Digital Drops Blog de Brinquedo

Você é um Geek?

Por em 14 de maio de 2007 - 17 Comentários

Lendo hoje o Ueba, encontrei mais uma dessas listas que correm pela internet para saber se uma pessoa é realmente um GEEK ou não. Selecionei algumas das que gostei para o pessoal os geeks do Meio Bit:

  • Você não tem absolutamente nenhum bronzeado;
  • Você considera ‘Geek’ um elogio;
  • Suas senhas tem 16 caracteres, misturam letras, número e símbolos. Mesmo assim você lembra de todas;
  • Quando alguém fala de “esporte organizado” você lembra de “LAN Party”;
  • Acampar em uma floresta, sem eletricidade ou acesso à internet, lhe parece um pesadelo e não um passeio de férias;

E a que mais gostei:

  • Você entende a piada: “Existem 10 tipos de pessoas, as que entendem sistemas binários e as que não entendem”;

Vocês ainda tem amigo não-geeks?

Fonte: Cybervida

emInternet

iTunes morreu? Antes ele do que eu

Por em 14 de maio de 2007 - 2 Comentários

Com um faturamento previsto de 279 milhões de Dólares, eu diria que os boatos de sua morte são um tanto exagerados, mas a longo prazo é o que vai acontecer com a loja online da Apple.

A culpa é de uma mudança de paradigma; as pessoas estão deixando para trás o hype de consumir mídia no PC. Os vídeos do YouTube já não são lá grande coisa em termos de qualidade, mas os do iTunes, a 640×480 possuem qualidade quase DVD. A AppleTV provê conteúdo em alta definição. As TVs de todas as polegadas se espalham pelas casas (menos a minha).

Mais ainda: O consumidor acha legal poder pagar por conteúdo on demand, mas acha mais legal ainda ter esse conteúdo de graça, e aceita de bom grado trocar esse conteúdo por seu tempo, visualizando publicidade. Sites como a ABC e serviços como o Joost seguem essa linha. Blogs literalmente vivem desse modelo. Aparentemente os grandes produtores de conteúdo, as emissoras de TV e estúdios estão acordando pra isso. A ironia é que deu-se a volta completa, retornamos ao modelo mais tradicional possível de rentabilização de conteúdo, não importando se a programação chega via cabo, via antena DTH ou via Internet.

 

 

Fonte: CrunchGear

emApple e Mac

“Windows nem de graça”

Por em 14 de maio de 2007 - 147 Comentários

O Governo vetou explicitamente a participação do Windows nos projetos de inclusão digital nas escolas. Nas palavras de José Luiz de Aquino, da Assessoria Especial da Presidência da república, “Vieram aqui e chegaram a oferecer o Windows até de graça. Mas essa possibilidade nao existe. Só usaremos software livre”.

Perfeito. Mas não estamos falando de sistemas estratégicos ou de sistemas dedicados do Governo, onde faz sentido ter o grau de autonomia oferecido pelo SL. Estamos falando de Inclusão Digital. Transformaram requisitos que deveriam ser baseados nas demandas de mercado em mais uma patacada ideológica. E ideologia é algo que o Governo adora, lembra de sua juventude. Só que ideologia não enche barriga.

Linux é ótimo pro OLPC? Sim. Linux é ótimo pro estudante de segundo grau que quer arrumar um emprego? Não. Uma pesquisa no www.timaster.com.br procurando por “Linux” retorna 85 vagas, no Brasil inteiro. De um total de 1034 vagas. É inclusão preparar um jovem para menos de 10% das vagas disponíveis?

A oferta do pacote Windows de $3 é excelente, pois daria a possibilidade desse jovem se adestrar no que o mercado efetivamente usa – Windows – e não impediria um dual boot, adestrando-o para o que nichos de mercado usam -e pagam bem- Linux. Seria uma postura racional e pragmática, mas estamos falando de Governos, afinal.

Do contrário teremos uma geração inteira incapaz de atender as demandas do mercado, continuarão excluídos e em desvantagem diante do pessoal que compra seus micros da Dell ou quem quer que seja, com Windows incluso. Ironicamente o que salvará esses jovens da alienação será a pirataria.

Fonte: BlueBus

emIndústria

Revista NetBeans

Por em 14 de maio de 2007 - 2 Comentários
revista Net Beans

Está disponível para a 3ª edição da revista NetBeans.

São 84 páginas que podem ser baixadas ou lidas on-line com excelente material sobre a nova versão (6.0) de uma das melhores IDEs para java no mercado.

Os assuntos tratados são:

  • Novas funcionalidades do NetBeans
  • Integrando linguagens de scripts
  • Desenho de interface para o usuário
  • Escreva uma vez distribua em todos os lugares
  • Swing e Netbeans no mundo real
  • Introdução do pacote C/C++
  • Integração com o OppenOffice.org
  • Desenho visual de aplicações web

A revista é disponibilizada em vários formatos, incluindo um em alta resolução para impressão de maior qualidade.

Pena que esta revista só seja publicada a cada 6 meses, pois é um excelente material e poderia ajudar a aumentar a adoção do Netbeans.

emSoftware

O Google estará de olho em você, jogador

Por em 14 de maio de 2007 - 1 Comentário

O Google acaba de inventar uma tecnologia que permitirá a empresa monitorar os hábitos dos jogadores online. A idéia é utilizar os dados recolhidos para implementar de forma mais precisa as propagandas dentro dos jogos.

A empresa afirmou não ter intenção de usar o sistema tão cedo, mas desde já o assunto se mostra um tanto polêmico. Se levarmos em consideração as inúmeras informações que o mesmo pode oferecer às agências de publicidade, parece uma idéia muito interessante, porém levanta mais uma vez a questão em relação a privacidade.

Portanto comece a pensar duas vezes antes de se engraçar para algum marmanjo personagem feminino naquele jogo online que você tanto se diverte.

[via Wiiha!]

emGames Google Propaganda & Marketing

Microsoft: OpenSource viola pelo menos 235 patentes

Por em 14 de maio de 2007 - 29 Comentários

Ou: “FUD é bom e eu gosto.”

Em entrevista para a CNN a Microsoft revelou seu estudo para determinar quais de suas patentes foram violadas por programas Open Source. Levando-se em conta que só em 2004 a empresa deu entrada em 3780 pedidos de patentes, o número de violações nem é tão grande: 235.

Sem entrar em detalhes, a empresa revela que essas violações estão assim listadas:

 

  • 42 – Kernel do Linux (número cabalístico)
  • 65 – Interfaces gráficas do Linux (KDE, Gnome, etc)
  • 45 – OpenOffice
  • 15 – Programas de email
  • 68 – Programas genéricos

Resta saber se são patentes válidas, como uma que proteja um algoritmo de compressão, ou patentes genéricas como aquelas do One Click da Amazon. De qualquer forma, a prerrogativa de processar ou não quem viole as patentes está nas mãos de Redmond, lembrando que a Justiça nos EUA tem dado ganho de causa na maioria das ações envolvendo patentes de software, vide as lambadas que a Apple (e a própria Microsoft) levaram nos últimos anos.

emIndústria Open-Source

O Jogo mais besta do mundo

Por em 12 de maio de 2007 - 16 Comentários

A idéia original dos videogames era dar ao jogador a chance de ser algo que ele nunca foi. Um piloto de caça, um comandante de submarino, um guerreiro mítico em uma terra selvagem, espião, encanador italiano, etc.

Com o tempo surgiram jogos que simulavam atividades cada vez mais mundanas. Um dos maiores sucessos de todos os tempos a série The Sims, nada mais é que um simulador de vida normal. Assumindo-se que o jogador tenha uma vida, seria só uma repetição do dia-a-dia cotidiano.

Só que agora os japoneses (sempre eles) bateram o recorde. Com esse arcade aí de cima você brinca de…

Levar o cachorro pra passear.

Se andar rápido demais, ele se cansa e morre. Se andar devagar demais ele fica entediado e morre. Tem que desviar dos vira-latas malvados e dos carros desgovernados.

Ficou doido de vontade e já está no site da JAL atrás de uma passagem pra Tóquio, pra brincar com essa máquina revolucionária?

É, nem eu.

Via: Neatorama

emGames