Digital Drops Blog de Brinquedo

Cabo rompido dificulta a vida das empresas no Oriente

Por em 1 de fevereiro de 2008

020306cablemap_550x300

 

Um dos principais objetivos do DoD (Departamento de Defesa estadunidense) ao criar, anos atrás, o que viria a ser a internet hoje, era que a troca de informações continuasse mesmo que grandes partes da rede tivessem sido destruídas (numa hecatombe nuclear, talvez).

Não foi preciso o apocalipse para provar que o objetivo foi alcançado: de prédios destruídos por aviões a terremotos, passando por tsunamis, a rede já provou que aguenta pesados trancos. Ontem, outra prova: um cabo submarino, próximo ao porto de Alexandria, Egito, foi cortado involuntariamente por âncoras de navios.

Empresas indianas avisaram que sua banda chegou a diminuir em 60%, causando graves problemas na comunicação com as matrizes americanas e inglesas. O tráfego foi redirecionado por outros cabos e também por satélites, mas o gargalo deve continuar por, no mínimo, 15 dias.

Um novo cabo, mais resistente, está sendo construído entre os Estados Unidos  e  a Ásia, ao custo de US$ 500 milhões e deve ficar pronto no final deste ano.

Apesar de resistir, a rede já está sobrecarregada.

[via Dailytech e TheRegister]  

emInternet Miscelâneas