Digital Drops Blog de Brinquedo

Newsletter Meio Bit

Por em 19 de novembro de 2005

Continuando o processo de melhorar o site, estamos iniciando um newsletter semanal via e-mail. Nele estará um resumo das notícias mais importantes da semana, downloads, links e tópicos interessantes do forum.

Para assinar basta mandar um e-mail vazio para newsletter-subscribe@meiobit.com, e seguir as instruções que serão enviadas por e-mail.

Como sempre, estamos abertos a comentários sobre o que podemos melhorar.

emAnúncios

Fasterfox

Por em 19 de novembro de 2005

Os donos de website estão ficando com raiva do pessoal que está usando a extensão Fasterfox (para o Firefox, claro) – basicamente o Fasterfox carrega todos os links de uma página que você está visitando para que depois você clique em algum deles e aí ele é carregado rapidamente (só links ‘estáticos’, para evitar que você finalize uma compra no submarino sem querer, por exemplo). Isso é chamado de Prefetching.

Por que isso irrita os webmasters? Porque eles têm de pagar se o tráfego mensal que eles têm direito for excedido – e o fasterfox pode aumentar muito isso – por exemplo, enquanto você lê este texto, o fasterfox fica carregando todos os links desta página para os que você clicar depois carregarem mais rápido (ou mesmo instantaneamente) – e é óbvio que você não vai clicar em todos os links de alguma página que você visita, então usá-lo pode ser caracterizado como um ‘egoísmo cibernético’ – como pegar um ou dois amendoins de uma tigela e jogar o resto fora (como disse um webmaster americano revoltado na página de extensões do Firefox). Os donos de sites estão procurando formas de bloquear o uso desta extensão.

Por outro lado o Fasterfox é altamente configurável, então você pode habilitar as opções que não prejudicam os webmasters e aceleram a sua navegação na net, como o pipelining, que faz o navegador criar X – um número que você define – conexões simultâneas em um site e assim carregar a página mais rapidamente. Além disso ele vem com um bloqueador de pop ups mais eficiente, já que vários sites contornaram os bloqueadores padrão do Firefox, Safari e outros navegadores.

Pegue o Fasterfox, mas não deixe ativado o prefetching, você estará prejudicando alguém para um ganho mínimo, além de encher o cache do seu browser de coisa que você nem vai ver.

emInternet

Macintosh: Nightshift

Por em 19 de novembro de 2005

O Nightshift é um aplicativo muito interessante para quem usa Macintosh – ele atualiza o engine (o mecanismo de renderização das páginas) do Safari para a versão mais recente (o Webkit do Safari é atualizado constantemente, mas a Apple só libera o Safari com engines novos uma vez a cada 3, 6 meses), com opção de reverter, afinal são atualizações ‘beta’. Mas interessante para quem quer ter o Safari rodando com o engina mais atualizado.

Aliás, o Safari, em sua última versão, finalmente passou no teste da acid2, que é uma página que mostra uma carinha feliz se o navegador é compatível com os padrões da Web (o Firefox 1.5 RC3 do Mac não passou).

emApple e Mac Software

Virtua Mega Flash

Por em 19 de novembro de 2005

Recentemente troquei o Speedy pelo Virtua, e estou extremamente satisfeito, o downnload e upload são realmente feitos a 60, 70 kb/s e os testes de velocidade dão a velocidade como 600 a 650 kbps ao contrário do meu ex-Speedy 600, que dava 350 no máximo. E o upload é a 600 também, ótimo.

Só que esse lance do Mega Flash não é lá essas coisas não. Um teste de velocidade bem confiável é o do gratis.com.br – e o meu Mega Flash, que promete ‘até’ 4 Mbps de velocidade (para download), costuma ficar em torno de 1159.89 kbps – 1380.22 kbps (fiz umas medições em horários diferentes).

Não que esteja reclamando já que me encontrava satisfeito com 600k e o preço é o mesmo, mas eles estão prometendo mais do que podem. Se eu passar pelo menos uma hora navegando a 4 mega eu aviso aqui, mas duvido muito.

emInternet

Freeline Skates

Por em 19 de novembro de 2005

Não tinha visto estes skates inline. Bastante interessante, mas imagino ser difícil de aprender. Basicamente são dois skates independentes, um para cada pé. Veja o vídeo no site para entender :-) Eu já estou muito velho pra estas coisas, tem que ter uns 12 anos para conseguir aprender bem.

emMiscelâneas

Sticker do frappr.com/meiobit

Por em 19 de novembro de 2005




É um código gerado pelo próprio frappr pra você colocar onde quiser, exibindo um slideshow com as imagens das pessoas cadastradas no mapa.

Sua foto não aparece ai em cima? Clique no selo abaixo e venha fazer parte da nossa comunidade de leitores!
Check out our Frappr.com/meiobit !

emInternet

Mais um Enhanced Podcasts

Por em 19 de novembro de 2005

O leo (sempre ele) ja havia falado aqui sobre os Enhanced Podcasts. Quando li imaginei que a moda não pegasse, mas parece que me enganei. O maestro Billy Umbella (aquele do caldeirão do Huk) soltou a edição nr 95 do seu “musicast” ADD no formato m4a.
O chato deste formato é que os agregadores de feeds rss (netvibes/googleReader) AINDA não estão preparados para interpretá-lo e é necessário baixar o arquivo pra escutar usando iTUNES ou no iPOD. Outros mp3 players portateis não tocam o formato m4a (dã) e, no meu caso, tenho que usar o Betaplayer no pocketpc para ouvir, mas sem usufruir das vantagens oferecidas pelo iTUNES de visualizar imagens e links embedados no arquivo ou “pular” capítulos como no iPOD .
Sinceramente, não gostei da idéia. tenho a sensação de que os Enhanced Podcasts restringem a maneira como você vai ouvi-los. Pensei que a portabilidade era a maior vantagem de um podcast: ouvir onde, quando, como e quantas vezes quiser.
Sou fã da Apple e seus produtos, mas detesto o iTUNES e não tenho o menor T pelo iPOD.
Existe uma maneira de converter um arquivo m4a para mp3 direto do iTUNES, esta dica rolou nos comments do blog do maestro.:

1) Menu “Edit” > Preferences

2) Vai na aba “Advanced”, vai ter 3 mini abas dentro dela “General”, “Importing” e “Burning”, escolha “Importing”

3) Em “Importing” onde estiver escrito “Imnport Using” escolha “MP3 Encoder”. Logo abaixo tem o “Settings” que é para você escolher a qualidade com que quer o arquivo. Já tem algumas pré-selecionadas, mas você pode custominzar a sua.

4) Dê OK. Agora quando clicar com o botão direito do maouse sobre o arquivo deverá aparecer “Convert Selection to MP3″, e o arquivo deve aparecer na pasta iTunes > Podcast

emApple e Mac