Digital Drops Blog de Brinquedo

Visionários do Silício

Por em 26 de março de 2011

No dia 17/3 fui convidado pela AMD para representar o Meio Bit em um evento para blogueiros em São Paulo. Não podia deixar essa oportunidade passar já que não é de hoje que sou fã da empresa. Durante o evento foi apresentada a nova estratégia chamada de VISION. A linha de produtos da AMD será classificada a partir de quatro vertentes, VISION, VISION PREMIUM, VISION ULTIMATE e VISION BLACK. Cada uma delas oferece ao consumidor uma forma simples de escolher o seu equipamento baseado na funcionalidade esperada pelo usuário.

Mas o VISION é mais do que isso, a estratégia é composta pela trajetória da AMD, que com a aquisição em 2007 da ATI, líder do mercado de placas gráficas, possibilitou a empresa a lançar no inicio de 2011 sua linha de produtos que com o nome sugestivo de FUSION une a tecnologia de processamento de dados com a de processamento gráfico.

Em um único módulo as unidades de processamento de dados e de processamento gráfico foram integradas e batizada com o nome de unidade de processamento avançado (APU). uma inovação extraordinária que traz vários benefícios, entre eles uma velocidade maior de processamento de dados e menor consumo de energia.

Com base na tecnologia da APU, a AMD se reposiciona no mercado, e com a classificação VISION, a empresa quebra o paradigma das métricas que a indústria de processadores usa há décadas, o que não é de se espantar, já que a empresa sempre inovou e foi a primeira a nos oferecer processadores de 64 bits e processadores múltiplos em um único módulo.

Agora o consumidor pode realizar a compra baseado na funcionalidade que deseja do equipamento, ao invés de especificações que muitas vezes ele não entende.

Tabela do que cada vertente oferece:


VISION

VISION PREMIUM

VISION ULTIMATE


VISION BLACK

Internet Reprodução Video HD Edição de Video (SD) Edição de Vídeo HD
Escritório Edição de Música Jogos 3D Jogos 3D ultima geração
Música Edição de Fotos + Vision Premium e Vision + Vision Ultimate, Vision Premium e o Vision
Fotos Várias tarefas simultâneas
Vídeo + Vision
Algumas Tarefas Simultaneas
emAnúncios Destaque Hardware

LinuxCon: Admirável Linux Novo

Por em 1 de setembro de 2010

Ontem fui convidado para participar da LinuxCon 2010 e  conhecer um ícone no mundo da tecnologia, e é claro que eu  não podia deixar passar essa oportunidade. O dia começou em ritmo de missão impossível graças ao trânsito de São Paulo, e o trajeto de 45 minutos levou 2h15min, mas felizmente acabei chegando, e isso é que importa.

Jim Zemlin, diretor executivo da Linux Foundation, falou sobre a sua visão sobre o Linux, para onde o sistema está indo e o que está acontecendo com o mundo do desktop, citando alguns mercados, nichos e exemplos para ilustrar que o Linux é e será cada vez mais usado nos mais diversos aparelhos eletrônicos.

Ele deu quatro razões que mostram como a estratégia de usar Open Source traz uma enorme vantagem a companhias como a Google, Facebook e Amazon sobre as outras que usam software proprietário. Zemlin fez tanto sentido que pretendo escrever outro post com todos os detalhes sobre o que foi falado.

Depois quem subiu ao palco foi Dirk Hohndel, Chief Linux & Open Source Technologist da Intel Corporation, que falou bem rápido para ceder mais tempo aos demais participantes. O seu tema foi o projeto MeeGo, uma plataforma completamente open souce para rodar em netbooks, handsets, tablets, TVs… Enfim, onde você quiser instalar. O Meego é a fusão de dois outros projetos, o Moblin e o Maemo.

No meu entender o Meego tem muito futuro, pois é um projeto Open Source que dá uma opção universal para diversos aparelhos diferentes e ainda de quebra permite que você tenha de forma unificada um mercado para distribuição de software como o iTunes ou OVI, entre outros.

continue lendo

emAndroid e Linux Meio Bit

Conficker é ameaça real e presente

Por em 30 de maio de 2009

Embora todos esperassem que no dia 1 de abril se manifestasse o agora famoso malware conficker, isto não ocorreu. Pior, não se sabe ao certo o que o Conficker faz, então na verdade ele pode estar realizando a sua função desde o princípio.

Isso me preocupa mais do que se ele manifestasse de uma forma clara como apagando arquivos ou qualquer outro comportamento visível, já que é sofisticado e não sabemos qual sua verdadeira função, podendo ser muito mais perigoso do que se imagina.

Visualize daqui pra frente que isto se torne uma tendência no software malicioso, tornando mais difícil o trabalho de detecção e remoção dos malware e aumentando o risco para o usuário do correto funcionamento de sua máquina, além de por em risco a sua privacidade e suas informações sigilosas, como dados pessoais e transações financeiras.

Em retrospectiva, o funcionamento do software malicioso era bem claro, uma vez instalado na sua máquina e independente de seu propósito ou função, o software malicioso permanecia estável e imutável. Uma das sofisticações do Conficker é a forma com que ele pode se atualizar, podendo assim implementar novas funções ou mudar completamente o seu comportamento tornando as técnicas de detecção ineficientes.

Em um nível de sofisticação jamais visto, o Conficker se atualiza usando mecanismos de certificados de criptografia digital para autenticação e transmissão, o que o torna virtualmente impossível de detectar já que a criptografia esconde o conteúdo tornando quase impossível uma detecção em tempo real.

O software malicioso pode infectar o seu computador através de vulnerabilidades do sistema operacional e não precisa de interação com o usuário em grande parte, então aqueles procedimentos de não abrir anexos de desconhecidos ou navegar em páginas duvidosas não são efetivos contra este tipo de ameaça.

A Microsoft e as empresas de Antivírus estão trabalhando em conjunto para encontrar uma solução para este novo tipo de ameaça, é importante o usuário entender qual o seu papel e usar das ferramentas a sua disposição para prevenir possíveis falhas e entradas dos softwares maliciosos nos seus sistemas.

Por isso a importância de manter-se atualizado para se proteger das vulnerabilidades conhecidas e já que muitos serviços necessários para o funcionamento de redes não se tornem uma forma de entrada e acrescentar um roteador que disponibiliza um firewall (NAT) aumentando a sua segurança.

Saiba mais sobre o Conficker.

emSegurança

Arquivos na nuvem: revisões, sincronização e cópias de segurança

Por em 29 de maio de 2009

Nos dias atuais, uma grande parte dos documentos é criada em computador. Com isso algumas situações, tal com computadores em diferentes localidades ou até mesmo diferentes sistemas operacionais podem acrescentar a dificuldade de manter os documentos atualizados.

Não apenas isso, quantas vezes você procura um documento e tem certeza que ele contém alguma informação que já foi apagada ou revisada com nova informação?

Também há a preocupação com a ameaça de softwares maliciosos causarem dano a estes documentos e eu sempre procurei alguma ferramenta que atendesse a todas essas necessidades com baixo custo ou até mesmo gratuitamente.

Encontrei tudo isso no site getdropbox.com e quero compartilhar com vocês. Você tem duas opções, o dropbox basic com 2 Gigas de espaço (gratuito) e o dropbox pro com 50 Gigas de espaço (U$ 9.99/ Mês ou U$ 99 ao ano).

A funcionalidade é igual para os dois tipos de serviço mudando apenas a quantidade de espaço disponível para armazenamento. Você instala um plugin para a sua plataforma, seja ela Windows, Linux ou Mac. Também pode utilizar em várias máquinas e plataformas ao mesmo tempo.

Uma vez instalado o plugin será criada uma pasta onde qualquer arquivo que seja gravado nela é atualizado para o site. Ela funciona normalmente como qualquer outra pasta, sendo que contêm as funcionalidades que o dropbox proporciona. Entre elas indicativos gráficos se aquele arquivo já foi sincronizado com o serviço da dropbox.

Com por exemplo as revisões/versões de um arquivo. Na pastas em seu computador sempre fica a revisão mais atual do arquivo e se você precisar você tem acesso a todas as revisões existentes através do site da DropBox que pode ser acessado clicando com o botão da direita no arquivo e escolher revisões do menu de contexto.

Da página que oferece as revisões você pode baixar diretamente qualquer revisão e analisar o conteúdo dentro do próprio aplicativo, e se no caso desejar pode restaurar a versão o que atualizará a sua versão local para a opção desejada.

Com essa funcionalidade, o DropBox dá um backup disponível através da internet e que você pode usar de qualquer computador sem que precise instalar o plugin, já que a página da internet permite baixar o arquivo.

Além de Sincronizar, por exemplo, documentos do computador do seu trabalho e sua casa e até mesmo compartilhar com outros arquivos e pastas através de convites via e-mail com link que dá acesso seguro dos arquivos via registro gratuito do convite.

Na sua conta, você tem a visualização de quantos convites foram aceitos e se desejar cancelar o compartilhamento você tem a opção que as pessoas que você convidou fiquem com uma cópia do arquivo.

Realmente eu não entendo porque os sistemas operacionais não oferecem essas funcionalidades por padrão, mas já que existem serviços como esse que disponibiliza de forma simples, pratica e gratuita é uma mão na roda para o usuário.

Confira você mesmo no link http://getdropbox.com

emInternet Segurança Software