Mobile
Mobile
Digital Drops Blog de Brinquedo

Marco Civil da Internet: conversamos com Flávia Lefèvre Guimarães, ex-integrante do conselho consultivo da ANATEL

Por em 26 de março de 2014

marco_civil_aprovado

Conversamos com sobre o Marco Civil da Internet com Flávia Lefèvre Guimarães, ex-coordenadora jurídica do IDEC e ex-membro do conselho consultivo da ANATEL de 2006 a 2009. Flávia também é integrante da diretoria de infra-estrutura de Telecom da FIESP, Mestre em processo civil pela PUC-SP e participa do Conselho Consultivo da PROTESTE, onde está desde a sua fundação em 2001. Em sua página em uma rede social, Flávia cita Pierre Lévy: “O Brasil está na vanguarda. O Marco Civil da Internet é muito bom e o melhor é que ele foi feito de forma colaborativa”.

MB: Em primeiro lugar, por qual motivo a aprovação do Marco Civil da Internet era tão importante? O que estava realmente em jogo?

Flávia: O PL 2126/2010 pretende estabelecer princípios para a convivência dos mais diversos interesses na internet. E estabelecer esses princípios e regras é fundamental. Primeiro porque a internet é um ambiente com um enorme potencial econômico, o que significa que grandes grupos tendem a se apoderar deste espaço e se não tivermos regras, o caráter público e a finalidade social das redes pode ser solapado de modo que a internet se transforme num negócio simplesmente.

Ocorre que a internet é um espaço público onde devem ser preservados os direitos fundamentais das pessoas, tais como o direito de se comunicar, de se informar, de se educar e buscar cultura e de exercer manifestações políticas. Além disso, tem papel preponderante para os estados, na medida em que os Poderes Públicos atuam em grande medida na internet como, por exemplo, na emissão de documentos, na atividade tributária, no sistema financeiro, nos sistemas previdenciários, no sistema eleitoral, entre outros.

Sem regras de convivência na internet estamos sujeitos aos interesses privados daqueles com mais força para fazer prevalecer suas posições, deixando os cidadãos em situação de extrema vulnerabilidade.

Costumo dar como exemplo a Floresta Amazônica, que é um patrimônio difuso. O que restaria da floresta se não tivéssemos o Código Florestal?

O MCI é que vai garantir que governos e empresas não se apropriem de um espaço público comprometendo a democracia e a inclusão digital. Estamos tratando de um direito fundamental reconhecido como tal pela ONU e que está na pauta de regulamentação tanto na Europa quanto nos EUA.

MB: Por que as empresas telefônicas estavam posicionadas contra a neutralidade da rede?
continue lendo

emDestaque Destaques Entrevista Especial Internet Web 2.0 Wireless e Redes

Nokia lança Lumias 1520 e 1320 e invade território do iPad Mini

Por em 18 de fevereiro de 2014

Os Lumias pelo visto vieram para ficar. Já são a segunda plataforma mais vendida no Brasil, o que não deixa de ser curioso, pois demonstra que o consumidor que rejeitou o Windows 8 não teve problemas com o Windows Phone, que com sua interface completamente diferente do “padrão”, sempre foi a grande incógina. Pelo visto ser bonito e elegante ajuda. Hora de comprar whey.

Depois do Lumia 1020 e sua câmera mágica, que na verdade troca as fotos de todos os homens pelo George Clooney e todas as mulheres pela Scarlett Johansson, foi a vez da Nokiasoft (too soon?) investir em um território novo: os telefones enormemente grandes demais da gota.
continue lendo

emCelular Celulares Destaque Destaques Especial Resenha Resenhas

[Review] — HP Slate 7

Por em 30 de setembro de 2013

hpslate01

A princípio eu não seria a melhor pessoa para resenhar o HP Slate 7 2800 que apareceu no QG da Meio Bit Corp, Inc, Ltda, afinal meu tablet de escolha é o iPad e meu celular, um Windows Phone. Minha experiência com Android não foi muito boa (cof cof Dext Cof), mas por outro lado, todos esses pés atrás poderiam me ajudar a fazer uma resenha bem mais objetiva.

Devo dizer que foi isso que aconteceu. Principalmente, ao me posicionar dentro do espectro de usuários, consegui entender a qual segmento o Slate 7 se destina, com quem ele não briga, e como não posso querer que um trator atraia supermodelos ou uma Ferrari puxe um arado. Vamos então ao bichinho:

continue lendo

emDestaque Destaques Especial Hardware Resenha Unboxing

Samsung lança Galaxy Note 3, relógio Galaxy Gear e novo Galaxy Note 10.1

Por em 4 de setembro de 2013

galaxy_gear_palco

A Samsung recebeu a imprensa para mais uma edição do seu evento Unpacked no Tempodrome em Berlim, se antecipando à abertura da IFA 2013. O grande destaque da noite foi o lançamento do Galaxy Note 3, mas a Samsung também apresentou o relógio Galaxy Gear e uma versão atualizada do tablet Galaxy Note 10.1.

Galaxy Note 3

O Galaxy Note 3 tem uma tela ainda maior do que a versão anterior, mas mantém o mesmo tamanho externo. A tela Super AMOLED de 5,7 polegadas tem resolução Full HD. O Note 3 tem conectividade 4G LTE, câmera traseira de 13 megapixels é capaz de gravar vídeos 4K UHD com 30 frames por segundo.

O Note 3 conta com um processador Snapdragon 800 quad-core 400 de 2,3 GHz na versão LTE e um processador 1,9 GHz octa-core na versão 3G. O novo integrante da família Galaxy pesa apenas 168 gramas, o que é uma bela redução em relação aos 181 gramas do modelo anterior. A bateria bateria de 3.200 mAh também tem um ótimo desempenho, e segundo as informações da Samsung, dura até 13 horas e 10 minutos assistindo a vídeos em 1080p, ou até quase 15 horas com qualidade 720p.

continue lendo

emDestaque Destaques Especial Hardware

SAP Innovation Experience – Inovação Realtime com direito a surpresa

Por em 9 de agosto de 2013
photo-08082013-0951

O Meio Bit está cobrindo o SAP Innovation Experience, talvez o evento anual mais importante da empresa. É uma excelente experiência para viver o mundo corporativo de gente grande, e perceber que o mundo não é só iPhone, Windows Phone e Aquele Que Não Deve Ser Nomeado.

A primeira atração do dia foi uma palestra do Clemente Nóbrega, colunista da Época Negócios, especialista em inovação. Sim, eu sei, você fez “afff” também. Mais um TED, mais um guru falando generalidades, misturando auto-ajuda e dicas de negócio de donos de padaria.

Nope.

continue lendo

emDestaques Especial Indústria

Visita à fábrica da Positivo: busca por qualidade e ouvido atento ao consumidor

Por em 18 de julho de 2013
Fábrica de placas

Fábrica de placas

Ontem fui à Curitiba, Paraná, como convidada da Positivo, para conhecer suas instalações, linhas de montagem e laboratório de testes. Foi uma visita muito proveitosa e interessante, e vou falar um pouco do que eu vi por aqui.

Não, esse não é um post publicitário. Eu não tenho o costume de destruir marcas ou empresas, porque sei que cada empresa procura fazer o melhor com o que tem (e isso não se traduz apenas em dinheiro, mas também em mercado disponível, orçamento do consumidor, entre outros), e obviamente não quer ficar perdendo pros outros de propósito.

A Positivo não é uma Samsung? Não, não é. Mas nem por isso deixa de se esforçar para ter qualidade, e também para atender demandas do mercado brasileiro que a coreana não consegue.
continue lendo

emArtigo Destaque Destaques Especial Geral Google Indústria

Samsung apresenta notebooks ATIV e tecnologia SideSync

Por em 5 de julho de 2013
Nick_ATIV1

Apresentação da Samsung em São Paulo, ontem (04/07). Foto: Nick Ellis.

A Samsung apresentou ontem em São Paulo sua linha de notebooks ATIV com bateria com duração de 6 a 10 horas e modelos até 58% mais finos e 50% mais leves que os notebooks da concorrência (segundo informações da empresa).

A mudança de nomenclatura deixou de lado a palavra termo “Série” pela sigla ATIV, que significa “arte, tecnologia, inspiração e versatilidade”.

Infelizmente os novos notebooks e ultrabooks ATIV ainda não contam com os novos processadores Haswell da Intel, o que poderia aumentar ainda mais o desempenho e a duração da bateria.

De todos os lançamentos, o ATIV Book 9 é o mais interessante, com sua tela Full HD de 13,3 polegadas e teclado com iluminação traseira. O aparelho liga em apenas 7 segundos e volta da hibernação em menos de 1 segundo. Seu case de liga de magnésio o torna resistente e muito leve, com peso de 1,13 kg e espessura de apenas 13,6 mm.

continue lendo

emAcessórios Destaque Destaques Especial Hardware