Digital Drops Blog de Brinquedo

Novo recorde de estupidez online

Por em 16 de maio de 2007

Um pesquisador de segurança online fez uma experiência. Criou um anúncio através do Google AdWords com o texto: “Seu computador está livre de vírus? Contamine-se aqui!”. Deixou no ar por seis meses. Resultado? 0.16% dos usuários clicaram. 259.723 exibições, 409 cliques e um custo final de US$0,06 por usuário “contaminado”.

Antigamente era preciso uma engenharia social mais elaborada para convencer alguém a clicar em um link maligno. Hoje basta confiar na boa e velha estupidez humana, e na escala. O lado ruim é que isso torna o hacker fuçador uma espécie em extinção. Quer roubar senhas de orkut, msn, etc? Não perca seu tempo com esquemas elaborados. Monte uma página com um formulário online pedindo a senha do sujeito, dizendo que é necessária para… vejamos… dizer quem o bloqueou. Pronto.

Acho que o que impede muita gente de virar golpista não é nem a honestidade, é a falta de desafio.

Via Slashdot

emInternet

HDTV wireless na bomba de combustível

Por em 16 de maio de 2007

É isso mesmo. Foi anunciado hoje pela Avocent Corporation em parceria com Gas Station TV (GSTV) um sistema que irá ser implementado em grandes redes de postos de gasolina com a instalação de HDTV wireless nas bombas de combustível. Segundo especialistas, um consumidor leva cerca de 4 minutos para abastecer seu carro (aqui nos EUA não tem frentista). A idéia é levar informação sobre transito, previsão do tempo e “comerciais” para os consumidores enquanto abastecem os carros.

emTelecom

Escreve que eu te leio ( II )

Por em 16 de maio de 2007

Olá, pessoal. Perdoem a demora, mas detalhes técnicos me proibiram de colocar a “coluna” no ar, sábado. Vou tentar compensar com um número maior de perguntas, tudo bem? Vamos lá, então:

Google

Guilherme Angeloni: “Meus caros, eu tenho um dilema networkiano! Por que cargas d’água o Google não mapeia seu próprio domínio?

Quando procuramos algum assunto, nunca somos direcionados ao you tube, ou google videos etc.. facilitaria tb se incluissem o própio orkut! Tem alguma razão específica sabida?”

Essa, o Bruno responde: “O Youtube é indexado, sim:

http://www.google.com/search?sourceid=navclient-ff&ie=UTF-8&rlz=1B2GGGL_enBR176BR176&q =site%3Ayoutube.com

ou

http://www.google.com/search?sourceid=navclient-ff&ie=UTF-8&rlz=1B2GGGL_enBR176BR176&q =fala+s%C3%B4nia

Mas a ferramenta específica para procura de vídeos, tanto no YouTube
quanto no Google Vídeo é o próprio Google Vídeo.

Como não existe muito o que indexar (apenas a descrição e as tags), em
geral, uma página do YouTube vai ter um péssimo posicionamento, mesmo
que possua um PR alto.

Não é que ele não traga resultado, apenas não costuma vir na primeira
página.

Quanto ao domínio do Google, também é indexado.

http://www.google.com/search?hl=pt-BR&rlz=1B2GGGL_enBR176BR176&q=site%3Agoogle.com&btnG =Pesquisar&lr=

ou

http://www.google.com/search?hl=pt-BR&rlz=1B2GGGL_enBR176BR176&q=adsense&btnG=Pesquisar &lr=

Porém, o Google gera pouco conteúdo e a maioria das páginas não possuem
uma boa otimização, portanto, a não ser que esteja procurando um serviço
do Google, não deve achar nada.”


Notebooks (II)

Fernando: “Minha duvida é a respeito de notebook. Apesar de ser estudante da area de informatica, desconheco mto notebooks bons… Sou estudante de ciencia da computacao pela Unicamp mesmo. Eu gostaria de uma sugestao a respeito de um bom notebook que eu pudesse
rodar ubuntu 7.04 e Windows XP…

Nao me interesso pelo Vista ainda… É que, sinceramente, eu nunca pensei em ter um. Porem, os tempos mudam. Eu andei pesquisando… E poxa, são tantas marcas… Qual sugestao de vcs?

Uma vez li aqui a respeito de uma duvida sobre um Toshiba ou ou um Mac…

Qual marca vcs sugerem? Gostaria de um Dual Core 2 Duo. Com 2gb de ram… Vcs recomendam algum?

É…os “notes” estão vendendo como pãozinho quente… Fernando, dê uma olhada na coluna anterior e neste artigo. Acho que você poderá tomar uma decisão. Só não espere encontrar preços muito convidativos aqui na terrinha, para notebooks Core 2 Duo. Em uma semana, eu te conto como é o A135… ;)

Outra coisa: a enquete sobre o Toshiba x Apple gerou alguns comentários revoltados, falando sobre a rampa descendente que a qualidade do material publicado no Meio Bit estava tomando. Bem, o intuito foi mostrar, justamente, que o “coração” faz das suas na hora de escolher um produto de informática: 41% dos leitores escolheram a Apple ( que, apesar de ser uma ótima marca, tinha um monitor menor, menos memória e menos HD que o Toshiba, além de custar mais caro ). Analise com cuidado e pese todas as variáveis.



RTL8185L no Linux

Coldfusion: “Olá Marcellus, eu comprei uma placa de rede wireless da Realsat com o chipset Realtek RTL8185L e estou tentando faze-la funcionar no linux (Kubuntu 7.04), como você menciona em um de seus posts (ou comentários, não lembro agora) que foi “fácil” instalá-la no linux, pergunto, como?

PS: Consegui usando o ndiswrapper, mas dessa forma fico impossibilitado de usar programas como o Kismet por falta de acesso direto ao hardware.

Olá, Coldfusion. Rapaz… faz algum tempo que usei uma dessas, mas o procedimento foi simples: no Kurumin, só espetar e configurar. No Ubuntu, tive que baixar o driver e recompilar. Mas, se bem me lembro, o WPA não funcionou em nenhum dos dois. Desculpe não ter maiores informações, mas perdi as anotações dessa instalação… alguém da comunidade Ubuntu pode ajudar?


Amnésia:

Vera Lúcia: “Tenho uma plca mae Tenho uma placa mae k7s41gx 2 adm-semprom(tm)2200+ da Asrock)- AGPv3.5-sisPCI to ISA bridgg- 1.51 GHZ- Um cidadão “tecnico”colocou memória ddr400 isso é possível, pois desde então só estou tendo problemas. Já formatei meu minha máquina várias vezes por problemas até já estou com 2056 defeituosos no meu HD. Agradeço retorno, pois sou leiga no assunto e preciso correr atraz do meu prejuizo. Tenho espetada na plava mãe uma Geforce FX 5200 da nvidia

Oi Vera. Pelo que entendi, um sujeito trocou a memória do seu micro e, desde então, ele vem apresentando problemas, certo?

Andei vendo o site da fabricante da sua placa-mãe. A princípio, você pode ligar memórias mais rápidas em placas que aceitam memórias mais lentas. Já o contrário é desaconselhável ( ligar uma memória DDR333 numa placa que aceita DDR400 é receita para um problema ).

O que pode estar acontecendo é o pente de memória ser de baixa qualidade, ocasionando travamentos aleatórios e perda de dados, durante a gravação ( o que vai corrompendo o HD ). Faça o seguinte: consiga um pente de boa qualidade, que venha num saquinho anti-estática e substitua o seu. Daí, verifique se sua BIOS está na última versão. Isso deve resolver. Mas lembre-se: abrir seu micro, trocar a memória e atualizar a BIOS pode causar danos permanentes… talvez você deva levar a uma loja de confiança.



Licenças Microsoft

fuskinha69: “Meu pai adquiriu um Sony Vaio na última viagem a Itália, e o mesmo veio com o Windows Vista Home Premium, em italiano óbvio. Fiquei sabendo que no site da microsoft existe uma possibilidade de upgrade para a versão em português do software.

Porém, após diversas buscas no site deles não achei nada muito promissor. Gostaria de saber se vocês podem me dar uma ajuda.”

Nossos leitores têm mesmo criatividade para nomes… Diego, sua dúvida será gentilmente respondida pela Ariana Lima, da revenda Brasoftware: “Neste caso não é possível adquirir uma versão de atualização para outro idioma. Terá que ser adquirido o mesmo software só que com outro idioma.”

Você pode gastar R$ 549,00 com o Vista em português, ou torrar essa grana com uma professora particular…

É isso aí, pessoal, até a próxima.

emMiscelâneas

Meebo rooms: salas de chat com vídeo

Por em 16 de maio de 2007

O meebo, aquele sistema de
mensageiro instantâneo na web, acaba de lançar o
meebo rooms, salas de
chat com conteúdo multimídia (imagem abaixo). É possível criar salas com
vídeos do YouTube ou fotos, ou outra coisa, e entrar em bate-papo com as
pessoas que se interessem por aquilo. Há algumas salas prontas, de parceiros
de conteúdo do meebo como a MTV e a CNET.

A exemplo do widget meebo
me
, que permite às pessoas colocar um chat do meebo em seus blogs, o meebo
rooms também terá essa funcionalidade. Também é possível convidar outras
pessoas a se juntar ao papo, apenas enviando um link via e-mail.

Atualmente o meebo possui 2 milhões de cadastrados e 100 milhões de mensagens
por dia. Essa nova funcionalidade lembra os chats internos do Joost. Nada mais
natural do que, ao invés de assistir a um vídeo sozinho, chamar os amigos pra
comentar os detalhes em tempo real.

[via
ArsTechnica
e
Techcrunch]

emInternet

Não tente isso no Brasil

Por em 15 de maio de 2007

 

Só porque em Seattle você pode andar no ônibus e usar uma conexão WIFI com seu PDA, telefone ou Macbook não quer dizer que seja uma boa idéia para outros lugares do mundo.

Já lá, a maior reclamação do usuário é que a conexão é via EVDO, o que deixa o acesso muito lento quando bastante gente usa.

Aqui acho que seria criado até um esquema paralelo de apostas, pros passageiros botarem uma grana em qual notebook seria roubado primeiro.

Nossa sorte é que a bandidagem não preza pela inteligência, senão o FRAN’s seria um lugar pra lá de visado.

emComputação móvel

Malware pelo Windows Update

Por em 15 de maio de 2007

Todos sabemos que andar pela web com o Internet Explorer não é lá muito
seguro. Sempre há algum buraco no navegador que pode permitir a invasão de
spyware. A novidade agora é que o malware pode chegar via Windows Update,
aquele mecanismo que existe exatamente para corrigir os problemas de segurança
e atualizações do nosso Windows.

A Symantec estudou o funcionamento do BITS (Background Intelligent Transfer
Service), sistema do Windows Update que roda em background, controlando o uso
de banda e de recursos do sistema durante uma atualização. Por fazer parte do
sistema operacional, o BITS pode atuar sem ativar alertas de segurança do
Windows. Na verdade o que acontece é que existe um trojan chamado Win32/
Jowspry, que usa o BITS para instalar malware.

A Microsoft sabe desse problema mas diz que não é uma falha do seu sistema
operacional e sim um ataque causado pelo referido trojan. Não há previsão de
que vá fazer algo em relação a este problema. Portanto fique atento e tenha
sempre um anti-spyware às mãos.

[via
ArsTechnica]

emSegurança

F.E.A.R.

Por em 15 de maio de 2007

Após um longo tempo, finalmente consegui jogar o game F.E.A.R. Estava muito ansioso para jogá-lo já que a crítica havia feito bons comentários sobre o jogo. Confira minha análise e saiba se vale a pena adquirir este game.

 

O ataque dos clones

No ano de 2002, o governo dos Estados Unidos criou um grupo de elite para combater ameaças paranormais chamado First Encounter Assault Recon, ou simplesmente F.E.A.R. No jogo você assume o papel de um soldado integrante deste grupo e que tem como primeira missão invadir um complexo militar dominado por Paxton Fettel, um comandante militar que “enloqueceu” e assumiu o controle de um batalhão de clones. Ao chegar no local as coisas se complicam e você terá que descobrir o porque dos soldados estarem agindo daquela maneira. A partir daí, você levará um susto atrás do outro e viverá num constante clima de suspense.

Misture a isso visões de fantasmas, sussurros, menininhas mortas e coisas se mexendo sozinhas e você terá o clima perfeito para um jogo de terror.

Cultura do medo

Um dos destaques do game se deve a sua ambientação assustadora. Tudo em F.E.A.R. foi feito pra te amedrontar, mas uma coisa tem que ser dita: esqueça os sustos de Doom 3, onde seres saltavam das sombras. Aqui, nada é gratuito, parece que cada aparição foi colocada em locais estratégicos.

Na verdade o terror em F.E.A.R. é muito mais psicológico. Para se entender melhor, o terror do game se parece mais com Silent Hill, assim como o de Doom está mais para Resident Evil.

E como dito anteriormente, nesta área o game se destaca. Jogue com as luzes apagadas e usando fones de ouvido que você entenderá melhor o que digo.

Q.I. 150

O jogo foi implementado com o que podemos considerar o melhor sistema de inteligência artificial já feito. É simplesmente impressionante vermos as atitudes dos soldados inimigos. Eles fazem rondas, conversam entre si, criam planos para te matar, viram mesas pra se esconder. Enfim, parece que você está combatendo contra pessoas reais.

Serão inúmeras às vezes onde você contrarará soldados numa sala e caso saia do local para ficar ficar esperando eles virem te atacar, pode ser que eles dêem a volta e te encurralem. Ou então cheguem à porta e coloquem só a arma pra fora para atirar em você.

Neo encontra Sadaku

No que se refere a parte técnica, F.E.A.R. também faz bonito. Os efeitos sonoros garantem sua parte com ótimos sons das armas, música de suspense e sons que as aparições fazem. Os gráficos também estão acima da média, mas aqui temos um problema, é preciso ter uma máquina muito boa para poder aproveitar plenamente o game, mesmo hoje em dia.

Mas ao participarmos de um tiroteio, onde pedaços do cenário voam para todos os lados junto com milhares de partículas e poeira pelo ambiente, sabemos que o trabalho foi muito bem feito pela equipe que desenvolveu o game. Como dito anteriormente a ambientação é muito boa, criando sempre um clima de suspense, só é uma pena os cenários não variarem muito.

A jogabilidade de games deste estilo não costuma variar muito, mas para dar um toque de “originalidade” a Monolith, empresa responsável pelo game inseriu um efeito de bullet time, aquele estilo Matrix, sabe?

Confesso que não vi grande utilidade para a novidade. Não que ele não tenha sido bem feito, até porque em muitas partes ele será de grande ajuda, mas não chega a ser tão importante como no game Max Payne, por exemplo.

Veredicto

Se você não tem problemas do coração e está afim de um game com boa história e muito suspense, não pense duas vezes, F.E.A.R. é altamente recomendado. Só confira se seu pc vai agüentar o tranco e aproveite para testar aquela sua placa de vídeo de última geração.

:: Prós

- Ótimos gráficos

- Clima de filme de terror japonês;

- Inteligência Artificial incomparável;

- Alma, a versão digital de Samara (Sadako).

:: Contras

- Precisa de um pc potente para aproveitar plenamente os gráficos do jogo;

- Não jogue se tiver problemas no coração;

- Cenário sem muita variação.

emGames