Games
Games
Digital Drops Blog de Brinquedo

Foi o Destino: um dos destaques do mês de setembro nos EUA é Super Smash Bros. for 3DS

Por em 18 de outubro de 2014
Laguna_Super_Smash_Bros_4_N3DS

Super Smash Bros for 3DS, lançado em outubro, vendeu bem em setembro

Não, você não leu errado: mesmo tendo sido lançado em 3 de outubro, Super Smash Bros. for 3DS chegou perto de liderar o ranking de vendas do mês de setembro.

Calma que o tio Laguna explica o que o NPD Group fez: para a apuração de setembro foram consideradas as vendas físicas nos Estados Unidos do dia 30 de agosto ao dia 4 de outubro. Quase cinco semanas contabilizadas e nos dois dias finais o jogo da Nintendo brilhou com 705 mil cópias vendidas, embora não tenha sido o suficiente para desbancar o verdadeiro best-seller de setembro.

Agora falando sério, o jogo líder de vendas no maior mercado de games do mundo foi Destiny mesmo, lançado dia 9 de setembro. Por uma diferença mínima no número de mídias físicas avulsas, a versão Xbox One vendeu mais que a versão do PlayStation 4. O que ajudou bastante a Microsoft nesse título específico foi ela ter feito uma promoção naquela mesma semana (do dia 7 ao 13 de setembro), na qual novos compradores do Xbox One recebiam um jogo gratuito à escolha, incluindo lançamentos.

Mesmo com Destiny ajudando a vender mais consoles Xbox One que de costume, o PlayStation 4 segue pelo nono mês consecutivo como o console de 8ª geração líder do mercado norte-americano. Aliás, é interessante notar que a mesma Electronic Arts que disponibiliza o EA Access somente para o XBO teve quatro jogos no Top 10: o Madden NFL 15, FIFA 15, NHL 15 e The Sims 4. Todos eles venderam mais no PS4 à exceção do The Sims 4, disponível apenas nos computadores.

Sobre o mercado de uma forma geral, o público norte-americano gastou nas lojas US$ 1,1 bilhão com novos jogos e seus hardwares dedicados em setembro: foi portanto um crescimento de 2% sobre o período similar em 2013 e é o dobro das vendas do mês passado. Somente a venda de consoles gerou receita de US$ 432,7 milhões no varejo, um aumento de 136% em relação à setembro de 2013 (183,4 milhões de dólares).

Logo mais abaixo, o ranking de vendas e alguns dos números de unidades vendidas.
continue lendo

emGames Hardware Microsoft Nintendo Sony

Um The Legend of Zelda com motos? Pode ser que dê certo

Por em 17 de outubro de 2014

mario-kart-8

Em novembro o divertidíssimo Mario Kart 8 receberá o seu primeiro DLC pago e com ele teremos à nossa disposição oito novas pistas, diversos personagens para serem escolhidos e novos veículos, entre eles uma moto chamada The Master Cycle e que como pode ser visto na ilustração acima, fará homenagem à Epona, égua bastante conhecida entre os fãs da franquia The Legend of Zelda.

O que não podíamos imaginar é que o produtor da série, Eiji Aonuma, gostou tanto do design da motocicleta que utilizou sua conta no Miiverse para revelar que está pensando em aproveitá-la em outros jogos

continue lendo

emNintendo

Site da Nintendo passa a vender jogos para Wii U e 3DS

Por em 16 de outubro de 2014

nintendo-store

A Nintendo definitivamente é uma empresa estranha. Ao mesmo tempo em que ela costuma ser lembrada por trazer várias inovações para a indústria, são eles também que vivem sendo criticados por demorar muito tempo para adotar certas tendências, como por exemplo nos permitir comprar jogos digitalmente através de um site.

Tanto Sony quanto Microsoft já ofereciam tal facilidade há algum tempo e esta semana, sem causar muito alarde sobre a novidade, a casa do Mario também passou a fazer isso, mesmo que só para aqueles que possuem contas norte-americanas e de forma um pouco limitada.

continue lendo

emGames Nintendo

Como a Nintendo está tentando expandir suas franquias

Por em 9 de outubro de 2014

bayonetta

Você certamente já ouviu algumas pessoas defendendo a ideia de que a Nintendo deveria começar a vender jogos para tablets e smartphones, estratégia que a empresa há muito tempo acredita não ser a melhor, já que perderiam aquilo que é o seu grande diferencial, a exclusividade.

O problema é que manter seus jogos presos aos consoles e portáteis pode ter um péssimo impacto a médio/longo prazo, já que o número de crianças que estão migrando para essas novas plataformas tem crescido consideravelmente e a própria Nintendo admitiu que precisava encontrar maneiras de expandir suas marcas. Mas isso está mesmo sendo feito? Podemos dizer que sim.

continue lendo

emDestaque Games Nintendo

Diretor garante que Bayonetta 2 não sairá para PS4 e Xbox One

Por em 1 de outubro de 2014

bayonetta-2

Quando a Platinum Games anunciou que o Bayonetta 2 seria exclusivo do Wii U, boa parte das pessoas que gostaram do primeiro jogo consideraram aquilo uma traição, simplesmente ignorando a declaração do diretor executivo do estúdio, que na época afirmou que se não fosse pela Nintendo, a continuação nunca existiria.

Desde então os fãs continuam com a esperança de que a exclusividade seja temporária, mas em uma nova entrevista Hideki Kamiya voltou a dizer que isso não acontecerá e explicou o porquê, veja só:

continue lendo

emGames Nintendo

Projeto quer recriar o Ocarina of Time em 2D

Por em 1 de outubro de 2014

OOT-2D

Conforme a tecnologia evoluiu e os jogos passaram a ganhar gráficos 3D cada vez mais detalhados, tornou-se relativamente comum os fãs se dedicarem a recriar alguns clássicos desta maneira, mas no caso do The Legend of Zelda: Ocarina of Time o processo está sendo o inverso.

Imaginando que o lendário jogo para Nintendo 64 pudesse ficar muito bem em duas dimensões, um grupo formado por 10 pessoas resolveu refazê-lo desta forma e há alguns meses eles estão se dedicando ao OOT 2D, título para PC que adota o mesmo estilo de câmera dos capítulos anteriores da franquia, como o A Link to the Past.

continue lendo

emGames Nintendo

Consoles, os preferidos dos americanos para receber streaming

Por em 29 de setembro de 2014

xbox-one-netflix

Pelo menos desde o lançamento do PlayStation 2 as fabricantes de consoles vem tentando fortemente vender esses aparelhos como muito mais do que apenas… videogames e de acordo com um levantamento feito pela Parks Associates, aproveitá-los como centrais multimídias tem se tornado cada vez mais comum nos Estados Unidos.

A pesquisa descobriu que 46% das casas norte-americanas com conexão banda larga possuem pelo menos um videogame conectado a internet e desses, cerca de 38% são utilizados como os dispositivos principais para receber streaming de serviços como o Netflix e Hulu.

continue lendo

emÁudio Vídeo Fotografia Destaques Games Microsoft Nintendo Sony