Digital Drops Blog de Brinquedo

Melhores extensões do Firefox

Por em 21 de agosto de 2006

Talvez uma das maiores vantagens do popular browser Firefox é a possibilidade de se usar extensões, que permitem inúmeras novas funcionalidades além de simplesmente navegar. O Rafael, do BLOG.MACMAGAZINE, escreveu um artigo bem completo com suas extensões favoritas, com fotos e descrições muito boas. Vale a leitura.

emSoftware

MS Singularity em ação

Por em 21 de agosto de 2006

Se você não ouviu falar do Singularity saiba que ele é um projeto da Microsoft para desenvolver tecnologias que a empresa acha que terão lugar nas próximas gerações de sistemas operacionais. Provavelmente ele não será substituto do Windows mas sim a incubadora de muitas características técnicas que as próximas versões de Windows terão. Entre seus conceitos fundamentais estão arquitetura verdadeiramente microkernel, uso de código gerenciado para partes fundamentais do sistema, como controladores de dispositivo e o próprio kernel e isolamento de processos por software através do uso de linguagens com gerenciamento de memória como o C#.

O MSND através do Channel 9 disponibilizou uma série de vídeos sobre o MS Singularity nos quais seus desenvolvedores explicam os conceitos básicos do sistema, suas premissas e mostram um pouco do trabalho que está sendo feito. No vídeo mais interessante (58MB em inglês) o sistema aparece funcionando. Mas não corra lá pensando em ver algo maduro ou realmente fazendo algo de útil. A única coisa que aparece é uma tela em modo texto (um shell) do Singularity rodando sobre Virtualização no Windows. Os programadores até brincam com isso, dizendo que sua interface parece com a do Windows XP. E quando o Singularity realmente roda em modo texto dizem que é a interface em estado-de-arte ;-) Aliás, a interface texto no Singularity é chamada Shell como no UNIX e não cmd ou command como no Windows. Para quem tem intimidade com o UNIX muitos outros detalhes estarão visíveis e chamarão atenção, como um /dev na estrutura de arquivos para os dispositivos de hardware e um comando kill para matar aplicações mal comportadas e até mesmo o sistema de arquivos do HD rodando como um processo separado e transparente. Engraçado perceber que a visão de futuro da Microsoft parece e comporta-se muito mais como o passado do que como o presente.

emIndústria Miscelâneas

Fiddler – Ferramenta para monitorar tráfego HTTP

Por em 21 de agosto de 2006

Para quem desenvolve ou trabalha com web, de vez em quando surge a necessidade de saber exatamente o que está acontecendo entre o browser e o servidor. O Fiddler é um HTTP Proxy, que monitora todo o tráfego, informando os headers e conteúdo.

Ele não é baixo nível como o Ethereal (que monitora os pacotes tcp/ip/udp e o que mais ele tiver suporte), mas sim uma camada acima, de aplicação. Ele necessita da .Net Framework e Internet Explorer. Outras ferramentas que fazem o mesmo não são gratuítas, mas com apenas 20 dólares, compra-se uma.

No site da Mozilla Foundation(corrigido), encontrei essa página, com instruções de como criar um log de tráfego http para Firefox. Se alguém souber de outras ferramentas semelhantes, não deixe de comentar.

emSoftware

Dock do Mac no PC: RocketDock

Por em 21 de agosto de 2006

Um dos diferenciais na interface do MacOS é a presença do “dock”, que fica geralmente na parte inferior da tela, e é animada quando o cursor passa sobre ela. Para quem gostaria de ter esta função no Windows, o RocketDock oferece esta solução gratuitamente. [via]

rocketdock1.png

emSoftware

Microsoft Office para Linux é “inevitável”

Por em 21 de agosto de 2006

Ao menos é o que pensa Stuart Cohen, CEO do OSDL, um consórcio de empresas em prol do Open Source que é o atual empregador de Linus Torvalds. Ele afirmou isso em uma entrevista à vnunet.com e disse mais. Afirmou que a Microsoft irá criar uma versão light do MS Office e distribuir de forma gratuíta ou a um custo muito baixo na expectativa de combater o OpenOffice. Supõe que isso aconteça em algum momento nos próximos dois anos e diz que a Microsoft sabe que o Linux “veio para ficar” e vai sair da postura inicial de combater o sistema para uma mais inteligente de tentar fazer algum dinheiro com ele, como faz hoje com a linha MS Office para Macs.

Via Slashdot

emIndústria

A Interface do PS3

Por em 21 de agosto de 2006



Sou do tempo em que interface de videogame era o joystick, enfiava-se um cartucho e pronto, então por mais que digam que essa interface do PS3 é simples, amigável, etc, eu não imagino uma criança criança conseguindo usar. O que aconteceu? Os videogames viraram brinquedos de adultos, abandonando as criancinhas para trás? O que sobrou para elas brincarem, o Michael Jackson?

O filho de um amigo, com 4 ou 5 anos, pega um disco, enfia no PS2 e sai jogando. Se essa for a interface do PS3, ele dificilmente vai conseguir. E conhecendo os pais, com seus DVDs sem relógio pois o consumidor odiava o 12:00 piscando dos videocassetes (isso é sério) nenhum vai saber configurar um videogame.

Será que teremos a profissão de Personal VideoGame Configurator?


Fonte: Slashgear

emGames

MP3 Player para ouvir pagode

Por em 21 de agosto de 2006

"http://www.meiobit.com/images/2006/08/toto.jpg" width="400" />

O japonês tem uma relação visceral com seu banheiro, não duvido que quando o primeiro Mecha de verdade for lançado, o
assento seja um vaso sanitário. Há modelos com tampo aquecido, ar-condicionado, música ambiente, rádio FM, jatos de
água quente, sensor médico para urina e etc, outros que enviam esses dados para a Internet e seu médico (Isso, estude
6 anos de sua vida para saber quantas vezes o Professor Massao vai ao banheiro) e "http://www.globalaging.org/health/world/toilet.htm">muito mais. Alguns custam mais de US$3 mil. Não posso deixar
de invejar.

Agora a empresa Toto (Tenho a firme convicção que a pronúncia é
"totô") lançou um vaso sanitário com tocador de MP3. Com entrada para um cartão SD, você só precisa
introduzir o dito-cujo no player e… sentar. Não, a tampa levanta sozinha. Sério.

Só tome cuidado, se você deixar cair um SD com pagode, Tati Quebra-Barraco ou qualquer coisa do repertório da Carla
Perez, vai ser impossível diferenciar do que quer que esteja lá dentro…

via Japundit

Update: Não é que já publicamos isso?

emÁudio Vídeo Fotografia