Games
Games
Digital Drops Blog de Brinquedo

Atletas do futebol feminino estrelarão capas locais de FIFA 16

Por em 21 de julho de 2015 - 2 Comentários

alex-morgan-fifa-16

Não foi sem polêmica que a EA Sports anunciou que FIFA 16 introduziria pela primeira vez na história a liga de futebol feminina, que tem crescido cada vez mais nos últimos anos e conquistado mercados antes avessos ao soccer, os Estados Unidos por exemplo (perguntem ao Matheus).

Embora muita gente tenha festejado a atitude da EA em promover a igualdade, o real motivo para tal mudança passa longe: como diria Michael Corleone “nothing personal, just business”: o futebol feminino está rendendo cifras volumosas e, portanto, nada mais adequado do que incluir a liga feminina para enfim atrair mais garotas ao gênero e por fim vender mais.

continue lendo

emIndústria

O homem que ajudará Shigeru Miyamoto a comandar a Nintendo

Por em 15 de julho de 2015 - 26 Comentários

Genyo-Takeda

Talvez ainda seja muito cedo para pensarmos o que acontecerá com a Nintendo após a morte de Satoru Iwata (spoiler: ela NÃO será vendida!) mas a verdade é que a empresa não pode parar e tantos os acionistas quanto os fãs estão se perguntando quem comandará um dos pilares da indústria dos games.

Sem que um novo presidente tenha sido anunciado para o importantíssimo cargo ocupado até então por um verdadeiro apaixonado por jogos eletrônicos, a companhia se limitou a dizer que a responsabilidade ficará interinamente nas mãos de Shigeru Miyamoto e Genyo Takeda, mas embora todos saibam muito bem quem é o primeiro, será que o mesmo vale para o segundo?

continue lendo

emGames Indústria Nintendo

Dublador diz que Kojima Productions foi “dissolvida”

Por em 13 de julho de 2015 - Nenhum Comentário

metal-gear-solid

Em março começou a circular o rumor de que Hideo Kojima estava deixando a Konami, informação que muitos desconfiavam não passar de uma jogada de marketing orquestrada pelo criador do jogo para promover oi lançamento do Metal Gear Solid 5: The Phantom Pain.

Desde então, tanto a empresa quanto o game designer parecem evitar o assunto, sempre se esgueirando nos comentários, mas para reforçar a história de que não só ele como toda a Kojima Productions foram afetados pela decisão da editora, o ator japonês que dubla o personagem Solid Snake usou sua conta no Twitter para dizer que o estúdio foi “dissolvido”.

continue lendo

emIndústria Rumores

Ubisoft explica diferença de preços entre cópias físicas e digitais

Por em 10 de julho de 2015 - 11 Comentários

used-games

Acho que não há a menor discussão sobre os benefícios que a distribuição digital trouxe ao mundo dos games, mas se existe algo que ainda incomoda os que preferem adquirir jogos desta maneira é o preço cobrado pelas editoras, especialmente nos consoles.

Se no lançamento boa parte dos jogadores já reclamam do fato de um jogo vendido digitalmente custar o mesmo que sua versão física, a situação se torna ainda pior com o passar do tempo, já que se nas prateleiras o disco costuma ficar muito mais barato, salvo raras exceções o mesmo não acontece na PSN, na Live ou na eShop. Mas qual seria a explicação para isso acontecer?

Pois os executivos da Ubisoft se depararam com esta questão durante uma conferência para investidores e o CEO da companhia tentou esclarecer a dúvida.

continue lendo

emDestaques Indústria

Ubisoft fatura mais com o PS4 do que com o Xbox One

Por em 10 de julho de 2015 - 7 Comentários

unisoft

A Ubisoft divulgou o seu desempenho comercial no primeiro trimestre do atual ano fiscal e além de uma impressionante queda de 73,2% em relação ao mesmo período do ano anterior, chama a atenção a revelação das plataformas onde a empresa mais lucrou.

De acordo com o relatório, hoje o PlayStation 4 pode ser considerado o carro-chefe da companhia, já que 27% das vendas aconteceram por lá e se o PC também teve um desempenho bem interessante ocupando a segunda posição com 23%, o mesmo não pode ser dito do Xbox One.

Isso porque durante esses primeiros meses do ano o atual console da Microsoft só representou 11% das vendas, empatando com o Xbox 360 e o PlayStation 3, ficando atrás do que eles classificam, como “outras plataformas”, que na maioria são os dispositivos mobile e superando apenas o Wii e o Wii U, que juntos tiveram 3%.

continue lendo

emComputadores Indústria Microsoft Sony

Sega admite ter traído confiança dos fãs

Por em 8 de julho de 2015 - 37 Comentários

sonic

Aproveitando esta emblemática data, gostaria de fazer uma analogia que pode ser até um pouco injusta — com a empresa japonesa — mas acho que podemos dizer que a Sega é a CBF dos games. Uma sucessão de decisões claramente equivocadas, uma série de mandos e desmando, mas principalmente, a perda do respeito e a transformação do que um dia representaram em motivo de piadas.

Em ambos os casos o objetivo atualmente é recuperar o prestígio e embora seja muito difícil acreditar que tanto a casa do Sonic quanto o futebol brasileiro um dia se reerguerão, pelo menos em relação a desenvolvedora, lá no Japão eles parecem ter noção de que a situação não está nada boa.

Durante uma franca entrevista dada à revista Famitsu, o CEO e presidente Hajime Satomi falou exatamente sobre como durante a década de 90 a Sega era conhecida por suas marcas e ainda mais importante, tendo admitido que hoje só lhes restou a reputação de lançar jogos com baixa qualidade.

continue lendo

emDestaques Games Indústria

Ubisoft diz ter aprendido com downgrade do Watch Dogs

Por em 7 de julho de 2015 - 11 Comentários

watch-dogs

Ultimamente eu tenho notado que a Ubisoft parecesse ter tirado da EA o posto de empresa de games mais odiada, com diversas pessoas adorando odiar tudo o que a desenvolvedora francesa faz, mesmo quando acerta.

É claro que tamanha repulsa não surgiu do nada, com a companhia tendo cometido uma série de erros nos últimos anos e um dos que mais repercutiu foi o suposto downgrade visual por qual passou o Watch Dogs, provavelmente a maior decepção causada por eles recentemente.

Prometendo uma qualidade visual muito superior a que acabamos recebendo quando o jogo foi lançado, as reclamações ainda ecoam pelos corredores da Ubisoft, mas de acordo com o CEO Yves Guillemot, eles souberam tirar proveito da situação.

continue lendo

emIndústria