Games
Games
Digital Drops Blog de Brinquedo

Arcade e Quiz no iPad

Por em 1 de setembro de 2010

Tablets parecem muito legais para diversos propósitos, tendo em comum o fato de que, salvo uma ou outra aplicação, toques na tela serem o melhor método de entrada de dados.

Isso vale para jogos também. O iPhone fez uma mini-revolução nos portáteis não por ter os gráficos mais bonitos ou os jogos mais legais, mas por ser convergente e diferente, em boa parte graças à tela multitouch. Muitos desenvolvedores exploraram e ainda exploram a liberdade e mecânicas inovadoras que essa interface oferece, o que acaba gerando ótimos jogos-passatempo.

É por essas e outras que vejo invencionices para a forma de jogar no iPad com algumas ressalvas. Essas empresas aproveitam o hype em torno do aparelho e sua (real) popularidade para oferecer coisas que… agregam? Sim? Não? Pouquíssimo? No mínimo, coisas que colocam uma interrogação na cabeça do usuário, algo como “será que isso presta?”.

continue lendo

emAcessórios Computação móvel Games Games Meio Bit Portáteis

Google implementa função herdada do EtherPad no Docs

Por em 1 de setembro de 2010

A Google vive, em parte, da compra de expertise e tecnologia alheia, muitas vezes vindas de startups pouco conhecidas do grande público. Um caso curioso ocorreu quando ela comprou o EtherPad, uma aplicação de trabalho colaborativo em tempo real que, para espanto de bastante gente, funcionava em tempo real de verdade.

Muitos, inclusive, tomaram conhecimento dela após a aquisição da Google, e essa multidão de novos usuários, somada aos fiéis de antigamente, forçaram a gigante de Mountain View rever seus planos. Após muita reclamação, a decisão de descontinuar o EtherPad foi mantida, porém o código-fonte dele foi liberado e, dali, alguns clones surgiram, como o TypeWith.me.

continue lendo

emGoogle Internet Meio Bit

GTAIV em primeira pessoa

Por em 1 de setembro de 2010

Eu adoro o Grand Theft Auto IV. Mesmo não tendo jogado até o final da aventura principal (#MuitosJogosePoucoTempo), gostei muito da jogabilidade, dos personagens cheios de carisma, da história e principalmente da imersão que o jogo proporciona, com uma cidade viva e cheia de coisas acontecendo em todo canto. Mesmo assim, será que se a franquia da Rockstar fosse em primeira pessoa não nos sentiríamos mais dentro do fabuloso mundo virtual criado por eles?

Foi pensando nisso que um jogador resolveu criar uma modificação para a a versão do GTAIV para PCs que muda a visão do jogo e tenho que admitir, eu nunca pensei que o lugar fosse tão detalhado (preste atenção quando o vídeo chegar em 1:09 minutos, nas pinturas expostas por um artista). É verdade que jogando dessa maneira os combates ficam bem estranhos e menos intuitivos, mas é impressionante ver como a mudança muda bastante o jogo.

Depois de ver o GTAIV rodando assim, queria ter o jogo no PC só para poder dar uma volta em Liberty City dessa forma e tirar algumas fotos. Acho que conseguiria achar vários locais que merece o registro.

Na página do vídeo no Youtube é possível ter mais detalhes sobre o mod e aprender como fazer a instalação ou quais arquivos precisará.

continue lendo

emComputadores Vídeos

A corrida pelo tênis de Marty McFly

Por em 1 de setembro de 2010

Falta pouco para chegarmos a 2015, e embora os carros voadores não estejam próximos de se tornarem reais, outros elementos representados na viagem temporal até o referido ano no celebre Back to the Future 2, sim. Cinema em 3D estereoscópico já é realidade, e o próximo da lista a transpor a tela do cinema pode ser o tênis do Marty McFly que se amarra sozinho!

Faz alguns anos que a Nike, “fabricante” do modelo visto no filme, lançou o mesmo no mundo real. Sem os detalhes futuristas (LEDs e cadarço que se amarra sozinho), soou mais como uma celebração do que uma reprodução, algo só para fãs mesmo — porque, vamos combinar: o modelo é feio que dói.

Há algumas semanas, porém, a empresa entrou com um pedido de patente nos EUA de um mecanismo que faz do tênis uma réplica exata e funcional do usado por Marty. Legal, hein?

continue lendo

emÁudio Vídeo Fotografia Indústria Meio Bit

Lutadores de sumô usando iPad. Motivo: dedos gordos

Por em 1 de setembro de 2010

A idéia veio da Associação de Sumô no Japão. 60 iPads estão sendo distribuídos para os lutadores de 51 estábulos (é esse o nome dos ginásios).

O esporte está enfrentando uma crise de credibilidade, com denúncias de corrupção, entre outros problemas. Como agravante os estábulos sofrem com um grave problema de comunicação, os lutadores não falam entre si e quando fazem é por telefone ou fax. A justificativa é que dado seu tamanho avantajado e dada a dimensão minúscula dos celulares japoneses. Dos celulares, olha a maldade!

O iPad, dadas suas dimensões avantajadas, permite que os lutadores enviassem emails sem que suas patas elefantinas apertem oito teclas ao mesmo tempo, com a vantagem de gerar um histórico de mensagens — fica mais fácil pegar no flagra se o sujeito estiver fazendo alguma besteira, como encomenda Sibultramina.

O conceito em si me assusta, afinal não sou exatamente mignon, eu tenho ossos grandes e mesmo assim nunca tive problemas para digitar em qualquer telefone, mesmo no iPhone, teclado que jurei jamais me acostumar (eu menti). Para o sujeito ter problemas, tem que ser muito, muito grande.

Fonte: The Globe and Mail.

emApple e Mac Celular Meio Bit Mobile Mundo Estranho