Digital Drops Blog de Brinquedo

SciCast #56 — Arthur C. Clarke

Por em 21 de novembro de 2014

SciCast_MP3Cover

Sir Arthur Charles Clarke nasceu em uma fazenda onde desenvolveu um amor intenso pelas estrelas, tanto por observar o céu quanto pelas revistas de ficção científica que lia.

Clarke encontrava-se em um em um mundo dividido entre duas politicas, socialismo e capitalismo, essas duas formas de ver o mundo competiam em tudo, e uma de suas maiores competições era a “Corrida Espacial”. A cada dia que se passava os cientistas descobriam algo novo, pois havia incentivos extremos a pesquisa, o desenvolvimento cientifico era muito rápido e como sempre, de nada adianta ter conhecimento se não existe um visionário para imaginar algo em que o conhecimento fosse usado.

Clarke escrevia com muita influência das revistas de ficção científica que lia quando era criança, uma narrativa simples e com muitas descrições detalhadas (algumas até com descrição das equações envolvidas no projeto em questão).

O que torna sua literatura tão especial é o fato de Arthur ser por própria natureza um gênio da ciência, colocando em suas historias nada mais, nada menos do que suas teorias de como algo funcionaria, por exemplo: era conhecido o rádio e propriedades geoestacionárias, Arthur juntou os dois com a ideia dos satélites.

E como forma de homenagear este fantástico autor, físico e matemático, um gênio em todos os sentidos, o SciCast desta semana é sobre ele.

Agora você pode ajudar a financiar o SciCast. Visite o hotsite do SciCast para fazer o download e ler outras informações relacionadas.
continue lendo

emBrasil Destaque Destaques Podcast SciCast

Encontre facilmente suas chaves e seu smartphone com o Motorola Keylink

Por em 20 de novembro de 2014

Keylink da Motorola

Quantas vezes você não passou pela situação a seguir? Você está em algum lugar, se preparando para sair, bate as mãos nos bolsos, olha pra mesa, tem um mini-ataque cardíaco e se pergunta: “Cara, onde estão minhas chaves / está meu celular?!” Comigo acontece direto, qualquer dia desses eu empacoto.

Bom, existem alguns produtos no mercado, como o HTC Fetch, que prometem resolver esse problema. Chegou a hora da Motorola entrar nesse mercado.

continue lendo

emAcessórios Android e Linux Apple e Mac Destaques Mercado Periféricos Planeta Sem Fio

DOJ dos EUA volta a apelar para o FUD contra criptografia de smartphones

Por em 20 de novembro de 2014

lock

Depois da dor de cabeça que Edward Snowden causou em 2013, boa parte das empresas de tecnologia decidiu que não vão mais deixar seus dados e o de seus usuários ao Deus-dará, com livre acesso para órgãos governamentais fuçarem a torto e direito. Só que o passo dado por Apple e Google não agradou o FBI, a polícia e o procurador-geral dos Estados Unidos.

O ofendido da vez é o vice-procurador-geral James Cole, que assim como os anteriores está apelando para o FUD afim de convencer a opinião pública de que monitoramento de dados é necessário.

continue lendo

emApple e Mac Computação móvel Destaques Google Internet Microsoft Planeta Sem Fio Segurança Software Web 2.0

Nielsen vai enfim medir audiência da Netflix e Amazon Video

Por em 20 de novembro de 2014

netflix

Levou mais tempo do que o esperado, mas finalmente o Instituto Nielsen percebeu o óbvio: não dá para medir o sucesso de um programa, uma série ou qualquer atração midiática apenas se focando nas poucas residências que monitora (que nem levam em conta dois aparelhos num mesmo local), não quando temos um sem número de serviços de streaming que ele ignora solenemente.

Ou melhor, ignorava. A partir de dezembro Netflix e Amazon Video passarão a ser monitorados pelo órgão norte-americano, mesmo contra a vontade das empresas – entretanto continuarão sem ver o cenário completo.

continue lendo

emÁudio Vídeo Fotografia Entretenimento Internet Planeta Sem Fio Web 2.0

Evento da MasterCard mostra novidades e tendências em pagamentos eletrônicos

Por em 20 de novembro de 2014

evento_mastercard_lyons

Na 3ª edição do seu Fórum Anual de Inovação em Pagamentos em Miami, a MasterCard mostrou as tendências para o futuro dos pagamentos eletrônicos, incluindo o serviço MasterPass, para pagamentos através de praticamente qualquer aparelho móvel e o ShopThis!, no qual você pode comprar produtos a partir de vídeos ou até mesmo de revistas impressas.

O evento voltado para o mercado da América Latina e Caribe teve palestras bem interessantes como a de Robert Wolcott da Kellogg Innovation Network e David Cohen, que apresentou a evolução dos pagamentos desde 1964, quando foi lançado o primeiro cartão da empresa, além da apresentação de Garry Lyons (foto acima), chefe de inovação da MasterCard e responsável pela área da empresa que está sempre de olho no futuro, o MasterCard Labs, que conta com laboratórios em Dublin e Miami.

O Apple Pay aumentou a percepção do público em geral para este tipo de transação.”

Na abertura do evento, Gilberto Caldart, presidente da MasterCard para a América Latina e Caribe, falou sobre o panorama do mercado de pagamentos, que vive em constante mudança, deixando claro que o futuro do comércio está indo na direção de transações digitais: “Há alguns anos vemos a inclusão de chips NFC em smartphones Android para uso no sistema de pagamentos Google Wallet, e recentemente o Apple Pay aumentou a percepção do público em geral para este tipo de transação.”

O foco principal da MasterCard para a América Latina é tentar mudar o panorama atual, no qual 70% da população não conta com conta bancária, e uma das soluções para isto são dois serviços criados em parcerias com as operadoras Vivo no Brasil (Zuum) e o Movistar (Tu Dinero Móvil) para o resto da região, que funcionam basicamente como contas correntes pré-pagas.

Caldart também acredita que outro grande potencial para pagamentos digitais é a Internet das Coisas, que vai conectar nossos carros, geladeiras, máquinas de lavar e outros aparelhos que usamos no dia a dia, incluindo casas totalmente conectadas.

evento_mastercard_wolcott2

Em sua palestra, Robert Wolcott levantou alguns pontos importantes sobre como grandes empresas perdem seu espaço no mercado, apesar de investirem em inovações e terem funcionários capazes e inteligentes, citando o caso de várias empresas incluindo a Pan-Am, IBM e Kodak.  Como isto pode acontecer? Como uma empresa que está no topo pode chegar ao fim? Ele acredita que o problema não é a falta de capacidade, e sim outro motivo. Não é que eles não estavam inovando, eles só não estavam transformando esta inovação em produtos que as pessoas quisessem.

Como as empresas devem se preparar para enfrentarem sua concorrência, que está cada vez mais feroz? “Se você faz uma coisa e ganha muito dinheiro, o que as outras fazem? Te copiam”, disse Wolcott. “Como escapar disto? Nós temos que inovar mais rápido do que antes.” Para ele, a grande ameaça não vem dos concorrentes diretos, e sim da “periferia”.

continue lendo

emDestaques Evento Mercado

ASUS antecipa Black Friday com o Zenfone 5 de 16 GB

Por em 20 de novembro de 2014

asus-zenfone-5

A ASUS não está medindo esforços para conquistar o consumidor com sua recém-lançada linha de smartphones no Brasil. O Zenfone 5 e o Zenfone 6, embora sejam produtos intermediários chegaram com preços bastante atraentes, começando na faixa dos R$ 499 para o Zenfone de 5. Agora, a uma semana da Black Friday a empresa anuncia a versão de 16 GB do aparelho, com as mesmas características e um preço até bem atraente para sua categoria.

continue lendo

emComputação móvel Hardware Mercado Planeta Sem Fio

Rússia denuncia: avião da Malásia foi derrubado por caças ucranianos

Por em 19 de novembro de 2014

Foto 17-11-14 20 51 46

A Rússia é um lugar curioso, e nem falo por causa dos meteoros e câmeras nos carros. Décadas de comunismo e a falta da bagunça brasileira criaram um povo que adora líderes “fortes”. Séculos de novelistas suicidas e ufanismo justificado (chupa, Hitler!) criaram um amor pelo drama inigualável. Tudo na Rússia precisa ser épico e dramático. Inclusive a mídia. O Russia Today por exemplo é uma espécie de Fox News Vermelha, mas ao contrário da maioria dos países toda a mídia é controlada pelo Governo, só varia o entusiasmo das reportagens.

Esse controle total da mídia causa um distanciamento da realidade. Como editores da Wikipedia, líderes autoritários se acham com o poder de definir fatos e acontecimentos. Por isso países como Canadá Irã e a Melhor Coréia passam por vergonhas coletivas de Photoshop. Agora foi a vez de Moscow.
continue lendo

emDestaques Segurança