Digital Drops Blog de Brinquedo

Será que ele joga videogames?

Por em 10 de julho de 2007

Parece que o alto escalão da Electronic Arts possui mesmo a língua maior do que a boca. John Riccitiello, atual presidente da companhia declarou ao Wall Street Journal que os jogos estão se tornando cada vez mais chatos. Além disso admitou que as séries de jogos lançados anualmente não possuem novidades (agora imagine Fifa Soccer, Need for Speed, Madden, etc, etc, etc.).

Ok, Mr. Riccitiello. Agora o que acha de olhar para seu próprio umbigo? Se a crítica foi feita para as outras empresas, talvez esteja na hora de dar uma olhada nos jogos que a EA vêm lançando, porém se a crítica foi feita para eles mesmos, talvez esteja na hora de trocarem de funcionários, quem sabe começando a reformulação pelos cargos mais importantes?

Ele ainda afirma que os games precisam de mais inovações e se tornarem mais simples, porém esquece que a EA é uma das empresas mais “industrializadas” do mercado. Fiquei com a sensação de que os comentários feitos por ele haviam saído da boca de um Hideo Kojima ou um Peter Molyneux da vida, mas não, veio de um figurão que provavelmente não entende nada de games e pelo visto nem de sua própria empresa.

[via Kotaku, Wall Street Journal]

emGames

Ubuntu eleito a melhor distribuição Linux

Por em 10 de julho de 2007

meiobit-ubuntu.jpeg

Uma votação dos leitores da Enterprise Open Source Magazine escolheu o Ubuntu como a melhor distribuição Linux. O prêmio e as indicações são escolhidos pela comunidade, e dada a popularidade do Ubuntu, o resultado já era esperado.


Via eMediaWire

emAndroid e Linux

Alerta! Internet causa gravidez indesejada

Por em 10 de julho de 2007

meiobit-china.jpg

A afirmação vem dos chineses. Mais precisamente de Zhang Zhengrong, um médico responsável por uma hotline para adolescentes grávidas. Em dois anos 20.000 adolescentes ligaram para o serviço. Dessas 46% fizeram sexo com homens que conheceram pela Internet.

O Dr Zhang (parece vilão de James Bond) culpa, além da Internet, os sites adultos, livros e filmes. O Partido Comunista Chinês culpa a moral burguesa importada do Ocidente, que estaria desvirtuando as jovens chinesas.

Levando-se em conta a capacidade de regimes totalitários em reescrever a sua própria História em uma base quase diária, não duvido que uma grande parcela da população passe a concordar com essas “acusações”.

Ainda na pesquisa do Dr Zhang, a maioria dos jovens pais desaparecia, quando descobriam que a adolescente estava grávida, e uma parte considerável dessas meninas sequer sabia o nome do sujeito.

Deixa ver se entendi. A guria conhece um cara via Internet. Vai até ele. @&#%@# até o @#^@^@ fazer bico. Engravida. Não sabe nem o nome do sujeito e a culpa é da Internet?

Desculpe, meus caros pais chineses, mas se sua filha é uma cachola a culpa é sua, não da Internet.

Fonte: ZDNet

emInternet

Google compra… de novo.

Por em 10 de julho de 2007

Dizer que a Google comprou alguma empresa está ficando tão comum quanto… falar das vendas do iPhone. Dizem por aí que tem muito estudante de Engenharia da Computação fazendo mais Planos de Negócios que algoritmos…

A bola da vez foi a Postini, empresa que provê soluções de criptografia e segurança de dados para mais de 10 milhões de usuários. Pela tecnologia ( e a carteira de clientes, claro ), o pessoal de Montain View pagou a bagatela de US$625 mi.

Qual será a próxima?

[dica do kadu]

emGoogle Indústria Segurança

Hackearam o Rec6?

Por em 10 de julho de 2007

contraditorium-rec6.png

Agora, 22:58, tanto o www.rec6.com.br quanto o www.via6.com.br estão mostrando o mesmo diretório vazio. As Viúvas do Rec6 já estão se alvoroçando, mas pedimos calma. Invasões geralmente deixam telas anunciando as obras dos hackers. Apenas tirar o site do ar “não tem graça”. Muito provavelmente é somente alguma atualização não deu muito certo.

23:02: O Apache caiu de vez.

Esperemos que o Rec6 volte em breve a sua programação normal, e que o pessoal acredite em backup.

emInternet

Telefone open source está à venda

Por em 9 de julho de 2007

Saiu no Slashdot que o Neo1973, já está disponível. É um celular feito pela FIC (First International Computer, Inc.), uma empresa de Taiwan. Ele roda o OpenMoko, uma plataforma de desenvolvimento baseada no Linux e entre os “features” estão a touchscreen, WiFi e aceleração 3D.

É interessante essa preocupação em fazer o Linux emplacar em todos os seguimentos. Não é novidade, mas mostra a capacidade do sistema e da comunidade mantenedora, mas NÃO serve pra muita coisa quando se trata de comércio e venda. Quem compra um celular não está preocupado com qual sistema ele roda, mas sim se esse sistema funciona. É assim com celulares, com PDAs, e até com computadores. As pessoas reclamam da Apple (“pra quê um Mac, se eu vou estar preso a plataforma deles?”), mas quem compra geralmente não está interessado em abrir seu gabinete para trocar hardware, ou se é ou não open source – quer apenas que funcione. Ideologia não enche barriga – nem o bolso das empresas.

O Neo1973 não é assim um iPhone, apesar de, aparentemente ser um concorrente forte e mais barato (o modelo básico custa 300 dólares, e o avançado, um kit para desenvolvedores curiosos, 450), nem tão bonito quanto, mas já serve pro Richard Stallman e os companheiros de causa fazerem contato com o mundo exterior.

PS: Ele não é brilhante desse jeito como na foto que ilustra esse artigo, é só ver as fotos no site oficial. Esse brilho iPhone-like nas laterais dele provavelmente é um trabalho de um micreiro de Photoshop. Ou Gimp, né? Vai saber…

UPDATE: No wiki do OpenMoko há uma comparação entre o Neo 1973 e o iPhone.

emCelular

Socialstream: todas as redes sociais em um só lugar

Por em 9 de julho de 2007

O Google domina no Brasil quando falamos em rede social. Um onte de gente está
no orkut. O problema é que existe um infinidade de redes sociais por aí. Em
cada uma delas você faz um cadastro diferente e começa a montar uma rede de
conhecidos. Isso é um problema pois nem sempre todo mundo está em todos os
lugares. Para solucionar isso, surge o Socialstream, um agregador de redes
sociais. O Socialstream
está
na fase de projeto
na universidade Carnegie Mellon.

O Google resolveu patrocinar o projeto já que tem bastante interesse em redes
sociais e o orkut só fez sucesso mesmo no Brasil. Você ainda pode ter contas
em todas as 200 redes sociais que participa e ter amigos diferentes em cada
uma. Com o Socialstream será possível visualizar tudo em um só lugar. Uma
espécie de super mashup das redes sociais.

[via
Mashable]

emInternet