Digital Drops Blog de Brinquedo

O Eee da Dell

Por em 30 de maio de 2008
Mini-Note da Dell

Depois de vários concorrentes pro Eee e até mesmo uma cópia a lá Polishop, o Eee ganha mais um rival, agora da Dell.

O Mini notebook da Dell foi revelado pelo próprio Michael Dell ao Gizmodo, mas ele não deu muitos detalhes – não se sabe o preço, o sistema que ele roda e nem mesmo o nome oficial.

O que se sabe sobre ele? Ele é feito pra competir no mesmo nicho do Eee, o dos mini-notes baratinhos, tem três portas USB (Chupa MacBook Air!), um leitor de cartão e saída VGA.

É muito bom ver mais uma fabricante de peso entrando nesse mercado. Competição nunca é demais.

[via Direct2Dell]

emComputação móvel Hardware

Parente é serpente

Por em 30 de maio de 2008

Gamer é um bicho estranho mas, pelo que sei, não é filho de chocadeira. Então vocês todos devem ter família e sabem como as relações familiares são complicadas. São pais que não conseguem ultrapassar o abismo de gerações e se comunicar com os filhos, netos que não têm convivência de qualidade com seus avós, irmãos que competem o tempo todo, tios e primos que se intrometem demais na sua vida. Isso sem contar cunhados intrometidos, primos pentelhos e coisas assim.

Mas os tempos estão mudando e coisas que pareciam impensáveis uns anos atrás agora são possíveis. Por exemplo, jogar cartas online com sua mãe a 400km de distância ou um MMORPG com seus irmãos. E o melhor: sem começar a Terceira Guerra Mundial nem tratar ninguém como café-com-leite.

Conta pra tia: dá pra jogar em família sem matar todo mundo?

Eu sou bem otimista quanto a esta relação entre games e família. Meu caso pessoal, por exemplo. Depois de 15 anos de conflito, eu fiz as pazes com a minha irmã, em parte, jogando. Claro que tem outros fatores envolvidos, mas uma parte desse período de paz se deve a termos uma atividade que empolga ambas da mesma forma. Isso não acontecia desde que tínhamos 12 anos e começamos a sair à noite. Começamos no Ragnarok, mas no World of Warcraft eu consegui fazer um pouco do que tentei a adolescência toda: cuidar dela, ensinar, mostrar coisas, pegar pela mão. Ela foi boazinha e deixou. Hoje ela é uma das pessoas mais bem colocadas nos rankings da nossa guilda (bem acima de mim, por sinal), tem montaria épica, outros amigos e admiradores. E eu fico muito feliz de ter feito parte disso tudo.

Não contente em viciar minha irmã num jogo, ainda sonho com o dia em que jogarei Age of Conan com meu irmão (só pra ser mais forte que ele em algum lugar no universo), farei um blog com meu pai (pra deixar ele falar mais do que eu) e jogarei Frogger com a minha mãe (pra tentar ter alguma interação com ela, o que anda difícil ultimamente).

Nos últimos meses li também algumas histórias interessantes e até comoventes. Um filho que conta como jogar Battlefield 1942 com seu pai melhorou o relacionamento entre os dois, uma mãe que deixou de ver os filhos como crianças para vê-los como "adultos em desenvolvimento" por causa do WoW e uma declaração quase apaixonada de um genro sobre sua sogra que "queria poder se transformar em um urso". E tem o post do Dori falando de como ele sente falta do pai quando lembra de um jogo do Mega Drive.

Alguns de vocês estão naquela fase de odiar qualquer pessoa com mais de 30 anos. Outros ainda devem considerar que seus irmãos são seus piores inimigos e são só um bando de pentelhos. Eu não acredito em família com laços puramente de sangue ou de obrigação e entendo as fases de conflito. Faz parte do processo de amadurecimento e afirmação de qualquer pessoa. Mas aprender a lidar com as pessoas que você chama de família – jogando ou não – é algo que recomendo. Muito.

Eu e minha irmã, Lindadmorrer e Lulux, respectivamente. Eu posso ser mais feia, mas sou muito mais SIMPÁTICA /wave

ale_picoli_30.05.08

emCultura Gamer

Economizando no telefone

Por em 30 de maio de 2008

Depois das novas assinaturas oferecidas pelo Skype, alguns tópicos do fórum e contas altas de telefone aqui em casa, resolvi testar uma solução VoIP para baixar os custos.

Pelo que pesquisei em lojas físicas de informática há muito pouca opcão de telefones para VoIP . Chegou a ponto de vendedores (de lojas de informática) nem saberem do que se trata e me oferecerem um fone bluetooth.

Pesquisando na internet há várias opções com preços muito variáveis. O ideal seria um Netgear Wifi Phone porém o preço vai lá para cima. Optei por um mais simples e mais barato, achei um bom custo/benefício: o Philips 080 Skype Phone. Comprei pela Americanas.com que estava com um preço equivalente ao que pagaria no Mercado Livre, e ainda em 4 vezes no cartão de crédito.

Pretendo assinar o plano Brasil 400 do Skype, que permite 400 minutos de ligação para qualquer telefone fixo no Brasil para testar. Em breve escrevo sobre como foram os testes.

emProdutividade VoIP

Dreamcast pode ser relançado no Brasil

Por em 30 de maio de 2008

doriprata_30.05.08 Quem acompanha o Meio Bit Games já deve saber o quanto eu gosto do Dreamcast e agora um grande rumor está invadindo a internet. Segundo o site GameStart, um funcionário da Tec Toy afirmou que a empresa passará a fabricar o console no Brasil. Segundo ele, a representante da Sega no país teria procurado a Foxconn para que esta monte as placas do console.

Por enquanto a Tec Toy não se pronunciou sobre o especulação e é difícil saber até onde esta história é verdade. De toda forma eu gostaria muito que o console fosse mesmo relançado aqui e torço para que o preço seja acessível, principalmente em relação aos jogos.

emRumores

Presidente da Activision apresenta Guitar Hero World Tour

Por em 30 de maio de 2008

lemos_30.05.08 Guitar Hero World Tour (Conhecido também como Guitar Hero 4) está sendo desenvolvido pela Neversoft e será publicado pela Activision. O game será lançado para Xbox 360, PS3, Wii e PS2, no dia 27 de Outubro deste ano.
Diferentemente de seus antecessores, o game terá, além da já famosa guitarra, um microfone, um baixo e uma bateria, igual ao seu concorrente, Rock Band.

Na conferência All Thing Digital 6, o presidente da Activision, Bobby Kotick foi entrevistado e mostrou pela primeira vez o game em público. Ele chamou quatro pessoas do público para tocarem o game, e um deles era, por coincidência (ou não), o skatista Tony Hawk, que também possui um contrato com a Activision.

Antes do game ser apresentado ao público, a entrevistadora Kara Swisher cometeu uma gafe:

Bobby Kotick: Nós temos um novo produto que será lançado na primavera, Guitar Hero World Tour, em que, pela primeira vez, você terá um microfone, uma guitarra diferente, um baixo e uma bateria…

Kara Swisher: É o tal de Rock Band, eu acho.

Bobby Kotick: [Pausa] Nós estamos o chamando de Guitar Hero World Tour.”

Veja o vídeo completo abaixo:

Pelo vídeo, é fácil notar que o game está em desenvolvimento. Os gráficos estão simples em comparação a Rock Band e há muita coisa reciclada dos games anteriores.

[via Destructoid e Joystiq]

emMiscelâneas

Massage Him!

Por em 30 de maio de 2008

É cada uma que aparece na internet que fica até difícil de acreditar. Dessa vez os caras do GoPotato resolveram fazer uma paródia do jogo Mortal Kombat e o resultado, bom, veja você mesmo.

emVídeos

Nunca coloque um celular no Microondas

Por em 30 de maio de 2008

É sério. É muito perigoso.

No vídeo abaixo um usuário faz a experiência, e os resultados são desastrosos.

Depois disso eu nem chego com meus celulares perto da cozinha, acreditem!



http://view.break.com/507272 – Watch more free videos

Fonte: Kirai

emCelular