Digital Drops Blog de Brinquedo

Sony Ericsson MyPhoneExplorer

Por em 2 de maio de 2007

Recentemente troquei de celular e optei pelo modelo W300i da Sony Ericsson e achei o aparelho muito bom, principalmente pelo seu custo benefício.

Após mexer um pouco no aparelho, fiquei surpreso com o fato de a Sony não ter colocado um software para fazer o gerenciamento dos contatos pelo pc. Como troquei também de operadora, teria que cadastrar todos os contatos pelo teclado do celular, o que convenhamos e um tanto quanto irritante.

Fiz uma pesquisa na internet, conversei com alguns donos de celulares da Sony e cheguei ao programa MyPhoneExplorer, um freeware disponível para todas as versões do Windows e que possibilita ao usuário administrar seu celular facilmente através do pc, além de ser em português. O programa tem uma interface bonita, é leve, fácil de instalar e é muito útil aqueles que possuem um celular Sony Ericsson e querem cadastrar seus contatos ou fazer backup dos mesmo.

 Segundo os autores, o MyPhoneExplorer já foi testado com os seguintes modelos de celular da Sony: T300, T610, T630, T68, K500, S700, K750, D750, V800, Z600, e como dito antes, aqui funcionou perfeitamente com o W300i.

 
emCelular Software

Cuidado com o mousinho

Por em 2 de maio de 2007

Provavelmente, um dos maiores medos de quem trabalha com informática é a LER, doença que pode cortar seu ganha pão de um dia para o outro e, em alguns casos, de forma irreversível.

Na quarta-feira passada, acordei com uma dor imensa entre os dedos indicador e anelar da mão direita, como é um local incomum para ocorrência de LER, suspeitei inicialmente de ter dormido sobre a mão.

Os devidos cuidados tomados nas noites seguintes e a dor persistia, então comecei a ficar preocupado.

Depois do feriado prolongado a dor parou, então comecei a levantar o que poderia ter causado a mesma.

Na semana retrasada, estava com um mouse problemático no trabalho e solicitei a compra de um novo, me enviaram um mini-mouse muito bonito, cheio de “adicionais”, com luz interna para que eu pudesse usar no escuro e tudo.

Eu já estava quase condenando-o, mas precisaria ter certeza.

Arrumei um mouse vagabundo, mas com o tamanho normal e consegui trabalhar sem problemas, coloquei novamente o mouse novo e, em menos de 3 horas de uso, as dores voltaram.

Fica a dica, mais vale um mouse vagabundo que fique bem na sua mão do que um mouse cheio de funcionalidades que vai lhe aposentar mais cedo.

Quando forem comprar um mouse, não peça aos outros, verifique se o tamanho do mesmo condiz com o tamanho da sua mão, principalmente se você passa inúmeras horas por dia com ele.

emHardware

Confirmado: Dell oferecerá máquinas com Ubuntu

Por em 1 de maio de 2007

A Dell confirmou, em seu blog Direct2Dell, que irá disponibilizar o Ubuntu 7.04 em linhas selecionadas de desktops e notebooks, como resposta a uma demanda surgida no IdeaStorm, o Digg da Dell.

Demanda aliás é o segredo. Em 1999/2000 a Dell testou vender desktops e notebooks com Linux, no caso o Red Hat, mas a baixíssima demanda fez com que o projeto fosse cancelado, relegando o Red Hat aos servidores, classe que a Dell sempre ofereceu Linux como opção.

Portanto se você quer promover o Linux, na próxima vez que algum conhecido pensar em pegar uma máquina, mexa seu traseiro gordo e sugira um Dell com Ubuntu, ou compre um em seu próximo upgrade. Do contrário vai acontecer o mesmo que da última vez: Um monte de gente dizendo “que legal, a Dell vende máquinas com Linux, pena que eu sou 1337 e não compro micro montado, isso é pra otários que pagam caro”.

Fonte: ZDNet

emIndústria Linux

Revelação digital online

Por em 1 de maio de 2007

Muitos dos que não gostam de tecnologias reclamam que com as câmeras digitais ninguém mais vê as fotos. Antigamente era obrigado a mandar revelar o filme, hoje coloca-se tudo em uma pasta do computador e as fotos ficam por lá esquecidas.

Os serviços de revelação digital estão cada vez mais fáceis de serem usados. É possível mandar as suas fotos online e receber na sua casa.

Recebi a propaganda da Saraiva e achei interessante cobrarem 45 centavos por uma foto 10X15. Da última vez que fui imprimir minhas fotos paguei 0,99 aqui no shopping e me entregaram só no outro dia. Fui em busca da concorrência e vi que os preços pela internet não variam muito:

Saraiva

10×15 (a partir de 100 cópias) – R$ 0,45

10×15 (até 99 cópias) – R$ 0,59

Submarino

10×15 (a partir de 100 cópias) – R$ 0,49

10×15 (até 99 cópias) – R$ 0,59

Flogui

10X15 – R$ 0,49

Fotolab

10X15 – R$ 0,59

Gigacolor

10X15 – R$ 0,59

E-fotos

10X15 – R$ 0.89

Vários desses sites listados oferecem serviços dos mais variados: edição de fotos, escolha de papel, borda, gravação em CD, camisetas, pôster, foto-livro, etc. O que pode inviabilizar uma revelação digital é o preço do frete até a sua casa. No site Flogui cobrariam mais de 10 reais para me entregarem as fotos, ou seja, não valeria a pena.

Como vocês costumam revelar suas fotos? Algum outro serviço interessante que não foi listado? Algum site com frete grátis :)?

emÁudio Vídeo Fotografia Internet

Jogo gratuito para GBA

Por em 1 de maio de 2007

A desenvolvedora DHG Games fundada em 2003 vinha trabalhando a muito tempo em seu primeiro jogo que seria lançado para Game Boy Advance. O Game se chamava Motocross Challenge e parecia uma evolução do clássico Excite Bike o que por si só já chamava a atenção do título.

Após várias tentativas, a empresa conseguiu uma distribuidora que colocaria o game nas prateleiras e após a conclusão do game, a DHG recebeu a notícia de que o jogo não seria mais distribuído devido as baixas vendas do GBA.

Frustrada, a desenvolvedora decidiu que todo seu trabalho não deveria ser disperdiçado e decidiu liberar o jogo gratuitamente, basta você baixar a rom do jogo e rodá-lo através de um emulador para GBA. Você também poderá jogar o divertido Motocross Challenge no seu portátil caso possua um Flash Card.

emGames

iGoogle: não é da Apple

Por em 1 de maio de 2007


Hoje a página personalizada do Google mudou de nome. Ao invés de Google IG,
agora se chama iGoogle. O
iGoogle possui vários recursos como a adição de gadgets para acesso ao seu
e-mail, Gtalk, RSS, etc… A estratégia do Google não é se tornar um portal e
sim manter sua página de buscas simples e quem quiser pode criar seu iGoogle
que seria um portal personalizado.

Os Gadgets também podem ser personalizados com álbum de fotos, vídeos do
YouTube, Daily Me, uma espécie de
Twitter,
entre outros. Além disso agora é possível compartilhar gadgets com conhecidos
como em uma rede social.

Aparentemente o Google está fazendo um realinhamento de suas marcas.
Recentemente o Froogle, aquele serviço de comparação de preços, mudou de nome
para Google Product Search. Já o Google IG mudou de algo que não fazia muito
sentido para algo que mais interessante e fácil de lembrar.

De qualquer forma acabo não usando esse iGoogle pelo simples fato de que é necessário se logar para ter acesso à minha página personalizada. Não que eu não fique logado no Google, provavelmente fico o tempo todo que estou na web, mas uma página personalizada que depende de login não me atrai.

emGoogle

Microsoft demonstra Silverlight na Mix 07

Por em 1 de maio de 2007

Menos de uma vez por ano me deparo com uma tecnologia que consegue melhorar em muito o quanto se pode tirar de hardware e software existente. A Microsoft demonstrou hoje uma tecnologia de streaming de vídeo muito, mas muito superior a tudo que já vi (incluindo o Joost).

O Silverlight foi demonstrado em conjunto com a Netflix, locadora de DVDs por correio, que está se adaptando à nova tecnologia, permitindo aos usuários assistir filmes diretamente via Internet. No CyberNetNews há um vídeo da demonstração. O que me impressionou:

  • Qualidade de vídeo, próxima a alta definição, em tela cheia
  • Pouquissimo tempo para inicio do filme, precisando de pouco tempo para criar um “buffer”
  • Interface limpa e intuitiva
  • Disponibilidade para Windows e Mac
  • Possibilidade de assistir a um mesmo vídeo com outras pessoas, e conversar via chat
  • Navegação dentro do vídeo, tal qual capítulos de DVD

Enfim, vale a pena baixar o plugin e testar a tecnologia. Estou esperando a Netflix disponibilizar isto para seus assinantes. Estou na fila.

emÁudio Vídeo Fotografia Indústria Internet