Games
Games
Digital Drops Blog de Brinquedo

Microsoft DeLorean promete revolucionar o streaming de games

Por em 27 de agosto de 2014

doc-and-marty-bttf

Embora serviços como OnLive e o mais recente PlayStation Now apontem para um futuro onde poderemos abrir mão de nossos consoles, jogando via streaming em servidores a quilômetros de distância, há um grande obstáculo a ser transposto: a latência. A velocidade de banda é também um fator importante na equação, mas muito mais crítico num game é a velocidade na resposta entre os comandos do jogador e a execução dos mesmos nos games. Em títulos que exigem uma precisão quase cirúrgica em termos de controle fino, atrasos de milissegundos são fatais e põem por água abaixo toda a experiência.

Mesmo que todo mundo tivesse uma conexão de dados muito boa, atrasos na resposta dos comandos continuarão ocorrendo. O que fazer? A Microsoft está estudando uma alternativa no mínimo interessante, que faz todo mundo dizer “por que ninguém pensou nisso antes”? Ao invés de coletar todos os movimentos do usuário em tempo real, a solução pode ser prever o seu comportamento. Este é o DeLorean.

continue lendo

emComunicação Digital Cultura Gamer Destaques Games Internet Microsoft Web 2.0

No Man’s Sky, o game que ninguém desbravará por completo

Por em 19 de agosto de 2014

no-man-s-sky

Se No Man’s Sky já tinha motivos de sobra para atiçar a curiosidade dos jogadores (embora eu ainda esteja receoso quanto a pretensa grandiosidade do futuro título), a mais recente declaração do co-fundador da Hello Games Sean Murray deixou todo mundo com a pulga atrás da orelha: segundo ele, o game procedural terá tanto conteúdo que ninguém conseguirá explorá-lo por completo, por mais que tente.

continue lendo

emComputadores Games Sony

Algoritmo permite robô reaprender a andar após sofrer danos

Por em 1 de agosto de 2014

t-800

Geralmente quando um animal perde ou tem um membro ferido, ele é obrigado a reaprender a se locomover por tentativa e erro, e geralmente ele consegue (já vimos vídeos de cães que conseguem se locomover bem com apenas duas patas, inclusive um boxer que nasceu com as patas traseiras atrofiadas que tiveram que ser removidas, e que aprendeu desde cedo a correr com as que restaram), mas o que se pode dizer de robôs?

Programar o movimento de autônomos não é simples, e muitas vezes a possibilidade dele ser obrigado a continuar se movendo com danos no sistema motor não é implementado. Entretanto, uma equipe de engenheiros conseguiu fazer com que um robô conseguisse reaprender a andar.
continue lendo

emComputação móvel Destaque Destaques Hardware Robótica

Algoritmo do Google Street View pode quebrar quase todos os CAPTCHAs

Por em 17 de abril de 2014

real-complicated-captcha

O Google vem trabalhando intensamente para aprimorar o algoritmo de leitura do Street View, de modo que ele seja capaz de identificar corretamente quase todo e qualquer número dos imóveis. Só que isso acabou gerando uma situação curiosa: por tabela ele se tornou tão, mas tão apurado que ele é plenamente capaz de decifrar praticamente todos os CAPTCHAs, aquelas mensagens miseráveis que vários serviços utilizam para provar que você é um humano e não uma torradeira.

continue lendo

emComunicação Digital Google Internet Segurança Software Web 2.0

Eis como o Dropbox bloqueia compartilhamento de material com copyright sem olhar os arquivos

Por em 31 de março de 2014

dropbox

O Dropbox há algum tempo se envolveu numa baita polêmica quando um doutorando apresentou uma reclamação formal à FTC dizendo que ela mentiu sobre a total criptografia dos arquivos, que eles estavam 100% seguros e não poderiam ser identificados por ninguém. De acordo com a acusação, de posse de uma lista com arquivos declarados ilegais ela poderia identificar automaticamente e impedir seu compartilhamento, permitindo apenas o armazenamento na conta do usuário. Mas como ela faria isso?

continue lendo

emComunicação Digital Internet Segurança Software Web 2.0

Projeto da Disney Research transforma fotos em ambientes 3D

Por em 23 de julho de 2013

gogoni-disney

Engana-se quem pensa que a Disney só se preocupa com patos e camundongos. A Disney Research, um laboratório sediado em Zurique já nos apresentou projetos bem interessantes envolvendo o robô trollface, desde fazê-lo brincar de pegar bola até fazê-los entender o gestual humano, para que possam responder de acordo.

Agora a Disney Research apresenta uma nova pesquisa, dessa vez no ramo do 3D. Quer dizer, das fotos comuns transformadas num ambiente 3D completo. O laboratório desenvolveu um algoritmo capaz de analisar fotos estáticas e através da análise das informações da luz e sombra, criar o cenário em três dimensões perfeitamente. O algoritmo escaneia as diversas imagens de uma cena em diferentes profundidades de campo, com uma qualidade de até 21 megapixels, bem superior aos métodos atuais.

Claro, esse recurso não é novidade, já vimos alguns estudos similares, mas o pulo do gato da Disney Research é que o algoritmo dela não exige tantas imagens para reconstruir o cenário, o que significa que ele pode rodar em hardwares de menor capacidade, e por exemplo seria um método interessante para recriar ambientes reais para animações e jogos de videogame, já que o processo seria bem mais barato do que os usados atualmente.

Veja o vídeo e confira o artigo (em PDF) descrevendo o método:

continue lendo

emÁudio Vídeo Fotografia Software

Facebook muda algoritmo do feed de notícias: saiba como não perder o Meio Bit de vista

Por em 23 de novembro de 2012

Pessoal, o tio Laguna cuida da página do Meio Bit no Facebook e acabou de receber um e-mail da equipe do Mark Zuckerberg avisando sobre mudanças nos processos que gerenciarão as futuras atualizações no “Feed de Notícias”. Do ponto de vista técnico, o Facebook está a mudar o algoritmo para exibir os posts das páginas curtidas, com prioridade para aquelas páginas que pagam para promoverem seus posts. Ou você acha que o povo gosta mesmo do Luciano Huck? :-) :-D :lol:

Laguna_MeioBitFB_23nov2012

Facebook mudou algoritmo: adicione a página do Meio Bit à uma lista sua ou queira receber notificação

Enfim, se você é fã das anedotas tecnológicas do Carlos Cardoso, da coleção de jogos do Dori Prata e das câmeras do Gilson Lorenti mas não quer perder o conteúdo do Meio Bit entre tantas páginas de humor barato recheadas com figuras “engraçadas”, faça o seguinte quando puder: na página do Meio Bit no Facebook, clique no botão “Curtiu” e adicione nossa página numa “Lista de Interesses” que você tenha criado. Se você criar uma lista com páginas de sites de tecnologia, pode também fazer isso com nossos amigos concorrentes, deixando seu feed de notícias mais interessante que um bocado de figuras saídas do Kibeloco e afins.

Caso você pretenda manter as outras páginas de humor e acha que vai perder as atualizações do Meio Bit entre tanta rage comic que tenta ser engraçada, temos outra sugestão: clique em “Curtiu” e, em seguida, marque a opção “Obter notificações”. Isso fará com que você receba uma notificação a cada post publicado na página do Meio Bit. O problema colateral desse segundo método é a possibilidade de perder uma ou outra notificação de comentários mais pessoais dentre as publicações do nosso blog na respectiva página do Facebook.

Bom lembrar que você, fã do Meio Bit lá no Facebook, não é obrigado a fazer nada disso: fica a SEU critério escolher quais páginas você quer sempre ver no “Feed de Notícias”. Só você pode decidir se quer criar uma lista ou ser notificado a cada post do Meio Bit no Facebook, mas devo alertar que futuramente o Facebook fará o mesmo com seus amigos adicionados por lá: o amigo que pagar para promover algo do mural dele aparecerá mais que aqueles que não estão nem aí para o próprio perfil do Facebook. É o dinheiro que manda.

emDestaques Internet Miscelâneas Tutorial Web 2.0