Digital Drops Blog de Brinquedo

Projetos Web 2.0 no Brasil (Parte 4)

Por em 31 de agosto de 2007 - 1 Comentário



Continuando a série Projetos Web 2.0 no Brasil, trago mais três serviços que têm contribuído substancialmente para o desenvolvimento da identidade brasileira na Internet, devido a sua capacidade contínua de inovação:

10. O BlogBlogs é o maior site de indexação, ranking e busca de blogs do Brasil, por isso é fácil afirmar que o BlogBlogs é o alicerce da blogosfera brasileira! O Manuel Lemos, que é o mentor dessa iniciativa, está sempre buscando oferecer novos serviços aos seus usuários. No BlogCamp ele coletou o feedback da comunidade para orientar o desenvolvimento de novas funcionalidades. O resultado desse trabalho é a integração com outros serviços através de uma API.

11. O Rec6 é um site em que os próprios usuários enviam os links para as notícias e decidem quais devem aparecer na capa. Após enviada, a notícia fica disponível para que outros usuários votem. Caso consiga um número suficiente de votos, essa notícia é promovida para a capa do site. O Rec6 tem várias das funcionalidades do Digg, mas está faltando uma API que forneça acesso aos artigos publicados.

12. A Via6 é uma rede social que nasceu com um foco em networking profissional. Naquela época, ela se chamava Syxt e podia ser facilmente comparada ao LinkedIn. Hoje, podemos dizer que a Via6 é uma rede de conteúdo que facilita o compartilhamento de informações. Acredito que a Via6 encontrou um segmento próprio para atuar, cada vez mais distante do Orkut, que tem um foco forte em relacionamento pessoal. Recentemente, a equipe da Via6 liberou uma funcionalidade que permite “assinar” o perfil de um usuário, é um recurso muito interessante que foi comentado anteriormente aqui no Meio Bit pelo Carlos Cardoso.

Cenas do próximo capítulo: OrangoTag, eArquivos e boo-box.

emInternet Web 2.0

Algumas vezes é melhor atender aos fanboys

Por em 31 de agosto de 2007 - 9 Comentários


Um grupo de monges do mosteiro Shaolin está bem irritado com um sujeito que postou em um fórum que uma vez um ninja visitou o mosteiro Shaolin, desafiou os monges para combate desarmado, e bateu em todo mundo.

“O fato de que os monges não puderam vencer um ninja japonês em combate desarmado mostrou que eles eram chamados Mestres do Kung Fu em vão”, disse o usuário “Five Minutes Every Day”. Os monges protestaram.

“Não só é um comportamento extremamente irresponsável com respeito ao templo Shaolin e seus monges, mas também para as artes marciais como um todo e à nação chinesa”

Eles agora querem um pedido de desculpas.

No lugar desse cara, eu concordaria sem pensar duas vezes.

A menos que conhecesse algum ninja. Ou fosse um.

Fonte: ZDNet

emInternet

Roa-se Neo, Casio Exilim filmando a 300 quadros por segundo

Por em 31 de agosto de 2007 - 6 Comentários

meiobit-casio2.jpg

Um dos recursos menos encontrados em máquinas digitais é a filmagem em alta velocidade, e poderia ser um dos mais interessantes. Desde aqueles clássicos filmes de balões estourando a cenas da natureza, esportes, efeitos especiais, o céu da sua imaginação é o limite.

Essa beleza aí de cima faz isso. Em resolução full ela filma a 60 quadros por segundo. Em resolução VGA, 640×480, atinge impressionantes 300 quadros. Sendo que resolução VGA te dá uma qualidade próxima de DVD. Junte a isso um zoom óptico de 12x, 6Megapixels e temos uma máquina de respeito.

Eu sou adepto das máquinas compactas, mas no dia que for comprar uma “de verdade”, esse tipo de recurso muito me interessa. O modelo da foto ainda é um protótipo, mas conhecendo o Japão, sei que em poucos meses chegará ao mercado.

Via Akihabara News


emFotografia

Metal Gear Solid in Concert

Por em 31 de agosto de 2007 - 4 Comentários

Seguindo o post sobre a trilha do Zelda no video abaixo você verá uma das mais belas apresentações das músicas do jogo Metal Gear Solid. Mesclando os temas da 2ª e 3ª edição do game, a execução que ficou sob a responsabilidade da Orquestra Eminence e é simplesmente impressionante. Não deixe de assistir!

[via EGM Brasil #65]

emGames

CEO pwned por não entender de email

Por em 31 de agosto de 2007 - 14 Comentários

meiobit-CEO.jpg

O cidadão com cara de bobo da foto acima se chama Ben Baldanza e é (ou era) CEO da Spirit Airlines. Ele não entende de email, e isso lhe arrumou uma bela dor de cabeça.

Um casal teve um vôo atrasado por três horas (deve ser horrível viver num país onde isso acontece) e por causa do atraso perdeu um converto, para o qual já estavam com tíquetes, diária de hotel, etc.

James, o marido, escreveu para a companhia aérea pedindo restituição do dinheiro que perderam, no total de… US$376,84. Mandaram cópias para vários emails, inclusive o do CEO.

Vendo o nome dos funcionários no cabeçalho, o sujeito clicou no Reply To All e respondeu:

“Pelo que me consta não devemos nada a ele. Que o mundo saiba o quanto nós somos maus. De qualquer forma ele nunca voou pela gente antes, e estará de volta quando for para economizar um trocado”

A resposta mal-educada foi para os funcionários E o autor do email original, que estava na lista de destinatários. Agora tudo que é site relacionado com defesa do consumidor, mais os sites de notícias estão replicando o caso. O pior é que a Internet é tão rápida que o caso terá se espalhado por tudo que é canto antes mesmo que eles percebam.

O custo em relações públicas para abafar esse caso com certeza custará bem mais que US$376,84.


Via CEOSmack.com

emIndústria

Encontro de MSX no Rio

Por em 31 de agosto de 2007 - 7 Comentários

msx.jpgPara quem tem saudades ou deseja conhecer um micro que fez história no Brasil, nos dias 7 e 8 de setembro os cariocas vão se reunir em torno dos seus MSX, com ótimos jogos ( antigos e novos! ) e hardware desenvolvido recentemente. Ótima chance para encontrar os últimos fudebas.

Das 10:00h às 17:30, no SESC Engenho de Dentro – Av. Amaro Cavalcanti, 1661 – Engenho de Dentro.

[ via MSXRio ]

emAnúncios Hardware Miscelâneas

Projetos Web 2.0 no Brasil (Parte 3)

Por em 30 de agosto de 2007 - 6 Comentários

E a saga de mapear os projetos Web 2.0 desenvolvidos no Brasil continua. Aqui temos mais três serviços:

7. O esyURL é um serviço muito útil, especialmente para usuários de micro-blogging com mensagens limitadas a 140 caracteres, pois permite simplificar URLs muito complexas. Além disso, o esyURL oferece a possibilidade de compartilhar facilmente arquivos de até 2MB: basta fazer o upload do arquivo que ele gera uma URL que dá acesso imediato ao download.

8. O BusOnline é um serviço indispensável para os usuários de transporte coletivo (ônibus e metrô) de Belo Horizonte. Ele fornece informações sobre como se deslocar, a partir dos endereços de origem e destino fornecidos pelo usuário. Esse projeto tem uma forte sinergia com o Vá de Metrô, comentado na primeira parte dessa série. Uma parceria poderia gerar um serviço com abrangência nacional.

9. O Tall Eye é um mashup baseado no Google Maps que responde algumas perguntas intrigantes que sempre pertubaram nossa existência: “Se eu andar em uma linha reta ao redor do mundo, onde eu irei passar?” e “Se eu cavar um buraco muito profundo, onde eu irei sair?“.

Obviamente, o destaque do Tall Eye não está na sua utilidade, mas sim na qualidade técnica da solução, que reforça algo que já tenho afirmado a cada oportunidade: no Brasil há capital humano de altíssima qualidade. Com os incentivos adequados nós podemos criar o próximo YouTube, ou até fazer um melhor! Só precisamos acreditar no nosso potencial e agir.



No próximo artigo dessa série, alguns pioneiros da Web 2.0 no Brasil: BlogBlogs, Rec6 e Via6. Continuem sugerindo nomes para a lista…

emInternet Web 2.0