Digital Drops Blog de Brinquedo

Arte para Gamers

Por em 19 de maio de 2007 - 1 Comentário

François Escuilié é um  paleontólogo francês que colaborou com a criação de uma peça pra lá de interessante, feita pelo site/artista “Le Gentil Garçon”: Um esqueleto anatomicamente correto do Pac-Man. Com uma série de obras interessantes, o site vale uma visita, infelizmente é um lixo em termos de navegação. Quer ser diferente demais, entendem?

Ainda bem que como artistas eles são melhores que webdesigners.

Via: Neatorama

emGames

Al Gore – Igualzinho aos políticos daqui

Por em 19 de maio de 2007 - 24 Comentários

Al gore, hoje mais conhecido como a versão de terno e gravada do Capitão Planeta tinha uma carreira política calma, tranquila e apagada, culminando com a Vice-Presidência, mas o Governo Clinton foi tão ruim que ele começou a se destacar, chegando inclusive a se proclamar como “criador da Internet”. Depois de perder a eleição para George Bush, achou algo pra se ocupar, virou defensor do meio-ambiente, disposto a espalhar sua mensagem para todo mundo que queira ouvir e (dizem) tenha US$200 mil para bancar uma viagem e palestra, como o Banco Itaú.

Mas não se engane, ele ainda é um excelente quadro e a única chance real dos Democratas, caso tente se candidatar. Os americanos não vão votar num mulato de nome Obama e nem na Hilary Clinton, a menos que ela PROMETA ter um caso com uma estagiária.

Principalmente, Al Gore é um sujeito antenado, que não tem medo de tecnologia. Basta ver a foto acima. Tá certo que a mesa está uma zona, mas convenhamos, quantos políticos brasileiros têm um Mac e usam 3 Apple CinemaDisplay de 21 polegadas, lado-a-lado? Um sujeito desses tem bem menos chance de fazer besteira do que os nossos políticos, que vivem na idade da pedra e acham que avanço tecnológico é a assessoria gravar vídeo de agradecimento e soltar no Orkut.

emInternet

Mashup do BlogBlogs

Por em 19 de maio de 2007 - 2 Comentários

O Manoel Lemos do
BlogBlogs está
ansioso pelo
Google
Developer Day 2007
(que terá cobertura do Meio Bit). Então criou um mashup
com o Google Maps e o Widget Últimos Leitores do BlogBlogs. Para quem não sabe
esse widget mostra, como o próprio nome diz, os últimos leitores que visitaram
o seu blog, desde que você esteja cadastrado no serviço. Faz sucesso na
blogosfera brasileira.

O mashup
(acesse
o sandbox dele aqui
) consiste em um mapa do Brasil – na prática é do mundo
todo – que mostra quem visitou, a sua localização geográfica e o nome do blog
visitado. Bastante interessante, assemelha-se ao
Flickrvision e
Twittervision,
que mostram a localização dos usuários das últimas fotos do Flickr ou dos
posts do Twitter.

Alguns
podem achar
que isso é uma invasão de privacidade. Mas se você não quer
ser localizado pelo BlogBlogs, faça o logout ou não se cadastre no site,
simples assim. No mais, é uma idéia interessante. Será que vai virar um novo
widget?

[via
blog
oficial do BlogBlogs
]

emInternet Web 2.0

Como ganhar US$30 mil por mês sem fazer nada

Por em 18 de maio de 2007 - 19 Comentários

Não é corrente, não é pirâmide, não é tráfico ilegal de substâncias estupefaciantes, não é rede de prostituição de escravas brancas, tráfico de órgãos de órfãos africanos, não é nem -céus!- virar ProBlogger.

O truque é ter um domínio muito semelhante a um site famoso. No caso é uma firma de Tubos e Canos (tudo a ver com a Internet) cujo site se chama… www.utube.com. Como o internauta em sua maioria é meio lentinho, muita gente escuta o galo cantar, não sabe aonde e digita o que escuta. Em inglês YouTube e utube soam da mesma forma.

Primeiro eles pensaram em processar, pois o consumo de banda foi pras alturas. Depois pensaram melhor, enfiaram um serviço de buscas, links patrocinados e baixaram seu conteúdo para a metade inferior da página.

O supracitado visitante chega no site, e como todo bom paraquedista clica em qualquer coisa. Clique feito, dinheiro em caixa. Calcula-se que faturem em média US$1000 por dia.

Parabéns pra ele. Agora com licença, vou registrar o MeiuBit.com.

Fonte: Cybernet TechNews

emInternet

Microsoft acaba de tornar seu processador obsoleto

Por em 18 de maio de 2007 - 20 Comentários

Em uma apresentação na WinHEC (Windows Hardware and Engineering Conference) foi mostrado o Roadmap do Windows Server. A versão Windows Server 2008 release 2 será a última a suportar processadores de 32 bits.

Não há informações de como isso irá refletir nos sistemas operacionais domésticos, mas a tendência é que sigam pelo mesmo caminho.

Esse tipo de atitude embora traumático, é benéfico. Até o advento do Windows 95 o mercado só produzia código compilado para processadores de 16 bits. A gambiarra ferramenta Win32s que permitira aos desenvolvedores criar código 32 bits usável em máquinas de 16 (facilitando assim a transição) quase não era usada. Quando o Windows 95 apareceu, exigindo processadores de 32 bits, tudo mudou.

Essa mudança irá beneficiar todo mundo. Os processadores de 64 bits já estão aí, qualquer saco de pitombas ou duas Narjaras Turetas compram um nos Stand Centers da vida. Até eu tenho um e foi o processador mais barato que consegui achar. O que não dá é ficar subutlizando o equipamento, por falta de software. Sem contar o efeito cachorro atrás do rabo. Os fabricantes não produzem drivers para 64 bits por não haver demanda de sistemas 64 bits. E não há demanda por falta de drivers.

Quero ver se quando a Dell, Gateway e HP só venderem servidores com Windows Server 2008 não vão surgir drivers rapidinho.

Via Download Squad

emIndústria

Começa o pesadelo dos donos do 360

Por em 18 de maio de 2007 - 47 Comentários

A Microsoft decidiu fechar o cerco em relação a pirataria em seu console, o Xbox 360. Desde ontem vários usuários estão sendo banidos da Live por estarem usando consoles “modificados”.

Tudo está acontecendo de forma um tanto confusa, já que alguns usuários que não possuem o videogame destravado foram banidos e muitos outros continuam jogando online com suas cópias made in paraguai. Há quem diga que apenas quem tentou jogar o beta de Halo 3 através de uma cópia pirata do game Crackdown foi pego pelo sistema.

No blog de Larry Hryb, diretor de programação da Live ele afirma o seguinte: “Nós temos política de tolerância zero quando se trata de consoles modificados conectados à Live. Somos sérios sobre isso e se nós detectarmos que você tem um Xbox modificado então não será capaz de se conectar à Xbox Live”.

Agora o proprietários de consoles banidos estão começando a vender seus aparelho por um preço bem abaixo do normal, em alguns fóruns já vi o videogame por R$ 1.000,00, portanto se você não faz questão das funcinalidades online do 360, pode ser um bom momento para adquirir um.

[via Joystiq]

emGames

Gerenciando projetos gratuitamente

Por em 17 de maio de 2007 - 19 Comentários

dp_icon_large.jpgÉ unânime entre as consultorias: um bom software de planejamento e acompanhamento pode salvar um projeto.

Entre as várias possibilidades, uma em especial chamou a atenção aqui na empresa: o dotProject. Baseado na licença GPL, ele é escrito em PHP e utiliza o MySQL para a gerência dos dados ( acredite, não vai funcionar bem com outro BD ). É um projeto bem maduro ( a versão 2.1 está na Release Candidate 1 ) e tem uma comunidade crescente aqui no Brasil.

A instalação, se não chega a ser um mar de rosas, é bem simples. É preciso o Apache com PHP4, o MySQL e algumas bibliotecas. Um script vai mostrando o que falta, antes que você coloque a “mão na massa”. Pequenos ajustes ( como a instalação separada do pacote pt_BR ) e configurações ( aumento da memória no arquivo php.ini, por exemplo ) depois, tudo está rodando maravilhosamente bem.

É claro que o programa não faz milagre: sem uma boa metodologia de controle e verificação, ele servirá apenas de “rascunho”. Mas, levando a coisa a sério, o ganho de produtividade é fantástico. Para quem não pode ( ou não quer ) gastar com algo mais elaborado como o MS Project, ele é a solução.

Só uma ressalva: o “gratuito” do título não deve ser levado ao pé da letra. Gastei um dia inteiro para instalar e configurar e ainda é preciso treinar a equipe. Isso, de forma alguma, é “free”.

emProdutividade Software