Digital Drops Blog de Brinquedo

Índia e o laptop de US$ 10,00

Por em 31 de julho de 2008

A notícia por aí é de que a Índia estaria interessada em desenvolver um laptop que custasse apenas US$ 10,00 (dez dólares) e fosse vendido a estudantes do ensino superior de lá. Seu desenvolvimento seria feito pelo Instituto Indiano de Ciência e pelo Instituto Indiano de Tecnologia.

Além do laptop, haveria o plano de levar conexões de banda larga gratuitamente para uso em ensino à distância. Considerando que apenas 4,38 milhões de indianos têm banda larga, esse seria um enorme avanço (e extremamente caro também, diga-se de passagem).

Como o país rejeitou o OLPC, é curioso que tente desenvolver algo ainda mais barato. Curioso e, claro, impossível, como o Negroponte pode atestar. A menos que o governo subsidie grande parte dos aparelhos. Neste ponto, parece um tiro no pé ou uma medida populista, já que o “X” da questão é o software e não o hardware. A energia gasta desenvolvendo algo que (possivelmente) será subsidiado poderia ir para o projeto de software, que gera muito mais “massa crítica” e traz retorno a longo prazo.

Infelizmente, não há mais detalhes sobre o projeto.

[via Inforworld e EETimes]

Atualização: nosso caro leitor Luizgrs avisou que o preço realmente foi divulgado errado, na transcrição do discurso da ministra da Educação, D. Purandeswari. Pena o mundo todo não falar francês…

emComputação móvel Hardware Miscelâneas

iPhones apresentando rachaduras

Por em 30 de julho de 2008

Quando os rumores de que o novo iPhone iria se parecer com um sabonetinho apareceram, muita gente não acreditou. Afinal, em boa parte de seus produtos, a Apple substituiu o policarnonato por alumínio justamente para deixar sua maçã mais verde. Depois do lançamento do novo iPhone, com seu chassi de plástico, alguns viram uma regressão em termos de materiais, pois isso contradizia o que vinha sendo feito até então em relação a isso, mas havia uma boa justificativa: com o plástico no lugar do alumínio, a empresa reduziria bastante os custos de produção, podendo trazer o iPhone para os meros mortais por um preço que, pelo menos em comparação ao preço original, pode ser considerado popular.

Mas a Apple não contava com um problema que acabou sugindo em decorrência desta substituição de materiais: vários proprietários de iPhones 3G reportaram rachaduras na parte plástica de seus telefones, alguns até mesmo um dia após efetuarem a compra do aparelho. A maioria das rachaduras apareceram em iPhones brancos, mas alguns donos de iPhones pretos também sofreram com o problema. Grande parte dessas rachaduram foram em torno do conector do fone de ouvido, mas algumas também ocorreram nas laterais do aparelho.

Não é algo comum para uma empresa como a Apple, conhecida pela alta qualidade de seus componentes e por escolher com grande exigência que materiais estarão presentes em seus produtos, ainda mais por ter um departamento de design de produtos que é uma verdadeira referência na área. Nem o último iPod na escala evolutiva, o Shuffle, pode ser considerado de “segunda linha”, dada a qualidade do aparelhinho.

As lojas da Apple estão fazendo a troca dos iPhones rachados por novos aparelhos, mas isso dificilmente garantirá que novos problemas do gênero parem de ocorrer. Levando em conta o custo do iPhone, a troca do alumínio pelo plástico valeu a pena; na prática, pode causar um grande prejuízo para a empresa, mesmo porque não é apenas um dano físico, mas um arranhão (ou melhor, uma rachadura) na reputação dela. Estaria a Apple utilizando materiais de segunda para diminuir ainda mais os custos de produção?

Fonte: DailyTech

emApple e Mac

Microsoft estaria ressuscitando toda linha SideWinder?

Por em 30 de julho de 2008

Depois do mouse SideWinder a Microsoft agora estaria para lançar o teclado SideWinder X6. O Teclado terá a parte numérica destacável, podendo ser instalada tanto do lado esquerdo quanto no direito, se seguir o mesmo estilo do mouse terá várias teclas programáveis e custará US$ 79 (Deve chegar por uns R$ 200 aqui).

image

Aparentemente a Microsoft está ressuscitando a linha SideWinder aos poucos. Temos o Mouse, rumores sobre o teclado e tomara que possamos ter um manche e volante. Já um controle comum eu não teria tanta certeza. Alguém me corrija se eu estiver enganado, mas acho que o controle do Xbox 360 já funciona no PC. Mas poderia até ser o caso de uma edição especial.

Fonte: Engadget

emAcessórios Computadores Rumores

Backup via P2P

Por em 30 de julho de 2008

Que a realização de backup é algo que deveria ser praticado por todos os usuários de computador, acredito que ninguém duvide. Porém, da teoria à prática existe um grande abismo. Uma boa forma de remediar isso é usando o Cucku.

O programa que tem quase 6MB utiliza uma rede P2P para fazer o sincronismo dos arquivos entre várias máquinas. Conhecido como “backup social”, a coisa funciona mais ou menos assim: você instala o Cucku no seu pc e um amigo instala na máquina dele. Após definirem quais pastas deverão ser compartilhadas, todas vez que você atualizar algum arquivo desta pasta, ele automaticamente será enviado para o computador do seu amigo e vice-versa. Todo o processo é criptografado, portanto não há a necessidade de nos preocuparmos com privacidade.

Embora o programa leve um bom tempo para realizar o backup de grandes quantidades de dados, exija (obviamente) que o outro computador esteja ligado e dependendo, do caso, que você dedique um grande espaço do seu HD para que a outra pessoa realize seus backups, acho a idéia muito interessante e pelo menos para mim ele será de grande proveito. 

[via TechCrunch]

emDicas Internet

Apple e Intel: divórcio?

Por em 30 de julho de 2008

A indústria de informática aprendeu, há muito tempo, que muito melhor que uma campanha de marketing, é deixar a “indústria de rumores” andar por si só. A Apple e a Microsoft são experts nisso.

Hoje em dia, os notebooks da Apple são, basicamente, iguais aos da concorrência e usam a plataforma Intel Santa Rosa. “Iguais” tecnicamente falando, claro.

Com a proximidade dos lançamentos dos novos MacBooks, a Apple estaria para divulgar que, em vez de usar a nova plataforma Montevina, da Intel, optaria por algo próprio ou de alguma outra empresa (nVidia, VIA…). A idéia é que a empresa precisa diferenciar mais seus produtos, para continuar mantendo o crescimento.

A compra, há algum tempo, de uma empresa de semicondutores (a PA Semi) ajudou a fomentar esse rumor. Há quem diga que aquele movimento foi feito justamente para embasar a o projeto “in house” dos chips das novas placas-mãe. No entanto, como a PA Semi é especializada em processadores de baixo consumo baseados na arquitetura POWER, parece muito mais lógico que a Apple vá usá-los nos iPhone/iPod, que hoje são baseados na arquitetura ARM. Ou usar o time de engenharia para adaptar o núcleo ARM a um chip próprio, que substitua ou englobe grande parte dos componentes usados nos telefones.

É de se levar em conta que o pessoal do pomar sempre foi chegado a um hardware proprietário… e não deve ser fácil para os engenheiros reclamar do consumo de energia dos chips Intel e serem completamente ignorados. Além do mais, uma plataforma “proprietária” evitaria transtornos como os causados pela Psystar.

Talvez haja algum fogo sob essa fumaça.

[via AppleInsider]

emApple e Mac Hardware Indústria

Battlefield Heroes é adiado para o final do ano

Por em 30 de julho de 2008

Battlefield Heroes, futuro FPS online gratuito da série Battlefield, da EA, foi adiado para o final do ano. Primeiramente, o game estaria disponível para download neste inverno, mas a empresa quer desenvolver mais o aspecto social do game..  Na minha opinião, a EA Digital Illusions CE também deveria se preocupar em desenvolver mais mapas, pois o jogo virá inicialmente com apenas dois.

Battlefield Heroes terá uma arte cartoonizada, semelhante à de Team Fortress 2, da Valve. O game terá a opção de editar a aparência de seu personagem.

Se você quer jogar um FPS online e não quer esperar pelo Heroes, experimente o Combat Arms, um FPS online de qualidade.

lemos_30.07.08_bf1 lemos_30.07.08_bf2 lemos_30.07.08_bf3

[via Joystiq]

emComputadores Miscelâneas

Cooler de respeito

Por em 30 de julho de 2008

Aqueles que usam seus computadores para games ou aplicações pesadas sabem que ter um bom sistema de refrigeração na máquina é essencial e invariavelmente, esse sistema começa pelo cooler da CPU. Neste ramo, uma empresa que se tornou referência é a Thermaltake. Um das preferidas daqueles que fazem case mod, a empresa sempre trás algo diferente, mas dessa vez acho que eles abusaram.

Eles lançaram o Thermaltake V1, um cooler com cerca de 15cm de largura por 14cm de altura e pesando mais de 630 gramas, construído com um ventilador de 120mm capaz de funcionar entre 1300 e 2000rpm. O dispositivo é compatível com a maioria dos processadores mais recentes incluindo Celerons e Durons e o preço estimado para venda é de US$ 60.

Se quiser comprar um desses, tenha certeza que possui bastante espaço no gabinete.

dori_cooler_30.07.08

[via Dvice]

emHardware