Games
Games
Digital Drops Blog de Brinquedo

Ubisoft aposta no 3D estereoscópico

Por em 30 de novembro de 2009

Você já comprou sua TV de alta definição? Comprou? Então saiba que se tudo correr conforme a indústria do entretenimento deseja, em breve terá que investir mais alguns milhares de reais em uma televisão capaz de exibir imagens em 3D estereoscópico.

Essa é aquela tecnologia onde temos a sensação de que a imagem está saindo da tela e que muito provavelmente se tornará padrão dentro de alguns anos. Embora para muitos uma TV dessas pareça um sonho distante, muitas empresas como a nVidia e a Sony já estão apostando em seu sucesso e agora a Ubisoft declarou seu apoio.

Seguindo o lançamento do filme Avatar, a desenvolvedora francesa lançará, tanto no Xbox 360 quanto no PS3, um jogo que também terá suporte ao 3D estereoscópico, tornando-o, segundo James Cameron, o primeiro game a usar tal tecnologia. É óbvio que para fazer uso da função teremos que jogar em uma TV própria, caso contrário, o game funcionará como os títulos “normais”.

O sistema promete ser tão revolucionário que Yannis Mallat, chefe da Ubisoft Montreal, afirmou que o “3D será para as imagens o que o Dolby Stereo foi para o som,” já que “ninguém quer voltar para o mono.”

Talvez ainda seja cedo para fazer tal afirmação, mas se essa geração de consoles ficou marcada pela transição das imagens em SD para as em HD, a próxima possivelmente será lembrada pela massificação do 3D estereoscópico.

dori_ava_11.09-2

[via VG247]

emÁudio Vídeo Fotografia Indústria

Meio Bit no Flickr – Foto da Semana

Por em 29 de novembro de 2009

Mais uma ótima fotografia de paisagem encontrada em nosso grupo no Flickr. Estamos nos tornando um belo ponto de encontro para apreciadores da natureza e de paisagens. A foto é de Aislan Ferreira que mostra um belo entardecer em Minas Gerais.

Só lembrando que a Foto da Semana é escolhida entre as imagens postadas em nosso grupo no flickr. Já temos 566 participantes e um total de 6.102 itens compartilhados.

Estatístícas do grupo do flickr do Meio Bit

Cinco maiores colaboradores

Dudu.Maroja – 399 fotos

Sandra Mora – 225 fotos

washington lins206 fotos

Roberto Ripoli – 154 fotos

Rodrigo IronMan – 148 fotos

Entardecer colorido

emÁudio Vídeo Fotografia Galeria

CG: Final Fantasy XIII

Por em 29 de novembro de 2009

Na minha opinião, a geração passada não foi boa para a série Final Fantasy. Começando pelo insosso décimo capítulo, passando pela sua sequência direta e terminando no razoável FF XII, ao menos para mim a marca perdeu muito de seu encanto. Mesmo assim, acredito que o Final Fantasy XIII poderá retomar o brilho da franquia, mesmo ainda não tendo entrado no hype de seu lançamento.

Mas provando que em se tratando de CG a Square-Enix continua sendo uma das melhores do planeta, a empresa divulgou o ultimo trailer do futuro jogo antes de seu lançamento que ocorrerá no Japão no próximo dia 17. Para nós ocidentais, o jogo chega em 9 de março de 2010 e não tenho a menor dúvida de que ele venderá muito, tanto lá quanto cá.

PS.: Se o jogo será bom eu não, mas a beleza visual é de cair o queixo (embor o trailer seja um tanto… emo).

emMicrosoft Sony Vídeos

Mais polêmica com o Photoshop

Por em 28 de novembro de 2009

Eu até estava pensando em deixar essa passar. Esse tipo de coisa acontece muito no mundo da fotografia de moda e glamour, mas fatos recentes sobre o assunto me fizeram repensar essa posição. Demi Moore causou alvoroço no mundo da moda quando apareceu na capa da W Magazine desse mês. A primeira chuva de acusações foi em relação ao tratamento extremo do Photoshop que teria dado a musa dos anos 90 um corpo de modelo raquítica. Vários fotógrafos entraram na discussão apontando imperfeições no tratamento e ângulos retos no corpo da atriz que poderiam indicar um retoque digital mal feito.

Demi Moore não gostou das insinuações e, mesmo com fotos recentes feitas por paparazzi demonstrando que ela não tinha toda aquela cintura de vespa, bateu o pé de que a imagem representava a mais pura verdade. Tanto foi que ela postou em seu twitter o que ela diz ser a foto original, sem os retoques necessários para ir até a capa da revista. Muita gente acreditou e outros não, mas até ai tudo bem. Se a Susana Vieira pode passar por um trabalho de funilaria digital, por que a Demi Moore não pode? Mas, a coisa acabou ficando ainda mais complicada.

demi moore

demi-before-after

Desde o dia 19 de novembro está circulando pela internet a possibilidade de que Demi Moore possa ser a primeira pessoa do mundo a ter passado por um transplante de cabeça. Isso mesmo, vários meios de comunicação estão alertando para a grande semelhança entre o corpo da atriz na capa da revista e uma foto de passarela da modelo polonesa Anja Rubik de 26 anos (lembrando que a atriz americana está agora com 47 anos). Esse tipo de história não é nova no mundo da fotografia (sendo que as fotos da Susana Vieira sofreram a mesma acusação, porém sem provas), mas se vier a ser confirmado como verdade vai elevar o ato de manipulação digital a outro patamar. Esse tipo de coisa é que da força a projetos de controle ao uso do photoshop.

Um ponto a favor da teria da troca de corpos, e que se mostra uma prova muito forte, é uma foto de Anja Rubik em uma passarela usando o mesmo modelo de roupa que Demi Moore está vestindo na capa da revista (coincidência?). Embora a posição das mãos esteja levemente diferente, alguns pequenos defeitos do corpo da modelo polonesa assim como algumas linhas retas no quadril se reproduzem de forma quase idêntica nas duas fotos. Todos negam até a morte que houve a troca, mas aposto que ninguém mais acredita. Isso vai ficar como mais uma história sem explicação plausível.

demi moore_3

emManipulação digital

Novo redesign do Facebook a caminho

Por em 28 de novembro de 2009

Os públicos de orkut e Facebook são, realmente, distintos. Enquanto na rede social preferida dos brasileiros qualquer alteração/novidade é tida como bênção, motivando até vendas de convites para ter a nova versão que, logo, todos terão de graça, na rede preferida do resto do mundo basta mudarem uma vírgula, e chovem reclamações para Zuckerberg e seus comandados – isso até os reclamões acostumarem-se com a novidade.

E parece que uma nova leva de reclamações está prestes a começar. O Facebook está testando, por ora apenas com um pequeno grupo de usuários, mais um redesign. Dessa vez, o objetivo é dar mais evidância à busca. Confira uma imagem:

facebook-redesign-20091127

O motivo desse grande destaque para o campo de busca, que além de aumentado, também foi movido da direita para a esquerda, é incentivar os usuários a utilizá-la. Em agosto, melhorias drásticas foram feitas no mecanismo de busca, mas parece que elas não foram suficientes para criar o hábito entre os usuários da rede. Essa mudança estratégica pretende colocar as pessoas em contato com a nova e poderosa busca do Facebook.

“Por quê?”, alguém pode perguntar. Por causa do Twitter, claro. Ou melhor: por causa da briga com o Twitter na guerra dos buscadores em tempo real. É, sem dúvida, o campo no qual as duas redes se tocam e geram atrito, e, não por acaso, algo bastante valioso não só para elas mesmas, mas para todo o ecossistema da Internet – hoje, por exemplo, o grave acidente de Tiger Woods foi noticiado, em primeira mão, pelo perfil do BNOnews.

Além desse destaque para a busca, outros elementos da interface do Facebook foram modificados, trazidos ou para a barra lateral, ou para o cabeçalho. Nota-se, também, a conversão dos links do cabeçalho (perfil, amigos e caixa de entrada) em links. Diz-se que tais links, ao receberem alguma atualização, piscam em vermelho, alertando o usuário sobre a novidade.

Estar em constante mudança, adaptando-se às necessidades dos usuários ou, mais ainda, prevendo o que eles farão amanhã, é um dos grandes trunfos do Facebook. Google, aprenda.

PS: para ver mais imagens do redesign do Facebook, clique aqui (blog francês, mas ignore).

Fonte: TechCrunch.

emInternet Web 2.0

Jogue o clássico Quake pelo browser

Por em 28 de novembro de 2009

Uma das grandes falhas da minha carreira como gamer é nunca ter ido muito além da segunda fase de um dos maiores clássicos da indústria, o Quake. Como na época de seu lançamento eu não tinha computador, só fui ter contato com a série no Playstation, quando o segundo game teve uma conversão, mas agora esse erro poderá ser corrigido.

O site Free Web Arcades disponibilizou uma versão do jogo em Flash, rodando direto do navegador e aparentemente idêntico ao original.

Algo que me chamou a atenção é que o jogo é um dos poucos casos em que um game 3D envelheceu bem, e mesmo tantos anos depois, ele me pareceu muito bonito. É bem verdade que poderia funcionar em tela cheia, mas acho que neste caso as “falhas” ficariam mais evidentes.

Dica: Você pode jogar usando o mouse para olhar pros lados e para isso, basta segurar o botão esquerdo e as armas são disparadas com o CTRL.

dori_qua_26.11.09

[via Rock, Paper, Shotgun]

emMuseu Web Games

STF terá canal no Twitter

Por em 27 de novembro de 2009

(Parte d)aquela visão de gente velha, fora de sintonia com tecnologia, e sem intimidade alguma com as últimas novidades da Internet que o Judiciário nacional conserva, pelo menos no que toca ao Supremo Tribunal Federal, o STF, está mudando.

O órgão máximo do nosso Judiciário, que já mantém um canal no YouTube e disponibiliza notícias via RSS, estreará, no dia 1º de dezembro, um perfil oficial no Twitter, o serviço de microblogging mais famoso e utilizado do mundo.

Ainda não se sabe qual o nome de usuário que o STF usará no Twitter, mas, pelo anúncio, já dá para ter uma ideia do tipo de conteúdo que será veiculado por lá. Aparentemente, serão posts bem sucintos (num microblog… d’oh!) sobre o dia-a-dia no Tribunal, com especial atenção aos julgamentos mais importantes da Casa:

“Seguindo o Twitter do STF, os usuários terão acesso, em primeira mão, aos itens mais relevantes das agendas do presidente da Corte e dos demais ministros, aos destaques das pautas de julgamento do Plenário, além de poder acompanhar, em tempo real, flashes dos julgamentos mais importantes em andamento na Casa, seja nas Turmas ou no próprio Plenário.

Também vão ser divulgadas, regularmente, as ações que chegam à Corte diariamente e as decisões e despachos dos ministros nos principais processos em tramitação na Corte. O Plenário Virtual, onde os ministros decidem a aplicação da repercussão geral nos temas em debate na Corte, também poderá será acompanhado por meio dessa nova ferramenta social.”

stf-20091127

A mesma nota expõe, com uma didática de dar inveja a muito especialista em mídia social por aí, o que é o Twitter, o porquê de seu sucesso, e o que motivou o STF a usá-lo como mais um meio de comunicação com a população brasileira. Uma das razões, aliás, é a possibilidade de uso da rede em dispositivos móveis – o que está bem longe da maioria esmagadora dos brasileiros, mas relevemos.

De qualquer maneira, são notáveis o esforço e a preocupação do STF a fim de manter a população informada sobre o que acontece ali. Cabe a nós, que já ignoramos solenemente a TV Justiça (né?), ficarmos atentos ao que acontece no Supremo via mídias sociais, pois é de lá que decisões importantes, que afetam as vidas de todos, saem.

Fonte: Direito e Trabalho, do Jorge Araujo, responsável pelos dois primeiros perfis no Twitter da Justiça brasileira.

emComunicação Digital Internet