Mobile
Mobile
Digital Drops Blog de Brinquedo

Lutadores de sumô usando iPad. Motivo: dedos gordos

Por em 1 de setembro de 2010

A idéia veio da Associação de Sumô no Japão. 60 iPads estão sendo distribuídos para os lutadores de 51 estábulos (é esse o nome dos ginásios).

O esporte está enfrentando uma crise de credibilidade, com denúncias de corrupção, entre outros problemas. Como agravante os estábulos sofrem com um grave problema de comunicação, os lutadores não falam entre si e quando fazem é por telefone ou fax. A justificativa é que dado seu tamanho avantajado e dada a dimensão minúscula dos celulares japoneses. Dos celulares, olha a maldade!

O iPad, dadas suas dimensões avantajadas, permite que os lutadores enviassem emails sem que suas patas elefantinas apertem oito teclas ao mesmo tempo, com a vantagem de gerar um histórico de mensagens — fica mais fácil pegar no flagra se o sujeito estiver fazendo alguma besteira, como encomenda Sibultramina.

O conceito em si me assusta, afinal não sou exatamente mignon, eu tenho ossos grandes e mesmo assim nunca tive problemas para digitar em qualquer telefone, mesmo no iPhone, teclado que jurei jamais me acostumar (eu menti). Para o sujeito ter problemas, tem que ser muito, muito grande.

Fonte: The Globe and Mail.

emApple e Mac Celular Meio Bit Mobile Mundo Estranho

[App do Dia] Stellarium

Por em 31 de agosto de 2010

Todas as vezes que se começa um discurso repleto de FUDs anti-Open Source, é sempre recomendado duas precauções: ter uma cópia do GIMP rodando para compará-la ao Photoshop, e rezar para que ninguém conheça ou cite o Stellarium, sob risco de toda sua argumentação terrorista ir por terra.

É um dos programas mais bem cuidados e agnósticos do mercado, rodando nas principais plataformas desktop e no Linux, atende perfeitamente o dia-a-dia de astrônomos amadores e observadores ocasionais. Fora um ou outro bug eventual, substitui muito bem opções mais caras, como o Distant Suns.

Agora seu maior defeito foi corrigido: o Stellarium foi lançado para o iPhone. E “digrátis”.

continue lendo

emCelular Ciência Meio Bit Mobile Resenha Software

App do Dia: Pra quem Não é livre e ainda por cima mão de vaca

Por em 27 de agosto de 2010

Pra ser mais feio só num iPad 19"

Fato: Steve Jobs gosta de dinheiro. Tanto que prefere perder o dinheiro imediato que ganharia liberando o acesso à loja do Itunes para o resto do mundo, pois sabe que perderia esse dinheiro e mais gastando com os processos que toda emissora gravadora e quitanda local dos maiores buracos do planeta moveriam contra a Apple.

Por isso é complicaaaaaado ter uma conta paga no iTunes dos EUA. Não aceitam cartão internacional brasileiro, mesmo o PayPal, detectam o cartão associado e se não for da Terra dos Livres, lar dos Bravos, nada feito. O jeito é apelar para gift cards, e sempre rola ágio.

Assim restam duas possibilidades: Viver com a iTunes Store brasileira, onde você não pode nem entrar sem cartão, ou ficar na americana, sem cartão usando apenas o material gratuito. SPOILER ALERT: Dá pra ser muito feliz assim!

Dá para pesquisar as Apps gratuitas usando o site da Apple, mas no iPhone fica muito ruim.

SEUS PROBLEMAS ACABARAM! Com a aplicação Free Apps Tracker é possível acompanhar as aplicações pagas que se tornaram gratuitas, com quedas de preço de vários dólares em alguns casos!

O database vem direto do AppTrakr, é atualizado direto. As Aplicações são separadas por categorias, mas estranhamente todas as subs vem como principais, só há um nível nesse Inception com orçamento de filme do Jabor. continue lendo

emApple e Mac Resenha Software

Final dos Tempos: Hollywood ataca pirataria de forma inteligente

Por em 27 de agosto de 2010

Normalmente os estúdios tentam eliminar a cópia ilegal de seus filmes e séries processando velhinhas, achacando adolescentes ou ameaçando expor usuários de sites gays. Não é a forma mais eficiente.

Há dois tipos de piratas: Os que compartilham por ego e os que compartilham por dinheiro. Para a indústria o segundo tipo é o danoso, mas o primeiro tipo é quem consegue e distribui as cópias primeiro. O camelô da Rua da Carioca NÃO tem acesso a cinemas no exterior para filmar escondido um lançamento, nem sai correndo para produzir uma legenda.

Então devem atacar o pirata que inicia o processo? Não. É ruim, a maioria dos sites de torrent é gerido por fãs, gente que ganha pouco ou nenhum dinheiro com aquilo. Eles saem como coitados sendo oprimidos pela monstruosa máquina de Hollywood. O que não deixa de ser verdade.

Da mesma forma que no SPAM, Hollywood tem que parar de se focar no intermediário e atacar quem ganha dinheiro com o negócio. Fecham salas no centro do Rio cheias de PCs copiando filmes piratas? BELEZA! Estão indo atrás de gente lucrando com pirataria. No caso do SPAM, precisam parar de ir atrás dos spammers e ir atrás dos anunciantes. Quanto esses fabricantes se Viagras Naturais tomarem carcadas de milhões de dólares e tiverem restrições de exportação (ou até alvará suspenso) na China, a coisa se moraliza.

Por isso estou satisfeito com a notícia de que a Warner Brothers e a Disney estão processando a Triton Media, acusando-a de promover pirataria ao anunciar em nove sites reconhecidamente “do mal”.

Eu acredito nas boas (embora distorcidas) intenções dos donos das maiorias dos sites, mas não tenho simpatia nenhuma por esses parasitas que se especializam em anunciar em sites de torrents, sites XXX e enfiam goela abaixo dos incautos popups, popunders, “você é o YYYYo usuário, ganhou um iPhone” e outras porcarias, ao mesmo tempo que tentam todos os truques sujos para contaminar seu computador com lixoware.

Se Hollywood aceitar viver com o ocasional site de torrents, enquanto vai atrás com toda sua fúria de gente que lucra com conteúdo alheio, eu dou a maior força. Com isso teremos menos, porém melhores anunciantes e menos, porém melhores sites de torrents, pois não haverá dinheiro fácil para mantê-los.

emInternet

SATADIMM – boa idéia antes mesmo de começar

Por em 27 de agosto de 2010

Os HDs SSDs, que nem são hard nem são disks são inevitáveis. Arthur Clarke em uma de suas Leis determina que “Uma máquina não pode ter qualquer parte móvel”. É verdade. Desgaste mecânico torna os discos atuais bombas-relógio.

Inicialmente os preços eram absurdos, mas é sempre assim com novas tecnologias. Hoje os SSD são apenas muito caros e em breve virarão norma. No Brasil já é possível comprar um HD SSD de 64GB por R$530,00. É caro mas pode representar um ganho razoável de autonomia em um notebook. Além do silêncio.

Agora a Viking deu uma esnobada no tamanho dos SSDs, reduzindo o tamanho dos discos (eu sei que não são discos) E fugiu do formfactor de HD. Enfiou seus SSDs em um pente (se o Laguna não tiver um treco com esse texto não tem nunca mais) DDR3.

O SSD puxa sua alimentação do slot de memória, mas se comunica com o PC via uma porta SATA convencional. A idéia é aproveitar slots ociosos da sua placa-mãe, que se não for uma pc-shit terá mais de dois.

A Viking está pensando mais no mercado de servidores, inclusive um futuro barramento onde a interface SATA seja reconhecida e acessada direto, sem necessidade do cabo. Em termos de espaço a idéia é excelente, o volume dos slots DIMM já existe, está lá sem fazer nada. Trocar um HD, mesmo que 2,5″ por um pente de memória (sorry, Max) é uma excelente pedida.

Micreiros normais como nós ainda não estão prontos para o SSD no Desktop, o custo não compensa, mas ao mesmo tempo a tecnologia está avançando tão rápido que o próprio formato dos HDs perderá o sentido, quando esse custo chegar a um valor razoável.

Imagino uma placa PCI Express com uns 5 ou 10 slots desses, permitindo que você espete a quantidade de SSDs que quiser (ok, de 5 a 10) e tenha toda a capacidade de armazenamento que precise, afinal será impossível ocupar tanto espaço e… hummm Full HD 3D Pr0n? 78GB por episódio? OK, baixando…

A Viking disponibiliza o SATADIM em módulos de 50, 100 e 200GB. Não temos informação de preço.

Fonte: Gizmag

emHardware

Não Percam: Dia 27 Marte estará do Tamanho da Lua!

Por em 26 de agosto de 2010

Mars is amazing!

As Interwebs estão repletas de emails anunciando, e é verdade! É um fenômeno astronômico impressionante. Marte estará a 314 milhões de Km da Terra. O céu estará repleto de estrelas, totalmente sem nuvens. Um pouco acima de Vênus contra a escuridão da noite você verá o Planeta Vermelho, com diâmetro angular entre 29.3 e 34.1 minutos, aproximadamente o mesmo tamanho da maior Lua Cheia que já viu.

As principais características geográficas (ou martográficas) serão facilmente discerníveis. Aproximadamente no Equador, acompanhando a linha imaginária temos o Vale Marineris. 4 mil quilômetros de comprimento, até 200Km de largura em alguns pontos e chegando a 7Km de profundidade. Partes dele ainda estão em pleno dia então já é noite fechada em outras, as diferenças de temperatura criam um clima próprio como algo nunca visto na Terra.

Um pouco acima à esquerda, o Monte Olympus, o maior vulcão do sistema solar, 3 vezes mais alto que o Everest, sua base tem 550Km de largura. É algo que transforma qualquer Vesúvio em anão.

Isso tudo você verá amanhã, sem telescópio, a olho nu. Será lindo!

Claro, só será possível se você estiver em uma nave espacial, orbitando Marte a uns 700 mil Km de distância.

Sério, esse hoax começou em 2003, quando a Mecânica Celeste trouxe Marte e Terra a sua maior proximidade em 60 mil anos: 56 milhões de Km. Vejamos, hoje Marte está a 314 milhões. Quer dizer que Marte esteve 5.607142857142857 vezes mais próximo. OK, mas em uma escala de milhões de Km, NÃO IMPORTA. Marte tem 3.396Km de raio, 3.396Km em 56 milhões é tão titica de cocô quanto em 314 milhões. continue lendo

emCiência Meio Bit

Et Tu, Motorola?

Por em 25 de agosto de 2010

A Motorola explicou como será feita a atualização dos celulares Android vendidos no Brasil. Digamos assim, a parte que fará contato com os clientes não será a Moto…

Existe um truque secreto para fazer sucesso no Mercado. Pouca gente conhece: Chama-se Pós-Venda. Significa que você não pode rir pelas costas do seu cliente quando ele ainda está na loja, significa que ele não pode ouvir o atendente o chamar de otário na ligação pro Call Centre, e significa que mesmo que o problema não seja resolvido, ele tem que sair se sentindo bem-atendido.

Parece óbvio, mas não é. Eu sei de TODAS as justificativas possíveis para a atendente da Vivo se recusar a passar minha ligação para a área de Internet pq eles “só mexem com smartphones” e eu tinha um Nokia N97, portanto deveria ligar para o fabricante. Não me interessa. É atendimento ruim, despreparado.

Só que pode ser pior, muito pior. Imagine que você todo feliz compra seu celular Android, pq é Livre, não um macfag capacho do Steve Jobs ou um drone corporativo lambedor de Blackberry ou… quem é que compra Windows Mobile mesmo?

Você vai pegar um segundo aparelho no Pré-Pago, fica entre um Motorola Dext por R$1763,00, um Backflip por R$1704,00 ou ousa um pouco mais e pega um Milestone por R$1822,00. Isso hoje, HOJE, preços de HOJE.

Beleza, aparelhos modernos, de linha, com suporte, certo?

ERRADO. O Dext sai com o cretáceo Android 1.5, os outros, também já estão atrasados. A Motorola por sua vez deixou claro com todas as letras que NÃO atualizará os aparelhos para o Brasil. continue lendo

emCelular Mercado