Mobile
Mobile
Digital Drops Blog de Brinquedo

O mais novo hub de conteúdo original é o… Snapchat?!?

Por em 26 de janeiro de 2015

snapchat

O Snapchat, embora tenha sido avaliado em US$ 10 bilhões após rodadas de investimentos ainda não mostrou a que veio em termos de rentabilidade. Sim, sabemos que muitos jovens preferem utilizá-lo às redes sociais por causa da efemeridade de seu conteúdo (e nem falo de pr0n), mas ainda falta uma forma de realmente converter o uso do app em grana.

Uma solução seria permitir envio de dinheiro aos contatos e ganhar uma porcentagem em cima. Mas é preciso mais, e a rede dá início a um plano no mínimo audacioso: transformar o app em uma central de conteúdo original.

continue lendo

emÁudio Vídeo Fotografia Computação móvel Entretenimento Internet Mercado Planeta Sem Fio Software Web 2.0

OLX oficializa fusão com Bom Negócio, este deixará de existir em breve

Por em 23 de janeiro de 2015

Em novembro, dois dos mais ferrenhos rivais no ramo de classificados online, o sul-africano Naspers e o norueguês Schibsted, uniram forças em alguns mercados emergentes. No Brasil, eles correspondem ao OLX e ao Bom Negócio.

Dona da argentina OnLine eXchange desde 2010, a Naspers é a maior empresa da África do Sul, tendo valor de mercado de mais de US$ 50 bilhões, enquanto a norueguesa Schibsted, que arrecada dois terços de sua receita online, vale US$ 7 bilhões. Não, a Naspers não está comprando a Schibsted. O Bom Negócio é de propriedade da SNT, uma joint venture entre a Shibsted e a Telenor ASA, outra companhia norueguesa embora esta seja de telecom.

No meio de dezembro, as autoridades de regulação na União Europeia aprovaram o acordo entre a Naspers e a Shibsted, que afetará o ramo de classificados online não só no Brasil como em Bangladesh, Tailândia e Indonésia. Ontem (22/01), a OLX tornou oficial a fusão com o Bom Negócio.
continue lendo

emInternet Mercado Propaganda & Marketing Publicidade Web 2.0

CEO diz que empresas deveriam ser forçadas a levar apps para o BlackBerry

Por em 22 de janeiro de 2015

blackberry-going-down

Sinceramente estava sentindo falta das maluquices vindas da BlackBerry. A última da ex-RIM foi solta pelo seu CEO John S. Chen, que estava bem comportado nos últimos tempos e verdade seja dita, é o responsável por ter colocado a empresa no rumo atual.

Claro, isso não evita que algumas coisas estranhas sejam ditas, como dizer que empresas deveriam ser obrigadas judicialmente a levar seus apps para sua plataforma, em nome da neutralidade da rede.

continue lendo

emApple e Mac Computação móvel Internet Mercado Planeta Sem Fio Software

Galaxy S6 não usará Snapdragon 810 por problemas de superaquecimento

Por em 22 de janeiro de 2015

snapdragon-qualcomm

Tudo indica que a parceria entre a Samsung e a Qualcomm não dará frutos nesta geração da linha Galaxy S. De acordo com informes da Bloomberg, a empresa sul-coreana abriu mão de inserir o Snapdragon 810 no Galaxy S6 e, em vez disso, seu futuro top de linha terá versões equipadas apenas com chips da própria empresa. Motivo? Superaquecimento.

continue lendo

emComputação móvel Hardware Mercado Planeta Sem Fio

Um celular em forma de coração? Sim, Japão

Por em 22 de janeiro de 2015
Laguna_Japans_Smartphone_Market

Transporte público na civilização é outra coisa: você pode usar o celular sem ser assaltado (Crédito: GMO Cloud)

No Extremo Oriente o mercado de dispositivos móveis é bastante peculiar: o povo lá só abre o olho metendo a mão no bolso por algo que lhes chame muito a atenção. Não à toa formatos que saiam da mesmice do “telefone sabonete” aparentemente fazem sucesso por lá. Enquanto no ocidente temos a popularização dos smartphones, nas terras onde o Sol nasce os feature phones ainda resistem.

Mesmo no Japão, onde o iPhone é líder de vendas, há espaço para este tipo de coisa aqui:
continue lendo

emCelular Mercado Mundo Estranho

Câmeras mais utilizadas no Flickr — Apple ultrapassa Nikon e chega ao 2º lugar

Por em 21 de janeiro de 2015

iphone_no_flickr

Tem gente que odeia o Flickr, e tem gente que ama. Eu me encontro no meio termo, pois é o único site de compartilhamento de fotos que tenho paciência de atualizar. Minha conta já vai para 10 anos de existência (as primeiras fotos que postei foram feitas com filme 35 mm escaneados) e não cheguei a 800 fotos compartilhadas. Tem gente que compartilha isso em em apenas 1 mês. O site pode ter umas mancadas e alguns lances nebulosos na política de direitos autorais, mas temos que respeitar um lugar que sobrevive apenas de fotógrafos. Embora existam alguns turistas por lá, a grande maioria dos fotógrafos de fim de semana nem conhece o serviço. Tenho bons amigos por lá e acesso o Flickr todo dia para ver a produção fotográfica da galera.

Resumindo, essa é a minha relação com o serviço, mas o Flickr também mantém um blog que nos mostra algumas informações interessantes sobre fotografia e também sobre o que está acontecendo dentro das comunidades. Uma informação que acho interessante, e possível se acessada a qualquer hora, é o ranking de câmeras utilizadas no Flickr. É possível saber quais os modelos mais utilizados, o posicionamento dos fabricantes e até dividir as estatísticas por categorias. Desde que os smartphones passaram a utilizar no arquivo o EXIF em suas fotos foi possível que esses aparelhos começassem a aparecer nessas listas.

Já faz algum tempo que o iPhone (e também a linha Galaxy da Samsung) vem se destacando nesse ranking. Nos últimos dois anos o iPhone se tornou a câmera mais utilizada dentro do Flickr. Porém, os dois primeiros postos de fabricantes ainda estavam com Canon e Nikon. Isso ocorre pelo fato de que os gigantes japoneses da fotografia possuem centenas de modelos pulverizados pelas estatísticas e, quando somados, garantem essa liderança. Porém, na última atualização dessas estatísticas algo mudou.
continue lendo

emÁudio Vídeo Fotografia Equipamentos Mercado

Samsung pode abrir mão de bateria removível no Galaxy S6

Por em 20 de janeiro de 2015

galaxy-s5

A Samsung está de fato traumatizada com o que aconteceu em 2014. Ela foi atropelada por suas rivais dentro da plataforma Android por ter perdido o mojo da inovação, e virou motivo de piada na época de lançamento do Galaxy Band-Aid, o S5.

Isso fez com que a companhia colocasse seus engenheiros, desenvolvedores e designers para pensar em um novo caminho para o seu próximo top de linha, o S6. E segundo algumas informações vindas da Coreia do Sul ele será diferente de tudo até então — para o bem e para o mal.

continue lendo

emComputação móvel Hardware Mercado Planeta Sem Fio