Digital Drops Blog de Brinquedo

Cell: meiose

Por em 26 de setembro de 2007

foto: Business Wire A Toshiba, terceira empresa da "associação" que criou o Cell ( mais conhecido por ser o "cérebro" do PS3 e equipar servidores de alto desempenho da IBM ) quer espalhar todo o poder de processamento do seu rebento pela sua casa. Não só com os video-games, mas também laptops, câmeras digitais, "players" HD DVD e por aí vai…

Para isso, criou o "SpursEngine", chip com quatro núcleos SPE ( "Synergistic Processing Element", do mesmo tipo usado nos Cell originais ), rodando a 1,5GHz e consumindo 20W. Além disso, os chips têm codecs H.264 e MPEG-2 implementados em silício.

A demonstração pública está marcada para a próxima CEATEC, no Japão, dia 02 de outubro. Lá, a empresa promete mostrar laptops rodando aplicações de processamento de imagens 3D em tempo real e reconhecimento facial.

Acho que um desses cairia muito bem num UMPC…

[via BusinessWire]

emAnúncios

A verdadeira origem do nome Google

Por em 26 de setembro de 2007




Recentemente, a Google foi acusada de apropriar-se do número do seguro social de um sujeito para montar seu cabalístico nome. Isso é um absurdo! Por quê uma empresa que vale US$ 66,3 bilhões iria se preocupar em codificar o número de identificação de um desconhecido em seu principal ativo (sua marca)?

Essa história não tem sentido, especialmente porque a “verdadeira” origem do nome Google está associada a tribo Gogo da Tanzânia. Pelo menos é isso que consta nos autos de um processo (esse foi datilografado!) registrado no Texas. O mesmo processo aponta que o nome Yahoo também foi inspirado em uma outra tribo da Tanzânia chamada Yao.

A indenização solicitada é de “US$ 10.000 multiplicado pelo número de membros das tribos Gogo e Yao e de descendentes dos ancestrais das últimas três gerações”! Não sei o que ficou mais engraçado: a falta de lógica nos argumentos da ação ou a fórmula elaborada para calcular o valor da compensação monetária.

Me parece que para uma empresa de tecnologia ser bem sucedida no mercado americano ela precisa investir mais em advogados do que em programadores!

emGoogle Indústria Internet

Nintendo: a Toyota é o limite?

Por em 25 de setembro de 2007

Lembram que a Nintendo tinha voltado ao "ranking" das dez maiores empresas japonesas? Pois agora ela já é a segunda, comendo poeira apenas da Toyota.

O mais impressionante é que seu valor de mercado quadruplicou nos últimos dois anos, resultado das expressivas vendas do DS e Wii. Segundo a Reuters, de abril a junho, foram vendidos 3,43 milhões de Wiis, contra 710 mil PS3 e quase sete milhões de DSs contra pouco mais de dois milhões de PSPs.

É curioso notar que toda essa saúde foi obtida justamente no caminho contrário àquele que as empresas de videogames trilham, desde a Atari: o aumento quase insano das capacidades do hardware. Em vez de uma nova plataforma, com vários processadores "multi-core", sistemas gráficos complexos e "kits" de desenvolvimento caríssimos e complicados, a saída encontrada foi inovar. Não há nada que se compare à forma de se jogar no Wii e isso desnorteou a concorrência e animou milhares de pessoas que voltaram a se empolgar com jogos eletrônicos.

Se é verdade que a história está fadada a se repetir, não há dúvidas de que a Nintendo foi quem melhor aprendeu a lição.

emIndústria

Don’t panic!

Por em 25 de setembro de 2007

Não existe sistema operacional perfeito, isto é fato. Claro, alguns são “mais perfeitos” que outros, mas aí também entram diversos fatores, como por exemplo o uso que se vai fazer dele, e até o usuário que vai pilotar o bicho.

E como crashes acontecem até nos melhores softwares, nada como compartilhar um que ocorreu semana passada num PowerMac G4 rodando Jaguar (Mac OS 10.2) utilizado por uma amiga minha.

O evento é tão raro que a gente correu pegar uma máquina fotográfica para registrar. Ainda bem que no meu iMac roda o Tigrão.

UPDATE: Assim caminha a Humanidade. Falando em Mac, a geração G4 de 800 MHz não poderá rodar o Leopard, previsto para ser lançado no mês que vem. Uma pena, o G4 “abajur” era tão lindo! [Via Gizmodo]

emApple e Mac

Chame sua mãe

Por em 25 de setembro de 2007

Se você está começando a jogar MMORPGs agora, tome cuidado, nem tudo é o que parece no mundo virtual. Os veteranos sabem que os jogos online estão cheios de marmanjos jogando com personagens femininos. Não vejo nada demais nisso, não passa de um game mesmo.

Porém, a chinesa Shanda Entertainment não pensa assim. A empresa divulgou que uma de suas subsidiária, a Aurora Technology está bloqueando todas as contas de homens que se passam por mulheres no jogo King of the World. Para provar que a jogador(a) é mesmo uma mulher, a empresa está exigindo que se mostrem (no bom sentido, é claro) através da webcam. A decisão do empresa é no mínimo ridícula. Pense comigo: O que impede que o sujeito peça que sua irmã ou mãe faça o cadastro para ele e depois ele continue jogando? Isso sem falar que a desenvolvedora acaba indo contra o princípio básico de um game, principalemnte um MMOG, o fato da pessoa ser no jogo o que ela não é na vida real.

Se a empresa queria chamar a atenção do mundo para seu game, ela conseguiu, porque até então, ninguém fora da china havia ouvido falar deste jogo.

[via Kotaku]

emGames

TaskBin: Um gerenciador de tarefas para grupos

Por em 24 de setembro de 2007




Você está participando de um projeto colaborativo? Está organizando um BarCamp (ou um BlogCamp) na sua cidade? Faz parte da comissão de organização da formatura ou do churrasco do domingo? Em qualquer um desses projetos, organização é fundamental! O sucesso de qualquer empreendimento que envolva um grupo de pessoas é consequência de dois fatores:
1. Distribuição clara de responsabilidades;
2. Acompanhamento contínuo.

Se você precisa distribuir e acompanhar a execução de atividades em grupo, recomendo que use o TaskBin. O TaskBin é um gerenciador de tarefas que oferece diversas funcionalidades colaborativas que o colocam como uma ferramenta ideal para administrar grupos de trabalho através da Internet: notificações por e-mail, acesso às tarefas através de RSS, integração com o Meebo. Se seu projeto não der certo, não vai ser por falta de comunicação.



emInternet Produtividade Web 2.0

Este cara logo vai ser preso

Por em 24 de setembro de 2007

Está vendo o idiota da foto acima? Pois é, mais à frente você vai descobrir porque ele é um idiota.

Um escritório em Vancouver reportou o roubo de alguns iMacs. Só que um destes iMacs tinha uma característica interessante: o FlickrBooth, um plugin para para o Photo Booth que permite que cada foto tirada com a iSight seja automaticamente uploadeada para uma conta no Flickr.

Acontece que o cara que roubou estes iMacs (o engraçadão da foto) não atentou para este pequeno detalhe e acabou tirando fotos de si mesmo – veja a conta do Flickr onde o cretino acidentalmente se expôs. A polícia de Vancouver pede que quem reconheça o cara entre em contato. Como não estamos em Vancouver, só nos resta rir. É mais um daqueles casos onde a gente diz: “Bem feito, pilantra!”

Fonte: BoingBoing

emMiscelâneas