Pop
Pop
Digital Drops Blog de Brinquedo

25 anos sem Stevie Ray Vaughan

Por em 27 de agosto de 2015 - Nenhum Comentário

stevie_ray_vaughan

Assim que sai de minha adolescência rebelde, comecei a prestar atenção em outros estilos musicais que estavam fora do Heavy Metal. Foi nessa fase que conheci o Queen, Eric Clapton, o Genesis e, consequentemente, o Blues como estilo musical amplo e rico. Dentro da quantidade enorme de artistas que passei a conhecer, estava um que já havia morrido, mas que possuía uma pegada matadora. Estou falando de Stevie Ray Vaughan.

Nascido em Dallas em 3 de outubro de 1954 ele veio a se tornar um dos mais importantes nomes do Texas Blues, um estilo caracterizado pelo swing e pela fusão de blues com rock. Com sua banda Double Trouble ele apareceu em diversos programas de televisão, gravou especiais para a MTV e lançou apenas 5 discos de estúdio (não estou levando em conta os discos póstumos com sobras de estúdio). Mesmo com poucos discos, foi indicado a 12 Grammys, sendo que levou 6 para casa. Todos são unanimes em apontar o garoto como um virtuoso da guitarra. Era um daqueles talentos que conseguiam cantar tanto com a guitarra quanto com as cordas vocais.

Hoje, se você me pedir uma indicação para começar a ouvir Stevie Ray Vaughan, nada melhor do que o disco de estreia com o Double Trouble, Texas Flood, lançado em 1983. O álbum explodiu nas paradas americanas e foi bem aceito tanto por quem curte blues quanto pela galera do rock.

É nele que temos o megaclássico Pride and Joy.
continue lendo

emÁudio Destaques Música

Como as capas de revista mudaram nos últimos 100 anos?

Por em 26 de agosto de 2015 - Nenhum Comentário

capas_time

A geração atual pode não saber, mas existe uma coisa que se vende em bancas (que aqui no interior estão desaparecendo também) que se chamam revistas. Elas são de papel e trazem textos e imagens sobre determinados assuntos. Mesmo que a internet venha trabalhando para que as versões em papel das revistas desapareçam, elas continuam resistindo e, acima de tudo, se adaptando constantemente.

Foi o que mostraram o designer Jerry Gabra e a especialista em vídeos virais (sim, isso existeKaren X. Cheng. A dupla simplesmente foi atrás das capas das principais revistas americanas e compilaram as mudanças de design, estética e conceitos nos últimos 100 anos. Segundo eles, as capas de revista precisam competir umas com as outras pela atenção do leitor, já que ficam expostas no mesmo local. Mudanças na mentalidade de quem desenha as capas é muito importante para se adaptar ao público. 
continue lendo

emDestaques Fotografia Notícias

Fotógrafo perde direito sobre foto — mais um capítulo do Creative Commons

Por em 24 de agosto de 2015 - Nenhum Comentário

Você já parou para pensar sobre a quantidade de imagens que postamos todos os dias em redes sociais e sites de compartilhamento de fotos? Só o grupo do MeioBit no Flickr recebe mais de 2 mil fotos por mês. O Facebook deve receber bilhões de megapixels de imagens por mês, sem falar de outros serviços como o Instagram, 500px, etc. E, por outro lado, você já se preocupou em ler os termos de uso de imagens destes serviços?

Poucos se preocupam. Para a maior parte destes usuários não existe preocupação como essas imagens podem ser utilizadas. Aliás, muitos acham o máximo quando suas fotos são utilizadas por alguma empresa em uma propaganda. Mas não deveria ser assim. Fotos são fruto de trabalho intelectual e, como tal, são protegidas pela Lei de Direitos Autorais.

flickr_fireito de imagen

Não sei vocês, mas eu me sentiria incomodado vendo alguém ganhar dinheiro com algo que eu gastei meus neurônios para construir. Às vezes somos vítimas de nossa própria falta de conhecimento. Veja o caso do fotógrafo Art Dragulis. Em 2008 ele fez upload para o Flickr de uma foto retratando um local rústico em Maryland. Até aí tudo bem.

Porém, quatro anos depois, ele descobriu que essa foto fôra utilizada pela empresa Kappa Map Group como capa de seu atlas de Maryland. O fotógrafo não gostou nada disso e entrou na justiça contra a empresa alegando uso não-autorizado da imagem. A empresa respondeu ao fotógrafo dizendo que ele tinha aberto mão de seus direitos autorais por conta de sua escolha de licenciamento de imagem no Flickr.
continue lendo

emDestaques Fotografia Notícias Web 2.0

Luca Turilli’s Rhapsody — Prometheus, Symphonia Ignis Divinus

Por em 21 de agosto de 2015 - Nenhum Comentário

luca-turillis-rhapsody

Foi em 1997 que o tecladista Alex Staropoli e o guitarrista  Luca Turilli uniram seus egos gigantescos e fundaram uma banda de Metal Sinfônico chamada de Rhapsody (que um tempo depois teve que mudar o nome para Rhapsody of Fire por conta de tretas legais). A fórmula não era nova. Uma mistura gigantesca de heavy metal melódico, música clássica, refrões em latim, corais épicos e um vocalista com voz de mel. A formula musical poderia não ser nova, mas era a primeira vez que uma banda lançava um disco inteiramente com essa estrutura. O disco de estreia, The Legendary Tales, foi muito bem recebido e trazia um som épico que dava vontade de pegar sua espada no guarda roupa, montar em seu cavalo e procurar um dragão para chamar de seu.

continue lendo

emÁudio Destaque Música Resenhas

Dia Mundial da Fotografia

Por em 19 de agosto de 2015 - Nenhum Comentário

daguerreótipo_dia_da_fotografia

Hoje é o Dia Mundial da Fotografia. Sei que existem outras datas comemorando essa nobre arte, mas a de hoje tem importância histórica e é a única que acabamos lembrando por aqui. Foi em 1839 que Louis Daguerre apresentou para a Academia Francesa de Ciências o seu Daguerreótipo. Essa foi a primeira câmera fotográfica do mundo utilizando o conceito de câmara escura e o avanço da química, além das descobertas de  Joseph Niépce. Em 19 de agosto de 1839 o governo francês anunciou que havia comprado os direitos da invenção de Daguerre (em troca de uma pensão vitalícia) e que os direitos do equipamento agora pertenciam a toda a humanidade. A fotografia nasce como uma tecnologia open source.
continue lendo

emDestaque Destaques Fotografia Fotografia

Speed of Light — novo clipe do Iron Maiden

Por em 14 de agosto de 2015 - Nenhum Comentário

The_Book_of_Souls

Se você gosta de Heavy Metal e está perto dos 40 anos então deve ter o Iron Maiden como uma de suas principais influências. A banda explodiu para o mundo no começo dos anos 80 e ainda hoje é bem vista pela sua gigantesca legião de fãs. Tudo bem, tivemos altos e baixos, discos esquisitos nos últimos anos, mas a banda sempre se manteve bem aos olhos dos fãs (radicais). O Brasil é um caso a parte nessa história. A extrema popularidade do grupo no Brasil é uma coisa anormal se comparado com o resto do mundo. Por conta disso a banda vem ao país constantemente. É certeza de shows lotados em muita energia.

Embora algumas declarações dos integrantes da banda em 2010 (época do lançamento do bacana The Final Frontier) dessem a entender que eles não lançariam mais discos de estúdio, temos agora, saindo do forno em setembro. o novo disco do grupo. The Book of Souls vai ser o 16º álbum da banda e, segundo alguns críticos privilegiados que já ouviram o disco, vai ser um estouro de qualidade. Mas, como não acredito em críticos de música, ainda mais se falando do Iron Maiden, prefiro aguardar o lançamento (que já fiz a pré-compra) para poder emitir minha opinião.

Enquanto isso, hoje (14/08) foi lançado o primeiro videoclipe oficial do novo disco. Speed of Light é uma música muito legal e com todos os elementos que fizeram a fama da banda. Batida cativante, refrão grudento, baixo cadenciado e um soberbo duelo de guitarras (obrigado por voltar, Adrian Smith). O vídeo é todo feito em animação e traz diversas referências a capas dos discos antigos e colocando o mascote Eddie em um ambiente de vídeo games antigos e mais recentes. Vale a pena dar uma conferida.
continue lendo

emÁudio Destaque Destaques Música

Águias e Drones não são amigos

Por em 14 de agosto de 2015 - Nenhum Comentário

aguia_drone

Faz tempo que não falamos de drones por aqui e essa notícia é bem bacana para uma sexta-feira. Embora eu não veja tantas discussões sobre o assunto nos fóruns brasileiros de fotografia, no mundo civilizado a filmagem aérea com drones é uma febre. Todo mundo quer ter o novo brinquedo e os novos modelos que foram lançados no mercado dão grande prioridade à filmagem. Aqui no Brasil alguns fotógrafos profissionais estão se aventurando na área, mas tudo é feito, geralmente, na força de vontade, sem treinamento. Por isso que são tão comuns vídeos de acidentes com os equipamentos.

Porém, agora podemos adicionar uma nova causa para acidentes com drones fora a imperícia dos controladores: a Mãe Natureza.

O vídeo abaixo foi feito pelo fotógrafo aéreo Adam Lancaster que estava pilotando seu drone na semana passada em Victoria, Australia, quando uma grande águia não gostou muito do intruso e resolveu atacar. Segundo o fotógrafo, tanto a águia quanto o drone estão bem (mas esse último precisou de reparos), mas fica a dica dada por ele: não voe com drones perto de aves de rapina, pois elas podem considerar o equipamento uma ameaça ou simplesmente o jantar.
continue lendo

emFotografia Notícias Robótica