Digital Drops Blog de Brinquedo

Yellow Dog Linux disponível para o PS3 até o final do ano

Por em 20 de outubro de 2006



Yellow Dog Linux 5.0 é uma distribuição Linux baseada no Fedora produzida pela Terra Soft Solutions para o Playstation 3. Utilizando o Enlightment como desktop, trazendo diversos aplicativos úteis, como OpenOffice e Firefox.


Fonte: Aihabara News

emLinux

Internet Explorer 7 não é compatível com o Windows Vista RC2

Por em 20 de outubro de 2006



Após fazer o donwload do Internet Explorer 7 final do site da Microsoft, na hora da instalação no Windows Vista Release Candidate 2 a mensagem acima aparece. Curiosamente o Vista já vem com o Internet Explorer 7.

Outro fato curioso é que, de dentro do Vista, o download do Explorer 7 ocorreu sem qualquer tela de autenticação, WGA ou similar, utilizando o navegador Firefox.

emInternet

Guia para colaboradores do Meio Bit

Por em 20 de outubro de 2006

Estamos recebendo cada vez mais materias para publicacao no Meio Bit, e o Falcon_Dark escreveu um guia que descreve o que e aceitavel, como enviar etc.

A comunidade esta ganhando maior participacao no site, com a possibilidade de votar em comentarios (e em posts, a partir de hoje) e contribuir com textos.

emAnúncios

Release Candidate do Ubuntu 6.10

Por em 19 de outubro de 2006

Programada para 26/10/2006, a versão 6.10 (codinome: Edgy Eft), teve seu release candidate lançado.

As inovações desta versão focaram em melhorias internas do sistema, como um sistema de boot mais rápido e flexível, melhoria no suporte a hardware, versões mais recentes de aplicativos etc…

As principais novidades nos aplicativos são:

  • Gnome 2.16
  • Tomboy
  • F-spot
  • Evolution 2.8.0
  • Firefox 2.0 RC2
  • Gaim 2.0 3.1beta
  • Orca

As principais novidades no sistema são:

  • Novo sistema de inicialização.
  • Nova tela inicial.
  • Várias melhorias na parte estética, como cantos arredondados nas janelas.
  • Crash Report – em caso de falha gera um relatório do erro automaticamente.
  • Correção de bugs.

Para atualizar seu Ubuntu para a versão 6.10RC é necessário executar (no terminal ou usando Alt+F2) o comando gksu “update-manager -c -d”.

Isto só é necessário para informar ao sistema de atualização que você quer utilizar uma versão que não é a final, quando esta versão for lançada, o sistema de atualização cuidará de todo processo, sem necessidade de digitação de qualquer código.

Existem alguns problemas conhecidos que devem ser corrigidos até a versão final, mas um é particularmente problemático para nós. O layout de teclado ABNT2 não está configurado corretamente.

Lembrem – se, está é uma versão de desenvolvimento, bugs são esperados, só atualize se tiver certeza do que está fazendo.

Outro ponto importante é que usuários de empresas que precisam do suporte estendido (36 meses), também não devem atualizar, uma vez que essa versão só terá o suporte padrão (18 meses).

emLinux

Flash Player 9 para Linux

Por em 19 de outubro de 2006

Saiu o primeiro beta do Adobe Flash Player 9.0 para Linux. Duas coisas precisam ficar salientadas sobre esse primeiro beta da última versão do player de multimídia mais famoso da internet. A primeira é que ele demorou muito em relação à sua versão de Windows, quase 1 ano, o que indica que a Adobe está dedicando poucos recursos ao projeto. A segunda é que a boa vontade da Adobe de manter uma equipe para levar seu programa ao Linux é um fantástico sinal pró-Linux para o mercado.

A Adobe já levou seu PDF Reader oficialmente para Linux e agora busca sincronizar as versões Windows, Mac e Linux de seu Flash Player. Isso mostra que apesar da pequena participação de mercado do Linux a Adobe pretende criar sua parte de ecossistema para que essa participação aumente. É um estímulo que pode começar a impulsionar outras grandes desenvolvedoras rumo ao Linux, como a Autodesk, que já prepara seu primeiro produto para aquela plataforma.

Com relação ao Flash Player 9 para Linux Beta, eu já baixei e instalei por aqui, substituindo a antiga 7.63 que não conseguia acessar algum conteúdo e me provocava um erro de renderização horrível no Yahoo. Os erros de renderização pararam e navegando em diversos sites que fazem uso extensivo de Flash eu não notei nenhum problema. No site da Adobe Labs há um link para download da versão Linux do plugin para Firefox e de uma versão standalone do player. Há também um link para, depois da instalação, ser acessado e testar o flash, informando inclusive sua versão. Esqueça isso, teste o Flash 9.0 para Linux no site da Ana Hickmann, lá também é informada sua versão de Flash Player, e o papel de parede é lindo.


Veja esta imagem amplicada clicando aqui

PS: Alguns usuários têm reportado dificuldades em instalar o Flash Player 9 para Linux em versões de 64bits do sistema

emLinux

IE7 apresenta sua primeira falha de segurança

Por em 19 de outubro de 2006

Após algums RC’s finalmente a Microsoft lançou ontem a versão final do IE7. Porém em menos de 24 horas a primeira falha de segurança já foi identificada.

A empresa de segurança Secunia reportou uma falha que contém uma vulnerabilidade de vazamento de informação. A brecha pode resultar em exposição dos dados do usuário e pode ser explorada remotamente.

Segundo o site se um usuário visita uma página na web com código malicioso preparado pode haver a exploração da falha. O atacante pode então ler informações de uma outra página que esteja sendo visitada pelo internauta – incluindo sites de bancos e e-mail. “Um ataque de phishing seria uma forma de explorar essa brecha” comenta Thomas Kristensen chief technology officer (CTO) da Secunia.

O mais interessante é que a nova versão no navegador da Microsoft contém uma ferramenta que deveria avisar ao usuário sobre ataques de phising. A empresa sugere desabilitar o suporte a scripting ativo para proteger o computador.

É normal todo software recém lançado apresentar falhas. O curioso aqui é que essa falha, em específico, é a mesma encontrada no IE6 em abril e que já foi há muito tempo corrigida pela própria MS.

emSegurança

Lost vai mandar Rodrigo Santoro de volta pra cadeia

Por em 19 de outubro de 2006



Eu não gosto de Lost, mas não sabia que a série podia ter consequências tão sérias. No caso, para Rodrigo Santoro, que como os fãs sabem, irá participar de alguns episódios.

O tempo vai fechar depois que Hollywood tomar conhecimento das declarações do ator. Segundo esta matéria no site SériesEtc do portal da TV Globo:

“NO BRASIL, SANTORO VAI ASSISTIR A LOST PELA INTERNET (…) Assim que a série cair na rede, ele vai fazer o download do capítulo para assistir no computador.”

Bem, a Polícia Federal prendeu um monte de gente que baixava filmes ilegalmente. Um ator de uma série dando o exemplo errado e confessando um delito não deve ser difícil de ser “enquadrado”.

Aos mais inteligentes, que baixam e não alardeiam, a vantagem de ter menos peso na consciência. Se ele que é o principal interessado vai piratear, mãos à obra…


Essa quem deu foi o Borbs.

emInternet