Games
Games
Digital Drops Blog de Brinquedo

Primeiro Trine ganha versão remasterizada

Por em 25 de julho de 2014

Trine-Enchanted-Edition

Lançado sem muito alarde, o primeiro Trine foi um ótimo jogo que acabou sendo superado em muitos aspectos pelo seu sucessor, mas numa atitude que merece todos os elogios, a Frozenbyte, lançou uma atualização esta semana que diminuiu consideravelmente esta diferença entre os títulos da franquia.

Funcionando como uma remasterizarão do original, o que eles fizeram com o Trine Enchanted Edition foi basicamente recriar o game com a engine da sequência, fazendo com que ele volte a ser interessante mesmo para aqueles que já o haviam esquecido.

continue lendo

emComputadores Games Nintendo Sony

Titanfall ganhará moeda virtual, mas não microtransações

Por em 25 de julho de 2014

titanfall

Para muitas pessoas o Titanfall pode não passar de um multiplayer descerebrado – e talvez seja mesmo, mas uma coisa que tem me agradado no game é a maneira como a Respawn Entertainment tem modificado e aperfeiçoado o título desde o seu lançamento.

Porém, a última novidade revelada por eles deixou alguns jogadores preocupados, pois embora a desenvolvedora garanta que isso não acontecerá, ela sugere que um dia as microtransações podem invadir o FPS.

continue lendo

emComputadores Games Nintendo

Fãs criam versão 2D do Super Smash Bros.

Por em 24 de julho de 2014

Super-Smash-Flash-2

Ah, os demakes. A arte de tentar recriar títulos modernos como se eles tivessem sido feitos para os antigos consoles. A criatividade e o conhecimento de algumas pessoas para fazer jogos assim é algo que sempre me impressionou bastante e hoje eu gostaria de indicar uma dessas criações, o Super Smash Flash 2.

Desenvolvido pela MacLeod Games, o game usa como base os títulos da série Super Smash Bros., mas com gráficos que lembram os jogos da época do Super Nintendo e mostrando que se a BigN tivesse lançado a franquia durante a geração 16 bits, ele certamente teria feito um enorme sucesso.

continue lendo

emComputadores Destaques Games Nintendo Web Games

Intenção de compra do Wii U aumentou 50% depois da E3

Por em 23 de julho de 2014

Particularmente não gosto muito das eleições de vencedores da E3, principalmente por achar que isso é uma questão muito subjetiva, mas se tem uma empresa que pode ter saído muito bem da edição deste ano da feira, esta é a Nintendo.

Isso porque, segundo uma pesquisa feita pela IHS, as novidades mostradas pela fabricante japonesa teriam sido suficientes para fazer com que o interesse pela compra de um Wii U aumentasse em 50% se comparado ao período que antecedeu o evento, o que na minha opinião, pode ser muito importante.

continue lendo

emGames Nintendo

Trailer do novo Fatal Frame mostra que Wii U será tomado pelo terror

Por em 18 de julho de 2014

fatal-frame-5

Enquanto alguns continuam por aí tentando atacar o Wii U ao dizer que ele é um console voltado para crianças, a Koei Tecmo revelou o primeiro trailer da série Fatal Frame, título que será lançado exclusivamente para o console da Nintendo e que meu amigo, mostra que pelo jeito eles não perderam a mão.

Previsto para chegar ao Japão no dia 27 de setembro, o game  se chamará Zero: Nuregarasu no Miko, que poderia ser traduzido como Fatal Frame: The Black-Haired Shrine Maiden e a promessa é de que este seja o maior jogo que a franquia já recebeu.

continue lendo

emNintendo Vídeos

Vendas nos EUA: em junho, o PS4 atropelou o XBO, mesmo ambos agora sendo US$ 399

Por em 17 de julho de 2014
Laguna_XBO_399

Xbox One: jogos melhores, 100 dólares mais barato saindo agora com o mesmo preço do PS4 e a Microsoft segue perdendo para a Sony pelo 6º mês consecutivo nos Estados Unidos (Crédito: WP Central)

Em junho tivemos o início da Copa do Mundo no Brasil, eventos como o Google I/O e a tradicional edição 2014 da Electronic Entertainment Expo, tudo isso coincidindo com o início das férias escolares de verão nos Estados Unidos.

Graças ao pacote do Xbox One sem o Kinect v2 a 399 dólares (o acessório será lançado avulso para o PC ainda em julho), a Microsoft conseguiu vender em junho nos Estados Unidos pouco mais que o dobro de unidades que esse console havia conseguido em maio. Infelizmente isso não bastou para conter o fenômeno da 8ª geração chamado PlayStation 4.

Isso mesmo, junho foi o sexto mês consecutivo em que o console de 8ª geração da Sony permaneceu como líder em vendas nos Estados Unidos, território no qual a Microsoft liderava com o Xbox 360 na geração passada. Tanto nas vendas de hardware como software o PS4 venceu mês passado.

Sobre os jogos, Watch Dogs terminou junho com 8 milhões de cópias vendidas no mundo, sendo o PS4 o console com a versão mais vendida. Se pegarmos apenas as cópias de Watch Dogs vendidas para o PS4 (210 mil cópias somente nos Estados Unidos no mês passado) o número delas é superado pelo Mario Kart 8, pois o jogo exclusivo do Nintendo Wii U conseguiu vender um total de 885 mil cópias por lá desde o lançamento, sendo 401 mil em junho. Em terceiro lugar na gringolândia temos o velho e bom Minecraft, cuja versão 360 vendeu 151 mil cópias, 7 mil a mais que a versão PS3.

Em relação ao mercado, junho seria o último mês do ano fiscal de 2014 para algumas empresas e a receita total da indústria saltou 24 por cento em relação a junho de 2013: arrecadou US$ 736,4 milhões. Apenas em hardware, houve alta de 106%, muito provavelmente por causa da 8ª geração: foram 292,7 milhões de dólares de receita com os aparelhos. No software, a queda em relação a junho de 2013 foi de 3% e a arrecadação foi de US$ 286,8 milhões. Acessórios se mantiveram estáveis com receita de 156,9 milhões de dólares.

Segundo o NPD Group, com relação ao hardware dedicado a jogos, o ranking de vendas norte-americano ficou assim em junho:
continue lendo

emDestaques Hardware Microsoft Nintendo Sony

Soul Saga não vai atrasar devido à saúde de seu criador

Por em 17 de julho de 2014

soul-saga

No ano passado, dentre diversos projetos de games financiados via Kickstarter um que passou de certa forma despercebido foi Soul Saga, um JRPG feito nos moldes de clássicos dos 16 e 32 bits, o que segundo o criador Mike Gale, é “uma declaração de amor aos games clássicos”. O projeto se financiou em 16 dias e ao final da campanha arrecadou mais de 195 mil dólares, bem além dos US$ 60 mil pretendidos.

Entretanto nem tudo são flores. O estúdio responsável pelo game Disaster Cake é de fato bem pequeno, pois conta apenas com Gale; e para piorar ele passou por graves problemas de saúde em 2014. Mesmo assim, o desenvolvedor diz que o game não vai atrasar.

continue lendo

emComputadores Games Nintendo Portáteis Sony