Digital Drops Blog de Brinquedo

Bug Grinch ameaça sistemas Linux e por tabela, o Android

Por em 18 de dezembro de 2014

the-grinch

Estamos chegando ao fim do ano e as empesas de segurança da informação não descansam, ainda mais porque as vendas online aumentam muito nessa época e por causa disso, é importante monitorar quais sistemas são mais ou menos seguros e consertar as falhas mais graves.

E foi assim que a Alert Logic encontrou uma falha grave no kernel do Linux, que devido à época foi merecidamente chamado de “Grinch”: trata-se de uma vulnerabilidade grave encontrada nas profundezas do código do Linux que afeta todos os sistemas baseados em seu kernel – e o Android não é exceção.

continue lendo

emComputação móvel Internet Planeta Sem Fio Segurança Software Web 2.0

Visualização offline: Netflix é contra, Amazon é a favor

Por em 18 de dezembro de 2014

frank-underwood-no-offline-for-you

Todo mundo adora o Netflix. A praticidade de assistir seus filmes e séries favoritos em qualquer lugar, em qualquer dispositivo e do ponto de onde você parou fazem valer com gosto cada centavo investido por mês. Entretanto, muita gente gostaria que o serviço passasse a permitir visualização offline, principalmente para driblar conexões de rede muito ruins.

Embora outras empresas permitam isso, o diretor de comunicações corporativas e tecnologia Cliff Edwards foi categórico: playback off-line não vai acontecer. Nunca.

continue lendo

emÁudio Vídeo Fotografia Computação móvel Internet Mercado Planeta Sem Fio Software Web 2.0

Paciência de Jó? Padre instala bloqueador de celular em igreja

Por em 18 de dezembro de 2014

priest-michelle-madonna

É um fato que os smartphones nos quebram um galho e tanto. Hoje em dia é possível fazer de tudo com ele, de checar redes sociais e SMS, conversar com seus amigos, ler feeds, trabalhar e jogar. E dizem, até realizar ligações. Mas o problema é que muita gente não tem desconfiômetro e acha que pode sacar seu aparelho a qualquer lugar e qualquer hora.

O clero em geral odeia essa conveniência. Não são raros os casos em que igrejas fixam avisos avisando para os fiéis desligarem seus celulares ao entrarem. Em geral padres e pastores odeiam ter seus sermões interrompidos com o toque dos gadgets e as pessoas respondendo, seja lá o que for. Só que um padre de Nápoles resolveu ser um pouco mais proativo.

continue lendo

emComputação móvel Destaques Hardware Miscelâneas Mundo Estranho Planeta Sem Fio

A curiosa história do desenvolvimento do Doom para 3DO

Por em 18 de dezembro de 2014

doom-3do

Lá pela metade da década de 90, quando eu ainda me divertia com meu Mega Drive e meu Sega CD, um dos meus maiores sonhos era ter um 3DO. A qualidade visual e sonora dos jogos para aquele console pareciam coisa de outro mundo e embora nunca tenha aparecido a oportunidade de possuir aquele videogame, lembro muito bem das horas que passei numa locadora perto de casa babando por vários títulos que pareciam fantásticos nele.

Porém, a nossa memória nem sempre é muito fiel à realidade e um dos jogos lançados para a 3DO que estava longe de poder ser considerado bom é o Doom. Hoje eu seria capaz de jurar que naquele aparelho tivemos uma das melhores versões do jogo, mas esta semana eu descobri que isso nunca foi verdade.

continue lendo

emGames Museu

Curiosity acha indícios circunstanciais de hipotética, mas improvável vida em Marte. Ou não.

Por em 17 de dezembro de 2014

martesmall

O anúncio feito pelo JPL, embora bombástico é um belo exemplo de ciência feita direito. É baseado em resultados colhidos pelos sensores da Curiosity em Marte, no final de 2013 e começo de 2014. Durante um ano os dados foram estudados, hipóteses formuladas para explicar os resultados, técnicas e interpretações foram desafiadas, alternativas propostas e então, só então depois de resistir a um ano de escrutínio, a descoberta foi divulgada:

Acharam moléculas orgânicas e variações enormes de metano em Marte.

E?

Metano é importante, primeiro por ser intimamente associado a seres vivos. 90% do metano da Terra tem origem biológica. Ele precisa ser reposto, pois adora reagir com hidroxilas na atmosfera, e depois de uma série de reações, o que começou como CH4 e HO termina como CO2 e H2O. ♫It’s the Circle of Life metano♬.
continue lendo

emAstronomia Destaques Espaço Hardware Robótica

Operação Big Hero não é apenas ficção, e também conta com pesquisas científicas

Por em 17 de dezembro de 2014

Post publieditorial

big-hero_baymax2

Operação Big Hero vai além da ficção-científica, pois conta com muita ciência de verdade por trás da sua animação. Durante a produção do filme, os produtores e animadores visitaram as universidades de tecnologia mais famosas dos Estados Unidos, a de Harvard, a UCLA em Los Angeles, o Caltech e o MIT.

O esforço na produção é recompensado durante o filme, que conta a história do cientista robótico Hiro Hamada, que aprende tudo que sabe com seu irmão, Tadashi. Hiro e seus amigos Go Go Tomago, Wasabi, Fred e Honey Lemon, além do robô Baymax para se tornarem os novos heróis que a cidade tanto precisa.

big-hero_baymax

O robô de Operação Big Hero, aliás, é bem diferente do que estamos acostumados a ver nas telas. Nada ameaçador, muito pelo contrário, ele é amigável e é feito com materiais que não machucam os seres humanos com os quais interage. Ele é assim por influências de robôs reais estudados pela equipe de produção. O diretor do filme Don Hall passou um bom tempo conversando com pesquisadores de robótica da Universidade Carnegie Mellon para dar maior realismo ao personagem, e foi lá que ele viu alguns anos atrás um braço de robô inflável que acabou inspirando o robô Baymax.

big-hero_3d

A tecnologia do filme não apenas é toda baseada em possibilidades reais, mas conta com itens que já fazem parte do nosso dia a dia, como impressoras 3D, por exemplo. Com uma super avançada impressora 3D que imprime peças de metal, Hiro Hamada consegue criar uma armadura para transformar o pacífico Baymax em um guerreiro.

Outro detalhe tecnológico bem interessante do filme é que ele conta com uma nova ferramenta de renderização, a Hyperion, criada pela equipe dos estúdios Walt Disney Animation. O resultado é surpreendente na tela, com imagens incríveis.

Os microbôs de Hiro também foram inspirados nos nanorrobôs da UCLA, um robô de nível molecular. Para o final apoteótico do filme, a produção consultou um físico teórico da Caltech, Sean Carroll, que elogiou o filme pelo realismo científico ao lidar com questões como gravidade, cosmologia, partículas físicas e mecânica quântica. O melhor entretenimento do mundo é o que ao mesmo tempo em que te diverte, também te ensina alguma coisa, e Operação Big Hero é um excelente exemplo disto.

Este post é parte de uma campanha da Disney.

emDestaques Entretenimento Publieditorial

Jornalistas ingleses se recusarão a tomar lugar de fotógrafos

Por em 17 de dezembro de 2014
6a01901eb54d24970b019b00791131970d

Uma das imagens icônicas da 2ª Guerra. Feita por Robert Capa, não um estagiário com um HiPhone.

O fotojornalismo está morrendo. E não é de hoje. Em 2013 noticiamos um jornal dos EUA que teve a idéia de jerico de fechar seu departamento de fotojornalismo, mandando os repórteres se virarem com celular, no melhor estilo “sobe qualquer bosta”.

Além de um desrespeito total com a figura do repórter fotográfico, é um desrespeito ao leitor. O jornalista que deveria apurar a matéria agora tem que jogar nas 12 e fazer fotinha também? Que tal pedir logo pra ele ao mesmo tempo tuitar, postar no Feici e fazer uns vídeos pro vlog do jornal, editando no ônibus enquanto volta pra redação?
continue lendo

emÁudio Vídeo Fotografia Destaques Notícias