Digital Drops Blog de Brinquedo

PlayStation Home: um Second Life para PS3

Por em 8 de março de 2007

A Sony acaba de anunciar um MMOG
para PS3, o PlayStation Home. O ambiente virtual permitirá coisas interessantes como: colocar fotos pessoais no lugar de papel parede de seu apartamento ou convidar alguém, a qualquer momento, para uma partida de algum jogo on-line do PS3. Assim como o Second Life você poderá passear
pelos cenários, jogar papo fora, comprar roupas ou objetos. O vídeo promocional não diz nada sobre vender, ou seja, provavelmente você só vai gastar. Conversas por voz serão permitidas assim como várias outras coisas similares com o concorrente famoso.

O lançamento está previsto para a primavera (outono no hemisfério norte), com testes em grande escala a partir de Abril. O jogo será gratuito e é bem provável que o download dele para sua máquina seja automático. Haverá local para você assistir a vídeos por download (filmes?) e também compartilhar os vídeos gravados de suas aventuras pelos jogos do console.

Resta saber se fará o mesmo sucesso do Second Life pois, além das vendas do PS3 estarem naufragando, o game terá fatia de mercado menor e mais restrita. Não exatamente relacionado a isso, mas importante saber, é que o quente dos videogames agora é o Nintendo Wii.

[via Engadget]

emGames

Google Desktop beta 5 lançado

Por em 7 de março de 2007

Hoje o Google lançou mais uma versão do Google Desktop. Para quem não conhece, ele é basicamente um buscador local, com a mesma cara do tradicional buscador online. Além disso, ele várias outras funções como interação com e-mail e notícias, espaço para rascunhos, previsão do tempo, fotos e várias outras. Esses miniaplicativos nada mais são que copias dos widgets da Apple.

A versão beta 5 traz algumas novidades como: a cor da barra combinando com o papel de parede, fazendo parecer uma coisa só; possibilidade de preview antes de concluir completamente o resultado da busca; alerta de suspeita de site contendo malwares.

Ainda não testei o sistema de busca do Windows Vista, mas devemos assumir que o do Windows XP é bem meia boca e por isso muita gente tem se adaptado bem com o Google Desktop, que está no mercado a alguns anos.

Particularmente não faço tantas buscas em meu HD que justificaria usar o software. Porém, costumo usar bastante a busca das informações que guardo em meu e-mail, no Gmail o sistema de labels e a busca nos e-mails são muito úteis para mim, são rápidos e funcionais.

Quem quiser baixar o Google Desktop, ele é livre como todos os softwares do Google e, está disponível aqui

Fonte: Pocket-lint

emGoogle Internet Produtividade Software

Spams de sexo em baixa histórica

Por em 7 de março de 2007

ronjeremy.jpg

A Symantec reporta que os spams considerados “adultos” atingiram um piso histórico, perfazendo apenas 3% dos spams enviados na Internet. O campeão ainda é o spam de ofertas de negócios financeiros, como hipotecas, empréstimos e cartões de crédito. Esses atingem 21% dos spams. A área de phishing, como emails falsos de bancos, já representa 8% do lixo enviado.

Eu acho uma pena. Se alguém vai mandar lixo pra minha caixa-postal, ao menos que sejam fotos interessantes. Agora, nem isso.

Normalmente os spammers mandavam as melhores imagens “di grátis”, para atrair o otário visitante. Agora? Nem lembro qual foi a última vez que recebi um email com várias fotos e um subject “I’m a young and horny girl…”

Fazendo uma avaliação rápida, do que escapa dos filtros temos muito spam de ações pump-and-dump (que apesar do nome não são relacionadas a sacanagem), muito phishing nacional (não, não quero ver os vídeos proibidos do Big Brother. Não quer ver nem os permitidos) e um inusitado número de emails daquele esquema da Nigéria “sou filho de um ex-presidente, com 100 milhões de dólares no banco…”.

Sexo que é bom, nada.

Será que o SPAM agora reflete a realidade dos Internautas? :)

Fonte: ZDNet


emInternet

A vida imita a… TV. Sapatofone por US$49,00

Por em 7 de março de 2007

maxwellsmart.jpgVocê lembra de Agente 86, a série criada por Mel Brooks? Não lembra? Seu n00b. Entre os muitos gadgets estilo James Bond, o preferido do agente Maxwell Smart, do CONTROLE, era o Sapatofone, com direito a um disco e anteninha. Lembre-se, isso foi nos anos 60/70, quando celulares ainda eram ficção científica e coisa dos laboratórios da Motorola.

sapatofone.jpg

Felizmente, assim como a maioria da indústria de tecnologia foi copiada de Star Trek, a tecnologia do sapatofone foi finalmente trazida para o usuário comum. Custando US$49,00 pode ser encontrado na Custom Phones, e só não é perfeito por ter fio.

Via Slashgear

emHardware Telecom

Bill Gates é soda

Por em 7 de março de 2007

Essa é pra divertir. O pessoal da Wired estava aguardando um keynote da Microsoft (creio que o mesmo que a empresa do Bill Gates atacou o Google, ontem) e notou que os refrigerantes servidos rodam Windows… A foto acima, via Wired, diz tudo.

Tomando o refrigerante Ultimate Edition, dependendo da temperatura do freezer, corre-se o risco de ficar tudo congelado (BSOD?). O Microsoft Soda vai passar longe da Google Store.

emMiscelâneas

Vista Brutal Force Keygen 2? Outra farsa? [ATU]

Por em 7 de março de 2007

Depois do Hoax do “VISTA BRUTAL FORCE KEYGEN”, comentado aqui, e desmentido aqui, agora surge mais um candidato ao posto de “Vista Killer” (isso ficou bonito, Vista Killer, vou patentear ^^)

O novo programa que promete conseguir chaves de ativação legítimas para o Windows Vista x86, é uma “criação” do grupo Paradox, conhecido pelos seus cracks para os aplicativos da Adobe (Photoshop, Premiere, etc.) e possui até tutorial passo à passo, que você pode conferir aqui

Mas para a infelicidade dos usuários de software pirata e curiosos, o programa que estava disponível no Rapidshare, não está mais. Mas se você realmente PRECISA testar essa nova ferramenta, ou novo HOAX, você com certeza pode achá-lo no Torrent mais próximo de sua casa.

emSegurança Software

Arma de microondas já em uso

Por em 7 de março de 2007

Uma arma que parece saída dos jogos de estratégia em tempo real ou ficção científica já está em uso pelos norte americanos, mas em versão light.

O equipamento usa antenas para disparar feixes de microondas para fritar levemente a superfície da pele dos alvos, que podem ser multidões, por exemplo. Jornalistas que se submeteram a um teste, relataram que é a sensação desagradável de abrir um forno muito quente e sofrer o choque térmico.

Investimento em armas menos letais parece ser o grande filão da indústria e isso foi possibilitado pelo desenvolvimento de tecnologia, com chips controlando o comprimento de onda, intensidade e tempo de disparo do raio. Quem sabe em breve não teremos phasers de defesa pessoal?

Fonte: TheRegister

emMiscelâneas