Games
Games
Digital Drops Blog de Brinquedo

Game Boy completa 25 anos hoje e nada mudou: a Nintendo continua líder nos consoles portáteis

Por em 21 de abril de 2014
Laguna_Game_Boy_Tetris

Tetris não foi o 1º jogo no Japão, mas vendeu muito Game Boy (crédito: Engadget)

Dia 28 de abril, próximo domingo, comemoramos os 34 anos da linha Game & Watch mas até 2004, com a chegada do DS, nenhum outro console portátil da Nintendo conseguiu superar o sucesso que foi a linha Game Boy. Há exatos 25 anos, em 21 de abril de 1989, começaria o reinado da Nintendo no setor de consoles portáteis dedicados a jogos: era lançado o Game Boy original no Japão.

Mesmo hoje, com a disseminação de jogos em smartphones e tablets, a japonesa ainda não enfrentou outro forte concorrente no ramo, que hoje está mais para nicho: o Nintendo 3DS, bisneto do Game Boy, lidera as vendas com bastante folga sobre seu concorrente. Se é que podemos chamar o excelente PlayStation Vita de concorrente. Até o PlayStation Portable, pai do PSVita, cujo hardware era uma aberração beneficiada pela pirataria, não vendeu o suficiente para bater o neto do Game Boy (Nintendo DS).

A japonesa conquistou todo um mercado, todo um nicho e permanece líder há 25 anos, mas o começo do reinado Nintendo não foi nada fácil: em 1989, a franquia Game & Watch estava morrendo. Por que comprar um sistema todo para jogar somente um jogo?

O saudoso Gunpei Yokoi, então chefe da divisão de pesquisa e desenvolvimento de hardware Nintendo, começou a pensar num sistema portátil cujos jogos eram vendidos em pequenos cartuchos removíveis.
continue lendo

emArtigo Destaques Jogos Museu Nintendo

Quase metade do lucro dos jogos mobile vem de apenas 0,22% dos jogadores

Por em 10 de abril de 2014

mobile

Com algumas empresas e pequenos desenvolvedores faturando verdadeiras fortunas com o desenvolvimento de jogos para dispositivos móveis, muitas pessoas tem olhado para esse mercado e visto ali uma excelente oportunidade de negócios. Porém, um estudo mostrou que ter sucesso neste ramo pode ser muito mais difícil do que aparenta.

Realizado por uma empresa chamada Swrve, a pesquisa coletou os dados de 30 jogos durante 90 dias e rastreou o comportamento de mais de 10 milhões de jogadores. No fim, eles descobriram que apenas 2,2% dessas pessoas gastaram algum dinheiro com os games e pior, 46% de todo o valor arrecadado veio de apenas 0,22% dos jogadores.

continue lendo

emCelulares Destaque Games Indústria Jogos

Google quer ver gamers do iOS e Android jogando juntos

Por em 17 de março de 2014

android-to-ios-contacts

E não é só isso: a Microsoft também quer trabalhar com games nestas plataformas móveis. Já explico.

Sim, os serviços de jogos do Google Play, um conjunto de bibliotecas e softwares que formam a arquitetura utilizada por vários games do Android, estão sendo expandidos significantemente, tendo como alvo o iOS.

Tudo indica que um anúncio será feito pelo Google durante a Game Developers Conference ainda nesta semana, em São Francisco, explicando como eles pretendem trazer recursos que permitam jogos multiplayer de turno ou em tempo real, para o sistema móvel da Apple.

Os desenvolvedores poderão optar pela integração do serviço em seus jogos, de forma que eles permitam que jogadores de gadgets com Android e iOS se digladiem virtualmente divirtam juntos.

continue lendo

emDestaques Google Jogos Microsoft

Anatel vazou joystick da Amazon e Valve mostra novo Steam Controller: só falta o gamepad do XBO no PC

Por em 16 de março de 2014
Laguna_Amazon_Controller

Joystick do novo console Android da Amazon (Crédito: Anatel via Engadget)

Em julho de 2012, o Brasil descobria o PlayStation 3 super slim. A culpada? Anatel.

Para algum aparelho eletrônico poder ser vendido no Brasil, ele tem que passar pela Anatel primeiro. Graças à burocracia tradicional de nosso país, as empresas têm que enviar os aparelhos para análise com meses de antecedência. Durante o processo, podem ocorrer vazamentos e não foi diferente com o joystick da Amazon.

A Amazon provavelmente estaria desenvolvendo um console Android (o tio Laguna espera que a Amazon reaproveite o joystick para jogos nos seus tablets Kindle Fire) e a disposição dos botões do gamepad que a Anatel vazou lembra bastante a vista nos recentes consoles XBox, inclusive herdando o compartimento de pilhas na parte dorsal.
continue lendo

emAcessórios Acessórios Jogos Linux Microsoft Periféricos

Ei Apple, se é pra ignorar História assim, mudem o nome para History Channel

Por em 14 de março de 2014

chupahitler-nossacomosouousado

A participação russa na 2ª Guerra Mundial infelizmente foi bastante diminuída. Com o fim da Guerra Fria esse capítulo nos livros de História foi ampliado, mas Hollywood ainda está nos devendo um Band of Brodsky. Mesmo assim já é de conhecimento geral que as tropas de Stalin foram fundamentais em várias frentes. A junção da mão-de-obra russa e o poderio industrial americano, que mandou milhões de toneladas de equipamento para a União Soviética, muitas vezes em comboios suicidas, derrotou Hitler.

Na corrida final as tropas russas tomaram Berlim, gerando imagens icônicas como a bandeira soviética hasteada no Reichstag, e pesadelos que persistem até hoje, principalmente nas mulheres alemãs que encontravam no meio do caminho. Os russos eram punk, por assim dizer. Digamos assim: até hoje os dois povos não se bicam.

Agora tudo mudou. A Europa vive uma era de paz e prosperidade (eu não leio notícias, percebe?) e todos somos amiguinhos. Por isso a Apple não pensou duas vezes antes de rejeitar na App Store o Tank Battle: East Front 1942, continuação de Tank Battle: East Front 1941. O jogo é um wargame bem cotado pelos usuários, mas a continuação não foi aprovada por cometer um pecado terrível em um jogo de estratégia militar baseado em fatos históricos: se basearam em fatos históricos.

A explicação da rejeição:
continue lendo

emApple e Mac Celulares Jogos

Novo Angry Birds será um RPG por turnos

Por em 13 de março de 2014

angry-birds-epic

No último final de semana a Rovio divulgou um vídeo que mostrava um dos seus passarinhos raivosos dentro de uma armadura medieval, fazendo com que todos pensassem, “lá vem os finlandeses novamente com mais um Angry Bird com uma nova roupagem”. Porém, estávamos enganados.

Conhecido como Angry Birds Epic, dessa vez o estúdio sairá do seu lugar comum, deixando os arremessos de pássaros de lado e se arriscando com um RPG por turnos, um estilo muito diferente do original e que convenhamos, nunca brilhou por ter um bom enredo.

Para corrigir esse problema, a Rovio disse que o novo game terá uma campanha principal onde a história será o foco, assim como um sistema que nos permitirá criar armas, poções e armaduras. Como o jogo será distribuído gratuitamente, será aí que a empresa tentará faturar alguns trocados, permitindo que as pessoas adquiram recursos enquanto jogam ou como era de se esperar, usando dinheiro real.

Apesar do Angry Birds Epic ainda não ter sido terminado, a expectativa é de que ele chegue na App Store nos próximos dias, apenas nas lojas do Canadá e Austrália, mas versões para Android e Windows Phone 8 também estão nos planos. No entanto, seus criadores avisam que ele ainda deverá passar por mudanças até o lançamento mundial, sendo melhorado em todos os aspectos.

continue lendo

emCelulares Jogos

Um bicho de pelúcia que serve como controle para o Flappy Bird

Por em 12 de março de 2014

flappy-toy

Nas últimas semanas vimos uma enxurrada de desenvolvedores tentado lucrar com o sucesso repentino do Flappy Bird, algo que nem chega a ser muito surpreendente, dada a facilidade em se criar clones do jogo e o fato dele ter sido retirado do ar, decisão que seu criador já cogita rever, mas agora os caras de um estúdio chamado ZowPow surgem com uma ideia um pouco mais ousada: vender um bichinho de pelúcia que servirá para aproveitarmos, quer dizer, para você aproveitar o maldito joguinho.

Criativamente batizado como Flappy Toy, basicamente estamos falando de um controle com sensor de movimentos disfarçado como o passarinho que conquistou tantas pessoas e para jogar, a única coisa que a pessoa precisa fazer é sacudir o brinquedo para desviar dos canos espalhados pelo cenário.

Embora a pelúcia seja idêntica ao personagem da criação de Dong Nguyen, os idealizadores do controle afirmam que o seu jogo será diferente da fonte de inspiração, o que na verdade deve significar apenas gráficos um pouco modificado e eles garantem que disponibilizarão um kit de desenvolvimento que permitirá que o acessório seja utilizado com outros títulos semelhantes.

continue lendo

emCelulares Destaque Games Jogos