Games
Games
Digital Drops Blog de Brinquedo

Versão (quase) final do C&C Renegade X está disponível

Por em 30 de janeiro de 2012

dori_ren_30.01.12

Os fãs da série Command & Conquer já podem experimentar o remake do Renegade feito por um grupo de fãs. O capítulo lançado em 2002 foi uma tentativa da EA de levar a franquia para o universo dos jogos de tiro em primeira pessoa, mas que não obteve tanto sucesso quanto os RTSs, o que não impediu que algumas pessoas tentassem recriá-lo usando a poderosa Unreal Engine 3.

O grande problema é que embora a equipe responsável tenha liberado o Renegade X: Black Dawn como a versão final, ela traz apenas a campanha single player e o pior, com uma duração entre uma e duas horas apenas, o que provavelmente será uma decepção para muita gente. Eles afirmam que a ideia principal era criar o jogo voltado para o multiplayer, que deverá ser lançado em breve e que esta campanha principal servirá para mostrar aos jogadores o que está por vir e termos algo para experimentar enquanto enquanto o mata-mata não é disponibilizado, então, podemos considerá-la como um bônus.

Se mesmo assim você quiser jogar esse remake, ele pode ser obtido gratuitamente no site do projeto e não precisa do Unreal Tournament 3 para funcionar, mas prepare-se para fazer um download de 3.9GB e como os links fornecidos por ele estão um tanto lentos, recomendo tentar os torrents e aqui o do The Pirate Bay está vindo no máximo.

[via Joystiq]

emComputadores

Malware atinge 5 milhões de usuários de Android, mas CALMA, a solução é simples.

Por em 30 de janeiro de 2012

Pelo menos 13 Apps de Android apareceram infectadas com um tal de Android.Counterclank, um malware especializado em roubar informações do celular, simular páginas de busca do Google, etc.

Mais de 5 milhões de vítimas baixaram as Apps contaminadas do Android Market, são elas (as apps, não as vítimas):

  • Counter Elite Force
  • Counter Strike Ground Force
  • CounterStrike Hit Enemy
  • Heart Live Wallpaper
  • Hit Counter Terrorist
  • Stripper Touch girl
  • Balloon Game
  • Deal & Be Millionaire
  • Wild Man
  • Pretty women lingerie puzzle
  • Sexy Girls Photo Game
  • Sexy Girls Puzzle
  • Sexy Women Puzzle

Note que esses “Counter Strikes” são obviamente kibagens.

A remoção das apps contaminadas e do malware é – e aqui cito o artigo-fonte literalmente- simples. São sete passinhos apenas, acompanhe e limpe seu celular, de forma eficiente e prática:

Passo 1 – Confira que sua agenda de contatos está sincronizada com o Gmail.

Passo 2 – Apague todos os arquivos relacionados ao malware de seu cartão SD.

Passo 3 – Instale o Astro File Manager.

Passo 4 – Abra o Astro File Manager e faça backup de suas aplicações

Passo 5 – Restaure seu telefone para as configurações de fábrica (grifo meu)

Passo 6 – Reinstale o Astro File Manager

Passo 7 – Pesquise o cartão SD e reinstale as aplicações que precisar de /mnt/sdcard/backups/apps

“A beleza do Android ~e que ~e realmente simples voltar para onde você estava antes das coisas darem terrivelmente errado”

É, lindo mesmo.

Fonte: UR

emCelular Segurança Software

Vessel é jogo promissor que brinca com a água

Por em 30 de janeiro de 2012

Jogos de quebra-cabeça com jogabilidade em duas dimensões e/ou que utilizam elaboradas simulações de física para recriar água não chega a ser uma grande novidade, mas mesmo assim eu estou bastante impressionado com um título chamado Vessel, que será lançado no dia 1º de março para o PC, com versões para a PSN e Xbox Live chegando um pouco depois.

Com uma direção artística belíssima, o jogo desenvolvido pelo estúdio independente Strange Loop Games nos coloca no controle de M. Arkwright, um sujeito que inventou um sistema chamado Fluro, uma espécie de máquinas vivas criadas com líquidos e que passaram a ser amplamente utilizadas nas indústria para baratear o custo de produção.

Com elas e a ajuda de algo parecido com um esguichador de água, teremos que tentar solucionar alguns puzzles para avançar nos estágios, mas o grande destaque promete ser mesmo a maneira como os fluídos se comportarão no game.

Vessel será vendido por US$ 14,99 e a princípio parece muito interessante, porém, como sempre digo, um jogo assim depende muito do design dos estágios e da maneira como os quebra-cabeças nos desafiarão e tomara que ele seja mais do que apenas uma maneira dos desenvolvedores mostrarem que alcançaram o objetivo de recriar água digitalmente.

Abaixo você confere dois trailers do jogo.

continue lendo

emComputadores Microsoft Sony

O maior segredo da Apple: A cara da Siri

Por em 30 de janeiro de 2012

Existem duas formas de fazer merchandising em TV: A boa e a da Globo. A da Globo é aquela cena onde os protagonistas da novela aleatoriamente decidem ir ao banco e ficam 20 minutos conversando com o gerente, que explica como o Itaú é lindo maravilhoso e multiplicará seu dinheiro, de forma bem didática afinal a protagonista rica e poderosa tem a mesma percepção mental que o espectador classe D e E de 25 a 45 anos, com 2o Grau incompleto.

A forma boa rende episódios como o Kinect em Smallville, o iPhone de House, o Photosynth em CSI ou o iPad em Modern Family.

Essa semana mais um case entrou para o roll dos bons merchãs: Em Big Bang Theory o Raj compra um iPhone 4S, e fica maravilhado com a Siri. Curiosamente sem o nome do aparelho nem o da Apple são citados em qualquer parte do episódio, mostrando um mínimo de respeito pelas capacidades intelectuais do espectador.

Há até uma gag onde Barry Kripke o sindicalista cientista rival do Sheldon reclama que Siri é uma porcaria, que o reconhecimento de voz não funciona. Claro, ele tem língua presa, mas é um merchã onde um consumidor mostra com todas as letras uma limitação do produto.

Raj vai se apaixonando pela Siri, afinal é uma “mulher” com quem ele pode falar sóbrio, que tem todas as respostas e é atenciosa. Depois de um double date sensacional, ele dorme e tem um sonho onde encontra… Siri.

Incorporada pela totosa Becky O’Donohue, Siri se tornou mais interessante ainda. Pena que a fobia social de Raj falou mais alto, veja, e repare no detalhe que Siri usa algo muito parecido com… Surface:

AVISO: Este post contém spoilers do último episódio de Big Bang Theory. Se você ainda não assistiu, por favor pule.

emApple e Mac

Asus deverá lançar notebook com Kinect embutido

Por em 30 de janeiro de 2012

dori_min_30.01.12

Se para boa parte dos jogadores hardcore o Kinect ainda deve um grande jogo, no PC o acessório parece bastante promissor, facilitando a realização de algumas tarefas e em um dispositivo portátil o sensor de movimentos poderia ser ainda mais útil. Pensando nisso a Microsoft estaria fazendo o possível para que alguns aparelhos que utilizem o Windows 8 possam aproveitar o Kinect e claro, uma das melhores opções seriam os notebooks.

Como a gigante de Redmond não estaria disposta a lançar seus próprios computadores portáteis, uma opção seria licenciar a tecnologia para fabricantes de hardware e uma que já estaria realizando alguns testes é a Asus, que inclusive já possui o protótipo de um notebook trazendo diversos sensores na parte em cima da tela, onde normalmente estão localizadas as câmeras dessas máquinas.

Caso seja confirmado o rumor, o objetivo seria permitir que os usuários interagissem com a interface Metro apenas com movimentos e comandos de voz, mas os jogos para a plataforma também poderia aproveitar a novidade.

Com a possibilidade da tecnologia proposta pelo Kinect passar a ser embutida em vários aparelhos, como as televisões por exemplo, talvez o sensor de movimentos acabe mostrando-se neles muito melhor do que nos jogos, mas mesmo que isso aconteça, não podemos dizer que ele foi um fracasso, já que continuará dando lucro aos seus criadores.

[vai The Daily]

emComputadores Hardware

Mais uma empresa critica o DRM nos jogos

Por em 27 de janeiro de 2012

dori_mag_25.01.12

Depois de prever que a próxima geração de consoles será a última, o CEO da Paradox Interactive, Fredrik Wester, voltou suas armas na direção dos sistemas de proteção contra cópia utilizados nos jogos eletrônicos:

Estou tão surpreso por ver que as pessoas ainda utilizam DRM. Nós não temos utilizado isso há sete ou oito anos e a razão é que não faz sentido. Não faz sentido de uma perspectiva do jogador – odeio isso. Comprei o Civilization III quando foi lançado e pelos três primeiro dias não pude jogá-lo. Ele instalava alguns outros programas e simplesmente era fechado. Tive que entrar em contato com o suporte da Atari três vezes antes mesmo de obter ajuda e aquela experiência foi terrível.

Para Wester, nenhum consumidor deveria ser impedido de instalar um jogo por qual pagou e qualquer dificuldade imposta nesse processo só serve de incentivo para que o game seja obtido ilegalmente. O executivo ainda afirmou que o DRM não passa de um desperdício de dinheiro, já que só protege o game por três dias, não conseguindo fazer com que as vendas aumentem.

Já disse isso aqui uma vez e repito, eu nunca tive problemas mais sérios com o DRM, mas mesmo assim concordo que muitas medidas tomadas por algumas empresas beiram o ridículo e certamente ficaria revoltadíssimo caso fosse impedido de jogar algum título pago com meu suado dinheirinho.

Penso que duas coisas precisam acontecer para que esta situação mude, as empresas encontrarem uma maneira de se proteger sem atingir seus consumidores e as pessoas terem noção de que os outros merece ser remunerados por seus trabalhos, até lá, continuaremos discutindo algo que não precisaria de discussão.

[via Rock, Paper, Shotgun]

emIndústria

Remake de Jak and Daxter está chegando e terá mais de 100 troféus

Por em 27 de janeiro de 2012

dori_jak_24.01.12

Digam o que quiserem aqueles que não gostam dos relançamentos em alta definição da Sony, mas sou muito “grato” a empresa e algumas desenvolvedoras por permitir que eu possa jogar versões melhoradas de alguns dos melhores títulos do Playstation 2 que não tive oportunidade na época e em breve poderei fazer isso com a trilogia Jak and Dexter.

A versão remasterizada da criação da Naughty Dog começará a ser vendida nos Estados Unidos no dia 7 de fevereiro por US$ 39,99 e além de contar com suporte a 3D estereoscópico em 720p, ele ainda terá mais de 100 troféus para serem desbloqueados e como estamos falando de três jogos, a diversão estará garantida por um bom tempo.

Essa será ainda uma ótima oportunidade de muitos de nós conhecermos um pouco mais do trabalho dos responsáveis pela série Uncharted e como de uns tempos para cá voltei a me interessar por jogos de aventura, principalmente os que permitem alguma exploração, por tudo isso acho que esse Jak and Daxter Collection pode ser um ótimo investimento.

[via Playstation Blog]

emMuseu Sony