Mobile
Mobile
Digital Drops Blog de Brinquedo

Google Glass será vendido para todos nos Estados Unidos por um dia

Por em 11 de abril de 2014

google-glass-fashion

O Google vai dar pela primeira vez uma palhinha antes do lançamento oficial do Google Glass, já que ele por enquanto continua reservado a desenvolvedores que se inscreveram no programa Explorer. No dia 15 de abril a venda do acessório será liberada para qualquer um nos Estados Unidos e por apenas um dia, desde que desembolse a quantia de US$ 1.500,00.

O Google abriu uma página de inscrições, já que a empresa deixou patente que não haverá muitas unidades disponíveis; há também a possibilidade de haver uma pré-seleção de quem terá o direito de gastar seu rico dinheirinho com o Glass, mas isso é apenas uma suposição. Os interessados deverão ter 18 anos e residir nos Estados Unidos. E como o Google não aliviou no preço do óculos inteligente fica cada vez mais evidente que o produto final será vendido pelos mesmos mil e quinhentos dólares à população geral, embora ainda não haja a menor previsão de quando será a data definitiva de seu lançamento.

O Google já havia prometido que lançaria o Glass durante 2014, portanto esse movimento é visto como o último teste de mercado para avaliar o interesse do público, mesmo o com gadget permanecendo caro pra chuchu. O único ponto negativo é que por enquanto não há a menor previsão de quando ele será disponibilizado fora dos Estados Unidos.

Fonte: CoA.

emAcessórios Computação móvel Comunicação Digital Destaques Google Hardware Planeta Sem Fio Software

BATMAN da Força Aérea dos EUA testa Google Glass

Por em 10 de abril de 2014

Crédito da imagem: Rick Eldridge, 711 Human Performance Wing, Força Aérea dos EUA

Depois da polícia de NY, agora é a vez da Força Aérea dos Estados Unidos usar o Google Glass em testes para possível uso no campo de batalha. Os testes são do time de pesquisa responsável pelo projeto “BATMAN”, que fica localizado na Base Área Wright Patterson em Ohio. Usar o Glass no front não me parece uma boa idéia, mas ele também pode ter muitas outras utilidades na Força Aérea.

O acrônimo do nome BATMAN é falso, já que significa “Battlefield Air Targeting Man-Aided (K)nowledge”. O Segundo Tenente e cientista de comportamento da equipe Anthony Eastin justifica, dizendo que eles “pegaram emprestado o N”. Aí não vale!

continue lendo

emAcessórios Computação móvel Google Hardware

Capa de iPhone em formato de isópode. Sim, Japão, claro.

Por em 10 de abril de 2014

ku-xlarge

Os isópodos são uma espécie de tatuí gigante que vive em águas profundas. São caçadores e carniceiros.

Eles comem baleias mortas, e embora cientistas digam que não matam as baleias, não tenho certeza nem quero testar. Esses bichos com pernas demais são fruto de pesadelos, e o último lugar que eu queria um era perto do meu telefone.

Só que eu não sou japonês, e por algum motivo obscuro eles acham esse bicho fofinho. Tanto que agora lançaram uma… capa de iPhone no formato de isópodo gigante.

Assista abaixo, não faz o menor sentido.
continue lendo

emAcessórios Biologia Celular Mundo Estranho

Gear Solo: a Samsung vai mesmo lançar outro watchphone?

Por em 8 de abril de 2014

samsung-gear-2

Quando o Google apresentou o Android Wear e a Motorola tão logo exibiu o Moto 360, o primeiro smartwatch com o sistema, praticamente tudo que a Samsung tem exibido nos últimos meses da categoria virou quinquilharia do século passado. A ideia de permitir uma versão do Android especializada que se comunica não com o smartphone, mas com seu enorme banco de dados e seu serviços é algo muito mais à frente que qualquer coisa que a Sammy apresentou, já que ela insiste em amarrar seus dispositivos a seus próprios aparelhos.

Entretanto no mês passado começaram a circular rumores de que o próximo passo seria libertar o smartwatch, mas não na ideia de permitir que ele se conecte com qualquer smartphone. Fontes apontam que a Samsung pretende combater os concorrentes oferendo um relógio completamente independente, equipado com um chip SIM e capaz de realizar ligações por conta própria. Sim, um watchphone de fato.

continue lendo

emAcessórios Computação móvel Comunicação Digital Hardware Mercado Planeta Sem Fio

Wearables estão mais pra Abandonables

Por em 3 de abril de 2014

scoble

A indústria anda meio desesperada tentando criar a próxima moda. Primeiro foram as TVs 3D, que todo mundo basicamente odiou, quem comprou deixa os tais óculos na gaveta. As SmartTVs esbarraram no problema de ninguém querer brincar de Skype na sala, ou jogar Angry Birds com o controle remoto. Quando ensaiaram um começo de interesse, foram mortas e a tampa de seu caixão fechada com pregos de Adamantium, batidos pelo Mjolnir: o Chromecast.

A Internet Das Coisas ainda não disse a que veio. Não há indicação se o usuário convencional tem comportamento anal-retentivo a ponto de querer controlar cada lâmpada de casa com seu smartphone. Em teoria é legal essa integração toda mas se eu estiver super-atrasado não preciso do rádio do banheiro me lembrando de algo que o porta-retratos digital do corredor acabou de me avisar.
continue lendo

emAcessórios Destaques Hardware Mundo Estranho

Google fecha parceria para levar armações Ray-Ban e Oakley ao Google Glass

Por em 25 de março de 2014

google_glass_luxottica

O Google Glass ainda é uma novidade e está restrito a felizes sorteados pelo Google para testarem a novidade. É caro para caramba e, apesar de muitas aplicações já terem sido pensadas para ele, o seu futuro não é nada certo. Só que, pelo visto, o Google já pensou em maneiras de popularizar (entre rycos) os óculos modernos.

Ontem, a empresa anunciou uma parceria com o Grupo Luxottica. Não conhece? Eu também não, mas fiquei sabendo que o grupo tem, em seu portfólio, pequenas marcas como Ray-Ban, Oakley, Vogue-Eyewear, entre outras. O objetivo é mais do que claro: oferecer os mais variados tipos de armações para os mais variados tipos de usuários que podem pagar a bagatela de US$ 1.500, mais o valor da armação. A empresa não estima quando os novos óculos poderão ser comprados pelos usuários, mas já definiu a parceria como “o início de um novo capítulo no design do Glass”.

Se o Google vai conseguir “popularizar” o Glass, não sei. Acredito que o produto tenha um potencial, principalmente para a área de segurança. Mas, enquanto estiver fechado aos aventureiros e não começar a ser fabricado em escala (mesmo que reduzida), fazendo com que o seu valor despenque, será apenas mais um objeto de desejo de milhões de pessoas.

emAcessórios Google Hardware

Samsung anuncia a NX Mini, câmera mirrorless para quem realmente gosta de tirar selfies

Por em 19 de março de 2014
Laguna_Samsung_NX-Mini_selfie

Olha o passarinho… (Crédito: Mashable)

Fato: todo mundo adora fazer autorretrato, mas selfie virou mesmo de vez a palavra da moda depois da ação publicitária da Samsung no Oscar 2014. Um porém é que tirar selfie de um foblet como o Galaxy Note 3, além de não ser prático pelo tamanho físico do aparelho, esbarra na qualidade de imagem limitada pela câmera frontal. No caso da maioria dos smartphone e tablets, a câmera frontal não passa dos 2 megapixels, apenas o suficiente para uma videoconferência em Full HD.

Para não passar mais vergonha com a qualidade das selfies, a Samsung decidiu anunciar a NX Mini, uma câmera bem leve e compacta com duas características bem incomuns: ela é uma câmera mirrorless com lentes intercambiáveis e que possui uma tela articulada que permite que você tire foto de si mesmo com qualidade bem maior que a câmera traseira de qualquer smartphone, foblet ou tablet!
continue lendo

emAcessórios Áudio Vídeo Fotografia Equipamentos