Games
Games
Digital Drops Blog de Brinquedo

Servidores não aguentaram o lançamento do Diablo III

Por em 15 de maio de 2012 - 11 Comentários

dori_d3_15.05.12

Desde essa madrugada o Diablo III está disponível e se você foi um dos que acordou antes do habitual só para encarar um pouco do game, existe uma boa chance de ter vivenciado o que muitos já esperavam, os servidores não aguentarem o enorme número de pessoas que queriam jogar.

Dois fatores colaboraram para que o problema acontecesse, o game exigir uma conexão permanente com a internet e claro, o enorme número de pessoas que adquiriram o título na pré-venda, que segundo a Blizzard, ultrapassou a casa de dois milhões de cópias, um recorde para a desenvolvedora.

Outra situação previsível era a reação dos indignados jogadores através das redes sociais, onde era comum ver muita gente queixando-se dos erros apresentados, com a hashtag Error37 sendo uma das mais comentadas do Twitter. O erro era mostrado sempre que alguns jogadores tentavam entrar no game e refere-se a servidores cheios, mas muitos outros códigos podiam ser exibidos.

A Blizzard tratou de publicar na sua página no Facebook uma mensagem reconhecendo o problema e pediu que caso as pessoas não estivessem conseguindo jogar, que tivessem um pouco de paciência e tentasse mais tarde, tudo o que os fãs gostaria de ouvir, não é mesmo?

É evidente que a situação aos poucos será resolvida e acredito que já esteja mais fácil jogar, mas como não sentir falta daquela época em que bastava instalarmos o jogo, no máximo fazer uma autenticação online e já partir para a diversão? É, de uma hora para outra não me senti tão mal por não ter adquirido a versão digital e principalmente, por não ter acordado de madrugada para jogar.

[via VG247]

emComputadores

Rumor: Big Harvest pode ser a sequência de Farmville

Por em 14 de maio de 2012 - Nenhum Comentário

Rumores apontam que a Zynga, gigante dos jogos sociais, estaria testando a seqüência de seu primeiro grande título – Farmville, sob o codinome Big Harvest, nas Filipinas. Uma imagem divulgada (acima) seria de uma versão de Farmville com melhores gráficos, e existiriam algumas mudanças no gameplay, como por exemplo, a possibilidade de reverter suas plantações em comida para alimentar seus animais, ou pegar ovos e leites dos animais para a produção de tortas, segundo o Techcrunch.

A Zynga não quis comentar a respeito, dizendo apenas, em nota oficial: “Nós não falamos a respeito do que podemos ou não estar fazendo. O que podemos dizer é que estamos sempre buscando os meios de levar aos jogadores a melhor experiência, ouvindo seu feedback e inovando continuamente em nossos jogos.”

Farmville ainda é o jogo mais lucrativo da empresa, representando quase 30% de seu faturamento – são cerca de 85 milhões de dólares trimestrais só com Farmville – portanto faz sentido pensar que a produtora pretende manter o interesse dos fãs, aperfeiçoando e atualizando sua maior fonte de renda online.

A Zynga tem mais de 240 milhões de usuários ativos mensalmente no Facebook, e é a responsável por alguns outros jogos sociais de sucesso, como CityVille, CastleVille, Zynga Poker, FarmVille e Empires & Allies, que estão entre os aplicativos mais utilizados da rede social. A produtora também tem jogos em outras redes, como Orkut, Google + e MySpace.

[via Gamesindustry]

emComputadores Rumores Web Games

Blizzard revela "versão de teste" do Diablo III

Por em 14 de maio de 2012 - Nenhum Comentário

dori_dia_14.05.12

A espera está chegando ao fim. A partir de amanhã o mundo poderá ver como ficou o novo capítulo de uma das mais adoradas séries da indústria e milhões de jogadores em todo o mundo jogarão fora sua vida social para finalmente dedicar-se ao Diablo III. Mas se você não pôde comprar o jogo ou, assim como eu, optou pela versão física, que só será entregue a partir do dia 7 de junho, saiba que existe uma maneira de jogar o game, quer dizer, uma maneira de aproveitar pelo menos uma parte dele.

Isso porque todos que adquirirem o Diablo III receberão um código que permitirá a um amigo ter acesso a Starter Edition e com ele poderemos avançar pelo Ato 1 até o Skeleton King, evoluindo nosso personagem até o nível 13, mas sem ter acesso a Auction House e tendo como companhia apenas outros jogadores que também estejam com a mesma edição do game.

Essa será uma ótima maneira de muitas pessoas terem acesso ao jogo e certificarem-se de que a sua compra vale pena (se é que existe alguém que ainda duvida disso), porém, há um pequeno problema para nós brasileiros. O código que permitirá as pessoas acessarem a Starter Edition só estará disponível na versão física do jogo, portanto, para conseguir utilizá-la antes do mês que vem, você precisará que alguém que tenha comprado a criação da Blizzard lá fora lhe dê o código.

Mas… Se você não tem pressa para adquirir o jogo e não está disposto a ficar por aí tentando conseguir com alguém o tal código para esta Starter Edition, basta esperar até o dia 15 de junho, quando a versão de testes será liberada para todo mundo.

PS.: A Blizzard também avisou que logo após o lançamento do Diablo III será possível vermos o perfil dos personagens através do site oficial do jogo.

[via Press Release]

emComputadores

O Origin vai bem, obrigado!

Por em 11 de maio de 2012 - 9 Comentários

dori_orig_08.05.12

A Electronic Arts divulgou um documento sobre o seu faturamento no ano fiscal que terminou no dia 31 de março e nele podemos ver que ao contrário do que muitos querem desejavam, o serviço de distribuição digital da empresa está obtendo bons resultados.

Em se tratando do número de usuários registrados no Origin, ele já alcançou 11 milhões de contas, mas como o que interessa é o dinheiro que eles gastam, estamos falando de US$ 150 milhões, nada mau se considerarmos que isso foi obtido em apenas 10 meses.

É claro que tais números ainda deixa o serviço muito, mas muito atrás do seu principal concorrente, o Steam, porém, acredito que a EA não tenha ficado muito triste ao ver essa quantidade de dinheiro entrando em seus cofres. A questão que fica é, será que ter tirado os seus jogos da loja da Valve valeu a pena? Pois eu desconfio que não.

Enfim, o que não consigo entender é porque as pessoas são tão avessas ao Origin. Eu sinceramente não acho que ele esteja nem próximo da qualidade do Steam, mas também não posso dizer que ele tenha me prejudicado (ok, exceto pelo SimCity Sociedades, que teima em não rodar no meu PC), mesmo porque praticamente só o utilizo para comprar os jogos e baixá-los. De qualquer forma, se você quer mudanças no serviço, eles estão aceitando sugestões através deste link (em inglês).

[via Joystiq]

emComputadores Indústria

Hoplon anuncia Fallen Earth no Brasil, novo Taikodom e game para PS3

Por em 10 de maio de 2012 - 1 Comentário

A desenvolvedora brasileira Hoplon Infotainment anunciou algumas iniciativas que marcarão sua presença no mercado de games ao longo dos próximos anos.

Uma delas é a parceria com a líder em publicação de jogos online gratuitos no ocidente. Através dessa parceria, a empresa brasileira passará a ser a representante nacional de alguns títulos da GamersFirst, e o primeiro deles será o MMO pós-apocalíptico Fallen Earth, no segundo semestre de 2012. A empresa manterá o modelo free to play para o jogo, com venda de itens em moeda nacional, atendimento em português e servidores no Brasil.

Fallen Earth é um FPS com características estratégicas de um RPG, ambientado no Grand Canyon, um dos últimos lugares habitáveis da Terra em um futuro pós-apocalíptico, com mais de 1000 quilômetros quadrados de mapa, divididos por 70 cidades a serem exploradas.

Paralelamente a Hoplon continuará a produção de games no Brasil, lançando a primeira expansão de Taikodom: Living Universe, e iniciando o desenvolvimento de títulos para PlayStation 3 a partir da segunda metade de 2012.

Taikodom: Living Universe é um MMO ambientado no século XXIII, onde os jogadores tomam o controle de naves para defenderem suas facções no espaço. Através de uma tecnologia de inteligência artificial inovadora – segundo a Hoplon – os jogadores podem interferir no desenvolvimento da história.

Taikodom foi o primeiro projeto da empresa, e também o primeiro game brasileiro a ser lançado na E3. A nova versão do jogo fica pronta em agosto, com atualizações que incluem a customização de naves, novos itens e eventos.

emComputadores MMO Sony

Maxis deverá lançar jogo social em breve

Por em 10 de maio de 2012 - Nenhum Comentário

dori_sim_08.05.12

Que a Maxis estava trabalhando em um noivo SimCity, deixou de ser novidade há algumas semanas, mas o que ninguém sabia é que o estúdio está prestes a colocar outro jogo no mercado. A produção foi descrita pela Electronic Arts apenas como um jogo social com lançamento previsto para o atual trimestre, ou seja no máximo até o final de julho.

Como outras informações não foram dadas, nos resta especular e levando-se em consideração o que foi dito, não será nenhuma surpresa se o título (um SimCity Social?) estiver disponível através do Facebook, “plataforma” que a EA tem tentando explorar ao máximo. Outra possibilidade é de o projeto estar relacionado a marca SimOcean, registrada recentemente pela editora e que só espero não ser confirmada como uma espécie de FarmVille no mar.

Bom, como a E3 está se aproximando, o jeito será torcermos para que a EA faça algum pronunciamento durante o evento e mais importante do que isso, que o tal jogo social não prejudique a qualidade daquele que todos estão há tanto tempo esperando, o novo capítulo da série SimCity.

[via CVG]

emComputadores Web Games

Mais detalhes e screenshots de FIFA 13 revelados

Por em 9 de maio de 2012 - Nenhum Comentário

A Electronic Arts divulgou detalhes e as primeiras screenshots de FIFA 13, novo jogo da franquia de jogos de futebol iniciada em 1993. O terá cinco principais novidades, que trazem mudanças no gameplay com relação aos títulos anteriores. Confira o que vai mudar:

Controle de primeiro toque: FIFA 13 promete um controle de bola mais realístico, e agora será mais difícil tomar o controle de um passe feito para o seu jogador, que vai depender da força, velocidade e altura do passe, bem como das habilidades técnicas do jogador.

Impacto nos jogadores: Animações mais realistas serão incluídas no que se refere ao embate corpo a corpo entre os jogadores.

Drible completo: Em FIFA 12, você pode driblar apenas mudando a direção do jogador com o controle de bola, mas em FIFA 13 isso não será mais possível.

Tiro livre tático: Um novo sistema de tiro livre foi desenvolvido, possibilitando jogadas ensaiadas, tanto no sistema ofensivo quanto no defensivo.

IA de ataque: A inteligência artificial de ataque foi reformulada, dando aos jogadores uma maior capacidade de antecipação aos lances.

Outras mudanças incluem novos tipos de passe, novos movimentos de rotação para os chutes e novas animações para os goleiros. Há também a expectativa, de acordo com a EA, de mudanças significativas nos gráficos do jogo, pela adoção de um novo software de renderização da Dimensional Imaging.

continue lendo

emComputadores Microsoft Sony