.

Abaixo eu citarei alguns desses títulos e gostaria de deixar a pergunta: quais são aqueles games que te deixariam extremamente feliz em possuir? Aqueles que você sempre buscou, mas nunca conseguiu adquirir?

continue lendo

emGames Miscelâneas

Conheça o novo dono da maior coleção de games do mundo

Por em 26 de dezembro de 2013

michael-thomasson-video-game-collection

Como o Dori vira e mexe afirma, o ato de colecionar games às vezes vai muito além da simples vontade de ter tudo de uma determinada franquia ou sistema, ou no caso de muitos verdadeiramente aficionados, simplesmente possuir tudo relacionado à indústria. Eu mesmo ensaio há anos iniciar uma coleção relativa ao Mega Man, mas nunca a coloquei em prática devido restrições orçamentárias e principalmente, de espaço físico.

Por isso eu fiquei verdadeiramente impressionado com o mais novo recordista do Guinness Book. Michael Thomasson, um homem de 43 anos da cidade de Buffalo, Nova York é o dono da maior coleção de videogames do mundo com um acervo de impressionantes 10.607 itens (segundo a publicação), entre inúmeros consoles e sistemas. Mais impressionante é o fato de se tratar de sua TERCEIRA coleção e que desde a contagem oficial ele já expandiu o acervo para 11 mil itens. Ele superou com folga o recordista anterior, que entrou no livro em 2010 com uma coleção de 8.616 jogos.

continue lendo

emCultura Gamer Miscelâneas Museu

Todos os jogos de Super Nintendo por apenas US$ 25 mil

Por em 12 de dezembro de 2012

dori_snes_10.12.12

Uma das coisas mais tristes para alguém que possui qualquer coleção é se ver numa situação em que precisa se desfazer daquilo que levou anos para reunir, mas sempre que esses itens são colocados à venda acaba virando notícia, como é o caso de um usuário do Reddit conhecido como Byuu.

O sujeito anunciou no eBay os seus 721 jogos de Super Nintendo, o que significa todos os títulos lançados oficialmente para o console na América do Norte, o que custará US$ 24.999 a quem estiver interessado. Além disso, cada um dos games vem com sua caixa original e cerca de 85% deles possuem manuais.

Um detalhe interessante é que o vendedor é também o criador do emulador bsnes e a coleção que levou três anos para ser reunida tinha como objetivo lhe permitir obter versões limpas das ROMs dos jogos, assim como screenshots que serão publicadas no site SnesCentral. Byuu afirma que todo o valor adquirido com a venda será usado na aquisições dos jogos lançados na Europa e Japão para o console, para que assim possa fazer o mesmo com essas versões.

Na página da coleção no site de leilões é possível ver a condição de cada jogo e o rapaz ainda se diz aberto a negociações. Só não consegui descobrir se ele envia para fora dos Estados Unidos, mas como você não ia comprar mesmo…

[via Polygon]

emMuseu Nintendo