Digital Drops Blog de Brinquedo

Google irrita usuários do GrandCentral

Por em 20 de agosto de 2007



No mês passado a Google comprou a GrandCentral, uma empresa que oferece serviços de gerenciamento (pela Web) e agregação de vários números telefônicos usando uma única conta. O serviço da GrandCentral é muito interessante, pois fornece um número que pode direcionar a chamada para o telefone de casa, do escritório ou do celular dependendo de quem está ligando. É uma excelente solução para o velho problema da perda de contato com algumas pessoas após uma mudança de operadora! Para atrair usuários, a GrandCentral tem divulgado o slogan “One Number…for Life” (Um número… para a vida). Contudo, após a aquisição da Google, que está absorvendo a tecnologia, alguns usuários já tiveram motivos para reclamar.

O primeiro motivo foi a desativação do serviço que permitia o upload de ringtones em formato MP3 para evitar problemas relacionados a direitos autorais dos arquivos de áudio. O segundo (e mais grave) foi a mudança do número de alguns usuários devido aos baixos padrões de qualidade dos números!? Depois dessa, já há quem ache que o slogan deveria ser “Um número… para quase toda a vida”.

emGoogle Indústria Internet Software Web 2.0

PS2 estilo Wii

Por em 20 de agosto de 2007

Volta e meia eu coloco um texto aqui no Meio Bit falando sobre o incansável PS2. O que posso fazer se o console da Sony parece ter adquirido o poder de ter se tornado imortal? Dessa vez é algo bem interessante para os proprietários do console e que não puderam ainda comprar o Wii, mas que sempre desejaram um.

Durante a Game Convention que acontecerá em Leipzig, a In2Games deverá apresentar ao mundo 6 jogos que usarão sensor de movimentos. Cada título deverá custar £29.99 e serão lançados perto do natal. Usando um controle sem fio, os títulos serão sobre golf, sinuca, tênis, boliche, um título de corrida e um puzzle. Cada game terá um controle específico para a modalidade, como raquetes, tacos e volantes e os movimentos serão captados através de um sensor ligado na entrada usb do console. A empresa já investiu 7.6 milhões de libras no desenvolvimento da tecnologia que vem sendo chamada de Freedom.

Alguns podem alegar que não passa de um caça-níquel, mas se levarmos em consideração o sucesso que o Wii vem fazendo graças, em sua maioria, aos jogos casuais e a gigantesca base instalada de PS2, faz sentido a atitude da In2Games.

[via MCV

emGames

Orkut com códigos HTML liberado

Por em 20 de agosto de 2007

O pessoal do Orkut resolveu colocar mais um recurso a disposição dos usuários. Desta vez foi a possibilidade de incluir códigos HTML nas mensagens para outros usuários do Orkut. Se antes as imagens ASCII (feitas com texto) já irritavam, agora será a vez das imagens, animações e filmes tomarem lugar para tirá-los do sério. Pior que as chateações dos spammers via Orkut, será a possibilidade de pegar vírus com as mensagens má intencionadas. Claro que terá alguma segurança contra isso, mas para falar a verdade não confio tanto assim.

Claro que há uma parte boa da mudança, como a possibilidade de usar as fotos do PicasaWeb e vídeos do You Tube para mandar recados para os amigos. Vamos ver como será recepção e utilização deste novo recurso.

No blog do Issamu já tem dicas de como colocar músicas dos recados do Orkut.

Fonte: UnderGoogle

emInternet

Steve Wozniak pagando uma de Ballmer

Por em 20 de agosto de 2007

Não é só Steve Ballmer que pagou mico em anúncios de TV. Steve Wozniak, um dos fundadores da Apple, alugou sua imagem para vender o Datsun 280Z, em um comercial tão constrangedor que me faz ter vergonha de admitir que vivi os anos 80.

Por aventuras como essa que o Fake Steve Jobs (e o verdadeiro também) não deu um iPhone pro Woz, fazendo com que ele ficasse na fila como todo mundo.

E para provar que este é um post fair and balanced, não podemos deixar de lembrar que Linus Torvalds também já pagou seus micos.

Via Macenstein

emApple e Mac

Pirata australiano pode pegar 5 anos por ser mais burro que Homer Simpson

Por em 20 de agosto de 2007

meiobit-stupidhomer.jpg

Um zé ruela de Prairiewood, subúrbio de Sidney, Austrália, foi preso depois de piratear o filme dos Simpsons, no dia da estréia.

Foi a primeira cópia pirata a ser interceptada, mas não antes do filme ter sido disponibilizado pelo sujeito via Bit Torrent, e baixado por 3 mil pessoas.

Em 72 horas eram mais de 110.000 downloads.

O sujeito foi preso em casa, dia 16, pela polícia federal australiana, tendo sido localizado com a ajuda da 20th Century Fox dos EUA.

O pior da história não é nem que pela legislação australiana o sujeito pode pegar 5 anos de cana. O pior não é que ele não ganhou nada pra fazer isso, o pior mesmo é que a cópia pirata foi filmada com um telefone celular.

Não há nem o que dizer de gente que se sujeita a assistir um filme pirateado com uma câmera de celular, para economizar uma entrada de cinema. Se eu trabalhasse com efeitos especiais, levando 15 horas pra renderizar cada quadro de uma cena, como em Senhor dos Anéis, destruiria com uma marreta o computador de qualquer um que assistiu um filme meu pirateado com um celular.

Via: Picturephoning

emMiscelâneas

Perca peso agora, pergunte ao robô como

Por em 20 de agosto de 2007

Como ninguém escuta nutricionista (aliás, alguém vai a nutricionista?) e andar com um personal trainer de 25 anos muito parecido com o David Beckham é uma forma boa (demais) de fazer sua esposa se interessar por atividade física, a maioria acaba relaxando.

Assim o pessoal do MIT resolveu criar uma alternativa não-ameaçadora para manter todo mundo em forma: Robôs.

O Media Lab, responsável pelo projeto, é criação do Nicholas Negroponte, antes dele virar o Bono, e ainda é um dos mais avançados centros de pesquisa de tecnologia digital dos EUA, mas mesmo eles pisam na bola de vez em quando.

A idéia é que o sujeito se sentirá mais motivado ao interagir com um robô, do que simplesmente com o software, que acompanhará metas, quantidade de exércicio feita, incentivará e brigará com o “atleta”, conforme seus resultados…

Eu acho difícil que um robozinho educado dizendo coisas como “Bom dia, que bom que você voltou, estou pronto para ajudá-lo a atingir suas metas” tenha um efeito realmente eficaz na decisão se um sujeito vai ficar sentado comendo rosquinhas ou vai pra malhação.

Ainda mais quando o robô em questão é esse aqui: (clique na imagem para um vídeo do mesmo)

meiobit-robotrainer.jpg

MIT, vou dar uma dica: Se quiserem fazer um robô que realmente me incentive a praticar atividades aeróbicas, físicas e extenuantes, não precisam reinventar a roda. Há robôs bem conhecidos, familiares a todo fã de ficção científica, que podem ser produzidos em massa, com aceitação imediata.

galactica-babes.jpg

Façam um futuro consumidor feliz, e ao invés da aberração que estão disponibilizando para testes em Boston, produzam os cilônios humanóides número 6, número três ou a número 8. Se fizerem um set promocional, 3 pelo preço de 2, também é uma boa.

Fonte: Cybernet TechNews

emHardware

Promoção: Audi A9 + Celular por US$272,00 – aceito vale-transporte

Por em 20 de agosto de 2007

meiobit-audifone1.jpg

Depois dos Audis compatíveis com o iPhone nada melhor do que soltar uma notícia mais “realista”, ao menos de acordo com o ponto de vista de minha conta bancária.

O telefone de gosto altamente questionável acima só está sendo vendido na China (o que quer dizer que logo estará nos camelôs do mundo inteiro) e é um GSM genérico, com porta USB, MP3/MP4, uma antena no farol dianteiro e a bateria no porta-malas.

meiobit-audifone2.jpg

O preço de US$272,00 é meio puxado, mas não creio que seja por causa de royalties pagos à Audi. De qualquer jeito é um belo telefone e adoraria ter um desse para mostrar aos amigos. Quando tinha 12 anos.

Via Technabob

emCelular