Digital Drops Blog de Brinquedo

Michael Dell mostra Mini 5 em Davos

Por em 29 de janeiro de 2010

Durante a CES desse ano, o misterioso Mini 5, da Dell, apareceu e, mesmo sem sabermos muita coisa do pequeno gadget, chamou a atenção de muita gente.

Em Davos, para o Fórum Econômico Mundial, Michael Dell, fundador e atual CEO da Dell, foi abordado por alguém do TechCrunch, que depois dessa, certamente recebeu um aumento: Dell estava com um Mini 5, e fez questão de exibi-lo. Veja:

Recapitulando, o Mini 5 é equipado com processador Snapdragon de 1 GHz, da Qualcomm, tem câmera de 5 megapixel, WiFi, Bluetooth e 3G. Roda Android 1.6, e deve estar à venda por US$ 1.098,00 (sem subsídios) dentro de “alguns meses”, segundo Dell.

Pode ser que não tenha pego o insight desse gadget, mas mil dólares num “netpad” quando temos o superphone do Google pela metade do preço – e com Android 2.1? Dell, sinto o cheio de fracasso no ar…

Fonte: CrunchGear.

emComputação móvel Hardware

Open-PC – O PC Livre. Livre para ser feio.

Por em 29 de janeiro de 2010

Um tempo atrás um grupo de idealistas combativos do Software Livre decidiu tornar o mundo um lugar melhor criando um PC Livre, que nos afastaria das malignas ineficientes e defeituosas por natureza máquinas da Dell, Apple, etc sarcasm

A idéia era atender aos anseios da comunidade. Fizeram pesquisas de requisitos, determinaram o que era desejável, o que era primordial, e chegaram ao… Open-PC. Um PC da Comunidade para a Comunidade. (juro, é o slogan)

 

openpc_desktop

O design, como podemos perceber, não é exatamente de ponta. Mas aparência não importa, se levarmos em conta 100% dos projetos de hardware da Comunidade-Onde-Designer-Não-Entra. Vejamos o interior.

  • Atom N330 1,6GHz Dual-Core
  • 3GB RAM
  • 160GB de HD
  • Placa-Mãe ASRock
  • Vídeo Intel Graphics Media Accelerator 950
  • Mini ITX
  • Fonte 250 Watts
  • Ele vem com Linux, todo o hardware foi escolhido por funcionar com drivers livres.

    Agora a cereja do bolo: Quanto custa: A belezura estará disponível por US$505,00. Não vem com mouse, com teclado nem com monitor. ISSO MESMO, um monte de manés comprará um PC montado, no gabinete mais feio do Universo, com um processador de netbook, placa-mãe vagaba pagando o preço que nos EUA equivale a um desktop bem decente.

    Tudo isso para depois receber um esporro do Stallman, que os lembrará que NÃO são livres, pois a BIOS da máquina é AMI.

    Fonte: Desktop Linux

    emOpen-Source

    Dois RPGs de peso anunciados para o Wii

    Por em 29 de janeiro de 2010

    A Mistwalker certamente não é tão popular quanto a Square Enix, porém, o estúdio tem como fundador e chefe um dos game designers mais cultuados da indústria, Hironobu Sakaguchi, também conhecido como: O pai do Final Fantasy.

    Era sabido que a produtora estava trabalhando em dois títulos, sendo que um deles seria lançado para o iPhone, agora sabemos que o outro se trata de um RPG para o Wii e se chamará The Last Story.

    Embora o site oficial já esteja no ar, faltam informações sobre o game, mas seu título, a música do site e a logo nos levam a crer que ele deva seguir o estilo Final Fantasy, apesar do jogo ter sido apresentado para alguns investidores como “uma nova forma de RPG”.

    dori_lh_29.01.10 

    O segundo anúncio se trata do Xenoblade e para apreensão dos fãs da série Xenosaga, nada foi dito sobre uma ligação entre os jogos, embora o desenvolvimento esteja nas mãos  da Monolith Soft, mesma equipe responsável pelo RPG filosófico do PS2.

    O jogo havia sido apresentado na E3 do ano passado com o nome de Monado: Beginning of the World e um trailer promissor pode ser visto logo abaixo.

    Ambos deverão ser lançados ainda este ano no Japão e um lançamento ocidental não foi confirmado.

    [via Joystiq]

    emNintendo

    Hub USB de OITENTA portas

    Por em 29 de janeiro de 2010

    Existem soluções que são criadas e ficam à espera de um problema, existem invenções que são medíocres na solução de seu problema original mas excelentes em outros, e existem invenções que ninguém pediu que fossem inventadas.

    Fora isso tudo, há invenções que só são justificadas através do consumo de entorpecentes em quantidades industriais, como este SENSACIONAL hub USB de 80 portas.

    japinhatamko

    Não entendeu? Veja de perto:

    80-port-usb-charger-board-002

    Para alimentar essa monstruosidade você precisa de uma senhora fonte:

    80-port-usb-charger-board-008

    Quanto custa essa bagaça? 18 mil Yens, ou 387 Reau. Agora, a cereja do bolo: Essa abominação NÃO TRAFEGA DADOS, é somente para carga.

    Eu sei, você pensou “ah, mas e um lugar com muita gente com celular? Isso pode ser útil aqui na repartição”.

    Perfeito, Palhares, então tente visualizar de novo o negócio. Espete não oitenta, uns 20 cabos. Agora espete 20 celulares. Visualizou a pilha de sucata que vai se tornar a mesa onde colocarem isso?

     

    Fonte: Akihabara News

    emHardware

    iPad – A Maior Vitória de Larry Ellison, da Oracle

    Por em 29 de janeiro de 2010

    Neste artigo da Wired é contada a história de como a Oracle perdeu o bonde da Internet em seu começo. Não por ter boas idéias, mas por ter idéias revolucionárias cedo demais. Ao invés de criar sites como o Badvista.org, Larry Ellison redirecionou seu ódio por Bill Gates para atividades construtivas, sua idéia para tornar a Microsoft irrelevante é uma delas.

    No final dos Anos 90 a Internet já era uma realidade, mas a maioria das pessoas (e do Mercado) a via apenas como uma forma de interligar computadores, uma espécie de rede telefônica; burra, sem nenhuma inteligência no meio. Ellison percebeu que se parte da inteligência fosse colocada em servidores, você não precisaria de tanto poder de processamento nas pontas, e que o uso normal da maioria das pessoas se encaixava perfeitamente no conceito de aplicações pequenas, baixadas remotamente, sob demanda.

    Infelizmente a idéia –o Network Computer- era excelente mas a plataforma escolhida –Java- nunca teve a performance desejada, e as conexões da época eram lentas demais, banda larga ainda era um luxo para a maioria das pessoas.

    Mais de uma década depois, o sonho de Larry Ellison se torna realidade. O foco foi desviado de máquinas mais e mais poderosas (exceto para gamers) e a portabilidade se tornou suprema. Netbooks estabilizaram em um padrão de performance, o essencial é conectividade. É perfeitamente viável utilizar um netbook + um monitor decente como estação de trabalho, se o seu uso for essencialmente web e Office.

    O conceito não pára aí. Como Ellison havia sugerido, o processamento está migrando para servidores. Chegou-se a um consenso onde nem temos terminais burros nem PCs ociosos. Um navegador parrudo, uma boa aplicação na nuvem (Office WebApps, Google Docs, Flickr, WordPress,etc) e temos o melhor dos dois mundos. O que falta para a portabilidade total de dados é a conexão ultra-rápida. Feito isso, não teremos mais nossos dados em HD, não fará sentido.

    Recapitulando: Todas as tendências apontam para PCs domésticos de desempenho razoável, com grande conectividade, portabilidade, excelentes para navegação web. De preferência um equipamento de baixo custo, mas não tão barato que não permita um jogo eventual ou aplicações 3D.

    Olhe aqui o seu PC de 3 anos no futuro:

    ipad_dock

    Se não for seu, será o de sua mãe.

    De resto, antes que comece o mimimi de que não faz sentido uma máquina que praticamente só acessa web, lembre-se do Chrome OS.

    emApple e Mac

    Expansões do GTAIV no PS3 e PC

    Por em 29 de janeiro de 2010

    Voltando lá para 2008, quando o Grand Theft Auto IV foi lançado, um dos maiores trunfos do Xbox 360 era ter exclusividade sobre as expansões que seria lançadas para o jogo. Dois DLCs depois, aqueles que não tinham o console continuaram chupando o dedo, mas a espera está prestes a acabar.

    A Take-Two comunicou que no dia 30 de março o Playstation 3 e o PC receberão o Episodes from Liberty City. The Lost and Damned and e Ballad of Gay Tony poderão ser adquiridos individualmente por download, através da PSN ou da Games For Windows Live, ou então compradas em um disco e neste caso não é necessário ter o GTA IV para jogar.

    Os “novos” episódios são uma ótima opção para aqueles que já fizeram tudo o que era possível em Liberty City e estima-se que a Microsoft tenha pagado 50 milhões de dólares para ter direito a exclusividade, que como podemos ver agora, era temporária.

    [via Press Release]

    emComputadores Sony

    Mais sobre o God of War III

    Por em 29 de janeiro de 2010

    A Sony, através de seu blog oficial, tratou de acabar com algumas dúvidas que ainda existiam sobre o tão aguardado God of War III.

    Para começar, o lançamento do jogo está confirmado para o dia 16 de março. Nesta data chegarão as prateleiras a versão comum e a edição de colecionador do game que encerará a trilogia do Fantasma de Esparta. Sobre as embalagens do jogo, foi confirmado que será essa aí de baixo mesmo e após o break você vê a belíssima caixa da Ultimate Edition.

    Para aqueles que ainda não compraram o God of War Collection, a boa notícia é que ele passou a custar US$ 29,99, ou seja, dois jogos espetaculares pela metade do preço de um lançamento. Se antes já valia a compra, agora então…

    dori_gow_01.10

    dori_gow_01.10-2

    emSony