Digital Drops Blog de Brinquedo

HD-DVD e Blu-Ray: DRM já era

Por em 13 de fevereiro de 2007

O Engadget publicou o que pode ser o hack definitivo para o HD-DVD e Blu-Ray. Era apenas questão de tempo, já que a extração de chaves individuais de cada filme já haviam sido descobertas.

A diferença, segundo o hacker arnezami é que ele encontrou a chave de processamento (“processing key”) e que “nada foi realmente hackeado, crackeado ou sofrido engenharia reversa”. Segundo ele, bastou monitorar a memória para saber o que estava acontecendo e a essa espécie de chave mestra apareceu.

Isso significa, essencialmente, que o DRM da nova geração de mídias acaba de se tornar passado, assim como os DVDs. O Steve Jobs tem toda razão quando pede para remover o DRM. É uma crônica de morte anunciada. Nunca evitou e nunca evitará pirataria.

Vocês não acham que já passou muito da hora das empresas entenderem que não queremos DRM nem DVDs custando R$ 49,90? A era digital chegou e eles precisam oferecer: comodidade, preços justos, segurança e principalmente qualidade.

A Apple com o iTunes e a NewsCorp com o Direct2Drive já mostraram o caminho das pedras. O seriado 24 Horas, por exemplo, custa 2 dólares por episódio ou 40 dólares pela temporada inteira. Razoável, cômodo e com ótima qualidade.

Dica: Paulo Iap
Fonte: Engadget

emSegurança Software

Depois do Orkut, Second Life em celulares

Por em 13 de fevereiro de 2007

secondlife.jpgNa conferência 3GSM, semana passada, a Comverse Innovation Labs apresentou uma demonstração de um cliente para o jogo adventure mundo virtual grande perda de tempo Second Life. Rodando em Java, a aplicação logrou logar-se ao servidor, o avatar passeou por alguns minutos, depois a conexão caiu, reporta a Reuters.

A idéia é espremer os usuários de seus suados Euros, Dólares e Reaus, pois lembre-se, você estará pagando por tráfego de dados. Sua operadora agradece. Some isso à lentidão normal do Second Life, mais o agravante do programa rodar em Java, e fazer uso de gráficos 3D e seu pobre celular já parece inadequado.

São Paulo costumava dizer: “Tudo me é permitido, mas nem tudo me convém”. Ele estava certo. Convergência é legal, mas não quer dizer que tudo tenha que convergir. Programas de TV, seriados e desenhos animados? Funcionam muito bem em celular. Senhor dos Anéis? É um desrespeito ao próprio filme vê-lo em qualquer coisa abaixo de 42 polegadas widescreen.

Age of Empires? Maravilhoso. Em um celular, com telinha QVGA? Piada.

Second Life, em 1024×768 fica apertado. Com um Sempron baunilha e uma Geforce low-end que roda HALO perfeitamente, fica leeeeeento. Querer que isso funcione em um celular?

Chega de convergência. Criem produtos PRÓPRIOS para celulares, não tentem enfiar em meu telefone tudo que há nos PCs. Não funciona, desculpem. Esse tipo de aplicação rodando em celular é como ver a Luciana Vendramini trocando de roupa pelo buraco da fechadura. Do outro lado da rua. à noite.

emLinux

Ubuntu divulga parceria com Spikesource

Por em 13 de fevereiro de 2007

spike.jpgA SpikeSource é uma empresa especializada em soluções Open-Source Business Ready, com produtos bem complexos, como CRMs e ECMs. Agora fecharam uma parceria onde irão certificar sua linha de soluções na plataforma Ubuntu, e em troca irão fornecer suporte corporativo para o Sistema Operacional. Eventualmente o Ubuntu será integrado ao SpikeIgnated, uma plataforma de deployment de soluções Open Source para ambiente corporativo.

Via DesktopLinux

emLinux

Teles fazendo acordos com TVs por assinatura

Por em 13 de fevereiro de 2007

A Sky Directv fechou um acordo com duas das grandes telefônicas brasileiras com o objetivo de oferecerem juntamente com a telefonia fixa e a banda larga, o serviço de tv por assinatura. Fazendo a assinatura do kit, o usuário consegue por um preço mais barato que pode chegar a 60 reais de desconto. Tanto a Brasil Telecom como a Telemar fizeram o acordo. A telefônica não entrou na roda porque, segundo o presidente da Sky Directv, está tentando adquirir a TVA, o que impossibilitou a negociação.

Para falar a verdade a parceria não foi nada original. Estão praticamente copiando o que faz a Net, que já vende o seu Net Combo faz algum tempo.

Fonte: Folha

emIndústria

Que tal levar seu escritório para passear?

Por em 12 de fevereiro de 2007

Pelo menos é o que promete o(a) Greta, um dispositivo móvel que incorpora fax, impressora,  copiadora e telefone em um único aparelho.

Com conexão USB para usar quando estiver próximo a um micro e slot para chip GSM, para quando estiver longe dele, entrega uma solução muito interessante para quem precisa estar sempre em movimento.

Pesa aproximadamente um quilo e tem o tamanho de aproximadamente metade de um notebook convencional.

Apesar de eu ter achado um pouco grande, para muitas pessoas, apenas essa aparelho em conjunto com um smartphone já seria o suficiente para realização da maioria das atividades fora da empresa.

Considerando que os smartphones estão cada vez mais com as capacidades de um notebook, a dupla acabaria sendo uma grande economia de peso e espaço que as pessoas precisariam para ter seu escritório móvel, com a vantagem de poder fazer mais coisas.

Em função do aparelho já possuir um slot para chip GSM, na verdade o celular é dispensável, mas fico imaginando qual seria a utilidade de carregar uma impressora sem nada para imprimir.

Levando somente o aparelho, teríamos não mais que um aparelho de fax portátil e uma copiadora.

Se o aparelho viesse com conexão bluetooth, ficaria simplesmente perfeito, já que a facilidade de conexão com notebooks e celulares, seria ainda maior.

Via Digital Drops

[BL]Fax,Impressora,Copiadora,Scanner,Telefone,Celular,Smartphone[/BL]

emComputação móvel

Dell queimando casas?

Por em 12 de fevereiro de 2007

Depois de toda a propaganda negativa que a Sony e diversos fabricantes de laptops receberam por causa das baterias flamejantes, até que demorou muito: nos EUA, um sujeito está alegando que um Dell Inspiron 1200 foi o responsável pelo incêndio que destruiu sua casa.

Enquanto não sai um laudo conclusivo, resta esperar e ver como Michael Dell, retornando à empresa como o messias, vai lidar com mais esse problema.

[via Slashdot]

emIndústria

Battlestar Galactica no PC e XBox

Por em 12 de fevereiro de 2007

[img_assist|nid=10275|link=none|align=right|width=294|height=400] Raramente escrevo sobre jogos, a menos que sejam muito, mas muito antigos… sabem como é… a idade chega… o cérebro já não acompanha os milhões de polígonos por segundo das placas 3D de última geração.

Mas essa notícia não poderia deixar passar: a série Battlestar Galactica vai virar um “simulador espacial” nas mãos da Sierra Online. Ainda não há muitos detalhes, mas o pessoal do XBox já pode comprar ( ! ) as imagens promocionais. Onde esse mundo vai parar?

[via TGDaily]

emGames