Digital Drops Blog de Brinquedo

Adobe Photoshop CS3 Beta disponível para download

Por em 30 de dezembro de 2006

Pela primeira vez na história, a Adobe está disponibilizando a versão beta do programa de imagem profissional. Para não-clientes da Adobe, o programa irá funcionar por 2 dias.

A versão disponível está somente em inglês e é necessário ter uma cópia legal de algum dos pacotes de software de produção da Adobe para fazer o download do beta, adquirir um número de série e usá-lo por mais tempo.

O software de imagem tem data de lançamento ainda não especificada no segundo trimestre de 2007.

Fonte: Adobe

emSoftware

AT&T compra Bellsouth por 86 bilhões de dólares

Por em 30 de dezembro de 2006

Um gigante cresce ainda mais com a fusão das duas empresas, aprovada pela FCC, a agência reguladora dos EUA.

Uma das exigências foi fornecer internet de banda larga por 10 dólares mensais e congelar os preços para os competidores usar as redes da empresa por 48 meses.

Um dos nossos leitores disse algo sobre o mercado que faz total sentido: basta essa B0$74* de governo (qualquer que seja ele, Lulas, Camarões, Ostras, etc) sair do caminho, reduzir os impostos e entrar apenas como regulador. O mercado se encarrega de fazer o resto.

Sempre foi assim: depois que o celular conquistou as classes A e B, as empresas começaram com planos para a C. Quando esse ficou saturado, vieram os planos para D e E, com financiamento próprio, já que o crédito no Brasil é coisa para ricos.

* não consigo palavra melhor para descrever o governo brasileiro.

Fonte: CNN

emIndústria

Decidido: Os melhores softwares de RSS de 2006

Por em 29 de dezembro de 2006

Passei praticamente a tarde toda pesquisando agregadores de RSS, tanto comerciais quanto gratuitos (não necessariamente open source). E com isso acabei tendo uma ótima surpresa.

O melhor software comercial: FeedDemon 2.1.

Não consegui encontrar, entre todos os programas, um tão bom quanto esse. É o único com integração completa com um serviço online gratuito, o Newsgator e ainda é capaz de se integrar com o Bloglines. Ele ainda se integra com editores de blog e é possível gerenciar literalmente centenas de feeds RSS.

Se você está longe do PC, o serviço online possui exatamente as mesmas pastas, organização e mensagens que o programa no desktop e as alterações feitas em um são refletidas no outro.

Se você usar o código NGHoliday até o final do mês, haverá um desconto de 10 dólares e ele irá custar US$ 19,90.

O melhor software gratuito: Omea Pro.
Esse programa era a versão paga, do Omean Reader, mas desde o começo de Dezembro, a JetBrains (fabricantes do excelente RSharper) decidiu deixá-lo gratuito e vai transformá-lo em um projeto de código aberto. Essencialmente, temos em mãos um programa que custava 50 dólares, com qualidade comercial, disponível para uso.

E o Omean Pro não é apenas um gerenciador de RSS: ele integra documentos, imagens, e-mails, RSS, newsgroups, bookmarks, lista de tarefas e integração com aplicativos como o Outlook num único pacote. É tão bom que passei a usá-lo junto com o FeedDemon. O diagrama que representa as funcionalidades integradas dele:

Se você prefere a simplicidade e quer apenas um gerenciador de RSS, há o Omean Reader. Se integração com o Bloglines é essencial, vá de Greatnews.

emProdutividade Software

Samsung anuncia bateria para notebooks usando células de energia

Por em 29 de dezembro de 2006

A Samsung pretende comercializar no final de 2007 um carregador de notebook usando células de energia. Você vai poder literalmente abastecer seu notebook e ter aproximadamente 30 dias de consumo, com uso diário de 8 horas. Ele não é exatamente móvel, mas é compacto o suficiente para poder ser carregado em viagens.

Uma versão mini também está sendo preparada e a autonomia será aproximadamente 15 horas. Nada mal. Muita gente fica feliz quando a bateria do notebook dura 90 minutos.

A tecnologia usada é o Direct Methanol Fuel-Cell (DMFC), que usa Metanol ao invés de hidrogênio para abastecer o sistema. O resultado da reação é gás carbônico e vapor d’água. Para quem ainda lembra, a reação é:
CH3OH + 1.5O2 ? CO2 + 2H2O

Um probleminha é que o metanol é venenoso e como a estupidez humana é ilimitada (segundo o próprio Einstein), pode haver alguns problemas e restrições comerciais.

Dica: Paulo Iap
Fonte: Akihabara via Engadget, CFDRC

emHardware

Rec6 peneirando os spammers

Por em 29 de dezembro de 2006

O candidato a Digg nacional, o Rec6, colocou em funcionamento um novo algoritmo que busca evitar que usuários manipulem o sistema de votação e envio de URLs. O que estava acontecendo é que alguns usuários estavam enviando URLs de seus próprios sites várias vezes, tornando a tarefa dos editores do Rec6 mais difícil do que já é.

Boa sorte ao Rec6. Vários blogueiros estão apoiando o serviço, para que criemos um site comunitário de respeito no Brasil.

emInternet

Clientes de RSS para Desktop que sincronizam com serviços online

Por em 29 de dezembro de 2006

Leitores de RSS como o Bloglines, Google Reader e Newsgator são muito bons quando estamos viajando ou no trabalho e o acesso a programas são limitados.

Quando estou usando um notebook ou desktop, prefiro ter os meus feeds em um gerenciador simples, como o Sharpreader ou o Omea Reader (esse último eu acho até melhor). Mas a quantidade de assinaturas aumentou demais e está complicado ficar exportando arquivos do serviço online para o desktop ou tentar mantê-los integrados.

O FeedDemon é um software comercial, criado pelo Nick Bradbury, o mesmo autor dos ótimos Top Style Lite (parte integrante do excelente Allaire HomeSite) e Top Style Pro, o imbatível editor de CSS para gente grande. O software está integrado ao serviço online e a edição de um significa a edição do outro, sem configurações extras. Ele também possui integração com o Bloglines, mas limitada.

O custo até o final do ano é baixo, 19 dólares (o normal são 29 dólares), mas não estou conseguindo encontrar concorrentes e passei a tarde toda procurando alternativas. Alguém sabe de outras opções, mesmo comerciais que façam o mesmo que a dobradinha FeedDemon-Newsgator?

Até o momento, o mais próximo que encontrei foi o Greatnews usado junto com o Bloglines. O cliente é um ótimo cliente de RSS e gratuito também. O serviço online é um velho conhecido, mas a integração não é total. Ainda é preciso ficar manualmente importando feeds novos e não é possível atualizar o Bloglines a partir do desktop.

É interessante constatar como a qualidade dos programas gratuitos melhorou. Sinceramente, não sei como decidir entre o Omea Reader e o Greatnews e o Sharpreader.

emProdutividade Software

Ubuntu 32 bits ou 64 bits, qual é mais rápido?

Por em 29 de dezembro de 2006

O site Phoronix, fez uma avaliação interessante, rodando as mesmas tarefas tanto no Ubuntu 32 bits, quanto no 64 bits, os resultados confirmam os testes que eu já havia feito há quase um ano atrás, pelo visto nada mudou.

O comparativo, utilizou uma máquina com uma boa configuração, com processador Athlon 64 X2 4200+ e 2Gb de RAM, além de uma ATI Radeon X300SE e um HD Seagate 160GB SATA2.

Foram utilizadas as versões 6.10 (Edgy Eft) e 7.04 Herd 1 (Feisty Faw alfa).

Foram comparadas:

  • Execução do Unreal Tournament 2004
  • Compressão GZip
  • Compilação do LAME
  • Encoding usando o LAME
  • Resultados no aplicativo RAMSpeed
  • Compilação do Kernel

Os resultados:

O 32 bits, levou a melhor em:

  • Execução do Unreal Tournament 2004
  • Encoding usando o LAME
  • Compressão GZip

O 64 bits, levou a melhor em:

  • Compilação do LAME
  • Resultados no aplicativo RAMSpeed
  • Compilação do Kernel

As diferenças não são exatamente significativas, porém demonstram que, para multimídia, ainda é melhor manter o sistema em 32 bits e para o desempenho geral do sistema o 64 bits é melhor.

Um problema que ainda prende muitos usuários que possuem processadores 64 bits ao sistema operacional em 32 bits é que muitas bibliotecas e aplicativos ainda não existem de forma nativa, pratica e integrada em 64 bits.

Talvez, este problema seja exatamente o que explique uma performance melhor nas funções de mídia para o sistema 32 bits.

Para o usuário normal, ainda não vale a pena a mudança, seria interessante aguardar que mais aplicativos tirem proveito das melhorias trazidas pelo sistema operacional 64 bits.

Para desenvolvedores, a mudança pode ser altamente benéfica, já que o ganho no tempo de compilação ultrapassa os 10%, para quem está sempre compilando pode representar uma economia de tempo considerável no final do dia.

Outro detalhe interessante, olhando os resultados é o ganho de performance obtido com a versão 7.04 em relação a 6.10 do Ubuntu, mesmo a versão 7.04 estando no estágio Alpha, ou seja, o Feisty Faw promete e muito.

emAndroid e Linux