Games
Games
Digital Drops Blog de Brinquedo

Curta sobre Red Dead Redemption será exibido na TV

Por em 28 de maio de 2010

dori_rdr_28.05.10

Para quem ainda dúvida de quanto os games estão inseridos na sociedade (ao menos em países desenvolvidos), a Fox colocará no ar amanhã um curta-metragem de 30 minutos inteiramente feito com a engine do recém-lançado Red Dead Redemption. O filme fará uma introdução à história de John Marston, protagonista do jogo, além de mostrar vários personagens e lugares que podem ser encontrados ao longo da aventura.

Para entregar um produto ainda melhor (e chamar de uma vez por todas a atenção da mídia), a Rockstar contratou o australiano John Hillcoat para dirigir o curta, o que já fez com que o meu interesse fosse multiplicado consideravelmente. Caso não conheça, Hillcoat dirigiu os impactantes e excelentes A Estrada e A Proposta, sendo que este último é provavelmente o melhor western lançado depois de Os Imperdoáveis, ou seja, experiência para fazer um bom trabalho o cara possui. O triste é saber que a chance de algo assim ser exibido por aqui, mesmo na TV por assinatura, é quase nula.

Este estilo de filme, quando usamos imagens de algum jogo para montar uma animação e contar uma história, é conhecido como machinima e desconfio que seja a primeira vez que o lançamento de um deles acontecerá em uma grande rede de televisão, o que poderá abrir portas para que outras produtoras façam o mesmo para divulgar seus games.

continue lendo

emCultura Gamer

Sins of a Solar Empire quase de graça no Impulse

Por em 28 de maio de 2010

dori_sin_28.05.10

Se você gosta de jogos de estratégia, adora ficção científica e sempre procurou um jogo que una esses dois gêneros, talvez seja uma boa ideia dar uma olhada numa promoção do serviço de distribuição digital Impulse. Pagando apenas US$ 3.99, que daria pouco mais de R$ 7, você adquire uma cópia do RTS Sins of a Solar Empire. Mesmo não sendo tão conhecido quanto um Starcraft ou um Star Wars, o game foi muito elogiado pela crítica, ostentando uma média altíssima no Metacritics.

Como acontece na maioria dos games no estilo, o objetivo no SoaSE é expandir seu império, que iniciará com apenas um planeta e embora algumas batalhas possam durar menos de uma hora, outras podem ser estender por dias, semanas. Como um dos aspectos mais legais das batalhas espaciais são suas imensas escalas, a Ironclad Games teve o cuidado de adotar uma interface que facilitasse a vida do jogador, permitindo que a mineração ou o envio de naves de combate não se tornassem um martírio, além disso, até 10 jogadores poderão se enfrentar, o que deve garantir combates memoráveis.

Outro jogo de estratégia publicado pela Stardock e que também pode ser adquirido bem barato no Impulse é o Demigod. O jogo mistura estratégia em tempo real com o estilo tower defense, nos colocando no papel de um deus, está custando US$ 9.99 e sempre me pareceu muito interessante. Alguém recomenda?

emComputadores

[Download do dia] Synergy

Por em 28 de maio de 2010

Imagine trabalhar com duas ou mais máquinas simultaneamente. Duas telas, um mouse, um teclad… oi? A princípio, são necessários acessórios aos pares, dois “mouses”, dois teclados, e assim por diante. Porém, com uma forcinha do gratuito e open source Synergy, esse problema acaba.

Ele converte todos os ambientes num único desktop virtual, permitindo que se compartilhe teclado e mouse entre todos eles. Arraste o cursor do mouse para além da extremidade do monitor, e ele vai parar no outro PC. E mais: a mágica é multiplataforma, dá para integrar Windows, Mac OS X e Linux!

Synergy em ação.

Há vasta documentação ensinando como utilizar o programa, que é do tipo “configure uma vez e esqueça”.

  • Nome? Synergy
  • Para que serve? Compartilhar teclado e mouse entre várias máquinas, simultaneamente.
  • Ponto forte? Multiplataforma e open source. Configure uma vez e esqueça que o programa existe.
  • Ponto fraco? Existem alguns “efeitos colaterais”.
  • Licença? Open source (grátis)
  • Tamanho? variável
  • Site oficial/Download

Agradecimentos ao Rafael Benedetti, pela sugestão do programa!

emDownload

Alternativas ao Google Analytics

Por em 28 de maio de 2010
Estatísticas são importantes.

Estatísticas são importantes.

O inesperado anúncio do Google de uma extensão para IE, Firefox e Chrome que permite aos usuários ficarem “invisíveis” para a ferramenta de estatísticas Analytics caiu como uma bomba. Embora previsões apontem que a adoção dessa solução por parte dos usuários será baixa, para quem lida profissionalmente com estatísticas de domínios, a novidade joga contra a credibilidade que se espera de uma ferramenta do gênero.

O impacto dessa mudança ainda é desconhecido, mas desde já é bom irmos pensando em alternativas. Talvez nada mude, mas se alternativas forem necessárias, melhor se as tivermos prontas para uso. Abaixo, três alternativas ao Google Analytics.

Reinvigorate

Está em beta fechado, acessível mediante pedidos, há anos, mas mesmo assim parece ser competente e traz um plus interessante em relação ao produto do Google: estatísticas em tempo real. A qualquer momento, pode-se ver quantas pessoas estão online no site, dado esse que se junta aos já tradicionais, como visitas únicas, page views, tempo de permanência, etc.

continue lendo

emInternet

Heavy Rain pode estar vindo para o PC

Por em 28 de maio de 2010

dori_hea_28.05.10

Talvez tudo não passe de um terrível e inaceitável mal entendido, mas se a página onde a nVidia lista os jogos que possuem suporte à sua tecnologia PhysX estiver correta, em breve os jogadores de PC terão a oportunidade de jogar o aclamado Heavy Rain.

Mesmo tendo sido vendido por todo o tempo como um jogo exclusivo do Playstation 3, não é de se estranhar que ele faça mesmo a migração para os computadores. A Quantic Dream já possui experiência com a plataforma, o gênero, uma espécie de evolução dos antigos adventures, sempre foi muito bem aceito pelos PC gamers e óbvio, ajudaria o título a ter uma venda maior.

Eu não teria tanta esperança na confirmação do rumor, mas com a E3 se aproximando, quem sabe a produtora não está reservando uma supressa para aqueles que não possuem um PS3? De qualquer forma, é bom ir preparando o PC, já que o game parece exigir bastante do console.

[via Destructoid]

emComputadores Rumores

Opera: (agora) você está fazendo certo!

Por em 28 de maio de 2010

Processar a Microsoft, brigar por picuinhas na tela de escolha de navegadores da Europa, intimidar a Apple com um contador fajuto de aprovação do Opera Mini na App Store… Esqueci de algo? Ainda que não, o histórico da Opera Software é parecido com o do dono da bola, aquele mítico rapazinho que, quando começava a perder na pelada com os amigos, pega a bola de futebol e vai para casa. Unfair play, algo assim.

Com esse passado maculado, quando vemos algo relacionado a navegadores vindo da Noruega que não seja uma nova versão do Opera, prendemos a respiração: vem bomba por aí! Mas, vejam só, há esperança!

A propaganda abaixo é uma sátira muito divertida daqueles comerciais de velocidade do Chrome 5. A disputa rola entre o Opera e… uma batata :-P

Rir de si mesmo é uma das coisas mais legais e simpáticas que existem, e é surpreendente algo assim vir da Opera Software, cuja fama é de encrenqueira. Seria uma mudança de postura? Ou apenas um “escorregão” da área de relações públicas da empresa?

Agradecimentos ao tplayer, pela sugestão do post.

emPropaganda & Marketing Telecom

Produtora de Wild Arms criando novo jogo

Por em 28 de maio de 2010

dori_wil_27.05.10

Quem teve o primeiro Playstation perto de seu lançamento e gosta de RPGs provavelmente teve o prazer de jogar um dos melhores jogos do gênero lançado naquela geração, o Wild Arms. Desenvolvido pela não tão popular Media Vision, o game fazia uma interessante mistura entre fantasia e Velho Oeste, mantendo os gráficos em duas dimensões que eram comuns na época dos 16-bits.

A boa notícia para os fãs daquele jogo é que a produtora estaria planejando (pelo menos) um grande jogo, que deverá ser lançado para o Playstation 3 e PSP. A descoberta foi feita depois que eles colocaram um anúncio num site de empregos, procurando por profissionais que estejam dispostos a encarar um projeto de grandes proporções e que, infelizmente, ainda deverá demorar a ser concluído. Um detalhe curioso é que eles citam o Wild Arms como um produto tipicamente japonês, mas que este novo jogo deverá apelar para um público global.

É provável que maiores detalhes demorem a surgir, mas acho sempre muito bom ver RPGs ocidentais vindo de empresas que não sejam a Square Enix. Variedade, talvez seja isso que os JRPGs precisem.

[Via Andriasang]

emPortáteis Sony