Games
Games
Digital Drops Blog de Brinquedo

Sakaguchi queria que Chrono Trigger fosse tranformado em série

Por em 2 de setembro de 2014

Chrono-Trigger

Se você faz parte dos fãs que sempre desejaram que a Square revisitasse a franquia Chrono Trigger, saiba que se ela não foi transformada em uma série, a culpa não deve ser jogada sobre seu criador, Hironobu Sakaguchi.

Durante uma palestra realizada no PAX Prime há alguns dias, o game designer revelou que se dependesse dele o jogo seguiria os mesmos passos do Final Fantasy, recebendo diversas continuações, mas feliz ou infelizmente, a alta cúpula da editora nunca permitiu que isso acontecesse.

continue lendo

emGames Miscelâneas Museu

Icewind Dale ganhará versão remasterizada

Por em 1 de setembro de 2014

icewind-dale

Desenvolvido originalmente pela Black Isle Studios e lançado em 2000, o Icewind Dale foi um jogo que conquistou uma boa quantidade de fãs, principalmente por sua profundidade e por conseguir reproduzir de maneira satisfatórias as regras do RPG Dungeons & Dragons.

Embora tenha recebido uma continuação alguns anos depois, a franquia acabou ficando dormente por vários anos, mas em breve isso deverá acabar, tudo graças a uma nova parceria entre a Wizard of the Coast e a Beamdog.

Depois de remasterizar o dois Baldur’s Gate e permitir que novos jogadores tivessem contato com o clássico, o estúdio anunciou durante a PAX Prime que está trabalhando em uma nova versão do Icewind e a intenção é lançá-la para Windows, Mac, iOS e Android.

continue lendo

emComputadores Games Museu

Mega Man X4 e X5 chegarão ao PS3 e PS Vita em setembro

Por em 28 de agosto de 2014

rockman-x4

Eu já externei várias vezes aqui o quão fã eu sou da franquia Mega Man, em especial da série clássica; eu também já desci a lenha várias vezes na Capcom devido a negligência com sua notória mascote, tendo-o vilipendiado e cancelado títulos ao longo dos anos, prometendo novidades e deixando os 25 anos do personagem passarem totalmente em branco e por aí vai.

Como a desenvolvedora não mais demonstra interesse em criar algo novo, resta ordenhar ao máximo os títulos antigos. Foi assim com os games originais do Game Boy e Game Boy Color portados para o 3DS, e agora é a vez de dois títulos da série X que fizeram sucesso no PSOne darem as caras no PS3 e PS Vita.

continue lendo

emGames Museu Portáteis Sony

Sobre melhores amigos, a vida e videogames

Por em 27 de agosto de 2014

UpperPost007

Por algum tempo eu relutei em escrever sobre isso, mas meus amigos Ronaldo Gogoni e Dori Prata insistiram para que eu publicasse essa história, então aqui vai.

Por volta de 1999, eu morava no litoral sul de São Paulo. Certamente não me encaixava naquele lugar. Não que a cidade fosse ruim, apenas não era um lugar pra mim.

Conheci o Guilhermo quando eu tinha 17 anos. Ele tinha 16.

Ele era um cara recluso, também se incomodava com essa realidade litorânea e preferia ficar em seu quarto jogando, lendo quadrinhos e ouvindo bandas que eu ouço até hoje.

continue lendo

emCultura Gamer Destaque Destaques Games Museu Nintendo

Capcom traz clássicos dos arcades de volta no Japão

Por em 25 de agosto de 2014

arcade-003

Uma das minhas maiores tristezas do cenário gamer no Brasil é ver a decadência das arcade houses, as famigeradas casas de fliperama. Enquanto que nos Estados Unidos ela ainda sobrevivem (mesmo que de forma modesta), no Brasil elas praticamente desapareceram. Era muito bom acordar num sábado de manhã com o bolso cheio de moedas, ir até “fliper”, gastar tudo em fichas e ficar jogando o dia inteiro, sejam jogos antigos ou os lançamentos.

Claro que o mercado arrefeceu graças a computadores e consoles cada vez mais potentes, mas diferente daqui, outros mercados mantém a tradição das grandes casas de arcades sempre com gente circulando. Desnecessário dizer que o Japão é um deles, e logo os jogadores mais saudosistas poderão apreciar quatro clássicos da Capcom, que

continue lendo

emCultura Gamer Games Museu

E se o PlayStation não tivesse existido?

Por em 17 de agosto de 2014
Laguna_SNES_PlayStation

Sim, existiu o Super Nintendo Play Station (Crédito: Kotaku)

Nintendo e Sony já trabalharam juntas para que esta criasse um drive de CD-ROM para o SNES. O ano era 1988 e o codinome do projeto era “Play Station”. Três anos depois, ao reler o contrato firmado com a Sony, o então presidente da Nintendo Hiroshi Yamauchi percebeu que estava na verdade era ajudando a criar um fortíssimo concorrente no ramo dos videogames: ele preferiu abortar tudo pois os jogos feitos para o SNES Play Station pagariam royalties de licenciamento à Sony, não à Nintendo.

Depois de algumas brigas judiciais entre as japonesas que resultaram em algumas raríssimas unidades do console híbrido, o então presidente da Sony Norio Ohga pediu que Ken Kutaragi, o homem que convenceu a Big ‘N’ a incluir um chip sonoro da Sony em cada Super Nintendo, retirasse o que havia de SNES no Play Station para desenvolver um console próprio. Nascia assim o PlayStation (duas palavras, sem nenhum espaço entre ambas), console da 5ª geração que foi lançado no Japão dia 3 de dezembro de 1994.

O tio Laguna fica aqui a imaginar: e se a história tivesse se desenvolvido de forma diferente?
continue lendo

emArtigo Destaques Hardware Museu Nintendo Sony

Biblioteca do Congresso descobre game perdido do Duke Nukem

Por em 13 de agosto de 2014

duke-nukem

O que muita gente desconhece (ou ignora) é que a Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos não arquiva e disponibiliza para apreciação pública documentos de cientistas de renome como todo o acervo pessoal de Carl Sagan. O chamado Departamento de Imagem em Movimento (Moving Image Section) recebe, cataloga e armazena quaisquer obras audiovisuais para registro e manter um histórico da memória do país, e obviamente isso se estende a jogos videogames. Cerca de 400 são enviados para serem registrados e 99% deles acabam publicados.

É nesse 1% que reside a história de hoje, em que um técnico encontrou uma cópia do código-fonte de um game de PSP que nunca viu a luz do dia (e segundo dizem, foi melhor assim).

continue lendo

emCultura Gamer Games Museu Portáteis Sony