Fotografia
Fotografia
Digital Drops Blog de Brinquedo

Olympus E-450 – Poucas mudanças

Por em 31 de março de 2009

Hoje a Olympus mostrou que os rumores que percorriam os sites especializados em fotografia estavam certos e anunciou a sua nova DSLR. A Olympus E-450 é a sucessora da E-420 e não trás grandes novidades para o publico que gosta da constante evolução tecnológica da fotografia digital. A câmera continua com o mesmo sensor e a mesma definição máxima de 10 megapixels. O corpo da câmera continua sendo o mesmo da antecessora, reforçando ainda mais a idéia de que seria a mesma câmera.

Porém, o modelo trás algumas mudanças internas. A primeira delas é a adição dos famosos Filtros Artísticos, que são ferramenta conhecida de outras DSLRs mais avançadas da Olympus. A segunda mudança significativa é o aumento do buffer interno, que agora permite a realização de 8 fotos em RAW no modo contínuo, contra as 6 fotos da antecessora. Fora isso tivemos uma melhora na luminosidade do LCD e a troca do processador interno, que agora é o TruePic III+.

Boa parte da imprensa especializada se mostrou decepcionada com essa nova câmera. A Olympus sempre foi uma empresa que se caracterizou pela inovação em seus equipamentos, e a E-450 não mostra nenhuma. Eu não vejo dessa maneira. Essa é apenas uma câmera que vem resolver alguns pequenos problemas do modelo anterior. Ainda é uma boa pedida para quem está começando e quer um equipamento com boa qualidade.

A Olympus E-450 vai estar disponível ao consumidor no mês de julho e com as duas lentes do kit, a 14-42mm e a 40-150mm, ao preço de U$ 699,00.

olympus e-450

Fonte: Dpreview

emEquipamentos

Final Fantasy XIII, o divisor de águas

Por em 31 de março de 2009

Se você ainda não conseguiu chegar a conclusão sobre qual console é mais poderoso (eu não cheguei), Xbox 360 ou Playstation 3, saiba que a dúvida poderá ser solucionada com o lançamento do Final Fantasy XIII. Pelo menos é o que deu a entender o produtor do game, Yoshinori Kitase.

Ao conceder uma entrevista para a revista Dengeki, ele disse que o jogo usará quase 100% da capacidade do PS3 e afirmou ainda que o aguardado título virá em apenas um disco, graças a capacidade de armazenamento do Blu-Ray.

Até aí tudo bem, nada de muito surpreendente, já que faz parte do jogo tentar fazer um pouco de alarde quanto a capacidade de processamento que os jogos usarão, porém, como a Sony vive dizendo para quem quiser ouvir que o seu console é muito mais poderoso que o concorrente, fico me perguntando como sairá o jogo na sua versão final. Será que ambos serão muito parecidos, o que derrubaria a propaganda da Sony? Ou será que a versão do Xbox 360 será bastante inferior a do console negro, o que provavelmente deixará muitos jogadores bravos?

Há ainda o problema de capacidade de armazenamento dos discos do videogame da Microsoft. Só por curiosidade, saiba que o RPG Lost Odyssey já foi dividido em 4 mídias.

dori_ff13_31.03.09

[via CVG]

emIndústria Microsoft Sony

Mais mortes relacionadas aos games

Por em 31 de março de 2009

Ontem a mídia inglesa noticiou dois casos de mortes… bizarras e que infelizmente estão de uma maneira ou outra ligada com videogames. O primeiro deles, que do alto da minha ignorância, considero uma simples coincidência, fala sobre um rapaz saudável de 25 anos, Tim Eves, que estava fazendo exercícios no seu Wii Fit e que simplesmente caiu morto após alguns minutos de jogatina, isso na frente de sua namorada e de um amigo.

A tragédia ocorrida no dia 4 de março pode ter sido causada devido a uma morte súbita por arritmia, problema que mata cerca de 500 pessoas todos os anos. Pessoas com essa síndrome correm o risco de que seus corações parem de bombear sangue para o cérebro enquanto estão fazendo exercícios físicos, o que acaba causando a morte repentina.

O outro caso trágico aconteceu quando um homem de 62 matou a esposa com quem era casado por três décadas e mãe de seus três filhos. O motivo do homicídio seria a falta de atenção que a vítima estava dando ao marido depois desse ter comprado um Playstation para o filho mais novo. A mulher de 46 teria inclusive levado a TV de 37” para o quarto, onde muitas vezes ficava jogando até amanhecer e o homem estaria inclusive dormindo no sofá.

A gota d’água foi quando em novembro passado, Carol Cannom pediu para Malcolm Palmer sair de casa. O homem desconfiava que a esposa tivesse um amante e na noite de ontem partiu para cima da vítima com duas facas, acertando-a 20 vezes. Para tornar tudo mais terrível, o crime foi cometido na frente do filho de 10 anos, que por sinal era o dono do videogame e foi quem ligou para o serviço de emergência.

E novamente vemos os videogames envolvidos com mortes, infelizmente.

[via Mail Online e Telegraph]

emMiscelâneas

HP Connected mostra as Workstations da HP ao vivo

Por em 31 de março de 2009

Guest post de Spencer Erhardt Stachi, que foi à sede da HP representando o Meio Bit.

A HP recentemente promoveu um evento em São Paulo chamado HP Connected para mostrar o poder de suas Workstations. Não sei vocês, mas eu me perguntei, o que faz um micro desses se diferenciar de um Desktop comum. A resposta da HP foi bem interessante e convincente. Workstations são nada mais nada menos do que micro computadores mais parrudos (era de se esperar), com mais opções e disponibilidade de upgrade e com uma elaboração de hardware um pouco melhor. Memórias com ECC (incluindo muitos slots de sobra), processadores multi-núcleos, suporte a mais de um monitor, executam sistemas operacionais de 64 bits “business” ou “professional” (XP, Vista ou Linux), placas de vídeo superiores a GeForces e Radeons e de quebra, tem um suporte a “dores de cabeça” de primeiro nível. Por exemplo, se sair alguma atualização para um driver de vídeo e esse driver não for o melhor com os programas que você utiliza na sua Workstation, a HP possui um site exclusivo, interligado diretamente com o centro de testes deles nos EUA, que fazem todo o teste de driver com os programas que são executados em suas Workstations e soltam uma lista de compatibilidade, que de acordo com a HP é bem ágil e atualizada. Inclusive a própria HP chega até a fabricante do driver com o relatório de erro e algumas vezes até com a solução do problema.
Líder de mercado mundial, a empresa mostrou computadores que variam na faixa de preço de R$ 2500 a R$ 10.000. O modelo xw4600 (que testaremos aqui em breve) é o modelo de entrada no mercado coorporativo e tem um preço bem acessível a qualquer tipo de escritório. A configuração dele é com um processador Intel Core2 Duo E7200 (2.53 GHz, 3 MB L2 cache, 1066 MHz FSB), 2 GB 800 MHz DDR2 SDRAM, 160 GB SATA NCQ, vindo sem placas de vídeo, mas com as opções placas NVIDIA Quadro FX1700 (512 MB) ou ATI FireGL V7700 (512 MB) ou superiores. Se você quiser algo a mais, a HP te fornece o hardware com um sistema onde um técnico vai e o instala, mantendo assim os 3 anos de garantia.
Já o modelo xw6600 é um pouco melhor e mais “expansível”. O modelo apresentado lá e o que é utilizado pelos engenheiros da General Motors, é com um processador Quad-Core Intel Xeon processor 5420 2.50 GHz 2 x 6 MB L2 cache 1333 MHz FSB (com expansão para mais um processador igual), 8 GB 667 MHz DDR2 SDRAM (expansível a até 128 GB!!), 4 GB 667 MHz DDR2 SDRAM, 250 GB SATA NCQ  (expansível para 3TB para SATA 5), NVIDIA Quadro FX1700 768 MB (expansível a até duas recém lançadas NVIDIA Quadro FX5800 4GB cada!!). O modelo de pouco mais de R$ 10.000 pode chegar com no seu limite a pouco mais de US$ 40.000 (sim, dólares).
Além disso tudo, a HP aproveitou e mostrou os monitores DreamColor, desenvolvidos em conjunto com a DreamWorks, com melhora nas cores e iluminação. 64 vezes mais cores que uma LCD normal e a iluminação não é feita com lâmpadas como em um televisor ou monitor de LCD qualquer, mas sim por muito leds brancos, fazendo as cores ficarem muito mais vibrantes. O monitor de 30” tem seu preço sugerido na faixa de R$ 2500, o que não pareceu tão caro assim pela qualidade mostrada.

emIndústria

Livros gratuitos

Por em 31 de março de 2009

Estive procurando por alguns artigos e livros sobre otimização de sistemas quando me deparei com esse link: http://freecomputerbooks.com. Precisa saber algoritmos cabeludos? Tem lá. Livros para programação de sockets, Matemática, Linguagens de Programação, etc. Muito útil para os alunos de exatas que fazem trabalhos baseados na wikipedia e não acham outras fontes de informação melhores online.

Só uma coisa, tudo em inglês. Mas você seguiu a nossa recomendação e está estudando, não é mesmo? Se alguém aí souber de uma iniciativa semelhante em português, ficaremos felizes em divulgar, mas só encontrei lixo.

31-3-2009 13-17-09

O Online Computer Books encontrei procurando por artigos, revistas e livros sobre Oracle. Mas antes que a minha lista de links torne-se um mega post, deixo o resto com vocês, leitores.

A Internet é realmente uma maravilha para se compartilhar informação. E não é apenas pela gratuidade. Eu acabei comprando um dos livros que achei por lá.

Deixe sua dica nos comentários!

emDicas Download Miscelâneas

Conficker: será o fim do mundo no 1o de abril ?

Por em 31 de março de 2009

Muita gente está comentando sobre o malware Conficker, que aparentemente ativará suas funções no dia 1o de abril. O fato é que ninguém sabe ao certo o que este malware fará, já que é algo encriptado e em constante evolução. Até agora, o Conficker buscou somente infectar máquinas, desabilitar as funções de atualizacao (Windows Update) e acesso a sites de empresas de desenvolvedores de antivírus. Ele explora máquinas que não estejam com o patch MS08-067, que foi disponibilizado em outubro de 2008.

As empresas de segurança estão desenvolvendo vários aplicativos para detectar e remover o Conficker. Por exemplo o BitDefender disponibilizou uma ferramenta, e a própria Microsoft disponibiliza o Malicious Software Removal Tool.Lógico, é altamente recomendável que todas as máquinas rodando Windows instalem sempre as últimas atualizações de segurança. Neste último final de semana, um novo método para detectar máquinas infectadas foi desenvolvido para administradores de sistemas, e está sendo testado e possivelmente será disponibilizado ainda hoje.

O problema do Conficker está sendo considerado tão importante que ganhou cobertura em um segmento no programa “60 minutes” nos EUA. Essa história parece mais a versão de 2009 do “bug do milênio”, alguém lembra ?

emSegurança

Cursos gratuitos de fotografia

Por em 31 de março de 2009

As Oficinas Culturais do Estado de São Paulo, órgão ligado a Secretaria de Cultura, divulgaram sua programação para o primeiro semestre de 2009. São cursos com carga horária de 24 horas/aula que vão ser realizados a partir de maio de 2009. As Oficinas Culturais possuem sedes regionais em várias cidades do Estado que são responsáveis por atividades em quase todos os municípios. Porém, não existem apenas cursos de fotografia. Atividades dentro de toda a esfera artística são realizadas pela instituição. Para ver as opções completas é só visitar a página de programação da entidade.

Sou suspeito para falar sobre o assunto, pois sou uma da pessoas que ministram cursos pela Oficina Cultural. Há algum tempo, nosso objetivo nas Oficinas não é apenas levar conhecimento para iniciantes e sim formar o profissional em fotografia. Isso se torna necessário em um mercado carente de bons profissionais e de pessoas dispostas a aprender. O engraçado é que a população não dá o devido valor às atividades justamente por ser gratuíta. De modo geral as oficinas começam com 20 a 30 pessoas e possuem uma evasão de mais de 50%. E, ao contrário do que possa parecer, não é por conta de má qualidade das oficinas e sim por falta de comprometimento. Afinal de contas, como é de graça não estou perdendo nada.

emNotícias