Ciência
Ciência
Digital Drops Blog de Brinquedo

Russos apresentam WALL-E do Mal

Por em 15 de julho de 2014

RIAN_02419729_top

Embora o primeiro robô a rodar na superfície de outro mundo tenha sido russo, nossos amigos vermelhos não são conhecidos por sua alta tecnologia. Tradicionalmente são excelentes em soluções pé-de-boi como a Soyuz, e na dúvida eles colocam mais motores, mais hélices, mais foguetes. Nada demonstra mais o espírito russo do que a grosseria que tentaram na Segunda Guerra, ao instalar 88 submetralhadoras Thompson na barriga de um avião.
continue lendo

emDestaques Hardware Robótica

Da série: excelente idéia que nunca funcionaria aqui

Por em 15 de julho de 2014

10eizw3

Na maioria do mundo civilizado as pessoas andam de carro, mas em algumas cidades europeias avessas à tecnologia a bicicleta acaba sendo uma das únicas opções. Aí entram os programas de aluguel subsidiado, uma idéia que pegou no mundo inteiro, inclusive no Brasil. Agora a cidade a experimentar o projeto é Copenhague, com o adicional de colocarem até tablets nas bicicletas, disponíveis pelo equivalente a US$ 4,50 a hora.
continue lendo

emDestaques Hardware Produtividade

Pentágono convoca exército-zumbi

Por em 15 de julho de 2014

zombiearmy

Uma das regras mais claras é que não se deve mexer com os mortos, principalmente na forma de exércitos. Claro, há exceções. Se você pega uma Elfa ajeitada, é filho de Arathorn, herdeiro do trono de Gondor, anda com Anduril na cintura e peita O Grande Rei dos Homens Mortos de Dunharrow, tudo bem, mas ninguém no Pentágono preenche esses requisitos.

Daí a bobajada deliciosa que aconteceu recentemente. Tudo começou quando o SSS, a agência americana responsável pelo alistamento militar mandou suas cartas de rotina.

Embora não exista serviço militar obrigatório nos EUA, você deve se registrar, para caso ocorra uma guerra das grandes o Governo saiba pra onde mandar a carta de convocação. No caso os registros vieram do DETRAN da Pennsylvania, que passou 400 mil registros de cidadãos para o SSS. Até aí tudo bem, mas o estagiário que fez o SELECT puxou o campo ano de nascimento com dois dígitos. 
continue lendo

emMiscelâneas Mundo Estranho Software

Jaguar está desenvolvendo para-brisas virtual

Por em 15 de julho de 2014

2010 Jaguar XKR

A Jaguar é aquela fabricante de carros feios, lentos e bobos, fundada em 1922 na Inglaterra. Eles tem uma certa tradição, por assim dizer, e conhecem um tiquinho do negócio de carros, ao menos os que todo mundo queria mas ninguém pode ter.

Como toda empresa que precisa competir pelo dinheiro dos consumidores, a Jaguar investe muito em pesquisa e desenvolvimento. Agora estão testando um conceito bem interessante: um para-brisas virtual, com uma tela de LCD transparente, muito mais moderna que aquele sistema de projeção que alguns carros oferecem. E também é muito mais que um HUD. Não será um sistema passivo (ui!) de exibição de dados básicos, mas uma tela configurável e controlada via outra tecnologia da Jaguar: reconhecimento de gestos.
continue lendo

emAcessórios Destaques Hardware Indústria

South Park agora é exclusivo do Hulu — you bastards!

Por em 14 de julho de 2014

southpark

South Park, caso você tenha vivido os últimos 17 anos debaixo de uma pedra, é o genial desenho animado criado por Matt Stone e Trey Park, famoso por discutir temas polêmicos sem cair no discurso maniqueísta liberal NEM no anarquismo inconsequente. Episódios que poderiam render intermináveis processos e acusações, como os da Cientologia e dos Mórmons se safaram por apresentarem os temas de forma inteiramente factual. HAIL XENU.

A série consegue levar o espectador pela mão durante um episódio inteiro, só pra no final empurrá-lo de um penhasco, punição adequada por se acomodar. Na sensacional trilogia parodiando Guerra dos Tronos, associando com a briga Xbox One / PS4 depois de um enorme discurso anti-consumista onde o espectador se sente quase envergonhado de torcer por um console ou outro somos brindados DESCARADAMENTE com um comercial pro Stick of Truth, (excelente) RPG de South Park.
continue lendo

emÁudio Vídeo Fotografia Entretenimento

Elder Scrolls Online oferece o máximo em customização (eu sei)

Por em 12 de julho de 2014

elderscrolls

Convenhamos: nada mais chato que passar horas customizando um personagem e no final isso não alterar em nada seu comportamento e habilidades no jogo. Spore sofria disso. A gente modificava tudo e os bichos davam no mesmo. No fundo tudo não passava de um editor de skins, como nos Battlefields da vida, onde as supostas habilidades dos personagens afetam pouco ou nada e um tiro de um Barret .50 equivale a uma daquelas balas de brinquedo das P90.

Não mais! Nossos problemas acabaram! Elder Scrolls Online vem aí com um sistema de customização completo de personagens. Não só poderemos escolher raça, tamanho, sexo, gênero, como tipo sanguíneo, órgãos internos e metabolismo.

O editor de personagens super-completo do ESO permite que a gente trabalhe no nível celular ou mesmo molecular, editando o DNA e projetando as proteínas que formam as células do personagem.

Quer visão noturna? Programe uma mutação escolhendo quais genes alterar, fazendo com que células fotorreceptoras mais sensíveis se formem na retina. E dá pra fazer Copy/Paste do genoma felino.

Em vez de poções de recuperação, você pode estudar salamandras e outros animais que regeneram órgãos, e criar um híbrido com a espécie de seu personagem.

O editor garante horas (ok, meses) de diversão antes mesmo de o jogo começar. Veja a matéria:
continue lendo

emÁudio Vídeo Fotografia Computadores Destaques Vídeos

Feliz Aniversário, Tio Walkman!

Por em 11 de julho de 2014

walkmanouquase

Eu sei que vai soar inacreditável, mas houve uma época em que a gente não andava com milhares de músicas no bolso, podendo acessar outros milhões via Nokia Microsoft Mix Radio, Rdio, Spotify, iTunes e trocentos outros serviços. Era uma época de trevas, onde nossas músicas se restringiam aos LPs que tínhamos e, eventualmente às canções gravadas do rádio. Em alguns casos gravávamos fita K7 mas os gravadores não eram populares, eram grandes e pesados como os ghettoblasters, ou modelos com áudio mono, qualidade geral sofrível e que só serviam pra gente brincar de podcast 30 anos antes de inventarem o nome.

Eis que um dia em 1978 um japa chamado Masaru Ibuka, vice-chairman da Sony se cansou de não ter o que fazer em viagens internacionais. Queria ouvir música com som bom sem ter que carregar um gravador enorme. Soltou o problema na mão dos engenheiros da empresa, que eram inteligentes mesmo pros padrões japoneses. O resultado foi o nosso… Walkman. 
continue lendo

emArtigo Áudio Vídeo Fotografia Destaques Hardware