Digital Drops Blog de Brinquedo

Governo do Zimbábue vai monitorar suas telecomunicações

Por em 15 de junho de 2007 - 11 Comentários

meiobit-africa.jpgA privacidade na Internet nunca foi grande coisa, mas tem piorado. No último ano vários governos deslancharam projetos de monitoração, censura ou simples bloqueio de serviços. A China é um bom (mau) exemplo, bloqueando até o Flickr.

O último a entrar na onda do Big Brother é o Zimbábue, um enclave no meio da África, sem acesso ao mar, cujo maior título ostentado é de Campeões Mundiais de Inflação, que em 02/2007 chegou a 1370%. Isso seria problema se houvesse uma Economia para ser afetada, mas como o artigo da Wikipedia em português sobre a Economia do Zimbábue é só uma cópia do artigo sobre o Zimbábue, estima-se que o PIB deles não seja estelar. A taxa de desemprego de 80% (achei dados mais completos na Wikipedia original)

Mesmo assim eles querem gastar o que não têm, com essa nova Lei, que obriga os provedores de Internet a instalar equipamentos de monitoração e espionagem, anotando tudo que seus usuários falam, escrevem e compartilham. As organizações de direitos civis estão preocupadas, pois isso VAI ser usado para controlar atividades que sejam contra os interesses do Governo. A Associação dos Provedores de Internet do Zimbábue não gostou, a maioria dos provedores não tem dinheiro para comprar esses equipamentos. SIM, além de espionar seus usuários você será obrigado a pagar por isso.

O que mais assusta é que o país não tem cobertura de telefone OU Internet em 99% de seu território, e ao invés de melhorar sua infraestrutura, o Governo quer apenas se manter no poder e esmagar quem pensa diferente. Será que políticos são mesmo iguais em qualquer lugar? Valei-me São Palpatine.

Fonte: BoingBoing, BBC

emInternet Telecom

Precisamos de um outro browser?

Por em 15 de junho de 2007 - 36 Comentários

Esse post é mais uma dúvida do que uma análise ou artigo. Conversando com alguns colegas de blog, surgiu uma dúvida: precisamos, realmente, de outro browser? O Konqueror e o Safari são essencialmente a mesma coisa (posso estar enganado): é a mesma engine de renderização.

E não funciona direito. Desculpe, gente, não funciona direito MESMO. O Firefox dá uma lavada tão grande, assim como o Opera e o IE, que fico com pena desse povo.

Dito isso, a pergunta: não seria melhor, ao invés de dividir recursos, conhecimento, tempo, expertise e horas programadas ser investido nas melhorias e desenvolvimento do Firefox?

Sinceramente, não consigo entender essa divisão, que está longe do dividir para conquistar do Sun Tzu. É preciso dividir o adversário e não os seus próprios contingentes.

emMiscelâneas

Escova de dentes sem-fio e wireless

Por em 15 de junho de 2007 - 11 Comentários

meiobit-escovasemfio.jpg

A nossa civilização está se encaminhando para o fim. Somos tão absurdamente dependentes de tecnologia que agora nem escovar os dentes podemos fazer sem uma rede wireless, computadores, agentes inteligentes, etc, etc.

Todo mundo já tomou bronca de dentista, depois passou dez minutos na frente do espelho sendo adestrado sobre como escovar os dentes. Não é difícil. Qualquer criança sabe, qualquer criança brinca. Mas o pessoal da OralB não concorda. A escova aí do lado, a Triumph, é elétrica (ok, tudo bem, eu tenho uma, é legal) e já acompanha o tempo de escovação, indica quando trocar a bateria, quando trocar a cabeça da escova e até reconhece, via SmartRefill qual o tipo de cabeça utilizado, programando a movimentação de acordo.

Calma que piora. Em breve lançarão o módulo da imagem, uma versão nova da escova com conexão wireless onde será indicado tudo isso e até qual quadrante da boca você deve escovar durante quanto tempo. O que vão inventar depois? Camisinha digital com metrônomo? ping == in, pinping == out?

Custando US$150,00 é bom esse negócio me manter longe de dentista por muito tempo.

Fonte: SciFiTech

emPeriféricos Wireless e Redes

Celulares na Coréia do Norte? Pena de morte

Por em 15 de junho de 2007 - 4 Comentários

meiobit-kingjonil.jpg

Se fosse nos cinemas eu até concordaria, mas a simples posse de um celular é crime punido com execução, segundo o Instituto Coreano para Unificação Nacional.

A Coréia do Norte não tem cobertura de celular, ou sequer Internet, nem para privilegiados, como em Cuba. O Regime de King-Jon-Il não permite qualquer contato com o mundo exterior, mas alguns se arriscam, contrabandeando celulares, que funcionam na região da fronteira com a China, onde as redes de celular chinesas misteriosamente apresentam um sinal estranhamente forte.

O mundo fica muito estranho, quando a China Comunista conspira de forma subversiva contra um regmie totalitário.

Fonte: Textually.org

emCelular

Da diferença entre fã e fanboy

Por em 15 de junho de 2007 - 28 Comentários

meiobit-fanboy1.jpg

Não há nada errado em ser fã. Todo mundo (a não ser os chatos) é fã de algo ou alguém, e isso nos torna pra lá de condescendentes com as falhas daquilo ou daqueles que admiramos. Só que tudo na vida tem limite. A galera do MSX por exemplo defende ardentemente que seus Ataris Envenenados suprem todas as necessidades de computação do mundo moderno. Isso é negar a realidade. Até porque a descrição se encaixa muito melhor no Amiga, o melhor computador que já existiu.

Antes de tudo é preciso saber que todas as coisas são transitórias. Imagine uma tatuagem com o logo do XP, o “Windows Definitivo”? Ou do Kurumin. Quanta gente era ardorosa defensora do Kurumin, e hoje não vive sem o Ubuntu? Isso vale uma tatuagem?

O desavisado acima é um bom exemplo. Seu nick é “mszunefan” e está na categoria “king of zunes”, nos fóruns do ZuneScene. Mesmo com o Zune tendo conseguido 9% do mercado, não é um tanto cedo para uma atitude dessas? Que o diga a Debora Secco e suas tatuagens com o nome do (ex) namorado.

Existe, claro, gente pior. O Fake Steve Jobs (sempre ele) recebeu uma imagem de uma psicótica que entalhou a maçã da Apple no braço, usando um estilete. O post saiu do ar mas a imagem ainda está lá. Abra com cuidado.

Será que esse pessoal não está indo longe demais? Gente, estamos falando de marcas, de empresas, business, será que isso merece tanta devocão?

Agora, para aliviar um pouco da foto acima, uma mais palatável.

meiobit-fanboy2.jpg

emApple e Mac Miscelâneas

Sexo e violência do jeito que os nerds gostam

Por em 15 de junho de 2007 - 9 Comentários

meiobit-fetiche.jpg

Eu acho que desde que envolva adultos conscientes, não atrapalhe os vizinhos e não assuste os animais domésticos, você pode se divertir do jeito que quiser, mas alguns fetiches me assustam. Não aquela coisa de máscara de couro e chicotes, a Lady Heather parece ser uma mulher legal. Falo de fetiches que envolvem tecnologia. Vejam por exemplo o site Bikinirama. Nesse estranho reduto dinamarquês, mulheres de biquini (ok, parece mais uma calçola) destróem equipamentos eletrônicos. Neste link, por exemplo, Tatjana Kraslova ataca com fúria homicida um Macbook.

Em outro uma modelo usa um taco de baseball para destruir uma Schallplattenspieler, que como todo mundo sabe é “toca-discos”, em alemão.

Não fazem mais que isso, não tiram a roupa, nada. Mas se o site está no ar, tem quem goste. Vá entender.

Achado no Fake Steve Jobs

emApple e Mac

Skype Linux atualizado para versão 1.4

Por em 15 de junho de 2007 - 33 Comentários

meiobit-skypelinux.png

Já não era sem tempo. Mesmo assim a versão Windows está na 3.2, a para OSX na 2.6 e a Windows Mobile 2.4.

OK, eles não dão muita prioridade nas atualizações para sistemas alternativos, mas será que parte da culpa não resume na pulverização de distribuições? São OITO downloads diferentes, que precisam ser compilados, testados e homologados, isso custa tempo e dinheiro.

Será que não era hora de unificar e padronizar os requisitos de desenvolvimento e distribuição de aplicações no Linux?

Clique aqui para a página com o Skype 1.4 para Linux em suas oito versões: Ubuntu, Fedora, Debian, OpenSuse, Mepis, Mandriva, Xandros ou “genérico”.

emAndroid e Linux VoIP