Games
Games
Digital Drops Blog de Brinquedo

Série Torre Negra deverá virar jogo

Por em 28 de janeiro de 2011

dori_dark_28.01.11

Em maio de 2013 deverá chegar as telas do cinema a versão filmada da série Torre Negra, escrita pelo brilhante Stephen King. O projeto, que não deverá custar pouco, será financiado pela Universal e ainda nem tem um roteiro pronto, mas como estamos falando de uma saga dividida em oito sete livros e que mistura temas como fantasia, terror e western, apenas um longa-metragem não será suficiente para mostrar tudo o que pode ser encontrado na história claramente inspirada no trabalho de J. R. R. Tolkien.

O que ninguém sabia e que foi revelado pelo site AICN é que os envolvidos também planejam criar um game que usará elementos dos livros e embora seja natural que boa parte das pessoas tenham um certo receio em relação a adaptações, quem leu pelo o menos o primeiro livro sabe que ele está recheado de itens que poderiam cair muito bem num jogo. Ou vai me dizer que não existe um enorme potencial em acompanharmos um pistoleiro que vaga por um mundo pós-apocalíptico em busca do lugar que dá nome à série e que no caminho encontra personagens bastante interessantes e estranhos.

Transformar livros em games não é algo muito comum, mas caso queira ter uma ideia de como um jogo sobre a série Torre Negra poderia ser, no site do Rei do Terror existe um web game que pode ser jogado gratuitamente.

[via VG247]

emMiscelâneas

Temos honeycomb, resta saber de onde vieram as abelhas

Por em 28 de janeiro de 2011

Honeycomb

A maior parte dos usuários gosta de descer a lenha nas alterações feitas pelos fabricantes de smartphones sobre interface gráfica do Android, mas temos de convir que a interface pura, do jeito que sai do time de desenvolvimento da Google, é muito sem graça. Tudo bem, ela é rápida, estável, e funcional, mas é visualmente fraquinha. É daí que advém a grande popularidade de aplicações como o Launcher Pro ou como o ADW Launcher EX.

O problema é que, com exceção da Sense, da HTC, todas as interfaces feitas pelos fabricantes para o Android (MOTOBLUR, TouchWiz etc.) foram acumulando antipatia de grande parte dos usuários ao longo do tempo.

continue lendo

emCelular Google Meio Bit Mercado Mobile

Cartuchos do PSP2 poderão diminuir a revenda de jogos

Por em 28 de janeiro de 2011

dori_psp2_29.01.11

O blog MCV publicou um interessante artigo sobre como o novo portátil da Sony, o NGP poderá frear o comércio de jogos usados graças ao sistema de distribuição de jogos. Além de contar com games distribuídos de forma digital, o que praticamente obriga os jogadores a ficarem para sempre com as aquisições, já que estão vinculadas a sua conta, o videogame terá games vendidos fisicamente através de dispositivos com memória flash parecidos com cartuchos.

Embora na prática isso não seja muito diferente dos antigos UMDs, o New Game Media, como os cartuchos vendo sendo chamados, não apenas trarão os jogos, mas também permitirão que novos conteúdos baixados pela rede online do aparelho sejam gravados neles. Dessa forma, quando a pessoa for vender esse game, estará se desfazendo também de todos os DLCs adquiridos para ele, o que teoricamente aumentaria o preço dos usados e tornaria a aquisição de jogos novos mais interessante.

É claro que hoje já temos um cenário parecido, já que boa parte dos games já contam com esses DLCs e mesmo que eles permaneçam no HD do seu videogame, não deixa de ser um prejuízo quando você se desfaz do game em questão, mas ele sugere que uma saída para as produtoras seria impedir que o comprador tivesse acesso aos adicionais encontrados no cartucho e mesmo os apagasse, fazendo assim que a pessoa pagasse mais por um produto com menos ou nenhum espaço de armazenamento.

Embora eu ainda ache que a melhor saída para diminuir a revenda de games seja o continuo lançamento de conteúdo adicional, como o visto no Borderlands ou no Red Dead Redemption, este não deixa de ser um ponto de vista que mereça nossa atenção e talvez estejamos diante de uma mudança de paradigmas por qual passará a indústria, pelo menos a de portáteis.

emPortáteis Sony

Por favor, deixem nossas TVs burras em paz…

Por em 28 de janeiro de 2011
Bons tempos...

Bons tempos...

Dentre as várias tendências de 2010 que, provavelmente, continuarão em voga em 2011, a das TVs “inteligentes” é uma das mais fortes. Nem o fracasso do Google TV parece ter abalado a confiança da indústria em levar a Internet para o conforto da sala de estar.

Particularmente, vejo a rejeição do Google TV como um presságio, ou melhor, um alerta. Um alerta de que, hey, ninguém quer transformar a TV num computador. E essa opção do consumidor médio (não de geeks/entusiastas, vale dizer) é tão óbvia… A história nos diz isso, não é preciso ficar num único exemplo recente. continue lendo

emÁudio Vídeo Fotografia Meio Bit Miscelâneas

Tagli.us é uma (boa) alternativa ao Delicious

Por em 28 de janeiro de 2011

Quando apareceu o rumor de que a Yahoo! fecharia o Delicious, milhares de pessoas, inclusive eu, gritaram de medo. Afinal, o site de bookmarking ainda é um dos mais utilizados no mundo e sem dúvida, um dos melhores, não só pela sua função de favoritar, mas realizar isso tudo num jeito meio “rede social”. A melhor alternativa disponível então era paga e o seu valor aumentava de acordo com a quantidade de visitantes cadastrados.

continue lendo

emInternet Meio Bit

Pacotes de jogos do Mega Drive por US$ 7,50

Por em 28 de janeiro de 2011

dori_meg_28.01.11

Atenção fãs do Mega Drive, a Sega liberou para venda no Steam mais uma leva de jogos do antigo console e dessas vez a quantidade de títulos excelentes impressiona. Quem adquirir o Classics Pack 4 terá a oportunidade de jogar games como o primeiro e o segundo Street of Rage, o Shining Force I e II, assim como os ótimos Wonder Boy III, Gunstar Heroes e Landstalker. A lamentar apenas o fato de que outros jogos igualmente divertidos, como o Sonic 3 and Knuckles e ToeJam & Earl ficaram de fora da seleção, podendo ser adquiridos individualmente, mas ao custo de salgados US$ 4,99.

Por falar em valores, a empresa está vendendo esse e os outros pacotes anterior por US$ 7,50 cada, um valor bastante convidativo pela quantidade de jogos disponíveis. Só acho uma pena eles não terem suporte a multiplayer online, o que certamente ajudaria a aumentar consideravelmente as vendas e penso que eles poderiam fazer um preço ainda mais especial para quem optasse por adquirir toda a coleção.

Como eu já tenho a maioria desses games no Sonic’s Ultimate Genesis Collection no Playstation 3 ou mesmo em cartuchos, acho que deixarei passar essa oportunidade, mas se você estava querendo matar a saudade de alguns clássicos do Mega Drive, durante essa promoção o preço não será uma desculpa para continuar adiando a compra.

emComputadores Museu

Lomografia no Dia dos Namorados

Por em 28 de janeiro de 2011

Sei que muita gente aqui considera a Lomografia como sinonimo de fotografia mal feita, mas é nesse momento que temos que ter a mente aberta, sem preconceito e ver que, além de uma grande diversão, a Lomografia também é um movimento artístico reconhecido no mundo inteiro. E como todo movimento cria uma necessidade de consumo, nada melhor do que lançar câmeras Lomo em versões comemorativas. A Leica faz isso há décadas e ninguém nunca acusou a empresa de ser aproveitadora.

Agora, tendo em vista o Valentin’s Day, chegam ao mercado três novas versões da câmera Diana e que são batizadas com nomes especiais para comemorar a data. Teremos no pacote a Diana Mini “Love is in the Air”, a Diana F+ “Take My Heart” e a Fisheye 2 “I Love You”. Mas, não são apenas os nomes que são especiais, o design das câmeras também acompanha os temas.

A Diana Mini “Love is in the Air” é um modelo que conheço e aprovo o seu uso. A câmera é leve e possui um design muito bacana. Ela usa filmes 35mm e possui flash externo,  uma lente 24mm e várias regulagens como múltipla exposição e disparo por cabo. Ela vai estar disponível por £99,00. A Diana F+ “Take My Heart” já é um pouco diferente, pois se trata de uma câmera que usa filmes de médio formato. É possível fazer panorâmicas, usar várias velocidades de obturador e remover a lente para fazer fotos pin-hole. Vai estar disponível com o preço de £89,00. Já a Fisheye 2 “I Love You” é uma super grande angular com ângulo de visão de 170º e que pode usar qualquer filme negativo ou positivo de 35mm. Vai estar disponível ao preço de £79,00.

Infelizmente, como podemos ver pelos preços, elas estão disponíveis no Reino Unido. Mas, esse tipo de câmera tem chegado com certa rapidez ao Brasil, visto que temos uma comunidade lomográfica considerável por aqui. Agora vocês tem coragem de dizer que não são câmeras simpáticas?

diana mini

emEquipamentos