Digital Drops Blog de Brinquedo

China abre investigação contra a Microsoft por monopólio

Por em 30 de julho de 2014

windows-china

É, a Microsoft não está sendo bem vista na China. Depois dos desentendimentos entre ambos sobre uma adoção de softwares legalizados no país (algo que a China não quer de jeito nenhum), agora o China’s State Administration for Industry & Commerce (SAIC), o órgão de regulação chinês abriu um processo contra a empresa norte-americana, acusando-a da palavra que Bill Gates mais odeia devido as dores de cabeça decorrentes: monopólio.

continue lendo

emComunicação Digital Hardware Microsoft Software

Skype: chamadas de vídeo em grupo breve para iOS e Android

Por em 30 de julho de 2014

skype-group-video-calls

Quando a Microsoft adquiriu o Skype em 2011, um dos recursos que estava em fase beta – e por isso, não era cobrado – e que prometia muito era o de chamada de vídeo em grupo. Claro, num momento em que não haviam muitos concorrentes (o Hangouts do Google+ só apareceria meses depois) era interessante cobrar pelo serviço; não demorou muito para Redmond fixar uma etiqueta no chamado Skype Premium de R$ 80 por ano. Uma facada, mas como era útil muita gente abria a carteira.

continue lendo

emComputação móvel Comunicação Digital Internet Microsoft Planeta Sem Fio Software Web 2.0

Microsoft libera beta do Windows Phone 8.1 Live Lock Screen. (ufa!)

Por em 28 de julho de 2014

fundoaleatorio2

Uma das coisas mais legais do Windows Phone é que em termos de customização ele fica em uma posição confortável entre a penteadeira de damas que trocam favores por dinheiro que é o Android, e a estéril mesmice soviética que é o iOS.

A solução de Lock Screen dele por exemplo é simples e elegante, uma foto de fundo e informações básicas, mas sempre é possível melhorar sem perder a elegância.
continue lendo

emMicrosoft Software

A Apple não vai gostar nada desse carregador da Microsoft

Por em 26 de julho de 2014

AppleAndZinc

Essa é mais uma daquelas ações de marquetingue que as empresas fazem nas grandes cidades e não significam muito, são apenas coisas legais. Eu acho que funcionam, as pessoas gostam desse tipo de intervenção, e se tiver um pouco de ciência no processo, melhor ainda.

Por isso gostei da ação da Microsoft construindo um carregador feito de batatas e… maçãs. Não é magia, é tecnologia, e tecnologia antiga.

Tendemos a achar que eletricidade, ao menos a controlada é o símbolo de nossa sociedade, mas não há nada de artificial em eletricidade. Processos elétricos são essenciais para todos os organismos complexos, e há até bactérias que comem eletricidade.
continue lendo

emAcessórios Destaque Destaques Energia Hardware Microsoft

Confirmado, o Surface Mini rodou

Por em 25 de julho de 2014
vlcsnap-00002

Sim. Você viu. Lápis.

Extant, a nova mini-série de Spielberg se passa em um futuro próximo, onde há robôs humanóides, inteligência artificial para todo lado, celulares ultrafinos, projetores holográficos e, estranhamente todo mundo usa tablets Microsoft Surface, que ficam comicamente fora de lugar. Embora excelentes hoje, parecem imensamente desajeitados para 2030 ou 2040.

Fora isso a série é boa, mas infelizmente está fadada a ser sempre ficção científica, ao menos no que depender do Surface. A Microsoft não está botando muita fé no produto, e o Surface Mini foi mesmo cancelado, apesar de estar pronto e ter sido planejado para ser anunciado junto com o Surface Pro 3.
continue lendo

emHardware Mercado Microsoft

Lumia 530, o novo smartphone de entrada da Microsoft que está mais pra Nokia 420

Por em 23 de julho de 2014
Laguna_MSFT_Lumia_530

O sucessor do mais bem-sucedido Lumia (Crédito: The Verge)

Se há um aspecto que marcou bastante a linha Windows Phone 8 de smartphones da Nokia foi que alguns dos modelos de entrada e intermediários não apresentavam grandes diferenças de hardware que justificassem as lacunas de preços. A situação foi complicada para o caso dos Lumia 820 e 620, que foram deixados de lado pelo povo que preferiu comprar um Lumia 720 ou o campeão de vendas Lumia 520.

Para dar um basta naquela situação, a Nokia Microsoft anunciou um ano depois o Lumia 630, um smartphone WP8.1 que perdeu alguns recursos em relação ao modelo “anterior”, o Lumia 620, ou seja: o Lumia 630 tem hardware mais próximo do Lumia 520 do que do Lumia 620.

Agora a situação se repete com o recém anunciado Lumia 530. Em vez de o hardware ser parecido com o do Lumia 520, o Lumia 530 desce um ou outro nível mais abaixo.

Marquei na tabela abaixo os principais sacrifícios no hardware do Lumia 530, em relação ao 520, para conseguir um custo mais baixo e tentar chegar no nível de preço da linha Nokia X, recém assassinada pela Microsoft.
continue lendo

emMercado Microsoft

Satya Nadella anuncia unificação da plataforma Windows

Por em 23 de julho de 2014

Windows 9

Satya Nadella confirmou ontem que a Microsoft vai integrar todas as versões principais do Windows em uma plataforma única. A decisão era esperada há tempos, já em abril a empresa anunciou ferramentas para desenvolvedores para a Windows Apps Universais, também conhecido como o “Cálice Sagrado” do desenvolvimento de apps. continue lendo

emMicrosoft Software