Mobile
Mobile
Digital Drops Blog de Brinquedo

New York vai construir 10 mil postes Wi-Fi para prover internet pública gratuita

Por em 18 de novembro de 2014

watch-dogs-boxart-wallpaper_edit_670

Em um projeto futurista, os gestores públicos pretendem transformar a cidade de New York em um campo de batalha de Watch Dogs.

Ok, não é isso. É muito, muito mais legal e realista que isso.
continue lendo

emComputação móvel Destaques Hardware Planeta Sem Fio Wireless e Redes

Carnival anuncia banda larga em navios de cruzeiro

Por em 7 de novembro de 2014

InstaJack

Cruzeiros podem ser bem divertidos, mas é preciso cair na real: você NÃO vai encontrar aquele ambiente propício à caça do Barco do Amor. A maior parte dos passageiros são idosos ou famílias. E homens solteiros como você achando que vão tirar o atraso em alto mar. Mesmo assim o público já existente está mais e mais conectado. O que gera problemas.

Não só as pessoas querem usar internet mesmo em alto-mar, como o uso é pesado. Os celulares de hoje em dia são implacáveis, acharam um Wi-Fi, atucham fotos em alta resolução pro OneDrive, iCloud e seja lá pra onde o Android mande suas fotos. NSA, provavelmente.

Para atender esse pessoal a Carnival fez um upgrade geral nas embarcações. Segundo eles com o wifi@sea os passageiros e tripulantes contarão com internet 10x mais rápida do que antes, graças a um sistema híbrido.
continue lendo

emHardware Planeta Sem Fio Wireless e Redes

Prevenindo espionagem da NSA, cabo submarino vai ligar o Brasil à Europa

Por em 31 de outubro de 2014
Laguna_Cabos_Submarinos

Mapa-múndi dos principais cabos submarinos transatlânticos. Em cinza claro temos aqueles que ainda serão instalados. (Crédito: SCM)

Anteontem (29/10) a internet completou 45 anos.

Exatamente 5 anos atrás, o tio Laguna começava a rascunhar este texto comemorativo. Será que a internet mudou muito desde 2009?

Sim, com certeza. Aconteceu tanta coisa nestes 5 anos que fica difícil escolher as mudanças mais relevantes nas interwebs em si. De cara eu escolheria a computação na nuvem e as redes sociais, termos que mais se destacaram no período. Infelizmente uma coisa não mudou muito nestes últimos 5, 10, 45 anos de internet: boa parte de todas as comunicações na rede ainda passam pelos Estados Unidos, país pioneiro.

E isso inclui nosso Brasil. A maioria dos cabos submarinos que conectam o país ao exterior tem como alvo a América do Norte.

Temos apenas um único cabo submarino transatlântico já desatualizado (2000) e sobrecarregado (apenas 40 Gb/s), o Atlantis-2 que conecta o Brasil diretamente ao principal parceiro comercial: a União Europeia. Isso quer dizer que, na prática, a maior parte da comunicação feita entre a América Latina e a Europa passa pelos Estados Unidos.
continue lendo

emDestaques Geologia Hardware Internet Telecom Wireless e Redes

Receita passa a taxar serviços de hospedagem no exterior

Por em 24 de outubro de 2014

datacenter

E mais uma vez a Receita Federal faz das suas. Nós sabemos que o mercado de tecnologia brasileiro, especificamente serviços de hospedagem de dados não são muito baratos por aqui e vira e mexe costumam dar problema. Pode não representar muita diferença para uma pessoa física, mas para uma grande empresa contar com datacentes de companhias como IBM, SAP, Oracle, Amazon, Microsoft e outras pode significar uma economia muito grande no fim do mês.

Pois bem, isso acabou. De olho nesse crescente mercado e motivada por pressão das empresas locais, a Receita Federal irá através do Ato Declaratório nº 7, publicado no Diário Oficial da União na última sexta-feira cobrar impostos e taxas das empresas que possuem contratos de serviços de armazenamento e processamento de dados com provedores no exterior. E a conta não sairá barata.

continue lendo

emDestaques Hardware Internet Telecom Wireless e Redes

Samsung testa 5G com download de 7,5 Gb/s

Por em 17 de outubro de 2014

spaceballs-meme

Antes de se tornar clinicamente insano, envenenado com o plástico do OLPC Nicholas Negroponte fez várias previsões sobre o futuro da tecnologia. Uma delas é a chamada Inversão Negroponte, segundo a qual a comunicação (na época) pessoa a pessoa era via cabo e a comunicação broadcast era sem-fio. No futuro (ou seja, hoje) pessoas falariam com pessoas sem fio, e receberíamos broadcast via cabo.

Ele acertou, mas logo isso deixará de ser verdade. O cabo tende a morrer, o grande gargalo da velocidade está sumindo. As operadoras não estão gostando do investimento pesado para aumentar a velocidade das conexões, mas são pressionadas pelos fabricantes de celulares, pelos consumidores e pelos fabricantes de equipamentos de telecomunicação.
continue lendo

emCelular Destaques Internet Planeta Sem Fio Telecom Wireless e Redes

Será que a internet dorme?

Por em 17 de outubro de 2014
yHpSMi

Como a internet dorme.

Nova York é a cidade que nunca dorme, e se um novo estudo da Universidade de Viterbi no sul da Califórnia serve como indicação, é o lar de muitas conexões ativas da internet o tempo todo. Mas há muitos outros lugares ao redor do mundo onde a internet realmente dorme à noite.

Enquanto nos Estados Unidos, em partes da África do Sul e na Europa Ocidental a conectividade com a internet é praticamente constante, países como a Armênia, a Geórgia e Bielorrússia seguem um padrão de uso diurno com picos ao longo do dia e depois diminuem gradualmente durante a noite.

Por mais interessante que isso possa ser, é muito mais divertido de se olhar os dados visualmente, como evidenciado pelo GIF animado acima, que mostra os padrões de mudança de uso da internet. Os blocos rosa/vermelhos indicam uso maior do que a média, enquanto que os blocos azuis representam atividade inferior à média.
continue lendo

emEnergia Internet Wireless e Redes

Google anuncia cabo submarino entre Estados Unidos e América Latina

Por em 9 de outubro de 2014

cabo_submarino_usa_la

De acordo com o Google, a América Latina conta, atualmente, com mais de 300 milhões de usuários conectados à internet, o que representa mais da metade de toda a população da região. Como a empresa depende muito da qualidade da conexão para que os usuários possam ter uma boa experiência com os seus produtos e serviços, o Google investe continuamente na conectividade mundial.

No início de agosto, a empresa anunciou a construção de um cabo submarino interligando os Estados Unidos e o Japão em um investimento de US$ 300 milhões. Nesta quinta-feira, foi a vez da América Latina — mais especificamente o Brasil — ser contemplada com um novo anúncio da empresa.
continue lendo

emDestaques Google Telecom Wireless e Redes