Digital Drops Blog de Brinquedo

Gol com tarifas de 50 reais

Por em 6 de março de 2006

gol.jpgNotícia quentíssima. Para quem está querendo comprar passagens mais baratas, a Gol Transportes Aéreos anunciou hoje que começará uma promoção com tarifas a 50 reais para diversos destinos domésticos. A promoção começará HOJE (05/03), às 22 horas (horário de Brasília).

Entre e confira as tarifas

emMiscelâneas

Endeusando a Apple

Por em 6 de março de 2006

Depois dos lançamentos nada espetaculares da Apple recentemente, passei um tempo pensando em quanto eu (e outros) ficam aguardando produtos significativos da Apple. Qual foi o último produto inovador que a Apple lançou ? A meu ver foi o Mac mini. Depois disso, apenas melhorias a sua linha iPod, notebooks e tal. São bons produtos, não me entenda errado, porém não são inovadores.

E com cada lançamento de produtos que a Apple divulga, ficamos ansiosos esperando pela novidade, e paramos de pensar que
(a) a Apple é uma companhia muito boa, porém é impossível ficar lançando produtos inovadores seguidamente
(b) os produtos que a Apple lança são endeusados muitas vezes só porque são da Apple. Quer exemplo: o tal iPod Hi-Fi, que é caro, pesado e não tem nada de muito interessante (para não mencionar a tal da capa de couro de US$99 para o iPod)
(c) a Apple (acertadamente) se aproveita de seu status para empurrar produtos medianos

Com isso, acho que nós precisamos por o pé no chão e olhar para estes anúncios com um pouco mais de racionalidade.

emIndústria

Usando o status extendido nas redes de IM

Por em 6 de março de 2006

status.jpgUma característica das novas gerações de programas de Instant Messaging é o tal status extendido, ou seja, um campo em que a pessoa pode colocar algumas palavras além do nome. Tenho reparado como as pessoas usam tal recurso, e os usos são os mais variados:
- humor naquele momento
- atividade atual
- localidade atual
- notícia importante

Qualquer que seja o uso, creio que isto é algo que realmente melhorou o uso dos sistemas de IM. As pessoas podem comunicar o que querem instantaneamente, sem sequer precisar falar com a pessoa.

emInternet

Google GDrive

Por em 6 de março de 2006

Sabemos que existem várias ferramentas para se armazenar arquivos usando uma conta de Gmail (google mail). Mas são todas não oficiais.
Porém, os planos da gigante americana Google é lançar a sua própria. E com o slogan de “Armazenamento Infinito“. Sem limites para o seu armazenamento. ;-)
Em breve veremos o lançamento, pois já consta nos planos oficiais da mesma.
Não acredita, veja você mesmo nessa apresentação aqui, denominada “Google Analyst Day 2006“. [em inglês]

Não importa o nome, o importante é que um serviço muito bem vindo.

emInternet

Áreas de alta-resolução

Por em 5 de março de 2006

googleearth.gifMuitos que experimentaram o fantástico Google Earth, do Google podem ter ficado um pouco frustrado por não ter uma boa resolução na área em que você queria. Às vezes, você quer ver aquela área bem detalhada, mas a resolução da área não é aquela maravilha. Para evitar perdas de tempo, veja nesta página quais as área do Google Earth possuem uma alta resolução. As marcações amarelas significam que aquele local possui alta-resolução.

emInternet

Portas abertas?

Por em 5 de março de 2006

Imaginem o que se passa na cabeça dos CIOs e/ou responsáveis pela segurança de suas LANs e Intranets.

Com o avento da tecnologia, cada dia mais, “correndo sem parar”. Esse assunto tira o sono de muitos profissionais nessa área.

Bluetooth
CD-r/DVD-r
Wi-Fi
USB
FireWire
Floppy Disk
Porta paralela
Porta serial
Ethernet
Entre outras

Só para citar algumas. São entradas e saídas para qualquer tipo de informação. Sigilosa, confidencial, patrimonial, governamental, etc. Quem cuida dessas ‘brechas’?
Em pequenas organizações isso até que é controlável, mas nas grandes, é tampar o sol com a peneira. Cedo ou tarde acabam ‘vazando’.
Exemplos não faltam: Aquele filme ulta-supersecreto que estava para ser lançado em determinada data = já está na “Internet”.
Aquele álbum que ninguém teve acesso – nem mesmo os integrantes da banda – utra-hiper-guardado, já está na Internet, mesmo antes de ser lançado oficialmente.

As formas de transmissão de dados são inúmeras! Cada vez que a tecnologia avança o “humano” (ser humano) torna-se mais importante nesse quesito.
Do que adianta tanta tecnologia se a pessoa que você contratou é débil, e vacila diante de uma boa propina?

Por mais técnico que o processo se torne, necessita-se da presença de uma pessoa integra, justa. ;-)

emSegurança

Governo dos EUA analisa a qualidade do Soft Livre

Por em 5 de março de 2006

O Departamento de Segurança Doméstica do governo dos EUA (US Dept. of Homeland Security) elaborou um estudo junto com o Departamento de Ciência da Computação da Universidade de Stamford para criar um parâmetro que mede a qualidade e segurança do Software Livre e de Código Aberto (FOSS – Free and Open Source Software). O estudo clama ser o primeiro a criar um parâmetro que pode servir para comparar a qualidade do código de diversos projetos de fonte aberto.

Considerando análises minuciosas efetuadas em mais de 15 milhões de linhas de código de 31 projetos como Linux, Apache, MySQL e a trinca de linguagens Perl/PHP/Python (conjunto apelidado de LAMP), entre outros, o parecer geral foi que os projetos LAMP “apresentaram qualidade de software significativamente melhor” que outros produtos e projetos de sua categoria. O grupo de softwares LAMP apresentou uma média de 0.32 bugs ou defeitos para cada 1000 linhas de código. A média de todos os projetos estudados foi de 0.42 bugs ou defeitos para cada 1000 linhas. A metodologia do estudo classificou como bugs ou defeitos aqueles erros de código que podem provocar “hard crashes”: problemas que podem expor o usuário à ataques de crackers ou que causem o fechamento do sistema operacional ou do serviço em questão (downtime).

Os autores do estudo esperam que esta metodologia torne-se um padrão para aferir a qualidade do software livre a cada nova versão. Além disso as equipes que estudaram o código fonte dos projetos irão interagir com seus mantenedores para que as falhas e problemas encontrados possam ser solucionados, melhorando assim a qualidade do software, e também para identificar as razões pelas quais alguns projetos apresentam mais bugs do que outros. Os bugs e falhas mais freqüentes são relativos à corrupção e vazamento de memória, esvaziamento de buffers e travamentos de software.

Link relacionado: The Register

emIndústria Segurança Software