Mobile
Mobile
Digital Drops Blog de Brinquedo

Tucan — excelente leitor de e-books para Windows Phone — Sorry, Dilma.

Por em 29 de junho de 2014

tucan1

Depois de quebrar o segundo, mesmo usando capa de couro e tomando cuidado, percebi que não posso ser usuário de Kindle. Não adianta. É uma pena, a idéia de armazenar centenas de livros em um dispositivo minúsculo muito me atrai. Claro, dá pra ler no iPad mas não recomendo sair por aí com um pela rua. A alternativa é usar o celular. Não é novidade, faço isso desde o Nokia 6600, mas em que pé estarão os leitores de e-books no Lumia? No iPhone tem o iBooks, que não é cheio de recursos mas funciona.

Pois bem, depois de fuçar bastante achei o Tucan Reader, e esse danado só não faz cafuné por falta de mão robótica Bluetooth.
continue lendo

emCelular Computação móvel Destaques Microsoft Resenha Software

Review Moto E: o Android “baratinho” da Motorola

Por em 26 de maio de 2014

Moto E

A missão da Motorola com o Moto E é bastante ambiciosa: convencer quem ainda usa um celular “convencional” a trocar por um smartphone.

Pra conseguir tal feito, a Motorola promete um aparelho barato mas que não tenha sua experiência comprometida. Será que conseguiu?
continue lendo

emCelular Computação móvel Destaque Destaques Especial Resenha

Nokia, digo, Microsoft More — Lançamentos e Maturidade

Por em 19 de maio de 2014
more1

my precious! Lumia 930 – perfeito

Semana passada viajei a convite da Nokia Microsoft para participar do More, evento onde apresentam desenvolvedores, soluções e, o que nos interessa mesmo, brinquedinhos novos. Antes de falar das novidades em hardware — Lumia 930, 630 e 635, vamos a boas notícias na parte de software.

Primeiro, a América Latina será uma das primeiras regiões a receber o Windows Phone 8.1, que tem recursos estéticos como a 3ª coluna na tela inicial, uma abominação chamada tiles com fundo transparente que você não deve usar, uma central de notificações decente e funcional, um sensor de bateria que identifica quem está comendo seus preciosos elétrons, gerenciador nativo de podcasts, etc, etc, etc.
continue lendo

emCelular Destaque Destaque Destaques Especial Microsoft Resenha

Testamos o G Flex e eis aqui nossa opinião nada flexível

Por em 13 de maio de 2014

lg_gflex_1

Testei o LG G Flex por 15 dias, com sua gigantesca tela P-OLED de 6 polegadas e um formato curvo que se adapta ao rosto (e ao bolso) do usuário, além de uma traseira com uma camada auto-regenerativa para proteção contra arranhões. Uma das primeiras impressões é que o G Flex é um aparelho surpreendentemente leve para seu tamanho, pesando apenas 177 gramas. A câmera de 13 megapixels tira boas fotos com cores vivas, que ficam melhores ainda quando exibidas na tela P-OLED, que chama muito a atenção, mas nem sempre por um bom motivo.

Na tela P-OLED, o vidro usado nos OLEDs é trocado por plástico, o que permite que ela seja curva. A tela tem a proteção de uma fina camada de vidro Gorilla Glass da Corning, que também é flexível. A bateria usada no G Flex é curva, e a LG garante que esta é a primeira do seu tipo produzida no mundo. No papel, tudo isto soa muito bem, mas infelizmente, o smartphone também tem problemas decorrentes da tecnologia usada na tela.

O grande truque do design em curva do G Flex é a tela P-OLED, mas até por ser o primeiro aparelho a usar esta tecnologia, infelizmente é possível perceber uma certa textura quando o brilho não está praticamente no máximo, o que não é recomendável para quem quer poupar bateria. A tela que supostamente é o ponto forte do G Flex, poderia ter uma resolução maior do que os 1280 × 720 pixels. Sim, é uma resolução inferior à do LG G2 em uma tela muito maior, assim a densidade de pixels fica prejudicada, com apenas 245 pontos por polegada.
continue lendo

emComputação móvel Destaque Destaques Hardware Resenha

Duas semanas com o Nokia 1520

Por em 6 de maio de 2014
1520-1

Gin-tônica para escala (bananas estavam em falta)

Durante as últimas semanas tive a árdua tarefa de testar um Nokia Lumia 1520, usando como aparelho do dia-a-dia. Confesso que entrei com um preconceito claro contra aparelhos e tela grande. Será que 6 polegadas é grande demais? Dá para usar confortavelmente um aparelho desses? Há alguma vantagem?

Neste texto descrevei a experiência, tentando separar o que é gosto pessoal do que é informação factual, lembrando que o que serve para mim não serve para todo mundo. Cada caso é um caso, mas posso dar alguns spoilers:

1) aparelho é excelente e 2) Ned Stark morre.
continue lendo

emCelular Destaque Destaque Destaques Hardware Microsoft Resenha

Nokia lança Lumias 1520 e 1320 e invade território do iPad Mini

Por em 18 de fevereiro de 2014

Os Lumias pelo visto vieram para ficar. Já são a segunda plataforma mais vendida no Brasil, o que não deixa de ser curioso, pois demonstra que o consumidor que rejeitou o Windows 8 não teve problemas com o Windows Phone, que com sua interface completamente diferente do “padrão”, sempre foi a grande incógina. Pelo visto ser bonito e elegante ajuda. Hora de comprar whey.

Depois do Lumia 1020 e sua câmera mágica, que na verdade troca as fotos de todos os homens pelo George Clooney e todas as mulheres pela Scarlett Johansson, foi a vez da Nokiasoft (too soon?) investir em um território novo: os telefones enormemente grandes demais da gota.
continue lendo

emCelular Celulares Destaque Destaques Especial Resenha Resenhas

“Oi tecla, de onde gatas” — o Bate-papo do UOL lança apps mobile

Por em 7 de fevereiro de 2014

Vou contar um segredo, um mistério arcano digno dos Illuminati, que vai chocar muita gente aqui, mas é hora da verdade vir à tona, então, doa a quem doer…

internet

Yes, existe muita, muita sacanagem na internet e nem toda ela envolve jabá de blogueiras de moda. Dentre toda essa sacanagem uma das mais antigas é o chat do UOL, que trouxe para a web toda a depravação e safardanagem (no melhor dos sentidos) do IRC. Na época em que ele surgiu eu trabalhava em um provedor e descobri o software utilizado, era um servidor canadense chamado Magma. Compramos e por alguns meses nosso chat rivalizada em tecnologia com qualquer outro no Brasil. Só não posso revelar se dava ou não pra ler as DMs alheias.

Hoje o chat do UOL é um monstro, seguido de muito longe pelo Terra, que não chega aos pés do conjunto de 8.000 salas individuais do concorrente. Dessas, umas 7.980 são sacanagem, mas de novo, tudo bem.

Agora o UOL lançou um app para smartphones, que tenta replicar no mundo mobile o sucesso do desktop. Isso pode ter profundas repercussões, pois não será mais preciso marcar de casa os encontros, em teoria você (você, não eu!) poderá encontrar companhia no próprio local, não mais apelando para métodos arcaicos como contato humano, olhares e abordagens criativas, mas acessando seu celular.
continue lendo

emInternet Resenha Software Web 2.0