Digital Drops Blog de Brinquedo

Lista de tarefas no Google Calendar

Por em 4 de dezembro de 2006

Uso o Google Calendar desde seu lançamento, e algo que faz falta é a possibilidade de ter uma lista de tarefas integrada ao aplicativo. Felizmente o excelente Remember the Milk, um site que tem  como única função prover funcionalidade para lista de tarefas conseguiu criar um hack para se integrar ao Google Calendar.

Não é a solução mais limpa do mundo, mas funciona.

emMiscelâneas

Review Nokia E-62 – Parte 1 – hardware

Por em 4 de dezembro de 2006

Algum tempo atrás fui a uma das lojas de uma operadora de celular para assinar um plano com tráfego de dados ilimitado, não tinha a intenção de trocar de celular, porém é difícil resistir a dar uma olhada na vitrine para ver as novidades.

Entre as opções mais comuns para celulares que atendem o meu tipo de uso, estava um aparelho da Nokia com teclado (qwert), o que me chamou bastante atenção, pois sou fã dos aparelhos da mesma.

Ao olhar em volta, nenhuma propaganda sobre o mesmo, nem o preço tinha na vitrine. Ao perguntar a um atendente recebi a resposta: “Chegou ontem, não sei maiores detalhes sobre o produto”.

Pedi para olhar o manual do mesmo e me surpreendi com o que vi, já perguntei o preço desconfiado, mas a resposta me assustou mais ainda, R$ 599 a prazo e R$ 499 à vista.

O aparelho é o Nokia E-62, que, até onde sei, continua sendo vendido sem qualquer alarde, o que é de espantar, pois um celular com tantos recursos com preço em, mais ou menos, um terço dos concorrentes com menos recursos, deveria ser mais anunciado.

Deixando isso de lado, vou começar hoje um review sobre o mesmo, como devo aboradar vários aspectos do mesmo, preferi dividir o review em partes para que não fique muito grande.

Uma versão sem wi-fi do Nokia E-61 (acredito que não seja vendido no Brasil), o E-62 é voltado para o mercado corporativo, onde conectividade é fundamental, porém possui fortes recursos multimídia que permite bastante diversão nas horas vagas.

Corpo

O corpo em metal apresenta um visual bastante elegante e transmite resistência (já caiu algumas vezes e continua em ótima forma).

O aparelho é um tanto pesado, nada absurdo (144 g), mas considerando a miniaturização dos celulares, parece meio desajeitado.

Fácil de carregar no bolso, é um tanto largo, para acomodar o teclado e a tela de 2,8″.
O teclado é bastante confortável, mesmo para alguém que possui uma mão enorme como a minha.

Tela

A tela merece um destaque especial, com suas 2,8″ (bem grande se comparada a outros celulares), 320×240 pixels de resolução e 16 milhões de cores, é uma das telas mais confortáveis que já pude ver em um celular.

O brilho da tela é ótimo e o aparelho conta com uma regulagem automática, em função da iluminação ambiente, além das configurações manuais. Porém, usar com o brilho máximo, por muito tempo pode aniquilar sua bateria.

Teclado e Joystick

O teclado, segue o padrão qwert (o mesmo do teclado do computador), com teclas de silicone com superfície rígida.

Bastante confortável e com os caracteres mais utilizados sendo facilmente acessados.

O aparelho conta, também, com 6 teclas com funções específicas na frente e 3 na lateral.

O principal método de comando do E-62 é seu joystick, que funciona como mouse quando necessário.

Um inconveniente é a falta de comandos específicos para o MP3 Player, o próprio aplicativo apresenta os comandos de avançar, pausar etc… Isso impossibilita gerenciar o player, sem tirar o aparelho do bolso.

Conexões

O E-62 conta com interfaces bluetooth, infravermelho o conector mini-usb, além de um plug estéreo para fone de ouvido.

Não testei a conexão IR, já a bluetooth segue o padrão 2.0 e apresenta uma boa velocidade e estabilidade.

A conexão mini-usb (cabo incluso), é a mais simples e que apresenta melhores recursos. Ao conectar o aparelho via usb o aparelho pergunta se deseja usar o modo PC-Suite ou Dados.

O modo dados, funciona apenas se estiver usando um cartão de memória e, como o software Nokia PC Suíte só existe para Windows, é o único método para conectar com um computador com Linux.

Estranhamente, o aparelho vem com um fone mono, mesmo com a conexão estéreo, o que prejudica bastante ao tentar usar o aparelho como MP3 Player. Não consegui achar nenhum fone estéreo compatível (testei do N-Gage e do 6510), aliais, se alguém achar um, por favor, me avise.

Processador

O processador utilizado é um OMAP da Texas a 235 MHz, com tantas funções o aparelho merecia um processador mais rápido.

Não que o funcionamento seja lento, mas em algumas situações o mesmo engasga, principalmente se começar a usar muitos aplicativos.

O tempo de boot, por exemplo é um dos mais lentos que já vi, leva mais de meio minuto para o aparelho estar pronto para usa ao ser ligado, isso não é 100% culpa do processador, mas um mais rápido ajudaria.

Memória

Para o uso básico, a memória incluída é mais que suficiente, o aparelho vem com 80 Mb (aproximadamente) disponível para o usuário, com isso, é possível guardar 40 músicas no formato AAC+ e ainda sobra muito espaço para aplicativos e documentos.

Porém, para aproveitar todos os recursos do aparelho, como assistir vídeos, por exemplo, vale a compra de um cartão de memória.

O aparelho suporta cartões Mini-SD de até 2 Gb. É altamente recomendável adquirir este cartão, sendo que para usuários do Linux, é praticamente obrigatório.

Espero que essa primeira parte forneça uma idéia do que é o hardware do Nokia E-62, na próxima parte estarei falando do software e na última, algumas dicas interessantes, para tirar o melhor proveito deste fantástico aparelho.

emCelular

Postura ao sentar na frente do PC: nos ensinaram errado!

Por em 4 de dezembro de 2006

Todo mundo sabe como deve ser a postura mais correta ao se sentar, correto? Coluna reta, cabeça acompanhando o corpo, em noventa graus. Pois bem… finalmente descobriram o que todo geek já sabia: essa postura é péssima.

Segundo um estudo da Radiological Society of North America, a posição ideal, que causa menos estresse na coluna, é quando você fica sentado numa cadeira reclinável a 135 graus.

Ou seja, a melhor posição para trabalhar, jogar ou ficar na frente do PC é a mesma que usamos depois de uma feijoada ou churrasco. E olha que foi feito um estudo sobre o assunto.

Fonte: eWeek

emMiscelâneas

TechEd 2006: O que usuário leigo precisa saber?

Por em 4 de dezembro de 2006

Os usuários que gostam de tecnologia sempre ficam frustrados com conferências de profissionais de tecnologia. Eles não conseguem entender, mesmo com boa vontade e curiosidade, como aquela gente toda discutindo irá afetar o seu dia a dia. Continue lendo, para entender, afinal de contas, do que eles estavam falando?

Aplicativos web mais ricos. A Microsoft criou uma biblioteca para os desenvolvedores, o Microsoft Ajax. Ele irá permitir que aplicações web fiquem muito mais interativas e fáceis de usar. A idéia é aproximar ao máximo a web do desktop.

Os preços serão parecidos. Foi dito que eles não devem ser muito diferentes do software de prateleira encontrado hoje, no caso do Office. O Windows Vista pode ter uma versão com o mesmo preço do Windows XP.

Segurança. O Windows Vista e sua nova forma de comunicar, chamada de Windows Communication Foundation, fornecerá aos programadores e desenvolvedores de software, uma forma segura de criar aplicativos que usam a rede ou a Internet. E esse é o primeiro Sistema Operacional da Microsoft a ser criado pensando em segurança. É claro que ele pode ser um pouco mais chato, mas acredite, é para o bem de todos.

Upgrade no PC. É inevitável para equipamentos comprados no primeiro semestre de 2005 ou anteriores. As máquinas testadas na TechEd estavam com o Vista voando, mas todas tinham placas de vídeo com 128 MB de memória e possuíam também 2 GB (gigas) de memória RAM principal, além do vídeo.

Software que causa menos danos ao dar erros. A Microsoft está estimulando uma nova forma de se programar. Os programas rodam em uma máquina virtual completa. Pense em um mini-pc completo, mas isolado da máquina de verdade. Dessa forma, quando o programa dá um erro ou uma “exceção fatal”, apenas aquele software será encerrado e a máquina não ficará instável ou será necessário um boot.

Software mais fácil de manter. Muitos usuários irão usar o Workflow Foundation e jamais saber disso. Ele permite que o programador crie regras de negócios, como programar os descontos de uma fatura ou pagamento à vista ou no cartão de crédito de forma bem mais simples, visualmente. Isso permitirá que as empresas possam aumentar a complexidade das suas ofertas, por exemplo, aproveitando alterações sazonais ou promoções relâmpago. Uma área muito beneficiada será o setor de seguros e financeiro.

Games. O DirectX 10 trouxe muitas mudanças na forma de exibir gráficos de jogos e padronizou exigências das placas de vídeo que devem ser compatíveis. Isso irá permitir o consumidor a tomar uma decisão mais clara quanto ao que está comprando e permitir jogos mais reais. Além disso, os criadores de jogos podem colocar efeitos especiais muito mais realistas, como folhas ao vento, água, ambientes totalmente destrutíveis. Será o fim das caixas indestrutíveis nos jogos? Talvez. ;-)

emIndústria

TechEd 2006 – Mais fotos dos bastidores

Por em 2 de dezembro de 2006


Equipe de coordenação de palestrantes e staff. A carinha de cansada é porque a foto foi tirada no último dia da TechEd. Elas seguraram as pontas até o final.

Nenhum grande evento ocorreria sem que dezenas de pessoas estejam lá como apoio. O eventou teve alguns poucos problemas de logística, como a área de movimentação, com os stands ocupando boa parte do espaço e dificultando o trânsito de participantes.

No geral, perguntando para vários profissionais, a menor nota que ouvi, numa escala de 1 a 10, foi 8. Então, parabéns a todos.

Como prometido, mais fotos a seguir.


A área de credenciamento, onde todos os participantes confirmaram seu cadastro e palestras.


Um dos momentos do show do Skank, ao final do primeiro dia, 28 de Novembro.

Seqüência de imagens, fazendo um panorama do show. Com músicas conhecidas e a caipirinha fazendo efeito, começam a dançar e pular.

Abaixo, uma pequena amostra das meninas do staff. A equipe era muito maior. Elas pediram para avisar que as fotos foram tiradas ao final do dia e já estavam cansadas.

Quando eu tirava fotos no começo do dia, elas reclamavam que ainda estavam com sono. Se as fotos eram tiradas perto do horário de almoço, reclamavam que estavam com fome e que não iam ficar bonitas. E no final do dia, cansadas. Vou deixar o julgamento para vocês.


O stand da nVidia. Sim, mulher bonita não faltou.


O PC com duas placas GeForce em SLI. A novidade é que a nVidia já possui um distribuidor oficial no Brasil.

Os próximos posts serão focados nos palestrantes e nos vários assuntos abordados. É claro que não pude assistir todos. Os slides das apresentações ainda não estão disponíveis.

Faremos também um post-mortem da TechEd, onde vários dos participantes com o qual fiz contato, serão convidados a dividir suas experiências e contar para nós o que acharam do evento.

emIndústria

Acabou!

Por em 1 de dezembro de 2006

Hoje terminou o prazo do concurso “Decodifique o Meio Bit”.

Nós estamos votando e, amanhã, divulgaremos o vencedor, que levará a camiseta do site.

Obrigado por participarem, pessoal!

emAnúncios Miscelâneas

TechEd 2006: 30/11/2006 durante a última hora

Por em 1 de dezembro de 2006

Na última hora da TechEd, os laboratórios montados pela Lenovo para os Hands On Lab estão cheios. Reparem a concentração dos participantes…


… jogando Age of Empires.

Depois de 3 dias de palestras, um pouco de violência medieval para relaxar.

emDestaque Indústria