Games
Games
Digital Drops Blog de Brinquedo

Dune II agora roda pelo navegador

Por em 31 de dezembro de 2012

dori_dune_31.12.12

Embora muitos jogos possam se orgulhar de ser os melhores em seus gêneros, poucos são aqueles que serviram para fundar os alicerces de um estilo e de tão importantes, muitos anos após seus lançamentos podemos ver traços de sua inovação nos títulos publicados ainda hoje. Este é o caso do Dune II.

Lançado em 1992 pela extinta Westwood Studios, embora não seja considerado o criador dos jogos de estratégia em tempo real, aquele game foi responsável por introduzir muitos dos elementos que vemos ainda hoje nesse tipo de jogo, como a neblina que nos impede de enxergar o campo de batalha, a coleta de recursos para tornar nosso exército mais forte ou a construção de edificações.

Porém, para muitas pessoas o Dune II é um jogo conhecido apenas pelos livros ou por ouvirem relatos de outras pessoas, já que ter acesso a ele hoje em dia não é uma tarefa das mais fáceis, mas por sorte a iniciativa de Aleksander Guryanov deverá mudar esse cenário.

Aproveitando uma ideia que adaptou o Command & Conquer e baseando-se no remake OpenDune, o russo resolveu aproveitar seu conhecimento de JavaScript e HTML5 para criar uma versão idêntica do RTS e que pode ser jogada pelo navegador por qualquer pessoa, tornando-o muito mais acessível.

Encarar um game tão antigo certamente não é tarefa para qualquer um, mas se você gosta do gênero e gostaria de conhecer aquele que pode ser considerado o pai dos jogos de estratégia modernos, está aí uma boa oportunidade.

[via Joystiq]

emComputadores Museu

Sim, você foi enganado pelo Samurai Shodown

Por em 31 de dezembro de 2012

dori_sam_31.12.12

Todos conhecem aquele ditado que diz que a mentira tem pernas curtas, mas em se tratando do clássico Samurai Shodown, há uma que levou quase duas décadas para ser revelada.

Lançado em 1993, aquele espetacular jogo de luta mostrou que o mundo estava pronto para se apaixonar por mais um título do gênero e o grande destaque da criação da SNK estava no fato dos lutadores utilizarem armas brancas, algo que alterou profundamente a mecânica desse tipo de game e nos fez sentir verdadeiros samurais.

Mesmo tanto tempo após o seu lançamento sou capaz de lembrar trechos de algumas das fantásticas musicas que embalavam os combates ou das disputadíssimas partidas que travava com meus amigos no Mega Drive e talvez você também se recorde de um minigame que era iniciado sempre que as armas de dois lutadores se chocavam, com uma mensagem aparecendo na tela para nos incentivar a apertar alucinadamente o botão de ataque.

Só que há um pequeno problema nisso aí. De acordo com Gregg Tavares, desenvolvedor que trabalhou na conversão do game para o Neo Geo, quando sua equipe teve acesso ao código fonte do Samurai Shodown eles descobriram que não fazia a menor diferença se apertávamos ou não o botão, já que o game escolhia aleatoriamente o vencedor do duelo, o que provavelmente deixará muita gente com uma bela cara de trouxa.

Na minha opinião esse pequeno detalhe não tira o brilho do jogo, mas agora passa a fazer um pouco mais de sentido aquele seu amigo chato que vivia colocando no controle a culpa pela derrota.

[via Joystiq]

emMiscelâneas Museu

Sony decreta o fim do Playstation 2 no Japão

Por em 28 de dezembro de 2012

dori_ps2_28.12.12

Parecia que esse dia nunca chegaria, mas depois de quase 13 anos desde o seu lançamento, a Sony deu o primeiro passo para encerrar a gloriosa vida de um melhores e mais importantes videogames de todos os tempos, o Playstation 2. Isso porque de acordo com a fabricante, ela não enviará mais o aparelho para as lojas japonesas.

Com mais de 150 milhões de unidades vendidas em todo o planeta, só no Japão foram mais de 22 milhões de consoles comercialziados, o que fez com que em 2012 vários jogos fossem lançados para o PS2 por lá e no ano que vem a Square Enix ainda planeja disponibilizar no país a expansão Seekers of Adoulin para o Final Fantasy 11, mostrando que mesmo sem a venda de novos aparelhos o videogame ainda deverá ter uma certa relevância por algum tempo.

Eu não me surpreenderei se em breve um anúncio semelhante for feito pelas divisões americana e europeia da Sony, mas se no primeiro mundo o Playstation 2 está com os dias contados, em vários mercados emergentes como o Brasil e a Índia ele ainda parece ter fôlego para aguentar mais alguns anos e com uma biblioteca tão grande e repleta de títulos que ainda podem ser bastante divertidos, adquirir o console hoje em dia pode ser uma excelente opção para quem não quer gastar muito e ainda assim ter acesso a jogos de qualidade.

Felizmente no futuro poderei dizer para as pessoas que fui o feliz proprietário de um PS2, mesmo sentimento que hoje guardo em relação ao Super Nintendo, Mega Drive, Dreamcast…

[via Polygon]

emMuseu Sony

Agora você pode jogar Grim Fandango no seu supercomputador

Por em 24 de dezembro de 2012

dori_grim_24.12.12

Em meio a esta onda de remakes que tem atingido a indústria de games, um dos títulos que eu mais gostaria de ver sendo refeito é o Grim Fandango. Embora a criação de Tim Schafer ainda possa ser considerada uma experiência extremamente divertida, ter gráficos em três dimensões fez com que o game parecesse mais ultrapassado que os adventures desenhados com sprites e se configurar um joystick para jogá-lo na época do seu lançamento já não era tarefa das mais simples, hoje isso é ainda pior.

No entanto, o pior de tudo é rodar a aventura de Manny Calavera nos computadores mais modernos e depois de passar nove longos anos em desenvolvimento, um programa chamado ResidualVM promete facilitar essa parte, permitindo que os jogos criados com a engine GrimE funcionem da melhor maneira possível até mesmo no Windows 7, Mac OS X e Linux.

Resumidamente podemos dizer que o software é uma versão do ScummVM voltado para jogos 3D e embora por enquanto apenas o Grim Fandango seja suportado, a expectativa dos envolvidos nos projeto é de que novos títulos sejam adicionados em breve, como o Escape from Monkey Island e o Myst 3 Exile.

Depois dessa, acho até que vou colocar o CD no Drive, fazer a instalação e jogar novamente esta obra de arte.

[via Polygon]

emComputadores Museu

GOG inicia promoção de fim de ano e dá Duke Nukem 3D

Por em 13 de dezembro de 2012

dori_dn3d_13.12.12

Eu até havia comentado sobre isso ontem no Twitter, mas como algumas pessoas me pediram para divulgar por aqui, saiba que o GOG está dando um belo presente para os fãs do Duke Nukem 3D, uma cópia da versão Atomic Edition do jogo. Sendo assim, para garantir o seu, basta visitar a página, adicionar ao carrinho e fazer o download após concluir a “compra”. Você ainda terá direito a diversos extras, como papéis de parede, artes conceituais e mais de 100 toques para celular.

Porém, não é só isso o que tem chamado a atenção lá no serviço de distribuição online, já que eles deram início às vendas de fim de ano e além de grande parte do catálogo estar saindo com descontos na casa dos 50%, a cada dia uma nova promoção irá ao ar, trazendo títulos por valores ainda menores.

Nesta primeira leva temos um pacote com jogos da extinta Bullfrog e que está saindo por US$ 11,92. Por este valor você levará uma série de clássico que fizeram bastante sucesso na década de 90, sendo eles o Theme Hospital, Syndicate, Populous, Populous 2: Trials of the Olympian Gods, Populous: The Beginning, Dungeon Keeper e Dungeon Keeper 2.

Portanto, está aí uma ótima oportunidade de economizar uma boa grana na hora de adquirir alguns jogos mais antigos, só corra, pois a promoção da Bullfrog terminará dentro de poucas horas.

[Com dica do Bruno Julião]

emComputadores Museu

Todos os jogos de Super Nintendo por apenas US$ 25 mil

Por em 12 de dezembro de 2012

dori_snes_10.12.12

Uma das coisas mais tristes para alguém que possui qualquer coleção é se ver numa situação em que precisa se desfazer daquilo que levou anos para reunir, mas sempre que esses itens são colocados à venda acaba virando notícia, como é o caso de um usuário do Reddit conhecido como Byuu.

O sujeito anunciou no eBay os seus 721 jogos de Super Nintendo, o que significa todos os títulos lançados oficialmente para o console na América do Norte, o que custará US$ 24.999 a quem estiver interessado. Além disso, cada um dos games vem com sua caixa original e cerca de 85% deles possuem manuais.

Um detalhe interessante é que o vendedor é também o criador do emulador bsnes e a coleção que levou três anos para ser reunida tinha como objetivo lhe permitir obter versões limpas das ROMs dos jogos, assim como screenshots que serão publicadas no site SnesCentral. Byuu afirma que todo o valor adquirido com a venda será usado na aquisições dos jogos lançados na Europa e Japão para o console, para que assim possa fazer o mesmo com essas versões.

Na página da coleção no site de leilões é possível ver a condição de cada jogo e o rapaz ainda se diz aberto a negociações. Só não consegui descobrir se ele envia para fora dos Estados Unidos, mas como você não ia comprar mesmo…

[via Polygon]

emMuseu Nintendo

Jogue mais de 300 jogos de DOS pelo navegador

Por em 6 de dezembro de 2012

dori_ind_06.12

O pessoal que há uns 20 anos utilizava seus computadores também para jogar provavelmente ficará bastante emocionado ao visitar o site RGB Classic Games. Com um sugestivo visual que nos lembra aquelas horrendas páginas do final do século passado, o lugar tem como lema manter os clássicos vivos e para isso oferece mais de 300 títulos que rodavam pelo DOS, todos eles podendo ser aproveitado diretamente do navegador e gratuitamente.

De acordo com os seus criadores, “o objetivo do site é apoiar os autores ao oferecer links para seus web sites, além de informações para as versões completas dos jogos que ainda estão sendo vendidos, encorajando os autores de jogos clássicos a preservarem seus games para as futuras gerações ao os tornarem disponíveis para venda ou como freeware.

Eles então pedem que as pessoas que tenham gostado de um shareware considerem adquirí-lo e afirmam que “todos os jogos no site são distribuídos gratuitamente porque se tratarem de shareware, freeware ou porque os detentores dos direitos liberaram oficial e legalmente todos os direitos para o domínio público (abandonware).

Tal afirmação é extremamente questionável, ainda mais se considerarmos que por lá é possível encontrar uma série de jogos que estão à venda em serviços como o GOG ou Steam, exemplos do Duke Nukem 3D, Earthworm Jim ou Indiana Jones and the Fate of Atlantis, isso sem falar em games que estão longe de terem sido liberados por suas editoras, como é caso do Mega Man X ou do The Secret of Monkey Island.

Portanto, algo me diz que a “boa intenção” do RGB Classic Games logo terá que enfrentar a ira de advogados e até por uma questão de princípios, acho que eles deveriam ter disponibilizado apenas as versões demonstrativas dos jogos.

[via PCGamer]

emComputadores Museu