Digital Drops Blog de Brinquedo

Nova BMW com Detector de Pedestres

Por em 7 de julho de 2008 - 13 Comentários

A Série 7 da BMW é um sonho de tecnologia. São várias câmeras (pelo menos 3) dois radares, sensores que avisam quando você muda de faixa sem-querer, aquele detector de placas de falamos alguns posts atrás, rodas traseiras manobráveis em até 3 graus, visão noturna, painel que é uma tel de alta-resolução, integração com iPhone e… detector de pedestres.

carmageddon03

Um programa irá analizar continuamente as imagens captadas pela câmera de visão noturna e tentar achar padrões que se encaixem em movimentação humana. Se o resultado for positivo o alvo humano é destacado no display e um aviso é dado.

Fica a pergunta: Será que ele também atualiza o placar?

Fonte: GizMag

emHardware

Bolsa/Alto-Falante de iPhone para aliviar culpa burguesa

Por em 7 de julho de 2008 - 7 Comentários

Você se sente um burguês decadente, ao mesmo tempo sofre de culpa social? Gostaria de dividir seu capital injustamente acumulado com as camadas mais necessitadas?

Seus problemas acabaram, companheiro! Com o iHM6 da iHome Audio você tem um conjunto de alto-falantes estéreo, alimentado por 4 pilhas pequenas, alça para facilitar a abordagem dos amigos do alheio e um compartimento transparente que mostrará a todos os interessados que você tem um iPhone.

bolsaiphone

Não espere a Revolução. Compre um iHM6 por apenas $29,99, espete seu iPhone e saia ouvindo música Em São Paulo ou no Rio, de preferência na esquina da Rio Branco com Sete de Setembro, também conhecida como Faixa de Gaza.

Sério. Existe algum país do mundo onde o sujeito pode andar impune com um negócio desses? Eu duvido. Se fosse adepto de teorias de conspiração diria que é esquema da Apple para vender iPhones substitutos.

emApple e Mac Hardware

LivroLivre: o bookcrossing brasileiro

Por em 7 de julho de 2008 - 12 Comentários

Desde 2001 existe um site americano chamado Bookcrossing, que mescla o mundo online com o mundo offline através de livros. Para quem não conhece, funciona da seguinte forma: as pessoas cadastram-se no site, juntamente com o(s) livro(s) que pretendem “doar ao mundo”. Colocam um número de rastreamento único (definido pelo site) e instruções dentro de cada livro e aí é só deixá-lo em algum lugar público para ser encontrado.

Quando alguém encontra um destes livros, tem todas as instruções necessárias para 1) ir ao site postar sobre ele e 2) repassar o livro adiante, dando continuidade ao processo.

Além do valor cultural desta iniciativa, participar de um projeto como este pode ser muito divertido. Nunca se sabe onde um livro vai parar.

Evidentemente, o sistema não é perfeito. Nem todo mundo que encontra um livro vai entrar no site, nem todo mundo vai repassá-lo. Mas de qualquer forma, isso não torna a idéia menos interessante. E nem menos bem-sucedida: existem hoje mais de 600 mil participantes em cerca de 130 países.

E agora temos a versão brasileira do bookcrossing: o LivroLivre, criado pelo Jornal de Debates. Funciona exatamente da mesma forma, mas as instruções estão nesta página.

O site é novo, mas já está com vários livros cadastrados. Se você tem livros aí parados juntando poeira na estante, participe do projeto. Faça seu cadastro no site e ajude a dissiminar o hábito da leitura.

emDicas Internet Miscelâneas

Estratégias para sobrecarga de email

Por em 7 de julho de 2008 - 2 Comentários

Sem dúvida alguma a tarefa que consome pelo menos 2 horas do meu dia de trabalho é gerenciar os emails recebidos. Tenho uma conta no Gmail onde recebo tudo exceto o que for relacionado ao meu trabalho na Universidade, que usa um servidor MS Exchange. Ultimamente, tenho percebido alguns hábitos que me tornam mais eficiente e reduzem significantemente o tempo que a leitura dos email toma.

Resolvi fazer uma lista daqueless que mais me ajudam:

1) Formule respostas cada vez mais simples, pontuais, sem firulas. Antigamente, eu respondia um long email com um cumprimento ainda maior, uma resposta mais elaborada e uma assinatura. Agora ficou simples: simplesmente respondo, em 2-3 palavras no máximo se possível, envio e arquivo, tudo usando o teclado. Não é preciso dizer que tal recurso deve ser utilizado com moderação (fica um pouco chato responder para seu chefe com um “ok”).
2) Aprenda os atalhos de teclado de seu sistema de email, seja um cliente de desktop tradicional ou um webmail como o Gmail. Não uso mais o mouse, é tudo via teclado. Acredite, vale a pena investir um pouco de tempo para aprender e se acostumar a usar os atalhos
3) Use atalhos para os textos mais frequentes. Tenho usando software que “expande” atalhos em textos que uso com freqüencia. Por exemplo, para digitar o texto “Leonardo Faoro”, eu digito somente “/lf”, e o texto automaticamente é subtituido pela versão expandida. Isso é muito útil para telefones, endereços e repostas-padrão que muitas vezes preciso usar. Para o Mac, uso o excelente TextExpander (custa US$29.95), e no Windows usei bastante o AutoHotkey (livre, código aberto).
4) Ao invés de ter várias contas primárias que devem ser checadas com freqüência, eu tento centralizar em uma (uso duas por obrigação do trabalho) conta tudo que entra. Tenho vários outros endereços de email que são meros redirecionadores que enviam tudo para minha conta primária no Gmail.
5) Faça bom uso dos filtros do seu sistema de email. Independentemente de qual sistema você utiliza, filtros hoje em dia estão em todos os aplicativos (web e desktop). Crie filtros para listas de discussão, por exemplo, para redirecionar diretamente para uma pasta adequada. Da mesma forma, crie um filtro para ajudar a priorizar o que deve ser respondido primeiro, por exemplo para marcar em vermelho mensagens que venham do seu chefe.
6) Talvez o mais difícil, porém que mais ajuda a manter em dia sua caixa de email é o hábito de não deixar nada “pendente”, jogado no seu inbox. Mesmo que seja algo que você deve fazer imediatamente, mova para uma pasta adequada, “urgente” por exemplo. Fazer uma triagem inicial de todas as mensagens, coloca-las com as tags ou pastas corretas ajuda em muito a deixar tudo em dia.

Mais alguem tem alguma dica interessante para compartilhar ?

emInternet Produtividade

Salsas e Caretas (XVIII)

Por em 7 de julho de 2008 - 11 Comentários

Olá, pessoal. Desta vez, a coluna vem mirradinha… acho que depois da última, do “grande caso de amor”, a salsaisada ficou precavida. Aliás, teve gente escarafunchando o Orkut alheio, procurando pelos pombinhos… e adivinhem se não acharam? Como “ambos os dois” são “de menores”, não posso colocar os links… mas acreditem: eles existem!

 

Até nas Mensagens Privadas

Essa veio numa Mensagem Privada (funcionalidade ainda pouco funcional do site, mas já estamos providenciando) para o Rocky:

“De: nina_livia
Para: Rocky
Assunto: hp 6910
Date: 3 Julho, 2008 – 23:37

Rocky sei que vc não me conhece, mas estou desesperada.. eu sou uma lesada em micros e o meu note hp 6910 caiu “acidentalmente” no chão. e a porcaria dos atalhos que touch não está mais funcionando, por acaso vc sabe como resolver isso? será que f… de vez? eu li alguns topicos seus e percebi que vc tem um hp..
Se puder me ajudar agradeço!!
Obrigada!
Livia”

PS: Nunca mencionei que tinha um HP……..

 

E o apagão faz mais uma vítima

Rachel: “Senhores, O recente Black-0ut da Telefônica em São Paulo desligou meu SKYPE que na minha tela do cumputador normalmente fica on line com icone verde. Meu icone no toolbar esta vermelho. Não me lembra meu nome no SKYPE nem minha senha pois é uma situação inusitado.Tentei achar um meio no vooso sita mas não me deixam falar com vocês para explicar o que é meu probhlema. Minha conexão com vossa redwe ocorre pela banda larga da NET. Por favor me ajuda. Rachel

Então, Rachel… esse “Black-0ut” fez mesmo um estrago, hein? Como é de praxe, manda uma foto de corpo inteiro (tem funcionado…) para o Cardoso. Dependendo da… avaliação… dele, vamos resolver o seu problema.

 

É nóis que entremo, mano

Cesar: “Tive uma notícia privilegiada que dá conta de que o problema que ocorreu na Telefonica esta semana , foi na verdade uma invasão hacker e gostaria de compartilhar com vc esta notícia.Se quiser ler a matéria na integra acessa: http://***********.blogspot.com/

Obrigado, Cesar. Se seu site não fosse uma coletânea de programas pirateados para celulares, nem tivesse fotinhas de… catecismo… até daríamos algum crédito.

 

Mais da Igreja “Deus é Surdo”

Sergio: “jesus,caminho,verdade.morte e vida.

Você se enganou, irmão… o caminho, a verdade, a morte e a vida é o Symbian. E outra: vai escrevendo o nome Dele com letrinha minúscula, vai… como se fosse um profetinha qualquer… na hora do teu shutdown, tu verás.

 

E ainda tem curso superior de secretariado…

Silvia: “Por gentileza, o Sr ******* ****** ***** usou a internet sem fio VEX no Aeroporto de Guarulhos no dia 27 de junho e fez o pagamento com cartão de
crédito corporativo. Qual o procedimento para recebermos uma Nota Fiscal ou comprovação do gasto feito junto a VEX pois caso não tenhamos uma comprovação da despesa o Sr Greg terá pagar do próprio bolso uma despesa feita a trabalho. Atenciosamente, Silvia ****** **** do Brasil Fone: 51 3462 **** Celular: 51 8122 ****

Então, Silvia… você precisa nos ajudar a te ajudar, entende? Manda o número do cartão de crédito corporativo do Sr. ******* ****** *****, que a gente vê o que faz. Se mandar uma foto de corpo inteiro para o Cardoso, sua chance pode aumentar.

 

We dosnot niid seu help, why wii spek englis

Vanessa: ” Prezados boa tarde,  A ******* Translations é uma empresa especializada em tradução juramentada/simples e técnica em diversos idiomas. A nossa proposta é que a sua empresa possa terceirizar esses serviços com diversas vantagens comerciais, nós podemos oferecer:
ü       Preços especiais;
ü       Adequamos nossos prazos com a necessidade do cliente;
ü       Transparência na contagem de laudas;
ü       Revisão de textos;
ü       Pesquisa Multicultural;
ü       Entrega e retirada de documentos sem custo para o cliente (São Paulo – Capital);
Estamos à disposição e se necessário faremos uma visita para maiores esclarecimentos. Muito obrigada Vanessa

Isso sim é uma mala direta bem direcionada.

emMiscelâneas

Tirando alguns méritos da Microsoft… parte I

Por em 7 de julho de 2008 - 40 Comentários

Em uma conversa online com o Navarro acabei lembrando de vários casos, que curiosamente foram montando um quadro onde a posição de total dominação do mercado da Microsoft hoje perde alguns de seus méritos. Não é mais estar no lugar certo na hora certa, não é mais levar soluções prontas que seu público entende, não é mais developers, developers, developers.

Muito da Microsoft hoje deve-se à falta de visão de seus competidores.

E não falo dos freetards que chamam de preguiçosos os usuários que não querem compilar um programa ou usar linha de comando. O buraco é bem mais embaixo. Ou em cima.

Quando o Windows 3.11 ainda estava ganhando espaço a IBM, que não aprende nunca chamou a Microsoft em 1985 para desenvolver em conjunto o OS/2, seu sistema operacional que seria o "Windows do Futuro", pareceria que durou até 1990. A Microsoft continuou promovendo o Windows para quem desejasse vender computadores com ele pré-instalado, já a IBM achou que só deveria vender o OS/2 instalado em suas próprias máquinas.

O desenvolvimento foi um inferno. O pessoal da Microsoft, acostumado com uma empresa completamente liberal, liderada por nerds foi trabalhar na IBM, uma empresa onde os funcionários cantavam o HINO da compania. Alguns relatos falam de funcionários da Microsoft que ganharam reprimendas da gerência da IBM, e apresentavam produtividade negativa.

A produtividade era medida por linhas de código produzidas no dia, assim quando o sujeito encontrava uma rotina de 100 linhas e reduzia pra 20, tinha no final -80 linhas.

Em 1990 os dois lados se separaram definitivamente, a Microsoft indo cuidar do "Chicago" e a IBM preparando sua nova versão do OS/2.

Lançado em 1994, o OS/2 Warp era magnífico. Estável, imune a qualquer tipo de malware, rodava aplicações Windows 3.11, e saiu um ano na frente do Windows 95.

Problema: A IBM nunca deu a atenção devida. O mercado doméstico era inexistente para eles. Em 1995 eu fui a uma COMDEX/FENASOFT (nunca lembro qual) no Riocentro. Todo mundo estava lá, até a Apple, que não tinha nenhum negócio direto no Brasil. O Stand da IBM era monstruoso. Tinha modelos, salas vip, pista de pouso, dois fusos-horários…

Cheguei no stand e perguntei sobre o OS/2 Warp, queria comprar uma cópia. A loura que me atendeu me olhou, bem, como cara de loura. Me passou pra um engravatado.

Depois de TRÊS "consultores" achei um que sabia o quê diabos era o tal OS/2 Warp.

 

"Preencha esta ficha, em 15 dias uma revenda entrará em contato"

"Como assim? Isso aqui é uma feira de varejo, olhe em volta, todos os stands estão vendendo Windows, é só dar o dinheiro e pegar a caixa"

"É, mas aqui só por encomenda"

Quando o Windows 95 chegou a IBM tinha um sistema mais rápido, mais estável e testado. E não soube usar isso. Parecia envergonhada de ter algo tão "popularesco".

A cultura permaneceu mesmo quando, no ano seguinte consegui minha cópia do OS/2, em um livro ilustrado "O que é a Internet". Depois de instalar e NÃO rodar, fui procurar ajuda. Como a comunidade OS/2 no Rio cabia em uma Kombi, telefonei pro suporte da IBM, em SP.

"Bom dia, meu Warp não instala…"

"Qual o modelo do seu computador?"

"É um 386 DX40…"

"Eu perguntei o modelo"

"Bem, a placa é ASUS…"

"Ah, é… MONTADO"

O corno falou isso com um tom de NOJO que se eu não precisasse da informação teria xingado. Aliás, se o bostinha caro consultor que me atendeu naquela época estiver lendo isto, espero que todos os meus desejos envolvendo oncologistas, proctologistas, o ET e sua pessoa tenham se realizado.

No final eu precisava de um driver especial, pois a IBM não conhecia a "tal" da ASUS. Beleza, entrei no BBS da IBM (em SP, mais DDD) baixei o driver, criei novos disquetes de instalação, vamos funcionar.

Não acentua.

Nova ligação.

"AH, para que os acentos funcionem você tem que baixar drivers de teclado especiais…"

"Calma. EU comprei o OS/2 em português, em uma edição disponibilizada pela IBM Brasil, com toda a documentação em português, o programa em português e para ACENTUAR eu tenho que fazer uma gambiarra, entrando em BBS, baixando driver especial?"

"É"

Nesse momento desisti do OS/2, dei boot, cliquei em um ícnone do desktop do Windows 95 e fui jogar Duke Nukem.

emArtigo Indústria

LCDs estariam ajudando a degradar o planeta

Por em 6 de julho de 2008 - 17 Comentários

 

O site Register Hardware publicou um artigo afirmando que a idéia de que as TVs LCD podem não ser tão benéficas para o planeta quanto se pensava. Segundo um estudo feito por um membro da Universidade da Califórnia, esses aparelhos possuem um gás altamente perigoso para a atmosfera, o Trifluoreto de Nitrogênio (NF3). Segundo Michael Prather, o autor do estudo, O NF3 é cerca de 17,200 vezes mais eficiente que o Dióxido de Carbono quando se trata em reter calor no planeta.

O gás é usado na fabricação desses aparelhos para limpar as câmaras onde eles são produzidos e com isso a emissão do gás vem aumentando consideravelmente. Até a divulgação desse estudo, o gás não era considerado tão perigoso, tanto que ele não figura na lista dos gases nocivos à Terra que foi criada no Protocolo de Kioto.

Nada foi mencionado sobre os televisores de plasma, portanto, se você está na dúvida sobre em qual tecnologia investir e não espera que abandonemos nosso querido planeta para devorar habitar outro, talvez seja uma boa não optar pelo LCD.

doriprata_06.07.08

 

[via Gizmodo]

emFotografia