Digital Drops Blog de Brinquedo

Jogli: organizando vídeos de música do YouTube

Por em 30 de junho de 2008

Você entra no YouTube para assistir clipes de música? Já passou pela situação de querer ouvir todas as as músicas de um CD (ou várias) no YouTube e ter que buscar uma a uma?

Se isso é algo que acontece com você com freqüência, vai gostar desta dica:

Usando a nova API do YouTube, o site Jogli permite que você faça uma busca por artista e traz os álbuns disponíveis. Ao clicar em um álbum, o site apresenta uma lista das músicas do CD selecionado, mostrando quais delas possuem vídeos no YouTube que podem ser assistidos no próprio site.

jogli

Como se isso já não fosse uma mão na roda, há também a opção de exibir as letras das músicas (quando disponíveis), um link para ver outros vídeos da mesma música e, cadastrando-se no site, pode-se criar um perfil e salvar playlists.

O site ainda está em beta, mas funciona perfeitamente. Simples, rápido e eficiente.

emÁudio Vídeo Fotografia Dicas

UStream começa a colocar anúncios nos vídeos

Por em 30 de junho de 2008

Não é novidade que o mercado de vídeos online e de live streaming vêm crescendo muito nos últimos tempos. Sites oferecendo hospedagem de vídeos e serviços de streaming gratuitamente estão cada vez mais populares. Mas, com a popularidade vem a necessidade de um modelo de negócios que os sustente.

O já bem popular UStream resolveu, então,fechar uma parceria com o site YuMe (empresa que, entre outras coisas, oferece uma plataforma de gerenciamento de anúncios) e com o Yahoo para começar a testar a inclusão de publicidade nos streamings.

Os anúncios que começaram a ser testados são textuais, semi-transparentes, aparecem na parte inferior do vídeo e podem ser fechados pelo usuário. Outros formatos poderão ser testados até chegarem à versão definitiva, mas a implementação será gradativa.

O objetivo, segundo Patrick Ross do UStream é “desenvolver um sistema de publicidade que funcione tecnicamente e seja aceitável por quem assiste e por quem transmite o vídeo, ao mesmo tempo ajudando a construir uma comunidade sustentável.”

Sempre há aqueles usuários que se revoltam contra este tipo de coisa. Na verdade, ninguém gosta de estar sujeito a anúncios em lugar nenhum. Mas a realidade é que sem um modelo de negócios que gere receita para pagar as contas, não há serviço gratuito que se sustente e, entre colocar a mão no bolso para usar um serviço e ver um anúncio que pode ser fechado, o que você acha que a maioria das pessoas prefere?

emComunicação Digital Indústria Publicidade

No Japão o OLPC é um Nintendo DS

Por em 30 de junho de 2008

A escolha de meninas Joshi Gakuen em Tóquio lançou um projeto-piloto onde nas aulas de inglês são utilizados Nintendos DS, o poderoso -mas nem longe tão lindo quanto o Sony PSP- console portátil.

Usado para ensinar caligrafia, pronúncia e gramática, os consoles seguem uma regra estrita: Nada de jogos, e são recolhidos após as aulas. Outras escolas usam o DS para aulas de matemática e japonês. O potencial educacional do bichinho não é novo, existem mais de 200 títulos educacionais licenciados para o Nintendo DS, mas a adoção ainda está sendo muito lenta. Embora os alunos adorem, o empecilho maior continua sendo: Os professores.

ds_school_japan

Usar o DS na sala de aula é novidade, e eles não gostam de novidades. Assumem que é um game, e por isso é "ruim". Nem todos, claro. Os mais novos não praticam esse tipo de preconceito.

Cá pra nós é assustador ver um país com uma imagem de tão avançado como o Japão ter esse tipo de atitude. Pelo que me dizem Mechas andam pelas ruas, robôs passeiam por entre os carros voadores e tentáculos claro. Professores com mentes tão conservadoras e tradicionalistas como as que vemos em escolas brasileiras? Isso não é bom.

Fonte: Reuters

emGames

PS3 DualShock 3 chegará nas lojas européias 4ª feira

Por em 30 de junho de 2008

luigi_30.06.08

O controle DualShock 3 do PS3 começará a ser vendido dia 2 de julho na Europa e 4 de julho na Inglaterra. O preço será 40 libras, sem preço rotulado em euros ainda. Esse valor é por volta de 127 reais. O DualShock 3 já é vendido há um bom tempo nos EUA e aparentemente a venda na Europa está bem atrasada.

Fonte: Joystiq

emSony

Asus Eee agora é brinde

Por em 30 de junho de 2008

É o sonho de um blogueiro itinerante. a T-Mobile, na Inglaterra está oferecendo um pacote tentador: Assinando por 24 meses o serviço Walk Max de dados, por 35 Libras mensais o consumidor ganha nada menos que um modem wireless USB  E um Asus Eee PC.

Para quem está acostumado ao Brasil e promoções onde você só ganha se não for cliente, e "presentões" como R$30 de desconto, a idéia de assinar o serviço e levar pra casa o modem E o subnotebook é deveras interessante.

Fonte: Guia do Notebook

emComputação móvel Hardware

Livro: “Marketing de Otimização de Buscas na Web”

Por em 30 de junho de 2008

Recebi do pessoal do Linux Mall, nossos “parceiros na lateral direita”, um livro muito interessante: “Marketing de Otimização de Buscas na Web – Conceitos, Técnicas e Estratégias“, de Martha Carrer Cruz Gabriel (ISBN 978-85-87293-44-2, Editora Esfera, 100 páginas, R$30,00).09ced24fd8e7c65f8d84d22ece1de133

Posicionar o site entre os primeiros resultados dos mecanismos de pesquisa é o “Santo Graal” da internet. É um dos temas prediletos de profissinais da área e assunto recorrente em econtros de blogueiros (que nem sempre usam táticas… “limpas”). Por isso, a primeira coisa que me chamou a atenção na obra foi um trecho da contra-capa:

Por meio das técnicas de MOB – Marketing de Otimização de Buscas – é possível melhorar o posicionamento de um site nas buscas de maneira eficiente e ética.

“Ética”… palavra rara hoje em dia, especiamente quando se trata de subir os degraus de um site de buscas…

A autora, Martha Carrer, entende do riscado. É engenheira civil, tem uma pós-graduação em Comunicação e outra em Design Gráfico. Também tem mestrado em Artes e é professora, palestrante internacional e diretora da NMD New Media Developers (não coloquei o link de propósito… procurem para ver onde o site aparece no Google), além de manter um trabalho de arte digital chamado Digital Oracles.

Ao longo de cem agradáveis páginas, ela trata de alguns assuntos importantes para o tema, como “Relevância da Página”, “Otimização Orgânica x Links Patrocinados”, “Palavras-chave”, “Visitação x Conversão” e por aí vai. São seis capítulos muito interessantes, onde há pérolas como a seguinte:

Os 10 erros mais comuns encontrados nas páginas em relação ao MOB, de acordo com Webconfs (2006), são:

  1. Escolher palavras-chave erradas;
  2. Ignorar a tag de título (<title>);
  3. Site totalmente em Flash, sem alternativa em HTML;
  4. Menus em Javascript;
  5. Falta de consistência e manutenção;

É claro que não vou colocar todos…

O mais curioso é que o conteúdo é realmente de primeira, mas apresentado sem um ar superior, típico de livros que se auto-proclamam uma referência no assunto. Conhecedora da natureza altamente dinâmica da web, a autora criou uma obra cheia de referências a sites e ferramentas, mas fortemente baseada na experiência com grandes clientes (Votorantim, Maurício de Souza Produções, HBO etc…).

É uma leitura obrigatória para quem mantém sites/blogs ou pensa em “levar a sério” o assunto.

Ah! Já ia me esquecendo… temos dois exemplares para sorteio! Vocês já conhecem a sistemática: sem choramingos, quem for mais criativo no quesito “por que eu preciso otimizar meu site/blog” ganha! Boa sorte e boa leitura.

emAnúncios Destaque Google Internet

Descobertas arqueológicas de tecnologia

Por em 30 de junho de 2008

Arqueólogos realizando escavações na costa leste dos EUA descobriram fios de cobre e concluíram que os Estados Unidos já possuíam a tecnologia de transmissão por fio na pré-história.

Já na argentina, os arqueólogos procuraram também por evidências. E acharam cabos de fibra óptica. A conclusão é que a Argentina era muito mais evoluída, usando uma tecnologia de ponta para a época, enquanto os americanos ainda engatinhavam com o cobre.

Já os arqueólogos brasileiros, resolveram pesquisar em nossas terras. Cavaram e esburacaram centros históricos famosos em vários estados do Brasil. Durante anos, procuraram por evidências de cabos de cobre, fibra óptica, mas nunca acharam nada. A conclusão é que o Brasil era o país mais avançado da pré-história, porque já usava tecnologia wireless pra tudo!

Fonte: Recebi por e-mail, de amigos. Autor anônimo.

emMiscelâneas