Digital Drops Blog de Brinquedo

Bad iPad esquenta a cabeça e desliga

Por em 29 de julho de 2010

iPad: a próxima vítima, digo, ré.

Parece que o mar pode também não estar nem para… iPad.

Para quem planejava a nova revolução, Steve Jobs anda perdendo o sono com a sucessão de crises. Já não bastasse a indigesta peleja envolvendo o erro ensaiado da antena (golaço contra no projeto de design do iPhone 4), agora até dono de iPad quer resituição por perdas e danos…

Um grupo de usuários norte-americanos se uniu em um processo contra a marca por propaganda enganosa. Ora veja você que o povo não quer perdoar a frase que dizia que “o iPad é uma experiência de leitura igual (ou melhor) que um livro normal”.

“Um livro não super-aquece ou se desliga automaticamente após alguns minutos se você le-lo embaixo do sol…”

continue lendo

emApple e Mac Meio Bit Miscelâneas

Taito e o fantástico fliperama do Darius

Por em 29 de julho de 2010

dori_dar_29.07.10

Ao lado das séries Gradius e R-Type, o Darius é um dos principais nomes dos shumps. Embora o último título da franquia tenho sido lançado recentemente (2009) para o PSP japonês, a marca perdeu muito de sua força pois ao contrário das outras duas citadas, o Playstation 2 não recebeu um bom título onde poderíamos destruir chefes no formato de peixes.

Mesmo assim, a Taito colocará no mercado japonês o Darius Burst: Another Chronicle, um fliperama que permitirá que até quatro pessoas joguem ao mesmo tempo e será capaz de deixar qualquer um de queixo caído graças as duas telas de 32 polegadas colocadas lado a lado, algo parecido com o visto na imagem acima e que pertence ao Darius II, máquina encontrada na loja da desenvolvedora em Akihabara.

Não apaixonado por shmups, você não conseguirá colocar as mãos em um desses, a não ser que a Taito resolva um dia trazer o fliperama para o ocidente, o que é pouquíssimo provável, mas como um fã do gênero eu não poderia deixar de comentar sobre algo certamente nos faria gastar uma boa quantidade de dinheiro.

Se quiser ver o Darius Burst para PSP em ação, o vídeo abaixo traz um pouco de sua jogabilidade. Pelo menos esse é um pouco fácil de adquirir :)

continue lendo

emMiscelâneas

#FreeTwitterBrasil

Por em 29 de julho de 2010

A notícia já está correndo no Twitter, e dessa vez, acredite se quiser, não é nenhum “CALA BOCA [insira aqui a persona non grata do momento]“. Dessa vez, o imbróglio tem relação com o fanblog Twitter Brasil, mantido pelo trio Fernando Souza, Raquel Camargo e Gabriela Zago.

Free Twitter BrasilO blog, criado no comecinho de 2008, é totalmente focado na ferramenta de microblog mais popular do mundo. Nos primórdios, como relata Raquel neste post, a trupe entrou em contato com os criadores do Twitter informando sobre a nova empreitada, e o pessoal de lá ficou lisonjeado com a iniciativa, incentivando-a, inclusive.

Tudo ia bem até que no dia 12 de julho o Twitter Brasil recebeu um e-mail do Twitter Inc. exigindo que o nome do blog fosse mudado, todo material do Twitter, removido, e o domínio transferido à empresa. No desenrolar da conversa, a funcionária do Twitter que vem lidando com o caso pediu até para que o pássaro do tema (gratuito, Bluebird) fosse alterado.

Após expor o caso publicamente no próprio Twitter Brasil, muita gente manifestou apoio ao blog brasileiro através de retuítes — neste momento, já foram quase trezentos do post original. O caso também levanta alguns pontos preocupantes, como o uso do nome, pássaro e outros aspectos de propriedade do Twitter em serviços relacionados à ferramenta. Não são poucos.

Especula-se que essa reviravolta no relacionamento entre Twitter (serviço) e Twitter Brasil (blog) tenha a ver com o processo de localização do site no Brasil. A tradução, comandada por Carol Schimmelpfeng, já começou, e um blog feito por fãs com o nome da marca poderia atrapalhar eventuais futuros planos da companhia em solo brasileiro.

Vale lembrar que não é a primeira vez que o nome Twitter Brasil coloca esse blog em apuros. Em setembro de 2008, uma decisão do TRE do Ceará o tirou do ar, acidentalmente, graças a uma confusão com o Twitter “verdadeiro”. O episódio foi relatado por lá, em duas partes.

emInternet Meio Bit Web 2.0

Safari 5.0.1 já possui suporte à extensões

Por em 29 de julho de 2010

Safari 5.0.1 Beta

Desde o Safari 5 Beta, a Apple havia permitido a instalação de extensões. Agora, o 5.0.1 já vem com suporte nativo às extensões e, paralelo ao navegador, a empresa também disponibilizou uma página especial com uma galeria de diversas extensões. A forma de desenvolvimento de extensões é semelhante ao do Google Chrome: HTML5, CSS3 e JavaScript. Já existem cerca de cem extensões disponíveis.

O que achei interessante na instalação de extensões para o Chrome ou o Safari, é não precisar reiniciar o navegador para que elas funcionem, algo necessário e meio chato que ocorre no Firefox. continue lendo

emInternet Meio Bit

Projeto tentará recriar Terra em 3D

Por em 29 de julho de 2010

dori_myw_29.07.10

Há poucos dias a Real Time Worlds, desenvolvedora formada pela criador da série Grand Theft Auto, lançou um jogo chamado All Points Bulletin, ou apenas APB, onde vários jogadores podem se enfrentar em mundos persistentes que imitam cidades famosas de todo a Terra, algo como um MMO, mas com uma temática pouco usual. Mostrando que estão mesmo dispostos a inovar o mercado de jogos online massivos, os ingleses anunciaram um novo game completamente diferente do supracitado e que por enquanto é conhecido como Project: MyWorld.

Descrito no site como “o que sairia se a Nintendo criasse o Google Earth?”, o jogo promete ser a evolução dos jogos sociais e oferecerá uma recriação em três dimensões de nosso planeta. Nele poderemos criar e comercializar edifícios, permitindo que outras pessoas interajam com eles e disponibilizará diversos minigames, como pescaria e corrida. No trailer de divulgação também é possível percebermos que diversos serviços da web estarão integrados aos MyWorld, como o Flickr, Facebook, Twitter e o Google.

No geral, a sensação que tive é de que estamos diante de uma mistura entre o Second Life, a Playstation Home e a série SimCity, mas por mais que você não goste desses mundos virtuais, acho que este possui bastante potencial para se tornar um game divertido. Pelo menos se trata de um conceito sensivelmente diferente do que estamos acostumados.

continue lendo

emComputadores MMO

Disney compra Playdom, GameStop adquire Kongreggate

Por em 29 de julho de 2010
Social City

Gastei uns 20 dólares nesse maldito jogo!

A Disney realmente está entrando no mercado de games. Primeiro foi a compra da Tapulous, agora a compra da Playdom por US$ 763.2 milhões de dólares. A empresa é responsável por jogos, como: Social City, Mobster e Own Your Friends. A empresa (Playdom) já havia adquirido seis pequenas (ou nem tanto) empresas, entre elas: Acclaim e Metaplace.

Isso mostra que o mercado de games voltados para redes sociais está super aquecido (e eu vou começar a focar em redes sociais…). Só para ter uma idéia, no final do ano passado, a Electronic Arts havia comprado a PlayFish por 300 milhões de dólares. E a PlayFish possui um público de cerca de 60 milhões de jogadores ativos contra “apenas” 38 milhões da Playdom.

Quase no mesmo dia, a GameStop anunciou a compra da “rede social” de jogos Kongreggate. O site foi fundado em 2007 possui cerca de 10 milhões de usuários ativos que jogam cerca de 23 milhões de horas por mês. Todos vocês devem conhecer o site mas, para quem não conhece e nunca jogou lá (existe alguém?!?!): todos os jogos são gratuitos, você pode se cadastrar para obter vantagens especiais (como a possibilidade de aparecer no ranking específico de cada jogo) e também comprar “itens”, usando dinheiro real.

Fonte: paidContent e TechCrunch

emGames Indústria

del Toro deve anunciar jogo em breve

Por em 29 de julho de 2010

dori_gui_29.07.10

Um dos cineastas que mais tenho admiração é o mexicano Guillermo del Toro. Envolvido em produções como o razoável Hellboy, o bom A Espinha do Diabo e o excelente O Labirinto do Fauno, sempre tive curiosidade em ver como ele se sairia no mundo dos games, já que expressou tal desejo por diversas vezes. A boa notícia é que, segundo suas próprias palavras, isso finalmente acontecerá.

Uma das coisas que anunciaremos nas próximas semanas é um grande acordo com uma grande companhia. Nós iremos fazer games que terão uma técnica e narrativa muito interessantes. Não é um acordo de desenvolvimento, nós iremos fazê-los e o anúncio será feito muito em breve.”

Como del Toro está envolvido no roteiro do Hobbit, há de se imaginar que um dos jogos tenha a ver com a história de J. R. R. Tolkien, porém, o que eu gostaria mesmo de ver era a criatividade dele sendo usada na criação de uma nova franquia, de preferência com o mesmo clima sombrio do Labirinto do Fauno. Acho que daria um belo jogo no estilo do Silent Hill e seu terror psicológico.

[via MTV Multiplayer]

emMiscelâneas