Mobile
Mobile
Digital Drops Blog de Brinquedo

Graças ao iPhone 6, Steve Wozniak dá adeus ao Android

Por em 21 de setembro de 2014
Laguna_FePaesLeme_Twitter_ad_FAIL

Há bons motivos para usar Android, um deles é o suporte à TV digital (Crédito: Notícias Bizarras)

A guerra entre fãs de Android, fãs da Apple e os gatos pingados que gostam do Windows Phone ou BlackBerry é algo totalmente sem sentido. Quem realmente gosta de tecnologia se dá ao trabalho de pelo menos experimentar cada sistema antes de jogar os pontos fortes e fracos no ventilador de uma discussão quase sempre desnecessária.

Mesmo assim, muita gente é curiosa para saber qual sistema seu ídolo e/ou celebridade favorita utiliza em seu dia a dia. Já tivemos muitos casos onde alguma artista, como a bela Fernanda Paes Leme, era paga para usar um aparelho de determinado sistema mas costumava usar outro.

Lembrando que não há nada de errado em utilizar dois ou mais aparelhos ao mesmo tempo: no caso, ela utilizava o Xperia Z2 para assistir TV digital (algo que usa a tela toda) enquanto tuitava no seu iPhone pessoal. Se a Sony precisa investir muito em publicidade, a atriz agradece e todo mundo sai no lucro.

Uma das celebridades no mundo da tecnologia é Steve Wozniak, co-fundador da Apple que dispensa tal tipo de apresentação. Ele é um apaixonado por tecnologia, sempre utilizou diversos aparelhos ao mesmo tempo e, apesar de esperar em fila para comprar um iPhone novo no 1º dia, tinha como paixão os smartphones Android. Não mais, o amor acabou.
continue lendo

emApple e Mac Destaques Mundo Estranho Opinião Web 2.0

Por que usuário de Android se incomoda tanto com a Apple?

Por em 10 de setembro de 2014

MacMotoX

Sim, essa foi uma pergunta real que li em um dos grupos de tecnologia dos quais faço parte. E acho válida. É uma discussão saudável.

Mas, na verdade, sua pergunta parte de uma generalização. Seria o mesmo que perguntar:

Por que usuário da Apple se incomoda tanto com o Android?

Só que nem todo usuário da Apple se incomoda com o Android. Como nem todo usuário Android se incomoda com a Apple.
continue lendo

emApple e Mac Celular Destaques Google Mercado Opinião

Boato infundado e idiota do dia: a Apple vai matar o conector de headphone

Por em 12 de junho de 2014

EU SEI.

Quando as primeiras empresas de iluminação começaram a vender lâmpadas cada uma tinha um bocal diferente. Isso de hoje em dia, com tudo intercambiável simplesmente não existia. Dispositivos elétricos como rádios vinham com baterias proprietárias, e até hoje fabricantes de impressoras fazem de tudo para prender o consumidor aos insumos da empresa.

Algumas vezes um formato é tão bem-sucedido que todo mundo acaba tendo que se render, vide os plugs RCA, ainda presentes em qualquer equipamento eletrônico de áudio e vídeo. Não é fácil se livrar de um legado desses.

Veja por exemplo a Placa-Mãe MAXIMUS VI EXTREME da Asus. É um avião, uma monstruosidade. Vem com painel externo de Overclock, SPDIF, HDMI, Display Port e uns botões que nem sei para quê servem.
continue lendo

emAcessórios Apple e Mac Áudio Vídeo Fotografia Opinião

Windows Phone 8.1 → agora com gerenciador de arquivos

Por em 5 de junho de 2014

xtreee

Quando o Windows começou a se estabelecer como interface gráfica muita gente continuou (e isso é válido até mais ou menos semana passada) com um ícone apontando para um programinha DOS nesse programa aí em cima.

O xTree, nas mãos de um usuário habilidoso, permitia que você gerenciasse arquivos com mais facilidade do que qualquer Explorer do Windows 3.0 ou Finder do OSX Yosemite ou anterior.

Com o tempo, claro, ele caiu em desuso. Nossa necessidade de gerenciar arquivos individualmente foi diminuindo, e nos smartphones praticamente nunca existiu. Mesmo assim uma minoria barulhenta EXIGE gerenciamento de arquivos no Windows Phone, no iOS e no Android. 
continue lendo

emCelular Microsoft Opinião Software

A razão que ainda me faz rejeitar o Surface

Por em 28 de maio de 2014
Laguna_Suface_Pro_1

Primeiro Surface Pro, com a finíssima Type Cover sem resposta tátil (Crédito: The Verge)

Quando o primeiro Surface Pro foi anunciado, o tio Laguna até então desejava um tablet ou outro PC tão pequeno quanto o Eee PC 701, netbook que ele tinha à época. Antes daquele momento, eu estava mais inclinado a comprar um iPad mini que no máximo era apenas boato lançado de facto pela Apple no final daquele ano. Mesmo suspeitando que seria bem caro, desejei bastante aquela máquina da Microsoft.

Pois bem, uns meses depois veio a pancada no bolso: a Microsoft anunciou em 899 dólares a versão do Surface Pro com SSD de 64 GB. E só vinha com a caneta, pois o teclado Type Cover (em duas versões de plástico, uma finíssima sem resposta tátil e outra mais normal) tinha que ser comprado à parte por até US$ 130. Desencanei.

Veja bem: eu precisava mais do Surface-notebook que do Surface-tablet. Nem reclamei pelos apenas 64 GB no SSD (ou os 4 GB de RAM), mas a Microsoft empurrar um teclado de plástico adicional por mais US$ 130, mais ou menos o preço que paguei no Eee PC 701, era algo um tanto surreal para mim. Quem a Microsoft pensa que é, a Apple?
continue lendo

emHardware Mercado Microsoft Opinião

Nexus 4 hands-off (ou a crônica de um smartphone levado ao limite)

Por em 24 de abril de 2014
2014-04-24 14.33.16

Você já viu dias melhores, não é Nexus 4?

O que sobra de um smartphone depois de ser usado e abusado durante um ano? Entre situações corriqueiras como quedas, arranhões e pancadas (e outras nem tanto: banho de cerveja e atropelamento) em que estado o Nexus 4 ficou depois de servir fielmente como o celular principal de um sujeito lambão, desastrado e sem um pingo de respeito pelo eletrônico mais querido por nove entre dez geeks?

Ano passado o  já tinha feito um hands-on deliciosamente detalhado sobre a experiência dele ao substituir o iPhone por um Nexus 4. Basicamente o uso diário deste smartphone é o que ele relatou por lá, mas algumas coisas mudaram na minha vítima no meu exemplar durante o percurso.
continue lendo

emArtigo Celular Hardware Opinião

Considerações sobre a selfie da Ellen, Samsung, iPhone, Oscar e o Twitter

Por em 3 de março de 2014

BhxWutnCEAAtEQ6_670

Existem algumas disputas no mundo atual que já duram alguns anos. Conflitos no Oriente Médio, Estados Unidos contra a Al Qaeda no Iraque, ataques religiosos na Nigéria, Russia e Ucrânia, Coreia do Norte contra a Coreia do Sul e fãs da Apple contra fãs de Android.

Assim como muitas destas investidas citadas acima, a guerra entre a maçã e o robô já dura alguns anos. Eu venho escrevendo sobre isso há pelo menos meia década.

Ontem aconteceu o Oscar e, como o Laguna já disse aqui, a Ellen DeGeneres levou o prêmio de melhor selfie e ainda bateu o recorde de bilheteria no Twitter.

Isso porque a apresentadora aprontou várias confusões na cerimônia, tirando uma selfie individual, inicialmente, mas depois juntando esse povo todo da foto acima para uma foto coletiva, feita com um Galaxy Note 3 e um logo gigante da Samsung explodindo na tela de milhares (1 bilhão?) de expectadores.

continue lendo

emDestaques Entretenimento Opinião Planeta Sem Fio Web 2.0