Digital Drops Blog de Brinquedo

Microsoft não quer sua licença homologada pela OSI

Por em 23 de agosto de 2006

A licença Microsoft Community License foi enviada para análise à OSI com objetivo de sua inclusão na relação de licenças de código aberto da instituição. Mas não foi a empresa de Redmond quem efetuou o envio, foi um programador e blogueiro chamado John Cowan, que também é voluntário da Chester County InterLink, uma organização sem fins lucrativos fundada em 1993 nos EUA por Eric Raymond e Jordan Seidel. A OSI então decidiu contactar a Micrsoft para saber se deveria dar prosseguimento ao processo de análise e aprovação. A resposta de Redmond foi de que o assunto deveria ser desconsiderado.

Via Slashdot

emIndústria Open-Source

Apple demite 5 funcionários por pirataria

Por em 23 de agosto de 2006

Segundo o site ThinkSecret, cinco funcionários das lojas da Apple foram demitidos, depois que comentaram publicamente terem baixado versões “developer´s only” do Mac OS X 10.5 Leopard, disponíveis ilegalmente via Bit Torrent.

Mais algumas dúzias estão na mira da demissão, também informa o ThinkSecret. Ou seja: A Apple não brinca em serviço, como descobriram 3 cidadãos que em 2004 baixaram cópias do Mac OS X 10.4 Tiger, e por isso foram processados.

Fica a dúvida: O que leva um sujeito a piratear o produto de sua própria empresa, sabendo que a política interna para esse tipo de coisa é tolerância zero?


Fontes: Digg, ThinkSecret,MacObserver

emApple e Mac

Zero Idiot Comment Act: Uma brincadeira interna para moderar posts

Por em 23 de agosto de 2006

Em qualquer website, e principalmente em um blog, a opinião do leitor, as críticas, discordâncias, puxões de orelha, quando feitos de forma correta, enriquecem um post e fazem o autor se esforçar ainda mais, criando um ciclo virtuoso, quase uma parceria.

Mas os delinqüentes digitais, ou trolls, existem, e podem arrasar uma discussão ou brincadeira por uma série de motivos. Uns acham que por ter comprado o computador e pagar pela conexão de internet, têm a liberdade de escrever e ser ouvido por quem ele ou ela bem entender. O pseudo-anonimato é atraente demais para o indivíduo com características de psicose anti-social. E existem outros casos.Além dos doentes, como citado acima, existem os que querem apenas fazer arruaça, ou fanboys, que defendem tão fervorosamente uma idéia que possui semelhança ao radicalismo religioso. Discussões e flames são bastante comuns e quando os argumentos acabam, resolvem destruir a discussão, para que a informação não chegue a todos e que idéias como aquelas sejam censuradas, coibidas, proibidas.

E mais contraditório disso tudo é que todos os indivíduos usam, SEMPRE, um mesmo argumento: liberdade. Liberdade para censurar, porque ele pode. Liberdade para xingar, porque a liberdade de expressão é um direito universal (pergute a Bia Kunze o que ela acha disso. Ela pode dar uma aula sobre o assunto). Liberdade para atacar uma pessoa, caluniar, difamar e injuriar. São diferentes e são crime, por sinal.

O Meio Bit, assim como outros blogs, é um veículo de idéias. Os meios de se publicar são do blogueiro, assim como a responsabilidade por quem comenta alí. Então, um troll, usa recursos alheios para espalhar idéias estapafúrdias e invadir a liberdade do seu anfitrião. Algumas vezes tentamos ser sarcásticos e leitores não entendem, partem para o ataque, questionamento e a pior coisa é ter que explicar uma piada. Mostra que não fomos tão bem sucedidos. Mas algumas respostas são absolutamente desproporcionais a qualquer discussão sadia.

Exemplo? Que tal porco fascista, nazista e Diogo Mainardi? Volta e meia recebo um petardo desses. O Leo, se dependesse de alguns, seria censurado de uma vez por todas, talvez exilado. O Cardoso, então, nem se fala… ou melhor, que tal o fígado sendo comido pela eterninade?

Por essas e outras, numa brincadeira, disse que ia passar a aplicar o ZICA: Zero Idiot Comment Act, em todos os meus posts. Ele já está na sua segunda versão, o ZICA++ e agora estou preparando o ZICA#. ;-)
Basicamente são uma série de auto-regras e parâmetros para limar comentários, sem discussão.
Exemplo: alguém posta um comentário inteiro em maiúsculas. O texto está bem feito e não há palavrões. O blogueiro tem a opção de usar uma ferramenta para deixar o texto em minúsculas, aceitar ou apagar. Palavras de baixo calão, mesmo em contexto, podem ficar? Comentários off-topic? E flame-baits, as tentativas de acalorar a discussão e partir para a patifaria?

Aqui no Meio Bit temos vários exemplos de posts completamente abertos e outros protegidos pela ZICA. O leitor nota rapidamente que ao discordar do autor, total ou parcialmente, não foi censurado, mas o comentário de cima, que dizia “mas que idiotice, cara” foi para a reciclagem.

Lembre-se sempre que a liberdade de um indivíduo termina quando começa a liberdade do outro. É preciso responsabilidade para se expressar e educação nunca fez mal a ninguém. Discordar é preciso e necessário, mas agir como um arruaceiro, não irá levar suas idéias muito longe. A dinâmica dos blogs é sensacional porque os autores, mais do que seu público são altamente influenciados pelo feedback dos comentários.

emBlog

Gmail com player MP3 integrado

Por em 23 de agosto de 2006

Mais uma pequena mas interessante novidade no Gmail: agora arquivos MP3 podem ser ouvidos diretamente no Gmail, através de um pequeno player em flash. Pessoalmente achei esta possibilidade excelente, pois meus recados do celular são enviados para meu e-mail, e agora posso ouvi-los rapidamente.

O Gmail continua a ser o melhor webmail do mercado, na minha opinião. São pequenas melhorias como esta que permitem que este aplicativo continue na ponta. [via]

emInternet

Tecnologia a serviço da sociedade

Por em 23 de agosto de 2006

O Meiobit.com é um site apolítico, isto é, não toma partido por essa ou aquela ideologia política; aliás nem é o lugar para discutirmos política. Se você quiser discutir política ligue para seus amigos e agende um chopp para depois do expediente. Mas o Meiobit.com é a favor do voto consciênte e sabendo que nessa eleição vai ser duro para que você, nosso leitor, escolha um político que não é ladrão decidimos dar uma força: use o Google para procurar por políticos honestos! É muito simples:

1- Vá ao google.com.br;
2- Digite na caixa de busca a expressão “político honesto”;
3- Clique no botão Estou com Sorte que retorna direto o resultado mais relevante.

É muito esclarecedor!

Ou veja no site da ONG Tansparência os perfis do candidados à câmara dos deputados e aprecie como, diferente do que você imaginava, a internet pode ser útil para alguma coisa ;-)

emMiscelâneas

Crescimento Sustentável – O novo Brasil

Por em 22 de agosto de 2006

É o título de um artigo da IBM sobre o mercado de serviços e TI no Brasil. Fazendo uma análise do Brasil e do contexto global do grupo apelidado de BRIC (Brasil, Russia, Índia e China) o artigo em inglês é a visão de mercado da Big Blue para seus parceiros e clientes. Interessante a leitura para quem está no mercado de TI ou pensando em investir nesse segmento.

Do artigo:

A revista Business Week classifica o Brasil como um “forte incubador para startups de tecnologia” notando que a indústria de TI do país vêm crescendo à uma taxa de 10% ao ano desde 2000. Exportações de produtos e serviços de alta tecnologia devem crescer de cerca de US$ 500 milhões em 2004 para US$ 2 bilhões em 2007.

emIndústria Miscelâneas

Microsoft convida grupo do Firefox para uma visita amigável

Por em 22 de agosto de 2006

Entre empresas convencionais, não é notícia, até o Opera
já visitou a Microsoft. A novidade foi o convite ter sido
feito a um projeto Open Source, conforme "http://groups.google.com/group/mozilla.dev.planning/browse_frm/thread/622906b52581628e/a303e61ccb5c8149#a303e61ccb5c8149">
mensagem postada em um newsgroup
por Sam Ramjii, chefe do Laboratório de
Pesquisa Open Source da Microsoft
.

Na mensagem, Ramji explica que mandou o convite para o newsgroup além do email

caso seus filtros de spam estejam bloqueando tudo do domínio @microsoft.com

Se o senso de humor não foi o suficiente, provavelmente o convite para 4 dias com acesso a equipes de
desenvolvimento, suporte e ao laboratório Open Source foram, pois Mike Schroepfer do grupo do Firefox respondeu que
as equipes já estão em contato.


Um dos objetivos desse encontro é facilitar a transição para o Vista. Embora seja compreensível que o pessoal do
Firefox tenha todo o interesse que seu programa rode bem na nova versão do Windows, é surpreendente e bem-vindo que a
Microsoft tenha o mesmo interesse.

Pelo visto foi-se o tempo das práticas questionáveis como colocar mensagens de erro falsa quando era detectado um
sistema operacional de terceiros, como fizeram na época do Dr DOS. De resto, é um gesto benéfico a todos os
envolvidos, menos os reclamões de sempre, como um que não entende o básico do Open Source e disse, nos comentários do
Digg, que o convite foi para a Microsoft poder roubar o código-fonte do Firefox.

Fontes: ArsTechica , "http://www.digg.com/">Digg

emInternet