Digital Drops Blog de Brinquedo

Momento Vergonha Alheia: Hispter cria fake do Google Glass com impressora 3D

Por em 31 de março de 2013

poser_of_all_posers

O debate ainda está acalorado, um lado acha que o Google Glass será revolucionário, outro acha que será uma plaquinha de identificação de babacas. Eu tendo a achar que como toda tecnologia, será moralmente neutro (dentro do razoável, câmaras de gás portáteis e crocs são eminentemente malignos).

O problema é que as pessoas não são neutras, daí a desvirtuação das boas idéias. O Google Glass talvez nem tenha chance, se depender de um maluco holandês. O cidadão, sem ter o que fazer, achou um modelo 3D do Glass, adaptou para formato de impressoras 3D e criou seu próprio fake.

Agora ele e a mulher saem na rua “zoando”, falando sozinhos como se estivessem usando o Google Glass. PIOR: O modelo já teve mais de 3300 downloads.

Isso me lembra MUITO a moda de comprar headphone branco pro MP7, assim o pessoal na rua achava que o sujeito tinha um iPod. Claro, quando a bandidagem se tocou do fio branco, donos de iPods passaram a usar fones pretos, deixando os espertões como alvo principal.

Eu entendo e aceito o risco de ser chamado de babaca na rua por usar um Google Glass, mas ao menos estaria usando um equipamento tecnológico de ponta, com milhares de possibilidades e recursos. Já ser chamado de babaca e ter na fuça um pedaço de PRÁSTICO inútil, foge da minha percepção.

Fonte: TV

emGoogle

Insetos robôs gigantes — Esses cientistas REALMENTE querem matar todos nós

Por em 31 de março de 2013

bioniloura

Voar, se você não for kryptoniano ou se o seu botijão de gás não explodir, é complicado. O custo de energia é muito alto, quem voa come o tempo todo. Mesmo assim é um meio de transporte muito prático, se você não despachar bagagem, e ideal para espionagem, inteligência, monitoramento e resgates.

Por anos a ficção científica sonha com micro-robôs insetóides voando em enxames, trabalhando em conjunto, mas é complicado chegar a um design ideal. A Natureza mesmo demorou muito e quando fechou o modelo, não mexeu nele nos últimos cem milhões de anos.

A Festo é uma multinacional alemã na área de automação fundada em 1925, que movimenta 2,1 bilhões de euros anualmente, com filiais em 59 países. Agora estão se dedicando a sistemas robóticos, e o BioniCóptero é um deles.

Baseado em uma libélula, parece mais algo saído do Jurassic Park de Cybertron. São 44 cm de comprimento, 63 cm de envergadura, 175 g de peso, múltiplos sensores inerciais e asas de fibra de carbono.

O bicho, controlado por um ARM é capaz de parar no ar, voar para qualquer direção, achar Sarah Connor e ainda ser controlado via Wi-Fi por um smartphone. Miniaturize esse negócio e você terá um espião que pousará na janela do banheiro da Scarlett Johansson e ela NUNCA perceberá. Ou do Kim Jong-Un. Isso, Kim Jong-Un, claro.

Veja o BioniCóptero em ação. Confesso que achei inicialmente que era CGI.

Fonte: CMF.

emCiência Hardware

Jogos que te fizeram cair no 1º de Abril

Por em 31 de março de 2013

Entendedores entenderão

Todo ano nós geeks e amantes dos games esperamos qual vai ser o novo prank de primeiro de abril das empresas que amamos odiar. A Blizzard e a Google são mestras nesse quesito e nunca decepcionam no Dia da Mentira. Só que esse post não vai falar sobre isso… Ahá, peguei vocês! April Fool’s.

Aliás, esse post tem mais a ver com a tradução mais “correta” de fool pois vou falar das publishers que fizeram você de bobo nos últimos anos. Se você já leu meus posts anteriores sabe o que vem ai: Top 3 de jogos que te fizeram cair na “Pegadinha do Mallandro”…
continue lendo

emGames

iCrazy — Coréia do Norte agora está encrencada

Por em 30 de março de 2013

kim-jong-un-attack-plan-us-1-1

Por tempo demais a Melhor Coréia aguentou as provocações dos imperialistas americanos e seus fantoches da região. Agora o Querido Respeitado Marechal Kim Jong Un, brilhante comandante do Monte Paektu decidiu exterminar em um mar de fogo seus inimigos.

Cancelaram o armistício, colocando o país em estado de guerra. Fecharam a linha de comunicação entre os militares dos dois países, desconectaram o 3G para visitantes no país e em resposta ao sobrevôo de dois B2 Stealth na Coréia do Sul, colocaram as forças de mísseis em alerta, apontando-os para os EUA, tanto bases do Pacífico quanto território continental.

Claro, apontar é fácil, difícil é chegar lá, mas o Glorioso Líder tem problemas maiores.

continue lendo

emApple e Mac

Soyuz bate recorde e chega na ISS em apenas 6 horas

Por em 30 de março de 2013

ludicrousspeed

Na noite do dia 28 Uma Soyuz decolou do Cazaquistão levando 3 tripulantes para a Estação Espacial Internacional, mas dessa vez foram especialmente sortudos. Normalmente uma viagem dessas significa menos de 10 minutos até entrar em órbita, e dois dias de manobras, só no sapatinho, para equacionar velocidade, direção, proximidade com a Estação.

Dois dias. Assim:

soyuz-da.photoblog900

Aí você pergunta: Dois dias assim? Como eles fazem? Eu respondo: Lembra quando perguntaram a mesma coisa pro Homem de Ferro? Pois é. Faz na armadura.

Por isso a nova técnica é interessante. Ao invés de 48 horas de terror a bordo, eles regulam o lançamento para uma hora em que a Estação Espacial esteja passando por cima do Cosmódromo de Baykonur.

A nave Soyuz ganhou upgrades de navegação e propulsão, permitindo manobras mais precisas, o que também ajuda a diminuir o tempo para equilibrarem a velocidade com a da Estação. O que não é nada simples. A ISS orbita a 27.743,8 km/h. Um erro de 1% significa que você vai se escacetar na estação a 277 km/h. Mesmo assim resolveram tudo em 4 órbitas.

Isso é muito transformar o Espaço no nosso quintal. O sujeito acorda, sobe num foguete e antes do lanche da tarde está numa estação espacial orbitando o planeta. Há que se admirar o design da Soyuz, uma nave pé-de-boi projetada nos anos 60 com um histórico de segurança invejável. É um fusca espacial, no melhor sentido do termo.

Aqui os minutos finais do acoplamento do dia 28. Notem que os russos não se preocuparam com upgrade de câmeras e interfaces. Pra quê? Tá funcionando, não mexe.

emCiência Hardware

Kirk vs. Gorn: A Revanche, 45 anos depois

Por em 29 de março de 2013

Kirk vs. Gorn: tão tosco quanto sempre foi

Se há uma constante no universo de Star Trek, é de que a luta entre Kirk e o alienígena Gorn é a mais tosca de todas as séries, senão da história da televisão e cinema. Exatamente por ela ser tão, mas TÃO RUIM, ela virou uma cena icônica da TOS.

E agora, 45 anos depois, Gorn busca uma revanche contra o verdadeiro (e único) capitão James T. Kirk.

A ação é em prol do lançamento de Star Trek: The Video Game, que vai pegar carona no filme Star Trek: Além da Escuridão. No comercial temos o mito, a lenda William Shatner jogando contra seu velho rival Gorn, até que o lagartão perde a paciência e parte para cima de nosso herói. O que se segue é uma recriação geriátrica da cena de luta protagonizada no episódio 18 da primeira temporada, Arena. Claro, passado quase meio século, mesmo uma luta em ultra slow motion se mostra demais para ambos. Uma coisa é certa: o game pode não ser grande coisa (se seguir a maldição de games baseados em filmes), mas só esse comercial já valeu pelo que virá a seguir. :)

Star Trek: The Video Game será lançado dia 23/04/2013 para Xbox 360, PS3 e PC.

Fonte: The Escapist

emGames Miscelâneas Vídeos

AMD não sabe brincar: demo de Battlefield 4 rodou na nova Radeon HD 7990 “Malta”

Por em 29 de março de 2013

AMD Radeon HD 7990 "Malta"

Durante a GDC 2013, a AMD revelou uma nova versão de sua placa Radeon HD 7990. Com o codinome “Malta”, ela difere da atual “New Zealand” pelo clock diferenciado e superior. Como se não bastasse, cogita-se que ela venha com GPU dual-core rodando entre 1 e 1,1 GHz e acompanhada de 6 GiB de VRAM. Com três ventoinhas, é de se imaginar que o poder de fogo dela não é brincadeira. A AMD referiu-se a ela como “a placa de vídeo mais rápida do mundo”, mas até aí…

continue lendo

emAcessórios Preview Vídeos