Ciência
Ciência
Digital Drops Blog de Brinquedo

Astrônomos descobrem Oa, ou pelo menos Krypton

Por em 28 de março de 2012

krypton

A estrela é HIP 11952, fica a 379.19 anos-luz da Terra, está prestes a se tornar uma Nova, pondo fim a uma História que é quase tão antiga quanto o Universo.

Em sua órbita os cientistas do Instituto Max-Plank de Astronomia descobriram dois planetas. Um  -HIP 11952 b- com 2,93 vezes a massa de Júpiter, outro –HIP 11952 c- quase 0,78. Não são os primeiros exoplanetas identificados, mas são de longe os mais antigos.

A estrela em questão é uma gigante gasosa com 0,83 massas solares mas raio 1,60 vezes o do Sol. É uma estrela velha, muito velha. Tem pouquíssimos elementos pesados como Ferro em sua composição. Carl Sagan dizia – ”não somos barro, somos feitos de estrelas”. Na verdade muitos dos elementos que achamos comuns hoje se originaram em supernovas. Uma estrela precisou explodir para que você pudesse existir.

continue lendo

emCiência

Nãotícia do dia: a polêmica da bateria do iPad

Por em 28 de março de 2012

Mr--Fusion

Semana passada um sujeito resolveu espetar um medidor e acompanhar o consumo de energia do carregador do iPad, enquanto a bateria era recarregada. Por algum mistério ele se espantou ao perceber que o iPad reportava 100% de carga, mas mesmo assim continuava a chupar energia com força total. Ficou mais um tempão, só então caiu a níveis bem mais baixos.

Feito isso ele descobriu que o iPad ganhou mais autonomia, em torno de 1h extra.

Estava pronta a polêmica: mimimi a Apple mente, mimimimi a Apple reporta 100% de carga quando não terminou de carregar a bateria, bla bla bla.

Claro, ninguém questionou a lógica de tirar uma hora de autonomia de um tablet.

A explicação é mais simples do que parece, embora também seja extremamente complexa.

Primeiro, não é a Apple que faz isso. TODOS os aparelhos eletrônicos modernos reportam “errado” a carga da bateria. Não é um bug, é uma feature.

continue lendo

emApple e Mac Energia

Rumor diz que Playstation 4 poderá se chamar Orbis

Por em 28 de março de 2012

dori_ps4l_28.03.12

Prontos para mais uma rodada de rumores em relação ao Playstation 4? Pois o Kotaku afirma ter ouvido uma fonte confiável, que já teria lhes dado informações anteriormente que se confirmaram, e a pessoa afirmou que o aparelho está sendo chamado de Orbis, palavra em latim que significa círculo e em conjunto com o Playstation Vita formaria algo como “círculo da vida”. A possibilidade ganha força ao sabermos da existência do endereço orbis.scedev.net, que aponta para uma página da família Playstation.

Outras informações sobre o console falam sobre a ausência de retrocompatibilidade, a utilização de um processador AMD x64 com uma GPU AMD Southern Islands, o que permitira que o console exibisse imagens com resolução de 4096×2160 pixels e seria capaz de rodar jogos em 3D a 1080p.

Os games por sua vez seriam distribuídos em Blu-ray ou por download e a Sony deverá implementar uma maneira de diminuir a revenda de jogos usados, fazendo com que eles fiquem atrelados as nossas contas da PSN e ao tentarmos rodar um título previamente usado, teríamos acesso apenas a uma versão de avaliação ou seríamos impedidos de acessar certas áreas, que poderiam ser liberadas com o pagamento de uma taxa.

Se a fonte estiver correta, uma versão atualizada do kit de desenvolvimento do Playstation 4/Orbis começou a ser enviada para os estúdios no início desse mês, na época da Game Developers Conference e o anúncio oficial deverá acontecer durante a próxima E3, com o lançamento estando previsto para o final do ano que vem.

A fabricante provavelmente dirá que não comenta rumores e por isso teremos que esperar para ver se estes serão confirmados.

[via GamesIndustry]

emRumores Sony

FBI usará Unreal Engine 3 para recriar cenas de crimes

Por em 28 de março de 2012

dori_xfil_28.03.12

A Unreal Engine 3 foi responsável por nos trazer ótimos jogos nesta geração, mas a Epic Games anunciou um acordo com o FBI que deverá fazer com que o kit de desenvolvimento leve vantagens também à população dos Estados Unidos. Isso será possível devido a um contrato de licenciamento de longa duração com a Virtual Heroes, companhia dedicada ao desenvolvimento de simuladores e que atingirá diversas agências do governo e que poderão utilizar as criações para vários propósitos.

No caso dos federais, a UE3 será utilizada para treinar novos policiais em um simulador multiplayer que reproduzirá cenas de crimes e outro exemplo é a Duke University, que usará a ferramenta para criar um aplicativo de treinamento para anestesistas do exército e um simulador do corpo humano voltado para o ensino também já está sendo desenvolvido.

A Virtual Heroes é relativamente conhecida dos jogadores por ter se tornado uma das principais criadoras de “jogos sérios”, já tendo lançado os simuladores Zero Hour e MoonbaseAlpha, além de ter colaborado com a produção da série America’s Army, que por sinal também utiliza a Unreal Engine.

Acredito que assim como eu você também tenha ficado com a sensação de que tal notícia deveria ter por parte da mídia a mesma atenção que aquelas dizendo que jogos só servem para formar um bando de psicopatas que tentam recriar na vida real o que veem os personagens fazendo nos games. Sei que isso é um tanto óbvio, mas está aí mais uma prova de que o problema não está nas armas ou nos jogos eletrônicos e sim nas pessoas.

[via Gamespot]

emMiscelâneas

Diretor de arte critica Silent Hill HD Collection

Por em 28 de março de 2012

Você já deve ter me visto defendendo o lançamento de coleções com versões remasterizadas jogos da geração passada, mas de vez em quando algumas delas acabam se tornando motivo de críticas e reclamações, como está sendo o caso do Silent Hill HD Collection. Primeiro a coletânea sofreu ataques dos fãs por não trazer as dublagens originais e por ter esquecido o primeiro e o quarto capítulo, mas agora um dos principais indignados com o trabalho feito pela Konami é Masahiro Ito, diretor de arte dos três primeiros títulos da série.

Ao ser questionado sobre o que achava da imagem abaixo, que compara o original ao “remake”, ele respondeu o seguinte pelo Twitter:

As da esquerda são em HD, certo? Está muito pobre. Essa é mesmo a versão lançada, de verdade?

Após receber a resposta de que se tratava da versão final do jogo, Ito mostrou-se surpreso e disse esperar que a Konami lance uma atualização para a compilação, mas então tratou de voltar seus ataques para o Playstation 3.

Acho que esse é um problema do PS3. O PS3 tem um ponto fraco ao usar ‘texturas transparentes’, mas o PS2 não tinha e os SH2/SH3 originais usavam muitas ‘texturas transparentes’. Um exemplo, para o nevoeiro/neblina.

Ao ver as imagens abaixo é fácil entender o motivo da reclamação e por mais que eu estivesse disposto a investir nesse pacote, a análise do pessoal do Destructoid é bastante desanimadora, especialmente quando concluem dizendo que é “incompleto, defeituoso e visualmente piorado, Silent Hill HD Collection é um grande insulto da Konami à série.

dori_shhd_26.03.12

[via Eurogamer]

emMicrosoft Museu Sony

City Interactive anuncia FPS gratuito

Por em 28 de março de 2012

dori_wom_28.03.12

O pessoal da City Interactive está apostando que ainda há espaço para novos jogos de tiro em primeira pessoa gratuitos e anunciou a produção de World of Mercenaries, jogo que usará a Unreal Engine 3, o que já é um motivo para ficarmos de olho.

A má notícia é que o estúdio não deu muitas informações sobre o game, limitando-se a dizer que ele será um FPS focado no trabalho em equipe, com armas que poderão ser customizadas e garantiu que a parte visual chamará a atenção. A data de lançamento não foi mencionada, mas sabemos que o período de testes começará em breve e as inscrições serão abertas nos próximos dias.

O nosso programa de beta fechado será uma parte integral do processo de desenvolvimento do World of Mercenaries, pois o nosso objetivo é entregar um jogo feio por, para e com os fãs de FPSs,” afirmou o produtor executivo Bogdan Oprescu, que concluiu: “Estamos criando o futuro do FPS competitivo e estamos plenamente confiantes de que isso será alcançado com o entusiasmos e ajuda dos que participarem do beta.

Seria isso apenas empolgação? Pois até torço para que tenham sucesso e o título seja mais do que apenas um novo Counter-Strike. A City Interactive é a mesma desenvolvedora do Sniper: Ghost Warrior, jogo que sempre me chamou a atenção devido a temática, mas que depois de jogá-lo mostrou-se bastante sem graça. No momento eles estão trabalhando na sua sequência e ainda publicarão o Enemy Front, jogo ambientado na Segunda Guerra e idealizado pelo criador do Black.

[via Eurogamer]

emComputadores

Mozilla lança MMO feito em HTML5

Por em 28 de março de 2012

Além de muitas outras vantagens, o HTML5 tem se mostrado uma ótima maneira dos desenvolvedores de jogos disponibilizarem suas criações através dos navegadores e para ajudar a divulgar a sua integração com o Firefox, o pessoal da Mozilla decidiu pedir ao franceses da Little Workshop para desenvolver um MMO gratuito usando apenas a linguagem, Javascript e a interessante tecnologia WebSockets.

Apesar de ser uma demo técnica, BrowserQuest funciona como um grande tributo aos antigos jogos de RPG para os 16-bits, como o The Legend of Zelda, contando porém com o elemento multiplayer e basta clicarmos no botão que mostra o número de jogadores online para vermos que milhares de pessoas podem estar aproveitando o jogo ao mesmo tempo.

O game permite ainda trocarmos mensagens com outros jogadores para organizarmos missões, conta com um sistema de conquistas e roda no Chrome ou Safari e ainda pode ser aproveitando em dispositivos iOS e Android, embora neste caso se trate de uma versão amis simples. Outro detalhe que merece ser mencionado é a disponibilização do código fonte, permitindo que os interessados na criação de games saibam como tudo funciona.

BrowserQuest pode ser uma ótima maneira de passarmos tempo, contudo, mais do que isso ele é uma bela demonstração de que bons jogos dos mais diversos estilos já podem ser acessados em praticamente qualquer lugar.

continue lendo

emComputadores Games Internet MMO