Games
Games
Digital Drops Blog de Brinquedo

Lego Half Life

Por em 29 de abril de 2009

É sério, eu gostaria mesmo de ter a criatividade, habilidade e tempo sobrando que algumas pessoas que vivem criando coisas interessante pela web possuem. veja o exemplo da imagem encontrada no perfil de um sujeito conhecido como Weclock. Alguém teve a brilhante ideia de montar um cenário do jogo Half Life usando apenas peças de Lego.

Bastante detalhada, na imagem é criação é possível vermos personagens como Gordon Freeman, o G-Man e um Combine, sem falar no tradicional piso xadrez presente no primeiro jogo e que deve ter ficado na memória de todos aqueles que jogaram o primeiro jogo da franquia. Belo trabalho e que merecia ser feito por mais vezes.

dori_leg_28.04.09 

emCultura Gamer

PSP mais vivo do que nunca

Por em 29 de abril de 2009

Aqueles que continuaram apostando no PSP (ou simplesmente esqueceu o portátil no fundo da gaveta) receberam hoje duas belas notícias vindas da Namco-Bandai. Os apaixonados pela pancadaria virtual e que possui o videogame receberão não uma franquia da empresa, mas uma versão do Tekken 6 e o Soulcalibur: Broken Destiny.

De acordo com a Namco, Tekken não será um mero downgrade. O jogo terá vários conteúdos exclusivos, como alguns estágios e itens extras, além de contar com criação de personagens e enviar e receber lutadores e seus dados para, uma espécie de ghost mode, muito popular nos jogos de corrida. Os detalhes ainda são escassos, mas bem que poderia haver uma compatibilidade com a versão do PS3.

Quanto ao Soulcalibur, ele será uma modificação do quarto jogo da série, sem os personagens do Star Wars, mas com a adição de um novo combatente chamado Dampiere. Além dos tradicionais modos arcade, versus e suvival, haverá ainda uma opção voltada para os jogadores novatos, onde serão ensinados os golpes, ou seja, um tutorial metido a besta. A produtora promete ainda uma sistema de iluminação renovado, possibilitando jogarmos nos estágios em diferentes horários da dia. O lançamento está previsto para o verão do hemisfério norte.

Sem dúvida são dois jogos que prometem fazer a alegria de muita gente.

dori_psp_29.04.09

[via Joystiq (1 e 2)]

emPortáteis Sony

Isso não está me cheirando bem

Por em 29 de abril de 2009

Oferecer a maior imersão possível é uma das principais metas da indústria de jogos eletrônicos. Conforme a tecnologia evolui, é natural que surjam capacetes de realidade virtual e controles com sensores de movimento, mas a criação do pessoal da Birmingham University pode ser considerada uma faca de dois gumes.

A equipe liderada pelo professor Bob Stone criou um sistema capaz de liberar odores conforme o jogador passa por certas situações dentro dos jogos. Usando alguns potes repletos de cera de parafina, os testes estão sendo feitos em demos criados usando os kits de desenvolvimento dos jogos Far Cry e Half Life. Alguns dos odores possíveis é o cheiro de pneu queimado e o de pólvora após o disparo de uma arma. De acordo com Stone, “o olfato é o mais subestimado sentido, mas depois da visão, é o mais sentido rico em informação que temos”.

O projeto foi encomendado pelo Ministério da Defesa britânico e usado em diversos jogos que servem para treinar soldados e está servindo para que os cientistas descubram quais odores são capazes de aumentar a percepção das pessoas, já que eles são capazes de ativar certas memórias das pessoas.

Acho que eles não pensaram que alguns game designers gostam de fazer piadinhas que não ficariam muito legais com esse acessório. Conker e o The Great Mighty Poo que o diga.

[via Develope Mag]

emMiscelâneas

Mais uma bizarrice em forma de game

Por em 29 de abril de 2009

Eu avisei vocês, a situação está fugindo do controle. Depois misturar golf e armas e colocar o Stalin para dançar, os game designers e suas ideias mirabolantes aprontam de novo. Uma empresinha chamada ZootFly reslveu colocar como protagonista de seu futuro lançamento ninguém menos que o folclórico Mr.T, um fanfarrão metido a bad boy dos anos 80 e que participava do seriado Esquadrão Classe A e que entre outras façanhas, colocou o campeão Rocky Balboa para dormir.

dori_mrt_28.04.09 Baseado em uma história em quadrinho que leva o nome do ator (e de gosto bastante duvidoso), o primeiro jogo contará a batalha de Mr. T contra os nazistas (?) em lutas ambientadas em complexos industriais, instalações militares e numa floresta tropical situada na América Latina (??). De acordo com os criadores, o game terá quebra-cabeças, plataformas, muita luta e será lançado para Xbox 360, PS3, Wii e PC.

Tudo bem, parece um tanto bizarro, mas não é só isso. A cereja do bolo atende pelo nome de Will Wright. Isso mesmo, a mente por trás do Sim City, The Sims e Spore. Aí você pergunta: O que o mestre Will Wright tem a ver com isso? Ele participará da produção? E eu respondo: Não! É muito melhor que isso! De acordo com o enredo digno de um Oscar, no universo paralelo do game, Wright é um renomado geneticista e que foi sequestrado e obrigado a trabalhar em um plano diabólico. Agora ele e o Mr. T terão que unir forças para acabar com o plano dos nazistas.

O pior é que não posso dizer nem que o cara está se revirando no túmulo.

[via Joystiq]

emMiscelâneas

Edge será publicada no Brasil

Por em 28 de abril de 2009

Rapidinha pra rapaziada que gosta de revista de videogames. A Editora Europa revelou que passará a publicar a tradicional revista inglesa Edge no Brasil. Os detalhes são que a periodicidade será mensal, terá 100 páginas, lombada quadrada e custará R$ 14,90. Com isso, a GameMaster será descontinuada e quem fizer a assinatura agora, ganhará 65% de desconto.

A notícia é muito boa, mas achei o preço de capa carinho. Acho que vou aproveitar a promoção e assinar logo, assim não ficará tão puxado. A primeira edição chega na segunda metade de maio.

dori_edd_28.04.09

[via Gamer.br]

emCultura Gamer

Tiroteio do Mega Drive na Live (será?)

Por em 28 de abril de 2009

Raciocine comigo: Se o site Xbox360achievements, especializado em listar as conquistas do Xbox 360, cria uma página voltada para um jogo que não está disponível para venda na rede online do console, o que você imagina? o óbvio é que o tal jogo deva aparecer a qualquer momento, não é mesmo? Pois então pode começar a juntar alguns trocados pois a página do Gunstar Heroes, um dos maiores clássicos do Mega Drive já está no ar.

A maioria das conquistas serão desbloqueadas após derrotarmos os chefes, mas há uma ridícula que vale 15 pontos e que será liberada assim que iniciarmos o jogo com qualquer uma das armas, ou seja, facinho, facinho.

Como a Sega ainda não se pronunciou sobre o jogo, tudo não passa de um rumor, mas se não for pedir demais, por favor, incluam um modo cooperativo online e deixam a imagem em widescreen.

dori_gsh_28.04.09

[via VG247]

emMicrosoft Rumores

Open Source, versão Democracia Chinesa

Por em 28 de abril de 2009

Para desespero de uma área de freetards brasileiros que ficam sexualmente excitados ao tratar Software Livre como um modelo político anticapitalista, a própria Free Software Foundation, apesar das viagens (nos dois sentidos) de Richard Stallman a Cuba faz questão de deixar claro que não há nenhuma ligação entre FOSS e modelos totalitários de governo.

Esses mesmos freetards brasileiros que insistem em fazer essa ligação entretando acabam de ganhar um excelente presente de Natal: A República Popular da China, na figura de seu Ministério da Indústria deu início a um plano segundo o qual empresas estrangeiras produzindo equipamentos na China deverão abrir todo o seu código-fonte, incluindo firmware para seus parceiros chineses.

Isso mesmo. Open Source na base do Decreto-Lei. A Apple terá que liberar o fonte do OSX do iPhone, dos Macs, GPSs deverão liberar seus fontes, fabricantes de caixas eletrônicos, roteadores, tudo. Incluindo smartcards e equipamentos que usem alta criptografia.

A desculpa do governo chinês é aumentar a segurança (não sei como) mas está claro que isso trará toda uma Segunda Renascença da Pirataria Chinesa. Imaginem os iPhones fakes do Mercado Livre, agora com uma versão pirata do OSX.

Os países com fábricas na China, claro, estão irados. A saída para muitos será modificar as linhas de montagem, mudando a finalização dos produtos para países mais amigáveis.

A decisão pode repercutir muito mal para a China, que já não é vista como grande amiga da Propriedade Intelectual, vide a infindável quantidade de produtos falsificados que o Governo Chinês finge que não existe.

Como todo regime totalitário os chineses não tem um pé na realidade. Tanto que em seus devaneios a nova legislação inclúi acesso as instalações da empresa estrangeira, em seu país-sede, para que inspetores chineses certifiquem-se que nenhum código-fonte está sendo malocado.

Isso mesmo. Eles querem acesso ao Sanctum Santorum da Apple e outras empresas. Todos os segredos.

Diante disso só tenho uma pergunta a fazer aos camaradas chineses: “Fritas acompanham?”

Fonte: Sankaku Complex

emIndústria Open-Source